Os professores das universidades estaduais devem entrar em greve na próxima quinta-feira (7). Isso vai depender de a sugestão da diretoria da Aduneb (Associação dos Docentes da Universidade do Estado da Bahia) ser acatada pela maioria em assembleia geral com a participação dos docentes das quatro universidades (Universidade do Estado da Bahia – Uneb, Universidade Estadual de Feira de Santana – Uefs, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia – Uesb e Universidade Estadual de Santa Cruz – Uesc). A pauta de reivindicações de 2015 tem como ponto central o aumento do orçamento (no mínimo 7% da Receita Líquida de Impostos – RLI) e foi protocolada no governo em dezembro de 2014 – depois, reafirmada em 28 de janeiro. Após quatro meses, o governo do estado só abriu negociação quando mais de 500 manifestantes realizaram ato público na Secretaria Estadual da Educação e na Assembleia Legislativa, segundo a Aduneb. “Para os professores, desde então, apesar da aparente abertura do diálogo, o governo passou a utilizar da estratégia da enrolação”, diz a entidade.


A noite desta terça-feira (5) foi de festa para os tricolores, no Clube Espanhol, em Salvador. Depois de ter conquistado o bicampeonato baiano no último domingo (3) com uma goleada por 6 a 0 sobre o Vitória da Conquista, a equipe foi premiada na festa de encerramento da competição: cinco integraram a seleção da competição. Outros times que estiveram representados na premiação foram o Bahia de Feira, com o goleiro Léo, e o Vitória da Conquista com Apodi, Fernando Belém, Fausto, Mateus Leoni e Carlinhos.

Confira a seleção do Campeonato Baiano de 2015:

Goleiro: Léo (Bahia de Feira)
Lateral-direito: Apodi (Conquista)
Zagueiros: Titi (Bahia) e Fernando Belém (Conquista)
Lateral-esquerdo: Mateus Leoni (Conquista)
Volantes: Fausto (Conquista) e Souza (Bahia)
Meias: Tiago Real (Bahia) e Carlinhos (Conquista)
Atacantes: Maxi Biancucchi e Kieza (Bahia)

(Bahia Notícias)


Uma soteropolitana pode ter desbancado a japonesa Misao Okawa, de 117 anos, e se tornar a mulher mais velha do mundo. Dona Eurides Fagundes, conhecida como “Vovó” vive em uma casa de apoio na capital baiana e teria 120 anos. Segundo uma certidão de nascimento emitida por um cartório de Salvador, ela nasceu no dia 6 de dezembro de 1894. Apesar da idade avançada e de não conseguir mais caminhar sozinha, Dona Eurides ainda permanece lúcida. Em entrevista ao G1, ela contou sobre sua juventude e sobre seu único companheiro. “Era pedreiro. Caiu de um andaime e morreu. Chamava Manoel Ramos”, contou ela, que trabalhava de empregada doméstica.A “Vovó” vive há 18 em uma casa de apoio a pacientes com câncer. Ela chegou ao local com um tumor no intestino, mas conseguiu se curar e acabou “adotada” pela instituição. De acordo com sua cuidadora, a idosa vai bem de saúde, mas precisa de uma alimentação controlada, o que a impede de comer um de seus pratos favoritos. “Gosto de comer peixe, negócio de marisco, caranguejo, siri. [Mas] aqui não come”, explica. Perguntada até quando pretende viver, ela responde: “Jesus que sabe”. (G1)


Um homem armado invadiu um velório e atirou contra o caixão em que um jovem estava sendo velado na madrugada desta terça-feira (5), no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa, no Estado da Paraíba. De acordo com a Polícia Militar, o jovem havia sido baleado no domingo (3), mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital, na segunda-feira (4).

A invasão do velório aconteceu por volta das 4h. Segundo a PM, o pai, a mãe e a irmã do jovem velavam o corpo em um saguão de uma central de velórios quando um homem chegou ao local, pediu para que a família se afastasse e atirou duas vezes contra o caixão.

Ainda de acordo com a PM, os policiais realizaram buscas pela região, mas o atirador não foi encontrado. A família não soube explicar aos policiais quem seria a pessoa que atirou, mas a polícia acredita que existia alguma rixa entre o jovem e o atirador.

