A crise econômica que atinge o país também chegou aos cachês de cantores mais requisitados da música brasileira. O colunista Leo Dias, do Jornal O Dia, entrevistou alguns empresários e, segundo eles, a queda dos valores cobrados ficou em torno de 30%, em relação ao ano passado. O impacto também está relacionado com o gênero musical. As estrelas nacionais da axé music foram as mais afetadas. Nem Ivete Sangalo, que tem uma das imagens mais requisitadas do mercado, escapou. A contratação de seu show caiu 25%, de R$ 400 mil (2014) para R$ 300 mil (2015). Para Claudia Leitte foi ainda pior. O show da loira saiu de R$ 280 mil (2014) para R$ 150 mil (2015). Uma queda de 46% do valor. Os artistas do mundo sertanejo foram os que menos sofreram o impacto da crise. Luan Santana segue cobrando o mesmo valor: R$ 300 mil. Já a dupla Jorge & Mateus resolveram reduzir o valor em 20%, porém o cachê ainda continua entre os mais altos. Eles reduziram de 500 mil (2014) para 400 mil (2015). O forrozeiro Wesley Safadão, por sua vez, chegou a aumentar o valor do cachê. Em 2014, ele cobrava R$ 350 mil. Este ano, quem quiser contratar o cantor terá que desembolsar R$ 500 mil. (A Tarde)


O falso ganhador da Mega-Sena, Márcio Xavier de Lima, está preso na Casa de Prisão Provisória de Araguaína. Ele é suspeito de ser um dos participantes da fraude de R$ 73 milhões, na agência da Caixa Econômica Federal de Tocantinópolis, no norte do Tocantins. Ele se entregou nesta terça-feira (28), no Ministério Público Federal, em Araguaína.

Conforme as investigações, Márcio usou o nome falso de Márcio Xavier Gomes de Souza para abrir uma conta na agência deTocantinópolis, onde foi depositado o prêmio da Mega-Sena. Toda a operação contou com a ajuda do gerente, Robson Pereira do Nascimento, que liberou o dinheiro sem validar o bilhete falso junto à Caixa, em São Paulo. O prêmio foi pago no dia 5 de dezembro de 2013.

O suplente de deputado federal pelo Maranhão, Ernesto Vieira Carvalho Neto, que também está preso, seria o chefe da quadrilha. Outros quatro homens com mandado de prisão preventiva continuam foragidos: Thales Henrique de Freitas, Antônio Rodrigues Filho e os irmãos Alberto Nunes Tujeiro e Paulo André Pinto Tujeiro.
O advogado do falso ganhador da Mega-Sena, Luís Antônio Batista, diz que o cliente não conhecia os envolvidos no crime. “O Márcio não conhece ninguém dessas pessoas que foram presas, conheceu apenas o gerente no dia do fato. Ele foi trazido por uma outra pessoa, que usou o nome dele falso”, diz, acrescentando que o nome não pode ser divulgado para não atrapalhar as investigações.

Ainda conforme as investigações, o falso ganhador recebeu a quantia de R$ 35 mil para abrir a conta e receber o prêmio. “O Márcio já confessou. Ele participou por uma necessidade. Ele não sabia que o golpe seria desse montante. A princípio, a história seria de outro montante, ele receberia uma participação e sabia que estava cometendo um ilícito, mas não sabia que era esse montante”, revela Batista.
O advogado diz ainda que o cliente se assustou no início, mas não houve coação. “Ele veio porque quis fazer, mas não sabendo que era esse montante de R$ 73 milhões. Quando ele veio para cá, a negociação que tinham falado para ele, era outro valor, era de R$ 8 milhões. Ele só soube que seria R$ 73 milhões aqui no banco.”
A Polícia Federal segue as investigações e continua à procura dos outros foragidos.
Fonte G1


A Secretaria de Administração do Estado abriu inscrições, nesta segunda (30), até sexta-feira (4), no processo seletivo simplificado para contratação de pessoal por tempo determinado, pelo Regime Especial de Direito Administrativo (Reda), no Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac). A inscrição deve ser realizada pela internet . O prazo de validade do processo seletivo será de um ano, contados da data da homologação do resultado final, prorrogável por mais um ano. O processo tem uma única etapa de análise curricular de caráter eliminatório e classificatório. São apenas 19 vagas. Cinco para técnico nível médio e dez para técnico nível médio operacional, em Salvador; e duas vagas para nível médio operacional no município de Cabaceiras do Paraguaçu. Na capital, são oferecidas mais duas vagas para nível superior, uma para graduados em jornalismo e outra em museologia. Os resultados da classificação e habilitação serão divulgados no dia 10 de dezembro, e os recursos poderão ser apresentados de 11 a 14 do mesmo mês. As entrevistas acontecerão entre os dias 17 e 22. O resultado final será veiculado no dia 23, enquanto a convocação e entrega de documentos acontecerão entre 28 e 30. A contratação será realizada no dia 4 de janeiro de 2016. Mais informações podem ser obtidas no Setor de Recursos Humanos do Ipac, pelos telefones 3116-6730 e 3116-6908, das 8h às 12h, e das 13h às 17h, ou ainda pelo endereço eletrônico [email protected]


Após atravessarem um ano difícil na economia, governadores podem não conseguir arcar com a última grande obrigação financeira de 2015: o pagamento do 13º salário do funcionalismo público. Em ao menos quatro Estados (MG, RJ, RS e RN), além do DF, servidores e inativos estão sob ameaça de atrasos na remuneração até as vésperas do Natal. Governadores argumentam que a crise econômica, que provocou queda da arrecadação, afetou fortemente os cofres estaduais e que, por isso, não há certeza de que o pagamento sairá em dia.

