As mensagens passam a ser codificadas, de forma, que apenas uma chave de segurança localizada no aparelho do destinatário conseguirá acessá-las.

A nova tecnologia já foi liberada para a maioria dos usuários do serviço pelo mundo, porém, alguns devem receber a funcionalidade ao longo das próximas horas. Casos em que a Justiça determinar que o WhatsApp precisa revelar o conteúdo da conversa para uma investigação, por exemplo, a empresa não terá condições técnicas para atender ao pedido.

Com um bilhão de usuários, o WhatsApp passa a ser o maior sistema de criptografia de comunicação em uso no planeta. Segundo a empresa, o sistema não conta com uma “porta dos fundos”, o que significa que uma conversa protegida não pode ser desembaralhada nem pelo próprio WhatsApp.

Para ter acesso ao novo recurso, basta atualizar a versão do aplicativo instalada no smartphone.

De acordo com o site Open Whisper Systems, a criptografioa de ponta a ponte foi progressivamente adotada pelo WhatsApp ao longo do último ano, cobrindo todas as plataformas onde o serviço está disponível, como iPhone, Android, Windows Phone, Nokia S40, Nokia S60, BlackBerry e BB10. (G1)

Aviso de criptografia em conversa do WhatsApp. (Foto: Reprodução)

Aviso de criptografia em conversa do WhatsApp. (Foto: Reprodução)

 


O anúncio foi feito por Pedro Bial em um discurso digno de grande final. “Munik, ao contrário, se basta, se guarda, guarda. Exercita observação feita de contenção. Como pode ser broto e, ao mesmo tempo, fruta madura? Munik não vai com as outras. Nem faz questão de mostrar seus sentimentos, mas se provocada… Zero papas na língua, diz e pronto”, diz o apresentador, logo antes de revelar que a goiana é a vencedora desta edição do Big Brother Brasil.

Confira o placar da votação da Final do BBB16:

Resultado Final BBB16: Munik campeã (Foto: Scitilla Lima/Gshpw)

Trajetória no BBB16

Munik entrou na casa animada e cheia de energia para gastar. A sister nunca deixou de curtir uma festa e quase sempre era uma das últimas a deixar a pista de dança. Porém, a jovem de 19 anos acredita que entrou inocente no BBB16. Tudo mudou na primeira semana, quando foicotada para encarar o Paredão. A sister ficou sabendo da história, não segurou o choro e foi tirar satisfação. A partir daí, a goiana ganhou uma grande aliada: Ana Paula. Ela também ficou muito amiga de Geralda e Ronan. O quarteto formou a Quadrilha Suicida.

Assim que colocou o pé no confinamento, a beleza de Munik chamou a atenção dos participantes. E quem primeiro encantou a goiana foi Renan. Depois de muita conversa e charminho, os dois se beijaram pela primeira vez por iniciativa da gata. O romance não engatou porque o modelo decidiu que não queria se relacionar com ninguém por gostar de uma pessoa que estava fora da casa.

Munik vencedora BBB16 (Foto: Raphael Dias/Gshow)Munik no palco da Final BBB16, ao lado de Ivete Sangalo e Ludmilla (Foto: Raphael Dias/Gshow)

E quem disse que isso seria motivo para “Pequi” desistir do amor na casa? Surpreendida com a entrada de um falso participante libanês, Laham, a sister logo se mostrou fascinada e os dois ficaram juntinhos, aos beijos. Eles chegaram até a trocar alianças improvisadas. Porém, a sister foi pega de surpresa ao descobrir que o suposto ex-BBB era na verdade um ator que entrou na casa para pregar uma peça nos brothers.

Se Munik não resistiu às investidas de Laham, ela se manteve firme ao flerte de Ronan. O amigo roubou selinho, cuidou da sister, abraçou e elogiou, mas não conseguiu conquistá-la. Na verdade, Munik começou a ficar irritada com algumas brincadeiras do brother. Mas os dois nunca deixaram de ser amigos.

