Já neste sábado, a festa começa abertura as 22h, a banda Trio da Huanna que se apresentará as 23:00 e Seu Maxixe cerca de 01h da manhã. Já foram vendidos mais de 500 ingressos e a expectativa é de mais de 2500 pessoas no evento.

A festa de Sábado, com Trio da Huana e Seu Maxixe, tem a produção da Ramos Simbora Produções do Tentente Ramos e isso por si só já é a garantia de um grande evento. As bandas Seu Maxixe hoje é uma banda de renome nacional, inclusive teve uma música recém gravada por Gustavo Lima e deverá agradar o público presente ao evento. Já Trio da Huana é velha conhecida do público ubaitabense, mas faz dois anos que não se apresenta na cidade e neste evento irá apresentar as músicas do seu novo CD que estão fazendo muito sucesso na internet.

seu-maxixe1

O público esperado para essa festa é de 2500 a 3 mil pessoas, o que será um dos maiores públicos da história de eventos fechados em Ubaitaba. Os maiores eventos de público realizado aqui foram uma festa da Jangada Elétrica com essa mesma banda Trio da Huana, e a festa do Cavalo realizado pela Ramos Simbora que trouxe Edu e Maraial, que segundo o Tenente Ramos teve 3.200 pagantes e foi uma das melhores até hoje segundo a opinião do público local.

tentente-ramos
Ramos Simbora é reconhecida por grandes eventos em Ubaitaba

“Nós fizemos uma mistura de ritmos, enquanto o Trio da Huana tem um estilo mais pra cima, Arrocha, swingueira, o seu Maxixe tem um estilo mais forró, mais country, creio que irá agradar ao público presente” afirma Tenente Ramos.
A Ramos Simbora Produções atua em todo o Nordeste e já trabalhou com grandes nomes como Pablo, Aviões do Forró e atualmente representa as bandas Edu e Maraial, Gatinha Manhosa, Batista Lima, e Trio da Huana e tem grandes estruturas de palcos e está hoje presente no Carnaval de Salvador, Pernambuco Minas e Alagoas e também tem sua sede em Ubaitaba. O tentente Ramos é cidadão ubaitabense e atualmente reside em Juazeiro. (Ubaitaba.com)
Ubaitaba.com- Sempre Atualizado!


Um bandido morreu e dois criminosos ficaram feridos após uma tentativa de assalto em um ônibus Integra/Plataforma que fazia a linha 0211 – Ribeira/Vale dos Lagos, na manhã desta quinta-feira (28).

De acordo com informações da Central de Polícia (Centel), o crime aconteceu por volta das 5h30, próximo a passarela da Escola Estadual Bolivar Santana, na Avenida Paralela. A polícia informou que depois de saquear os passageiros, o trio deixava o ônibus quando um dos passageiros reagiu e atirou contra os assaltantes.

Um dos criminosos não resistiu e morreu. Os outros que ficaram feridos conseguiram fugir por um matagal que dá acesso ao bairro de Narandiba. O suspeito baleado ainda não foi identificado. Agentes do Departamento de Polícia Técnica (DPT) estão no local. (Bocão News)


A baiana Lorena Alves, mulher do cantor Thierry, ex Fantasmão, foi comunicada pela Federação Baiana de Musculação, Fisiculturismo e Fitness (IFBB Bahia) que estava fora da disputa do Arnold Classic – evento fitness que acontece no Rio de 29 a 31 de maio – na categoria wellness. A moça foi surpreendida com o veto quando se preparava para embarcar de Salvador para a capital carioca.

De acordo com Lorena, a entidade alegou que ela teria que provar que seu corpo é natural e que não traz prótese de silicone no bumbum, uma exigência do concurso. “Só quem é atleta como eu sabe o que eu sinto. São anos de preparação e dedicação. Eu não tenho prótese de silicone no bumbum! Como fui avisada em cima da hora, não vou ter tempo de provar aos organizadores do Arnold”, disse a atleta fitness.

002

Segundo o preparador da baiana, Alberto Pereira, é a IFBB Bahia quem seleciona os atletas de seu Estado para o concurso do Rio. O profissional acredita que houve uma conspiração contra Lorena. “Só pode. Lorena é superpreparada, já ganhou vários concursos. Isso é um absurdo”, disse ele, que confirmou: “Ela não tem prótese no bumbum.”

Com 1,65m de altura e 112cm de quadril, a atleta disse em uma entrevista ao EGO que já estava acostumada com essa desconfiança. Mas a musa fitness, mãe de dois filhos, garante que tudo é de verdade! “Sou tricampeã baiana na categoria wellness, ganhei um Miss Biquíni Bahia e um iron man. Acho que estou preparada para o Arnold Classic. Muita gente acha que meu bumbum é de mentira. Mas é tudo meu”.

*Com informações do EGO


Com o baixo nível dos reservatórios, os brasileiros vão continuar pagando uma taxa extra na conta de luz em junho. Na sexta-feira (29), a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) manteve a bandeira vermelha para os consumidores. Assim, o preço da energia elétrica terá um adicional de R$ 5,50 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.Com isso, os brasileiros vão atravessar pelo menos metade deste ano carregando esse custo mais alto nas tarifas, que começou em janeiro.Nos primeiros três meses deste ano, segundo números já divulgados pela Aneel, os brasileiros pagaram R$ 2,4 bilhões a mais nas contas de energia apenas por causa da cobrança. Metade desse valor se refere a março, quando o valor da bandeira foi elevado com a piora no nível dos reservatórios.Analistas do setor e consultorias de energia acreditam que a bandeira vermelha vai permanecer até dezembro, onerando ainda mais o consumidor. (Giro em Ipiaú)


