Com o objetivo de fortalecer a causa protecionista na Bahia, o deputado estadual Marcell Moraes (PV) reuniu-se com representantes da ONG Anjo Azul de Itacaré, para discutir sobre as questões de proteção animal da cidade. Durante a reunião, Marcell articulou com os protetores, estratégias e soluções para as problemáticas da causa animal na cidade. Também foi discutido com Soeli Castilho e Ana Laura, representantes da ONG, e com os membros do PV de Itacaré, Leo Janicsek e Beto Archanjo, o trabalho que o deputado Marcell Moraes vem desempenhando na Assembleia contra os maus-tratos à animais e a promoção da saúde dos mesmos. (Verdinho)


Alexandre Gallo não é mais o técnico da seleção brasileira sub-20 e nem da sub-23, que será comandada por Dunga nas Olimpíadas de 2016.
A decisão foi tomada durante a semana e comunicada ao treinador nesta sexta-feira, em reunião na CBF. A entidade confirmou a informação em seu site oficial.

A saída de Gallo marca o fim de uma trajetória que começou em janeiro de 2013. Em dois anos e três meses como técnico e coordenador das seleções de base, Gallo comandou a Seleção sub-17 em 2013, sendo eliminado pelo México nas quartas de final. No mesmo ano, comandou também a Seleção sub-15.

Em dois anos, Gallo teve como conquista mais importante o bicampeonato do Torneio de Toulon, competição sub-21, em 2013 e 2014. Em 2015, ele comandou a Seleção sub-20 que ficou na quarta colocação no Sul-Americano da categoria.

Para a Seleção sub-20, já há um substituto: Rogério Micale, que comandava o Atlético-MG desde 2009, já se despediu dos jogadores do clube e aceitou a proposta da CBF. Ele foi campeão da Copa São Paulo de 2008 com o Figueirense. Ele terá 20 dias para preparar a Seleção sub-20 que disputa o Mundial da categoria, na Nova Zelândia, a partir do dia 30 de maio.


Foi realizada nesta sexta-feira(08), a segunda instrução, no comando do Major Rocha, do Pelotão de Emprego Tático Operacional – PETO da 72ª CIPM/Itacaré. O treinamento foi realizado no 2º Batalhão da Policia Militar em Ilhéus, sob a orientação do Asp Silveira, comandante do PETO, auxiliado pelos Asp Thiago da 68º CIPM e Asp Albérico da 71 CIPM.

Essa jornada visa qualificar cada vez mais os Policiais Militares de Itacaré para melhor atender a comunidade, com aprimoramentos de táticas e técnicas militares. O PETO vem realizando um excelente trabalho em Itacaré e região, sendo elogiado por toda a comunidade.

peto_de_itacare2

]peto_de_itacare3


O ex-prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, oficializou nessa semana a sua pré-filiação ao Partido dos Trabalhadores (PT) de Itacaré, após convite pessoal do Dep. Federal pelo PT da Bahia e atual secretário de Relações Institucionais do Estado e do diretório municipal do partido em Itacaré. “Tivemos uma mesa redonda, onde foi colocado um projeto para nossa Itacaré, aceitei participar e contribuir “.

“As obras estruturais que Itacaré precisa, é necessário o apoio do governador e da união, só com recursos próprios não tem como. De igual modo o PT tem a mesma linha de atuação do PC do B, partido o qual estive filiado até o ano passado, por isso aceitei”.

Com a filiação de Antônio de Anízio ao Partido dos Trabalhadores, o grupo de oposição a atual gestão se fortalece para as eleições de 2016. Que promete ser uma das mais acirradas e concorridas dos últimos tempos.

 


O Festival de Dança Itacaré – ano IV acontece entre os dias 27 e 31 em Itacaré e conta com uma programação composta por espetáculos, intervenções urbanas, instalação, encontros e discussões. As atividades acontecem em vários cantos da cidade, como o bairro do Porto de Trás, o bairro do Angelim, o condomínio da Concha do Mar, o campo da Passagem, a Praça São Miguel e a Passarela da Villa.

Com objetivo de formar o pensamento crítico sobre a dança com os participantes, o Festival promove os ENCONTROS EM CONJUNTO, que integram os bate-papos com Diana De Rose, que abordará as diversas possibilidades de desenvolvimento da dança, através da experiência com as atividades do Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro, além disso, levará informações sobre os demais espaços de dança no país, instigando o público a pensar novas possibilidades para a linguagem em Itacaré e região. Já a palestrante Suki Guimarães pretende, com esse encontro, fazer circular informações sobre o processo político-social da dança na Bahia/Brasil, além de sensibilizar e estimular os participantes a buscarem e/ou ampliarem a sua organização político-social da dança local e sua articulação com a rede de movimentos existentes na Bahia e no Brasil.

Além das apresentações artísticas, o festival oferece duas oficinas: Experimentos com VIDEOdança e CINEdança, ministrada por Ludmila Pimentel, de Salvador, que proporcionará aos participantes experimentar softwares de animação do movimento, bem como edição em tempo real, visando à criação de videodanças e cinedanças.; e O Movimento no/do Corpo, ministrada por Marcelo Sena, de Recife, que a partir de diversos estímulos sensoriais, irá trabalhar no corpo a reverberação de informações, transformando em movimento, através da ampliação, decomposição, fragmentação, alteração de dinâmicas e suas relações com o espaço, tempo e peso. As inscrições estarão abertas até o dia 15 de maio no site do festival.

