TSE nega pedido para declarar Lula inelegível.

Prazo final para registro das candidaturas é 15 de agosto, data anunciada pelo PT como dia de protocolar o pedido.

Foto: Reuters / BBC News Brasil.

A ação que tentava tornar o ex-presidente Lula inelegível foi negada nesta quarta-feira pela presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber. A representação proposta pelo Movimento Brasil Livre (MBL) tentava barrar o nome do petista antes mesmo do registro da candidatura.

A ação, foi apresentada na última sexta-feira por Kim Kataguiri e Rubens Nunes. Eles pedia uma liminar para “declarar desde já a incontroversa inelegibilidade”. O prazo final para registro das candidaturas é 15 de agosto.

No mês passado, em evento realizado em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, o PT lançou a pré-candidatura de Lula. O partido, no entanto, afirma que o registro oficial será feito no último dia do prazo.


Comentários

Os comentários estão fechados.