O governo deve anunciar nos próximos dias uma medida que busca proteger famílias pobres com crianças portadoras de microcefalia. Os bebês terão direito a receber um salário mínimo por mês, desde que a família comprove renda mensal de até R$ 220 por pessoa. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, a lista de municípios onde foram registrados casos da má-formação já foi repassada pelo Ministério da Saúde para que o Ministério do Desenvolvimento Social cruze os dados com o cadastro de benefícios sociais do governo. O recurso oferecido às crianças com microcefalia faz parte do Benefício de Proteção Continuada (BPC), que garante um salário mínimo mensal a idosos com mais de 65 anos e pessoas com deficiência que não tenham como se sustentar e não podem ser sustentadas pela família. Sem incluir os casos do problema que pode estar ligado ao Zika vírus, o orçamento do BPC estima pagamento de R$ 48,3 bilhões neste ano. Com dados até 16 de janeiro, o último boletim do Ministério da Saúde registra 3.893 casos suspeitos de microcefalia no país. Para solicitar o benefício, é necessário agendar uma perícia no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).


Por volta das 23h desta terça-feira (26), o pastor Edimar Santos Brito, de 37 anos, chegou ao Distrito Integrado de Segurança Pública de Vitória da Conquista, após passar sete dias foragido. O religioso é apontado como responsável pelo sequestro e morte da pastora Marcilene Oliveira Sampaio, e sua prima, Ana Cristina Sampaio. Ele foi encontrado pela polícia em Ibicuí, na casa de um irmão.

De acordo com o Blog do Anderson, Edimar negou participação no crime. “Eu não mandei, não fiz, eu não tenho nada a declarar”, disse, afirmando que só irá se pronunciar em juízo.

A polícia suspeita que Edimar tenha cometido o crime por vingança, pois Marcilene e o marido, o pastor Carlos Eduardo de Souza, que também foi violentado, abririam um novo templo. Dois homens suspeitos pelos crimes estão detidos no Presídio Advogado Nilton Gonçalves.
– See more at: http://www.ladislauleal.com.br/2016/01/pastor-e-capturado-e-nega-crime-contra.html#sthash.40f5sviR.dpuf


Policiais militares da Rondesp prenderam na manhã desta quarta-feira (27), um idoso de 85 anos dentro de um boca de fumo, em Feira de Santana. Segundo informações da polícia, durante rondas no bairro do Caseb os policiais chegaram até uma residência na rua China e lá encontraram Miguel Barbosa. Além do idoso, Jully Almeida Carneiro, de 19 anos, também foi presa e um adolescente de 16 anos apreendido. Na casa foram encontradas 100 pedras de crack, uma quantia de R$ 357,80 e alguns aparelhos de telefone celular, que também foram apreendidos.

Conforme os policiais, todos os envolvidos admitiram envolvimento com o tráfico de drogas e foram conduzidos para Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) Regional.


O cantor Pablo postou uma foto em sua página oficial do Facebook, na tarde desta terça-feira (26), em que aparece ostentando três carrões e recebeu vários elogios dos fãs. Um dos veículos, o Porsche Boxster, pode custar de R$ 365 mil a R$ 454 mil.

“Graças a Deus, com o fruto de muito trabalho, fui agraciado com essa conquista. Feliz! #PorsheBoxter (sic)”, escreveu na legenda. Em menos de uma hora, a foto recebeu mais de 12 mil curtidas.

Nos comentários, os fãs do cantor parabenizaram ele pela conquista e o sucesso. “Cada um gasta o seu dinheiro como quer e eu não vou deixa de ir aos shows dele porque ele tem mais um carro. Isso é besteira! Quem trabalha Deus sempre ajuda”, disse um seguidora.

“Você merece cara! Já sofreu demais na vida e com muito sofrimento mudou de vida, você merece toda conquista do mundo”, postou um outro fã. “Esse é fruto do trabalho. Aí está o resultado de inúmeras noites de sono fazendo seus shows, do começo árduo de carreira, e das perdas ao longo dessa labuta. Parabéns!”, elogiou outro. (Verdinho)


Quatro detentos fugiram da delegacia da cidade de Itamari e ainda deixaram um bilhete debochando da polícia e da segurança da carceragem. Os fugitivos, já identificados, têm entre 20 e 30 anos, e respondem por crimes como assalto, tráfico de drogas e homicídios. A fuga ocorreu na noite de domingo, mas até esta terça-feira (26) nenhum havia sido recapturado. O bilhete, escrito em uma folha de caderno, traz a mensagem: “Os loucos vivem pouco, mais vivem como podem. Vão aprender a ser polícia, para tirar onda com o ladrão. E faz outra cadeia, que esta é de papelão”.Segundo informações da delegacia da cidade, para escapar, os detentos conseguiram quebrar o cadeado de uma das celas e acessar o pátio onde ocorre o banho de sol. Depois, serraram as grades da cobertura do pátio e chegaram à área externa. A carceragem da unidade prisional estava com 10 presos e só restaram seis. “Antes de fugir, deixaram esse bilhete fazendo chacota. Disseram que a delegacia foi construída com papelão. Um verdadeiro deboche”, comentou o delegado José Raimundo, titular da 5ª Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Coorpin/Valença) Ainda segundo o delegado, equipes das polícias Civil e Militar fazem buscas no município e regiões vizinhas para tentar localizar os fugitivos. *Informações do G1


Itacaré tem suas origens mais remotas em uma aldeia indígena que vivia da caça, pesca e agricultura de subsistência. Nesta região a colonização portuguesa teve início por volta de 1530, com a implantação das capitanias hereditárias. Os portugueses trouxeram consigo os Jesuítas que tinham como um de seus objetivos a demarcação de terras.

