Taboquinhas e seus atrativos turísticos de lazer e aventura.

Como chegar? 

Partindo de Itacaré através da BA-001, chega-se ao quilômetro 6 onde há uma rotatória. E daí, seguindo à direita, percorre-se um curto trecho até uma segunda rotatória onde seguindo à esquerda se tem início a BA-654, estrada asfaltada e inaugurada recentemente que nos liga a Taboquinhas. Mas atenção, a velocidade máxima permitida é de 60/km, devido ser sinuosa e ser área preservada da Mata Atlântica, podendo o condutor se deparar com animais silvestres como micos, bichos-preguiça, tatu, raposas, etc.

Um pouco sobre Taboquinhas

O Distrito de Taboquinhas está localizado a 27 km de Itacaré e já foi o centro nervoso de todo o município. Quando ainda não se falava em turismo e a base da economia era a cultura do cacau, Taboquinhas era vista e vivida como a verdadeira sede do município.

Lazer e Turismo de Aventura

Itacaré oferece uma vasta opção de aventura e lazer para seus visitantes, além das belas praias, sendo elas a Concha, Resende, Tiririca, Costa, Ribeira, Jeribucaçu, Camboinha, Havaizinho e Itacarezinho, o município têm belas cachoeiras, e algumas estão em Taboquinhas, como a Cachoeira da Usina, de Noré, Pancada Grande e Rio do Engenho.

Cachoeira da Usina

A Cachoeira da Usina está localizada na Fazenda Baracho, há  500 metros da BA-654, na entrada de Taboquinhas. Por ser perto é muito frequentada e perfeita como uma piscina natural para todas as idades. É chamada de Usina, pois o rio nasce na zona rural do município, e já gerou energia para o Vilarejo, quando ás 22h se desligava tudo. Atualmente as águas do rio abastecem o distrito com água nas torneiras.

Cachoeira da Noré

A Cachoeira de Noré, com uma queda de 15 metros, é propícia para a prática de rapel. Chega-se a cachoeira cruzando o Rio de Contas de canoa ou balsa e percorrendo uma trilha de 10 minutos de caminhada dentro de fazendas de cacau.

Cachoeira do Engenho

Formada por um afluente do Rio de Contas, em meio a espessa mata. O passeio é feito em saveiro, no percurso que sobe o rio de Contas. O acesso ao rio do Engenho é feito por canoas ou caminhando pela mata.

 

Pancada Grande

Uma das maiores quedas d’água de região, com aproximadamente 40 metros de altura, a Cachoeira da Pancada Grande fica a 1 hora do Cais do Forte por barco a motor subindo o rio de Contas e mais 40 minutos de caminhada por uma trilha.

Rafting

O rafting é um dos melhores passeios da cidade, estando facilmente na lista de coisas imperdíveis da viagem. A descida acontece nas corredeiras do Rio de Contas, que nasce na Chapada Diamantina e deságua na praia da Concha, em Itacaré. O rio possui corredeiras que variam do nível 1,5 ao 6. O passeio dura cerca de 4h, das quais, 2h são de traslado (ida e volta) e 2h fazendo o rafting (cerca de 3,5 KM) e tirolesa. O trajeto possui 5 corredeiras principais e outras menores. A idade mínima permitida para praticar  é de 8 anos.

Pé da Pancada

O Pé da Pancada está localizado há cerca de 2 km de Taboquinhas sentido a Ativa Rafting, e é o local de lazer mais frequentado pelos nativos nos finais de semana, principalmente no verão. Conta com serviço de Salva-vidas todos os dias, de domingo a domingo para garantir a segurança dos banhistas. Chamada de Praia de Água Doce, o Pé da Pancada é comparado com as praias da sede, devido o volume de areia e o clima. Ainda existe a opção de jogar uma partida de vôlei, futevôlei e até mesmo um baba. Para quem quer ficar na água, pode alugar caiaques ou Standups.

Restaurante da Planeta Rafting

Localizado na Rua do Comércio, é uma das melhores empresas de Turismo de Taboquinhas, e além do rafting oferece um espaço bastante rustico e confortável para um excelente almoço ou jantar feito por Lúcia e equipe, saindo todos os pratos de seu gosto. O espaço também é bastante utilizado para confraternizações e diversos tipos de eventos, como aniversário.

Vila Rosa

 A Vila Rosa é a antiga sede de uma fazenda de cacau da Família Sampaio, localizada as margens do Rio de Contas. A Vila esta cercada por jardins decorativos e piscinas naturais de pedra. Um verdadeiro refúgio da civilização… num estilo luxo. Móveis antigos, paredes com murais e chãos de ladrilho hidráulico transporta o hospede pra o tempo de Gabriela nos livros de Jorge Amado. Quartos amplos com cama queen size. Todos os quartos possuem vista para o Rio de Contas e para plantação de cacau. Inclui café da manhã. Com apenas cinco quartos você se sentirá o próprio dono da fazenda.
 
Passeio guiado pela Mata Atlântica, plantação de Cacau, barcaça, fábrica de chocolate, Casarão da Vila Rosa e jardins ao redor. Acompanha a colheita de cacau e processos de fermentação e secagem. Visita nossa fábrica artesanal de chocolate e experimenta nossos deliciosos produtos: Cacau natural, Mel de Cacau, Chocolate Caseiro e Brownie. Acesso as piscinas de pedra e a represa. Lugares ótimos para nadar e remar com caiaque. O Café da Vila está aberto e é uma boa opção para almoço.  (custo adicional) Aberto todos os dias entre 9h e 16h.
Restauração da Vila Rosa.
A Vila Rosa era da Família Sampaio. Construída nos anos 30 durante a época dourada do Cacau. O Casarão e um belo exemplo de arquitetura colonial dessa época. Em 2004, após anos de deterioração, a casa foi comprada pelo Nova Iorquino Alan Slesinger. Com amor e cuidado a casa foi restaurada. Meio arquitetura-meio arqueologia o belo casarão se revelou. Após oito anos de restauração a Vila Rosa abre suas portas como uma pousada voltada para o turismo rural. Visite Taboquinhas e conheça uma das regiões mais bonitas e preservadas da costa do Cacau. Fonte: Itacaré Informa.

Comentários

Os comentários estão fechados.