Protestos durante enterro de homem em Taboquinhas.

Foi sepultado em Taboquinhas nesta sexta-feira (12), em meio a protesto, o Sr. Antonio Brasilino Nascimento, morto durante uma diligência da Polícia Militar na Região do Furtuoso, na zona rural de Taboquinhas. O Sr. Antonio era acusado de agressão por uma jovem e teria feito ameaças a mesma na quarta-feira (10). O cortejo fúnebre foi seguido por protesto, vários gritos de justiça foram pronunciados por familiares e amigos. Segundo os presentes, o Sr. Antonio era inocente, uma pessoa muito tranquila e trabalhadora e que estava passando por “problemas de saúde”.

Durante o protesto um familiar do falecido passou mal e foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e conduzido para o hospital.

Segundo o site Itacaré Informa, Sr Antônio, morreu após tentar atingir Policiais Militares com uma arma branca (biscó) na Região do Furtuoso, na zona rural de Taboquinhas. Ainda segundo o site, uma guarnição da Policia Militar em serviço em Taboquinhas teria sido acionada por populares após o senhor Antonio ter ameaçado e agredido uma jovem na região. Ao chegar na situação os policiais mantiveram contato com a vítima que apresentava lesões principalmente no pescoço, após a averiguação a policia se deslocou até a residência do acusado, que estava munido de uma arma branca, tendo determinação da guarnição para que soltasse o biscó por mais de uma vez, mas o agressor teria se negado a obedecer e demonstrou agressividade avançando contra os policiais com o braço erguido, não restando outra opção a não ser se defenderem.

O sr. Antonio foi alvejado no tórax sendo socorrido em seguida pelos PMs e testemunhas ao Hospital Gabriel Mota Barros, onde recebeu manobras de RCP, assim como outras tentativas de salvar-lhe, porém sem êxito.


Comentários

Deixar uma Resposta