Por volta do ano de 1720, o Jesuíta Luis da Grã ergueu uma capela sob a invocação de São Miguel, batizando a população com o nome de São Miguel da Barra do Rio de Contas. Ainda assim, o povoado só se tornaria um município em 1732, por obra e graça da Condessa do Resende – Dona Maria Athaíde e Castro. A Condessa era a donatária da capitania de Ilhéus e, em 26 de janeiro, elevou Itacaré à categoria de município.
Os principais monumentos históricos de Itacaré são a Casa dos Jesuítas e a Igreja Matriz (1723), primeiro bem oficialmente tombado pelo Instituto do Patrimônio Ambiental e Cultural da Bahia (IPAC). Com quase 300 anos a igreja de Itacaré, cujo padroeiro é São Miguel Arcanjo, dispõe de oratório rococó, com imagens de São Miguel, São Sebastião, Santo Antônio e Senhor dos Passos. Em alvenaria mista, a edificação tem capela-mor com sacristia, andar superior com coro, galeria e sala do consistório. O município ainda preserva sobrados e casarões transformados em pousadas e casas comerciais, alguns preservados e que valem uma visita. Contam os mais antigos que, durante o período de colonização, os indígenas que aqui viveram (gueréns e tupiniquins) atacavam constantemente moradores e jesuítas. Foi por isso que os padres decidiram construir um túnel ligando a Igreja e a Casa dos Jesuítas, por onde fugiam das perseguições, embrenhando-se pelas matas.
O primeiro Prefeito Municipal (Intendente, como era chamado na época) foi Joaquim Vieira dos Santos, que comandou Itacaré entre os anos de 1890 e 1893.
A base econômica, não só do município de Itacaré, como da região sul da Bahia era a produção de cacau. Seu porto era um dos principais pontos de escoamento da produção agrícola do estado e, durante muitas décadas, os grandes senhores do cacau ditaram as regras e produziram a riqueza. Em meados dos anos 70, quando a vassoura de bruxa – praga que ataca as lavouras de cacau – chegou por aqui, começamos a assistir ao declínio e empobrecimento de toda a região. Enquanto se desenvolve a alternativa do cacauhíbrido o povo itacareense, valente e resistente, vai também vislumbrando e planejando um novo caminho para o desenvolvimento: o turismo sustentável.
POR QUE “ITACARÉ”?
O significado da palavra Itacaré ainda hoje causa algumas dúvidas; uns dizem que é “Pedra Redonda”; outros que é “Pedra Bonita”. Uma pesquisa junto à Biblioteca Central da Universidade Federal da Bahia. O resultado dessa pesquisa diz que a palavra Itacaré é formada por: “itacá” (rio ruidoso) e “ré” (diferente). Assim, Itacaré significaria “rio de ruído diferente”.
Fonte: Itacaré.com/Fotos arquivo pessoal Itacaré Urgente.

Moradores de Itacaré vem constantemente reclamando que a Prefeitura Municipal não vem mantendo no ar o Diário Oficial do Município e o Portal da Transparência do Município. O site oficial do Município está no ar, porém ao clicar no Portal da Transparência aparece uma mensagem: Esta página da web não está disponível.

A não manutenção do site do Município configura desrespeito à Lei Complementar n.° 101/00, que determina a implantação e alimentação de Portal de Transparência no município, o que configura o Crime de Improbidade Administrativa.

A prefeitura deve prestar contas à população e publicar suas contas de forma simples em local visível e de fácil acesso para todos os cidadãos, segundo a Lei nº 12.527/2011. E de acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal, art. 48 e 49, a prefeitura deve, ainda, incentivar a participação popular na discussão de planos e orçamentos. E cabe a você, cidadão, fiscalizar se tudo isso está sendo feito.

Caso haja denúncia do fato ao Ministério Público de que as informações que a execução orçamentária não estão sendo divulgadas pela Prefeitura de Itacaré no Portal da Transparência, poderá ser instaurado um processo civil público contra o chefe do Executivo Municipal para apurar o não cumprimento da Lei.

Abaixo o print da página fora do ar, para acessar: http://ba.ioe.org.br/prefeitura/itacare/ Diário Oficial e http://177.128.137.215:5020/portal/ para o Portal da Transparência.

portal_da_transparencia_fora_do ar