O caso mais grave é o do Rio Grande do Sul, onde o governador José Ivo Sartori (PMDB) já anunciou aos sindicatos que não terá o R$ 1,2 bilhão necessário para quitar o benefício aos funcionários ativos e inativos. A alternativa articulada pelo governo gaúcho é a liberação de um empréstimo bancário individual para cada servidor público. *A Folha.


Marina Mantega aproveitou o final de semana com o namorado baiano, Bruno Gazel, e amigos. No Instagram, a loira postou fotos do passeio a Itacaré e usou as hashtags “como tem que ser”, to destinos”, “natureza linda” e “na paz de Deus”. Bruno e Marina estão há um ano juntos.

Modelo e apresentadora de um programa de culinária, Marina já namorou com Eduardo e Jesus Luz. O último namoro sério da loira foi com empresário londrinense Rodrigo Gomes.


Quatro das 24 barragens de rejeitos de minérios existentes na Bahia possuem classificação idêntica à Barragem do Fundão, que rompeu no último dia 5, em Mariana (MG), deixando um rastro de morte e destruição por mais de 650 km, após uma lama de resíduos ser liberada com o rompimento de um reservatório. Segundo matéria publicada no Correio da Bahia, duas delas ficam em Jacobina, no Centro-Norte do estado, e as outras duas em Santaluz, no Nordeste baiano, onde as barragens possuem dano potencial associado (DPA) considerado alto pelo Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM). Apesar disso, elas não aparecem entre as 16 mais inseguras do país, segundo relatório divulgado em abril pelo próprio DNPM, e apenas uma está em plena atividade. As outras não têm sido utilizadas, mas armazenam material de rejeitos – a Barragem 01, em Jacobina, inclusive, preencheu toda a capacidade de armazenamento em 2008. Já as de Santaluz não estão ativas, segundo a Fazenda Brasileiro S/A, subsidiária da Yamana, que administra as barragens.
As quatro, assim como ocorria com a barragem do Fundão – que despejou 55 milhões de m³ cúbicos de rejeitos de minério de ferro na natureza -, também coincidem na classificação da Categoria de Risco (CRI), que é baixa. “Se o CRI for baixo, mesmo com DPA alto, a barragem não é necessariamente perigosa”, explica o chefe da Divisão de Fiscalização do DNPM, Eriberto Leite. A semelhança entre os perfis, no entanto, ligou um alerta entre autoridades locais e, principalmente, nas populações que vivem próximas dessas estruturas. Uma das preocupações diz respeito aos planos de evacuação em caso de acidente, apresentados pelas empresas  para conseguir a licença de funcionamento. Até agora, entre as quatro, nenhum foi posto em prática.
Barragem da Mirabela não está na lista 
A barragem de rejeitos da Mirabela Mineração do Brasil, não está na lista divulgada pelo Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM). Na semana passada uma onda de especulações nas redes sociais causaram grande preocupação na região sul da Bahia. As publicações davam conta que a barragem da Mineradora, localizada no município de Itagibá, distante 1km do Rio de Contas, estava no mesmo nível da Samarco, em Mariana-MG. Em contato com a Mirabela, a reportagem do GIRO foi informada que nos próximos dias, uma comissão deve se reunir com alguns representantes da comunidade regional para dá explicações sobre o nível de segurança da barragem. A data da audiência ainda não foi divulgada. (Giro em Ipiaú)

A edição brasileira de revista ‘Forbes’ divulgou a lista das 25 maiores celebridade do país em 2015. Neymar, campeão da Liga dos Campeões, lidera o ranking, que também conta com Gisele Bündchen e Wagner Moura – na segunda e terceira colocação, respectivamente. Além do ator que viveu o protagonista de “Narcos”, outros dois baianos estão presente na lista da revista: Caetano Veloso e Gilberto Gil. De acordo com a Forbes, o levantamento cruza seis indicadores e utiliza dados de empresas especializadas como PR Newswire e a Agência Suba, que apuraram o número de aparições na mídia (on-line e impressa) e analisaram o grau de prestígio e influência de cada um, respectivamente entre 1º de janeiro de 2015 a 15 de outubro de 2015.

Confira a lista completa:

1 – Neymar

2 – Gisele Bündchen

3 – Wagner Moura

4 – Caetano Veloso

5 – Gilberto Gil

6 – Gabriel Medina

7 – Rodrigo Lombardi

8 – Rodrigo Santoro

9 – Alexandre Pato

10 – Michel Teló

11 – Paolla Oliveira

12 – Roberto Medina

13 – Alessandra Ambrósio

14 – Rogério Ceni

15 – Regina Casé

16 – Grazi Massafera

17 – Izabel Goulart

18 – Felipe Nasr

19 – Renato Augusto

20 – Alexandre Nero

21 – Marina Ruy Barbosa

22 – Erick Jacquin

23 – Paola Carosella

24 – Henrique Fogaça

25 – Ricardo Boechat (Ibahia)