Investigações

O jovem que estava sendo velado já era investigado pela polícia pelo crime de homicídio há pelo menos cinco meses, mas foi baleado e morreu no hospital antes da polícia concluir a investigação. Segundo o delegado, ele era suspeito de pelo menos três assassinatos e, após o último deles, em dezembro de 2014, o jovem gravou um vídeo segurando uma arma e confessando que havia matando um homem. O vídeo foi divulgado nas redes sociais. “A polícia, de posse do vídeo, enviou o material para análise criminalística e após atestarmos a veracidade das imagens, começamos a investigar o jovem”, disse Nóbrega. A polícia acredita que o jovem foi morto no domingo como represália de cúmplices do homem que ele matou em dezembro. “Em razão disso [da morte do jovem], pessoas ligadas à vítima tentaram matar os suspeitos do homicídio e por isso, conseguimos realizar duas prisões em flagrante: a do cúmplice do jovem que tentou matar os supostos assassinos e também a pessoa que é suspeita de matar o jovem”, completou o delegado. (Gazeta Online)


Até 22 de maio crianças de seis meses a menores de cinco anos, idosos com 60 anos ou mais, trabalhadores de saúde, povos indígenas, gestantes, mulheres com até 45 dias após o parto, presos e funcionários do sistema prisional, devem se vacinar contra a gripe. Em todo o país 49,6 milhões de pessoas devem ser vacinadas e a meta do Ministério da Saúde é vacinar 80% da população, considerada de risco para complicações por gripe. O Ministério da Saúde alertou que a transmissão dos vírus da gripe acontece por meio do contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. Também ocorre por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz). (Itabuna Urgente)


O Brasil está no Grupo C, ao lado de Colômbia, Peru e Venezuela. A estreia está marcada para o dia 14 de junho, contra os peruanos. Em seguida, a seleção encara a Colômbia, no dia 17, e a Venezuela, no dia 21.

Antes da competição, porém, o Brasil fará dois amistosos. Primeiro contra o México, em 7 de junho, no estádio do Palmeiras, em São Paulo, e depois contra o Honduras, contra Honduras, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, no dia 10 de junho.

ATACANTES: Neymar (Barcelona), Diego Tardelli (Shandong Luneng), Robinho (Santos) e Firmino (Hoffenheim)
MEIAS: Willian (Chelsea), Philippe Coutinho (Liverpool), Everton Ribeiro (Al-Ahli) e Douglas Costa (Shakhtar Donetsk)
VOLANTES:  Luiz Gustavo (Wolfsburg), Fernandinho (Manchester City), Elias (Corinthians) e Casemiro (Porto)
ZAGUEIROS: Miranda (Atlético de Madri), David Luiz (PSG), Marquinhos (PSG) e Thiago Silva (PSG)
LATERAIS: Fabinho (Monaco), Danilo (Porto), Filipe Luís (Chelsea) e Marcelo (Real Madrid)
GOLEIROS: Jefferson (Botafogo), Diego Alves (Valencia) e Marcelo Grohe (Grêmio)

(Folha de São Paulo)


Um grupo de índios tupinambá realiza uma manifestação nesta segunda-feira (4), na BA-001, nas proximidades do distrito de Olivença, região do município de Ilhéus. De acordo com o cacique Valdenilson Oliveira dos Santos, o ato é realizado para reclamar da violência. Na sexta-feira (1º), um índio foi morto após emboscada em Ilhéus. “Um índio foi morto na semana passada e a companheira dele ainda se encontra internada. Queremos uma audiência com o Ministério Público, Ministério da Justiça, Funai e a delegada responsável pelo caso”, afirma o cacique. De acordo com a Polícia Militar, que acompanha a manifestação, cerca de 150 índios participam do ato. Já o cacique afirma que 200 pessoas estão no local. O ato começou por volta das 10h desta segunda-feira e até 16h45 continuava sendo realizado. Por conta da manifestação, o tráfego de veículos está lento na região e o congestionamento alcança cerca de 2 km.O índio foi morto quando caminhava com a esposa e mais três filhos. De acordo com a delegada Marília Rocha, a esposa da vítima também foi atingida pelas balas, foi encaminhada para o Hospital Regional de Ilhéus e não corre risco de morte. A policial acrescenta que, após os tiros, duas filhas do índio, de cerca de 10 e 11 anos, correram pelo mato até chegarem na casa de um tio. O outro filho, um bebê de um ano e 11 meses, que estava no colo da mãe, caiu no chão com ela. Nenhuma das crianças ficou ferida. *Informações do G1.