Munik (Foto: TV Globo)A campeã Munik abraça Maria Claudia, segunda colocada do BBB16 (Foto: TV Globo)

No jogo, Munik foi Líder duas vezes. Na primeira liderança, indicou Daniel ao Paredão. Já nosegundo reinado, emparedou Renan e confessou ter ficado com dor no coração ao ver aEliminação do modelo. Além de ter emparedado, Munik foi para a berlinda também. Ela enfrentou a votação do público três vezes.


O MPE (Ministério Público Estadual) abriu investigação contra o vereador Marco Antônio Ricciardelli, o Marquito (PTB), integrante do “Programa do Ratinho”, do SBT. A suspeita do MPE é de que funcionários que trabalham no gabinete dele são obrigados a devolver parte dos salários para o parlamentar.

Na semana passada, dois ex-funcionários de Marquito prestaram depoimento ao promotor de Justiça Cassio Conserino e falaram que fazem “repasses” de seus salários para vereador.

Uma das testemunhas mostrou os holerites nos quais constam os depósitos dos valores acima do seu salário e deixou também com o promotor cópia de extratos bancários nos quais constam saques de valores altos em dinheiro feitos sempre no dia de pagamento.

Com essa investigação em andamento, Ratinho ficou em uma sinuca de bico. O apresentador resolveu manter Marquito como integrante do programa, mas vem sendo cobrado nas redes sociais, uma vez que adora cobrar no ar, em sua atração, mais honestidade dos governantes do país. Os internautas estão pressionando Ratinho, que se ateve a dizer no ar que “quem errou deve pagar por isso”.

Ratinho sempre faz discursos inflamados falando sobre corrupção e sobre a roubalheira no país. Cobra governantes no ar com questões ligadas a saúde, segurança pública, entre outras. A investigação envolvendo um integrante de seu programa não deixou o apresentador nada feliz. Pelo contrário. Ele não quer demitir Marquito, mas não sabe o que fazer.

Oficialmente, o SBT diz que a emissora não tem nada a ver com o trabalho de vereador de um de seus funcionários, pois Marquito é apenas humorista do canal. E que ele continua normalmente trabalhando na emissora.

É óbvio que o Marquito da TV não é mesma pessoa que o vereador Marco Antônio. Mas também é fato que a exposição em um programa de televisão ajudou a projetar e a eleger o humorista. É assim com várias personalidades de TV que entram na política. Foi assim também com o humorista e deputado Federal Tiririca.

Internamente no SBT, comenta-se que se a questão não for resolvida rapidamente, Marquito vai perder espaço na TV até a poeira baixar. O humorista pode aparecer menos no “Programa do Ratinho”, com o pretexto de estar trabalhando como vereador ou fazendo shows pelo país.

Ratinho deve estar com vontade de gritar pra valer a famosa frase que solta no programa nos momentos de brincadeira no palco: “Bate no Marquitooooo!”. Fonte/ KTV


Barcelona e Atlético de Madrid fizeram um grande confronto nesta terça-feira, pela abertura das quartas de final da Liga dos Campeões. Digno da crescente rivalidade entre os clubes. No Camp Nou, os madrilenhos saíram na frente no primeiro tempo, mas o autor do gol Fernando Torres foi expulso logo depois. Com um a mais, os catalães exerceram uma incrível pressão no segundo tempo, buscaram a virada com dois gols de Suárez e selaram a vitória por 2 a 1, que lhes dá a vantagem, mas deixa o confronto aberto para a volta.

O resultado desta terça não foi dos melhores para o Atlético, mas diante das circunstâncias da partida pôde ser comemorado. Com ele, o time madrilenho se classifica às semifinais com uma vitória simples por 1 a 0, na volta, em casa, no próximo dia 13. Ao Barcelona, basta o empate ou uma derrota por um gol, desde que o placar seja superior a 2 a 1.

O início nesta terça foi exatamente como se esperava. O Barcelona ficava com a posse e encurralava o Atlético, que por sua vez aceitava a pressão territorial e tentava surpreender nos contra-ataques. A estratégia madrilenha deu certo e o Barcelona pouco assustou. Messi, duas vezes, chutou torto da entrada da área. Neymar, aos 18 minutos, recebeu sozinho na área e cabeceou para fora na melhor chance do time na primeira etapa.

