No entanto, adolescentes que forem fazer o alistamento eleitoral pela primeira vez devem ficar atentos ao prazo final para a realização do procedimento: 4 de maio. Nesta data ocorrerá o fechamento do cadastro eleitoral em todo o país, sendo, portanto, data limite, para que todos os eleitores façam qualquer tipo de solicitação junto à Justiça Eleitoral. O prazo final não deve ser confundido com a data que marca o fim da “Semana do Jovem Eleitor”. Embora a campanha coordenada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) foi encerrada na última sexta-feira (1º), a data limite para todos os eleitores – inclusive os jovens de 16 e 17 anos – solicitarem qualquer serviço à Justiça Eleitoral é 4 de maio. A campanha, que circula em âmbito nacional, tem como objetivo, justamente, incentivar o alistamento eleitoral destes jovens antes do findar do prazo. Na Bahia, dos cerca de dez milhões de eleitores aptos a votar no momento, quase 139 mil têm entre 16 e 17 anos e votam facultativamente. Desses jovens, pelo menos 77 mil já fizeram o recadastramento biométrico. Para fazer a inscrição, o adolescente deve comparecer ao cartório eleitoral ou postos de atendimento nos SACs com documento de identificação com foto, comprovante de residência recente e comprovante de quitação militar, no caso dos que sejam do sexo masculino.(Giro em Ipiaú)


O prefeito de Gandu, Ivo Sampaio Peixoto (PCdoB), justificou “motivos de saúde” para renunciar ao cargo. A saída foi oficializada na manhã desta segunda-feira (4), em comunicado protocolado na Câmara Municipal de Vereadores. No documento, Peixoto afirmou que vai esclarecer à população, nas próximas horas, “os sérios e progressivos problemas de saúde que venho enfrentando”. “Informo, outrossim, que, nas próximas horas, irei me reportar ao povo ganduense, esclarecendo os sérios e progressivos problemas de saúde que venho enfrentando, bem assim ratificar as razões que justificaram minha decisão, prestarei os devidos agradecimentos aos secretários, diretores e servidores públicos. Reafirmarei minha gratidão a essa terra”, disse o gestor na carta-renúncia. Em nota, a prefeitura de Gandu afirmou que a decisão foi tomada em comum acordo com o vice-prefeito, Djalma dos Santos Galvão (PT). Com a renúncia de Peixoto, é o vice quem assume a chefia do Executivo Municipal. A posse do novo prefeito deve acontecer em sessão extraordinária a ser marcada pela Câmara Municipal. O petista já se reuniu com o secretariado na tarde desta segunda para discutir os rumos do governo. *Informações do Bahia Notícias


O pescador Átila Jesus Santos afirma ter pescado na manhã deste domingo (03) no Rio Preguiça no município de Aiquara, um peixe pintado de 1 metro 20 centímetros de comprimento e pesando mais de 16kg.

Segundo ele informou ao GIRO, o peixe foi capturado com um arbalete, conhecido popularmente como ‘pistola’, utilizado na pesca de mergulho.

Átila pescava na companhia de dois amigos (Alex e Marquinho), com os quais irá dividir o ‘prêmio’. O morador do povoado de Palmeirinha não soube informar se existem outros peixes dessa espécie no Rio Preguiça. (Giro em Ipiaú)


O Brasil já registra 71 mortes por complicações pelo vírus da gripe A (H1N1), segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde nesta segunda-feira (4). Deste total, 55 ocorreram em São Paulo, Estado que registra um avanço de casos graves ligados ao vírus ainda antes do inverno, segundo autoridades de saúde.Os dados foram contabilizados até o dia 26 de março. O número de mortes por H1N1 neste ano já é quase o dobro do registrado em todo o ano de 2015, quando houve 36 óbitos após complicações dos sintomas. Em 2014, foram 163. Além de São Paulo, também houve mortes registradas em Santa Catarina (três casos), além de Ceará, Bahia e Minas Gerais (dois casos cada). Também houve mortes no Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Rio de Janeiro e Pará (um registro cada). Em nota, o Ministério da Saúde diz que está monitorando os casos de H1N1 nestes Estados junto com as vigilâncias locais. Ao todo, o país já registra 444 casos de Srag (síndrome respiratória aguda grave) ligada ao H1N1, que ocorre quando há complicações dos sintomas da gripe, como falta de ar. O número representa um aumento de 45% em relação ao último boletim divulgado pelo Ministério da Saúde, com dados até 19 de março, quando havia 305 registros. No país, São Paulo concentra o maior número de registros destes atendimentos na rede de saúde -foram 372 pacientes até 26 de março. *Informações do Uol


A Petrobras deve anunciar nessa segunda-feira(4) a queda nos preços da gasolina e diesel. Os estudos feitos pela estatal estão prontos e baseiam-se nas quedas do consumo interno (9% em 2015 em comparação com 2014 e 11% em janeiro ante a janeiro do ano passado), do preço do barril de petróleo e do dólar nas últimas semanas. E, claro, ajuda a criar uma agenda positiva para o governo num momento de extrema dificuldade política e econômica. (OGlobo)


A menos de duas semanas da data estimada para a votação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff no plenário da Câmara, 261 deputados afirmaram ao Estado que votariam a favor da abertura do procedimento e 117 se posicionaram contra. Nove não quiseram se manifestar, 55 disseram estar indecisos ou preferiam esperar a orientação partidária e 71 integrantes de 15 siglas não foram localizados. Para a abertura do processo de impeachment na Câmara são necessários 2/3 do plenário: 342 votos. Para arquivar o processo o governo precisa do apoio de 171 deputados, entre votos a favor, faltas e abstenções. Entre os que querem o impeachment já se fala em estender a sessão, que deve ocorrer até o dia 15, se não houver recurso do governo, até o domingo. O objetivo é atrair mais atenção da população para uma batalha que os números mostram estar acirrada e ainda em aberto. Nos últimos quatro dias, o Estado provocou deputados individualmente para que, de maneira informal e com a opção de que os nomes poderiam ficar em sigilo, expusessem como se posicionariam se a votação fosse no dia da entrevista. *Informações do UOL


Ídolo do futebol italiano como jogador e treinador, Cesare Maldini faleceu na madrugada deste domingo (3), aos 84 anos de idade. A causa que levou o pai do ex-jogador e também lendário Paolo Maldini ainda não foi informada. Como forma de homenagem, todos os jogos da rodada deste domingo do Campeonato Italiano terão um minuto de silêncio como forma de homenageá-lo.

Assim como o filho, Cesare Maldini também era zagueiro e fez a sua história no Milan, clube que defendeu de 1954 a 1966 e, ao todo, entrou em campo em 347 oportunidades. Em 1963, foi capitão na campanha que levou o Milan à primeira Copa dos Campeões.

Seu legado no Milan é inquebrável e tem mais, já que a segunda geração com seu filho Paolo segue os seus passos desfrutando de grande sucesso no Milan. O presidente Silvio Berlusconi e o resto do clube sempre lembrarão de seu carisma, gentileza e sorriso contagiante – postou o Milan em comunicado oficial.

Após encerrar a carreira como jogador, Maldini foi se aventurar como treinador. Seu ápice foi quando comandou a Squadra Azzurra no Mundial de 98, levando os italianos até as quartas de final até serem eliminados pela França. Ele ainda treinou a seleção paraguaia na Copa de 2002 – na ocasião, chegou até as oitavas e caiu para a Alemanha. (O Lance)