Festival de Dança Itacaré – ano IV é uma realização da CASA VER ARTE, com apoio financeiro da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia e da Secretaria da Fazenda, através do Fundo de Cultura do Estado da Bahia.

programação-site-2


O Palmeiras não para de se reforçar. Na noite desta quinta-feira, o clube anunciou em seu site oficial um acordo com o meia Fellype Gabriel, que estava no Sharjah FC, dos Emirados Árabes.
Revelado no Flamengo, o jogador é um velho conhecido do técnico Oswaldo de Oliveira. Eles trabalharam juntos no Kashima Antlers, do Japão, em 2011, e no Botafogo, entre 2012 e 2013.
Fellype Gabriel está com 29 anos e irá realizar exames médicos na próxima segunda-feira antes de assinar contrato. Se der tudo certo, ele será o 21º reforço palmeirense para a temporada.
Depois de rescindir seu contrato nos Emirados no mês passado, o meia chegou a se tratar no Vasco de uma lesão na perna esquerda. O clube carioca tinha interesse na contratação do jogador, mas a pedida salarial impediu o acerto.

Apesar de ainda não ter assinado o contrato, Fellype Gabriel já falou como jogador do Palmeiras, em nota divulgada por sua assessoria de imprensa
– Mais um desafio na minha carreira. Vou trabalhar muito para reeditar a parceria de sucesso com o professor Oswaldo e os meus ex-companheiros da época de Botafogo. Conheço a ótima estrutura do Palmeiras e a força da torcida. Estou pronto para dar meu máximo e ajudar o clube a conquistar seus objetivos no ano – disse o meia.
– Aproveito a oportunidade para agradecer o Vasco, o Caprres e o fisioterapeuta Alex Evangelista pelo tratamento fantástico que recebi em São Januário. Agradecer também aos jogadores, funcionários e comissão técnica pelo carinho. Sem vocês, nada disso seria possível. Meu sincero agradecimento – completou Fellype Gabriel, em nota à imprensa. (Globo esporte)

Os outros 20 reforços do Palmeiras no ano foram:
Goleiro: Aranha
Laterais: Lucas, Egídio, Zé Roberto e João Paulo
Zagueiros: Vitor Hugo, Victor Ramos e Jackson
Volantes: Amaral, Arouca, Gabriel e Andrei Girotto
Meias: Cleiton Xavier, Robinho, Ryder e Alan Patrick
Atacantes: Dudu, Rafael Marques, Leandro Pereira e Kelvin


Após a juíza Márcia Simões Costa, da Vara Crime de Ruy Barbosa publicar a sentença do processo que envolve os integrantes da banda New Hit, um dos advogados do grupo, Rogério Mattos, concedeu entrevista ao site Bocão News, na tarde desta quinta-feira (8). Mesmo com a decisão que condena, cada um dos 11 envolvidos a 11 anos de prisão, Mattos explica que cabe recurso e que, por isso, todos os integrantes continuarão em liberdade. “Respeito a sentença, porém não concordo com os termos dela. O próximo passo será submeter a sentença à apreciação do Tribunal de Justiça via recurso de apelação, que é o julgamento acerca da setença por um grupo de desembargadores”, explicou.

Ainda conforme o advogado, os integrantes continuarão em liberdade “porque não existe o trânsito em julgado, que ocorre quando não cabe mais recurso. Neste caso, há ainda mais duas instâncias à recorrer, caso o TJ mantenha a decisão”, afirma.

Os réus

Alan Aragão Trigueiros, Carlos Frederico Santos de Aragão, Edson Bomfim Berhends Santos, Eduardo Martins Daltro de Castro Sobrinho, Guilherme Augusto Campos Silva, Jefferson Pinto dos Santos, Jhon Ghendow de Souza Silva, Michel Melo de Almeida, Wenslen Danilo Borges Lopes e Willian Ricardo de Farias foram condenados, cada um deles, a 11 anos e oito meses de reclusão. O regime de cumprimento da pena para todos os acusados deverá ser inicialmente fechado.

Segundo a sentença, “os acusados se encontram em liberdade, tendo acorrido a todos os chamamentos que a eles foram endereçados, razão pela qual, à míngua dos motivos autorizadores da custódia cautelar, concedo-lhes a benesse de aguardarem em liberdade o trânsito em julgado da sentença”.

Durante o processo, além das duas vítimas e dez acusados, foram ouvidas 12 testemunhas arroladas pela acusação, por meio do Ministério Público, e 53 testemunha de defesa.

De acordo com a denúncia oferecida pelo Ministério Público, na madrugada do dia 26 de agosto de 2012, no centro da cidade, eles teriam abusado “sexualmente das adolescentes Vitória e Vanessa, ambas de 16 (dezesseis) anos de idade, à época dos fatos, com elas praticando, mediante extrema violência, por repetidas vezes e em alternância, conjunção carnal e atos libidinosos diversos, em razão do que foram presos em flagrante”. (Bocão News)