Apesar de Salvador apresentar 83% de redução no número de casos de dengue, no estado a situação é diferente. Em toda a Bahia, até esta semana foram 29.038 casos notificados. Desses, 4.780 foram classificados como dengue, 12 como dengue com sinais de alarme, 7 como dengue grave e 3.115 foram descartados. Estão sem classificação 21.124 casos. No mesmo período de 2014 foram notificados 13.373 casos de dengue, portanto, o número de casos atual corresponde a um aumento de 117,14%. Salvador é a quarta cidade com mais registros (1.184), atrás da campeã Itabuna (5.157), Ilhéus (4.662) e Jequié (1.723). Sobre a chikungunya, a doença está controlada na capital, segundo a Secretaria Municipal da Saúde (SMS). A pasta confirmou 59 casos no município, sendo que 58 são considerados como importados, ou seja, apesar da identificação ter ocorrido na capital, os pacientes foram infectados nas cidades de Feira de Santana e Riachão do Jacuípe, onde há maior incidência da doença.

Fatores

Segundo a representante da Sesab, entre os fatores que poderiam ter contribuído para o aumento da incidência da doença estão os hábitos da população, a falta de saneamento básico em alguns locais e ao fato de que o mosquito transmissor da dengue, o Aedes aegypti, já está adaptado ao nosso clima.

“Não adianta não ter água parada em casa, se meu vizinho pode ter”, pontua a turismóloga Roméria de Oliveira, 37, que mora na Avenida Paralela e apresentou os sintomas da doença até meados da última semana.

Ela também foi vítima da dengue pela primeira vez e nem imaginava que pudesse ser isso: no início, Roméria achou que tinha a febre chikungunya, doença que continua a avançar no estado, com incidência maior nos municípios de Feira de Santana e Riachão do Jacuípe, ambas no Centro-Norte do estado.

“Eu não conseguia nem andar, de tanta dor. Fiquei uma semana sem trabalhar e nem conseguia abrir os olhos, por causa das dores. Quando chegou o resultado, vimos que era dengue. Foi a primeira vez e espero que seja a última”.

Alerta

Os casos de dengue estão espalhados em 255 municípios. O primeiro lugar do ranking é de Itabuna, no Sul do estado, com 3.837 casos até o início do mês de abril. Em seguida vem Ilhéus (3.198 casos), Jequié (1.316), Salvador (832) e Jeremoabo (528).

“Estamos pedindo para a população que nos ajude a evitar possíveis criadouros. Se tiver, que eliminem ou que denunciem à secretaria de seu município onde há possíveis focos de mosquito”, alerta Elisabeth. Em Salvador, é possível contatar a Secretaria Municipal da Saúde através do número 160.

Mesmo assim, de acordo com ela, não existe epidemia de dengue no estado. No mês passado, o Ministério da Saúde divulgou os índices do Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (LIRAa), que analisou os meses de janeiro e fevereiro de 2015.

Calculado a partir da porcentagem de casas visitadas onde há larvas do mosquito transmissor da dengue, o LIRAa indicou que 11 cidades da Bahia tinham risco de epidemia de dengue. Outros 32 municípios foram classificados como em estado de alerta. (Correio)


Uma médica que dirigia pela BA-001, entre as cidades de Nazaré e Valença, perdeu o controle do veículo e caiu de uma ponte de quatro metros de altura, na tarde desta quinta-feira (28). Segundo informações da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), a vítima foi levada inconsciente para o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus. De acordo com a PRE, o acidente ocorreu por volta das 13h, próximo à cidade de Aratuípe, cidade que fica a cerca de 85 quilômetros de Salvador. O G1 entrou em contato com o hospital de Santo Antônio de Jesus, para saber o estado de saúde da vítima, mas não foi atendido. *Informações do G1.


O Ministério da Educação publicou o edital do processo seletivo na edição desta sexta-feira (29) do “Diário Oficial da União”. De acordo com o cronograma, as inscrições poderão ser feitas até as 23h59 do dia 10 de junho (horário oficial de Brasília). Segundo a publicação, o edital entra em vigor nesta sexta.

O Sisu é um sistema que seleciona estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para as instuições públicas do ensino superior. As inscrições deverão ser feitas pelo site do Sisu. Nesta edição, a única nota válida no Sisu é a do Enem 2014, desde que o candidato não tenha tirado nota zero na prova de redação.
O processo seletivo do Sisu terá uma chamada e o resultado, que será divulgado no dia 15 de junho, poderá ser consultado na página do Sisu na internet. A matrícula deverá ser realizada nos dias 19, 22 e 23 de junho na instituição em que o aluno foi selecionado.
Para fazer parte da lista de espera, o candidato deve entrar no site do Sisu entre os dias 15 e 26 de junho. As universidades terão de 19 a 26 de junho para informar as vagas disponíveis no site.

Como participar
Ao acessar o sistema, os estudantes poderão checar todas as vagas disponíveis para a seleção. Porém, cada estudante poderá se inscrever em duas opções de vagas. No ato da inscrição, será preciso escolher, em ordem de preferência das vagas, a instituição, o local de oferta, o curso e o turno em que ele é ministrado.
Entre os dias 6 e as 23h59 do dia 10, o estudante poderá trocar suas opções no sistema quantas vezes quiser, e também cancelar sua inscrição. Durante o período, o Sisu informará a nota de corte de cada curso e turno, ou seja, a nota mínima para ser aprovado naquele curso, segundo o número total de inscritos e o número de vagas oferecidas. O Sisu considera apenas as últimas opções cadastradas no momento do fechamento das inscrições.
Na hora de fazer as duas opções de vaga, o candidato deve escolher uma das três modalidades de concorrência: a concorrência pelo sistema de cotas que segue a lei federal, a concorrência pelo sistema de ação afirmativa determinado pela instituição de ensino que oferece a vaga, e a ampla concorrência.