Aos poucos, o Atlético foi gostando do jogo e passou a assustar quando ia ao ataque. Muito mais incisivo que o rival, abriu o placar aos 24 minutos. Koke recebeu na intermediária e viu Piqué deixar a área para tentar surpreendê-lo com o bote. O meia foi esperto, encontrou Fernando Torres exatamente no espaço deixado pelo zagueiro catalão e enfiou ótima bola. O experiente atacante recebeu na corrida, na entrada da área, e bateu firme de primeira entre as pernas de Ter Stegen.

O gol deixou ainda mais nervoso um jogo que já era tenso. O Atlético se fechou, passou a abusar das faltas, mas quase ampliou em um contra-ataque. Aos 31 minutos, Griezmann recebeu na meia-lua, dominou e bateu cruzado. Ter Stegen se esticou todo e fez linda defesa.

Só que o excesso de vontade do Atlético cobraria seu preço na sequência, e de herói, Fernando Torres viraria vilão. Depois de uma entrada dura em Neymar, repetiu a atitude para cima de Busquets, recebeu o segundo amarelo e deixou o Atlético de Madrid com um a menos com 35 minutos.

Mesmo com um a mais, o Barcelona não conseguiu infiltrar na ótima marcação do Atlético até o intervalo. Só que o segundo tempo começou diferente, e logo com três minutos, Neymar encontrou Messi na área, o argentino dominou no peito e virou bicicleta rente à trave. O brasileiro era a principal arma ofensiva do Barcelona e voltou a assustar aos cinco. Ele recebeu na entrada da área, cortou para a perna direita e acertou o travessão.

O que se viu nos primeiros minutos da etapa final foi um verdadeiro massacre do Barcelona. Neymar, de cabeça, Messi, de fora da área, Iniesta, pela esquerda, deram sequência à incrível pressão exercida pelos donos da casa. Tudo isso nos primeiros dez minutos. O Atlético não conseguia sair da própria área, a torcida da casa inflamou e o empate parecia questão de tempo.

A pressão seguiu e Neymar quase marcou novamente aos 16, quando arriscou de fora outra e jogou perto. Até que finalmente a insistência deu resultado. Somente um minuto depois, Daniel Alves recebeu pela direita e cruzou. Jordi Alba chegou batendo de primeira, torto, mas Luis Suárez apareceu no meio da área para desviar para a rede.

O gol diminuiu a urgência do ataque do Barcelona e, consequentemente, deixou o Atlético um pouco mais solto. Quando parecia que os visitantes tinham mais controle, Suárez apareceu mais uma vez para garantir a virada. Após rápida troca de passes na entrada da área, Daniel Alves cruzou na cabeça do uruguaio, que testou firme para a rede.

Mesmo em desvantagem, o Atlético não teve vergonha de se fechar ainda mais. O Barcelona seguiu em cima, mas talvez até pela questão física não conseguia manter o nível da pressão. Messi ainda tentou em arrancada pelo meio da área, mas os madrilenhos conseguiram minimizar o dano e segurar a derrota pela diferença mínima. Com informações do Estadão Conteúdo.


Correu pelas redes sociais ao longo do dia a foto do que seria o corpo já sem vida do prefeito de Itaperuçu (PR), Neneu José Artigas (PDT). Entre as diversas explicações, estava a de que ele teria sido assassinado dentro da própria casa na cidade da região metropolitana de Curitiba.

Mais tarde, porém, a prefeitura de Itaperuçu enviou nota afirmando que tudo não se passou de uma brincadeira do prefeito.

“Neneu estava fazendo um lanche em Rio Branco do Sul, quando um sachê de molho barbecue estourou em seu rosto. Como ele é brincalhão, não fez conta do ocorrido e se deixou fotografar na situação por muitos que estavam no local. Logo surgiram várias montagens sobre a foto inclusive em grupos de Whats App onde várias historias surgiram, dentre elas que ele estaria morto em sua casa etc. Não é a primeira vez que fazem isso com a imagem do prefeito. Tempos atrás, outra imagem registrava ele na casa de um amigo no litoral do Paraná porém já diziam estar casas de festas e boates.”

