Prefeito de Itacaré deverá assinar novos decretos para combater o Coronavírus.

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, se reuniu na tarde desta segunda-feira(23) com o grupo técnico do coronavírus e também com o comandante da 72ª Companhia Independente da Polícia Militar, Major Hosarah Rocha, para discutir a possibilidade de adotar medidas ainda mais duras e eficazes para combater o COVID 19 no município. As medidas deverão ser aplicadas tendo em vista que as previsões do Ministério da Saúde e de todos os órgãos dessa área apontam para um momento de pico de proliferação da doença a partir de agora, se intensificando ainda mais nos meses de abril e maio

O objetivo, segundo colocou Antônio de Anízio, é se antecipar a esse quadro crítico, evitando o caos e a proliferação da doença em Itacaré, e para isso a recomendação da equipe técnica, formada por médicos e enfermeiros, é adotar essas medidas, duras mas necessárias, para proteger a população itacareense. E para isso será fundamental a compreensão, a conscientização e a colaboração de todos, sejam comerciantes, consumidores, empresários, enfim, todos os moradores. E se não houver essa conscientização, para proteger a população será necessário o apoio da Polícia Militar.

Na lista de novas medidas o prefeito e a equipe técnica avaliam a necessidade de abranger o fechamento do comércio de outros setores que ainda não foram atingidos pelos decretos, além do planejamento do fechamento das agências bancárias e casas lotéricas. Outra discussão da equipe é o da determinação de medidas para conscientizar e garantir que o cidadão fique em casa, que tem sido atualmente a forma mais eficaz de combater e evitar o contágio e a transmissão do coronavírus.

Na última sexta-feira o prefeito Antônio de Anízio publicou decretos suspendendo o funcionamento das feiras livres da sede e dos distritos, bem como dos bares, restaurantes, quiosques, academias, lanchonetes, food trucks, casas de shows e eventos e outros estabelecimentos assemelhados. Também foi publicado o decreto suspendendo, pelo prazo de 15 dias, a contar das zero horas de 20 de março, a entrada de ônibus de transporte intermunicipal e interestadual no município, bem como a entrada de veículos de transporte individual de passageiro, tipo taxi e mototáxi, transportando turistas de outros países, regiões e localidades para Itacaré.

Ainda visando resguardar a saúde pública, foi publicado o decreto que proíbe que os estabelecimentos de hospedagens, hotéis, casas de veraneio, pousadas, resorts e assemelhados, recebam novos turistas pelo prazo de 30 dias, a contar das 17 horas de 20 de março de 2020. Fica também, de forma excepcional, proibido o acesso às praias de Itacaré pelo prazo de 30 dias.


Comentários

Deixar uma Resposta