A dita brincadeira foi considerada de mau gosto por muitos internautas. (Noticias ao Minuto)


Após visita ao Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA) para falarem acerca da necessidade de o órgão alimentar o SisConta Eleitoral, o Procurador Regional Eleitoral Ruy Nestor Bastos Mello, e o Corregedor interino do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA), juiz Marcelo Junqueira Ayres Filho, retornaram com importante notícia. Além de fornecer os dados necessários ao SisConta Eleitoral – cadastro de inelegíveis monitorado pelo Ministério Público –, o TCM irá disponibilizar aplicativo da própria instituição para compartilhar dados dos gestores que tiveram as contas reprovadas.

Com a abertura do aplicativo do TCM para o TRE e para a Procuradoria Regional Eleitoral (PRE), o SisConta Eleitoral ganha, agora, um reforço no combate aos “fichas-sujas”. Isso, porque, de acordo com o procurador Ruy Mello, das 30 ações judiciais que foram propostas pela Procuradoria Eleitoral contra os inelegíveis nas últimas eleições na Bahia, pelo menos 25 foram respaldadas por decisões do TCM. Em outras palavras, significa dizer que as decisões e pareceres da corte de contas ensejaram a maior parte dos casos de inelegibilidade naquele pleito.

Para a disponibilização dos dados, o TCM irá compartilhar a senha de uso do aplicativo. O acesso vai auxiliar a análise do histórico dos candidatos, trabalho que serve para embasar os promotores eleitorais na hora de fazer os pedidos de indeferimento das candidaturas. Da mesma maneira, o conhecimento dos dados pelos juízes tornará mais eficiente a atuação da Justiça Eleitoral, que julgará estes eventuais pedidos do Ministério Público.

Últimas visitas

As últimas entregas de ofícios agendadas estão previstas para está terça-feira (5/4), às 14h, na Secretaria de Controle Externo do Tribunal de Contas da União na Bahia, e para a quarta (6/4), às 15h, na Assembleia Legislativa baiana.

Com informações do TRE/BA e do TCM.


A Polícia Civil da Bahia anunciou, nesta segunda-feira (4), que bloqueios de celulares roubados ou furtados podem ser feitos pelas vítimas dos crimes em qualquer delegacia. A ação faz parte de nova medida implantada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) no dia 8 de março, com objetivo de combater os tipos de crime. Antes, os usuários só conseguiam bloquear celulares junto às operadoras, indicando o número do IMEI (International Mobile Equipment Identity, na sigla em inglês), espécie de RG desses aparelhos. Desde 8 de março, usuários de todo o país que tiveram os celulares roubados ou furtados já puderam entrar em contato com as operadoras para pedir o bloqueio informando apenas o número da linha.No caso do bloqueio na delegacia, o titular da linha só precisa ir até uma unidade policial, registrar a ocorrência e preencher um formulário solicitando o bloqueio. No caso de linhas habilitadas em nome de pessoas físicas, o titular deverá registrar a ocorrência de furto ou roubo em qualquer unidade policial e levar uma cópia do seu RG, CPF e comprovante de residência. No caso de telefones habilitados em contas de pessoas jurídicas, o responsável deverá apresentar o cartão do CNPJ e um documento que o habilite como representante legal. Nos dois casos, o número do IMEI do aparelho é dispensável.Desde dezembro do ano passado, a Polícia Civil da Bahia já realizava o bloqueio de aparelhos não vinculados a linhas telefônicas, ou seja, não habilitados, oriundos de roubos de cargas ou assaltos em lojas de varejo. Para o registro desse tipo de ocorrência, o autor da denúncia deve apresentar cópia do RG, CPF e comprovante de residência, um documento que o habilite como representante legal da empresa, cartão CNPJ e uma planilha com os números de IMEIs dos aparelhos roubados. *Informações do G1