Com o lema, “Juntos seremos mais fortes”, cerca 180 pessoas marcaram presença e lotaram a cerimônia de apresentação oficial da nova diretoria da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Itacaré (CDL), que já alguns anos esteve inativa na cidade. O evento aconteceu na noite desta quarta-feira (12), no Salão de eventos do Sítio Paraíso, e contou com as presenças dos presidentes das Câmaras de Dirigentes Lojistas (CDL) de Jaguaquara, Eder Jorge Guedes Castro, o da Ilhéus, Paulo Ganem, além do representantes da CDL de Itabuna e do SEBRAE, os gerentes das agências do Banco do Brasil e da Caixa em Itacaré, o vice-prefeito de Itacaré, Cau Barros, o vereador Josimar Vasconcelos, os secretários de governo; Marcelo Barros, André Reis, Fernando Oliveira, além de lojistas, empresários e representantes da comunidade civil organizada.

Durante o evento, os representantes das CDLs vizinhas falaram sobre a importância do órgão para os comerciantes e o comercio local,  sobre os benefícios de ser um associado, associativismo e contribuição para o desenvolvimento do comercio local, campanhas promocionais e divulgação e principalmente o fortalecimento do comercio com uma CDL atuante. Houve também uma esclarecedora e aplaudida palestra ministrada pelo SEBRAE, que abordou os caminhos e como superar a crise, e a importância da união do comercio local.

A nova diretoria tomou posse no último dia 03 de junho, e ficou constituída da seguinte forma: Marcos Meneghetti (presidente), Giberto Arcanjo (vice-presidente), José Eduardo da Costa e Silva (Diretor Administrativo e Financeiro), Fernando Costa (Diretor Secretario), Cristóvão Costa dos Santos (Diretor de Eventos e relação Final), Verônica da Cruz Ramos (Diretora de SPC e outros Serviços), Conselho Fiscal: Marcelo Figueiredo Marques, Carlos Alberto Brizolla, Carlos Reginaldo Oliveira.

E para finalizar, o novo presidente da CDL, Marcos Meneguetti e o vice Presidente, Betinho Arcanjo, agradeceram a presença de todos, a cooperação e o apoio do Sitío Paraíso, a Dante Panelle da FM Itacaré, Dado da FERTUR, Júnior do Serve Bem, Mauricio da Rural Vet, Carlos da Telha Sul, Durval do Itacaré Urgente, Thor e ao vereador Josimar Vasconcelos pelo empréstimo voluntario do espaço onde funcionará a sede da entidade, e a todos que de alguma forma contribuíram para reativação da CDL.

foto_da_posse_cdl_de_itacare_urgente_032
Presidente da (CDL) de Jaguaquara, Eder Jorge Guedes Castro
foto_da_posse_cdl_de_itacare_urgente_026
Betinho Arcanjo, vice -presidente da CDL de Itacaré

foto_da_posse_cdl_de_itacare_urgente_059

foto_da_posse_cdl_de_itacare_urgente_052
Vice-prefeito Cau Barros se colocou a disposição da CDL e se mostrou esperançoso com a nova diretoria.

foto_da_posse_cdl_de_itacare_urgente_030

foto_da_posse_cdl_de_itacare_urgente_038

foto_da_posse_cdl_de_itacare_urgente_028

foto_da_posse_cdl_de_itacare_urgente_086


Dois dias antes de Anderson Silva testemunhar sobre o seu caso de doping na Comissão Atlética de Nevada, foi acrescentada uma informação inusitada de como deve ser a defesa do brasileiro para tentar ser inocentado. Segundo noticiou o Combate, além dos ex-campeão dos médios alegar uso de ansiolítico, a defesa também falará de suplementos contaminados, incluindo de viagra. A defesa de Anderson Silva explicará que o uso de ansiolítico apenas foi consciente e porque o brasileiro teria tido ansiedade e insônia na véspera da luta contra Nick Diaz, em janeiro de 2015, em seu retorno após recuperação de lesão. Além do uso do estimulante sexual. Em fevereiro, foi revelado que Anderson Silva testou positivo para anabolizante e uso de ansiolíticos no dia da luta contra Nick Diaz. O uso de Oxazepam e Temazepam é proibido pela Agência Mundial Antidoping (WADA), porém, não são permitidas pela Comissão Atlética de Nevada, o que pode complicar ainda mais a situação do ex-campeão dos médios. “Uma coisa que particularmente me preocupa é ele ter testado positivo em 9 de janeiro e negativo em 19 de janeiro. Se ele tomou algo oralmente, ele fica no seu organismo de 5 a 7 dias apenas. Então, obviamente, ele usou algo próximo de 9 de janeiro e de novo muito perto da noite da luta. Ele testou positivo em dois de três exames, isso é certamente preocupante e inaceitável. Isso dá vantagem injusta sobre os rivais. Graças a Deus ele não machucou ninguém seriamente”, disse Bob Bennet, presidente da Comissão Atlética de Nevada ao UOL Esporte na época.


O Brasil pode se igualar aos demais países da América do Sul que descriminalizaram o porte de drogas hoje ilícitas e passar a ser tolerante com o consumo e com o cultivo para uso próprio.

A medida depende do Supremo Tribunal Federal (STF) que deve julgar, neste mês, ação questionando a inconstitucionalidade da proibição.

A Defensoria Pública do Estado de São Paulo recorreu à Corte, alegando que o porte de drogas, tipificado no Artigo 28 da Lei 11.343, de 2006, não pode ser considerado crime, por não prejudicar terceiros. O relator é o ministro Gilmar Mendes, que finalizou o voto e deve colocar o tema em votação ainda este mês.

Para especialistas em segurança pública, direitos humanos e drogas, o STF tem a chance de colocar o Brasil no mesmo patamar de outros países da região e dar um passo importante para viabilizar o acesso de dependentes químicos ao tratamento de saúde, além de pôr fim à estigmatização do usuário como criminoso.

O diretor para a América Latina da Open Society Foundation, organização não governamental que defende direitos humanos e governança democrática, Pedro Abramovay, diz que em nenhum país onde o porte de drogas foi flexibilizado houve aumento do consumo.

“O Brasil está atrasado e se descriminalizar vai se igualar a dezenas de países que já passaram por esse processo. Todos os países que descriminalizaram o consumo, que falaram que ter o porte para o consumo pessoal não é mais crime, não viram o consumo crescer. Então, esse medo que as pessoas têm, de haver aumento, é infundado com os dados da realidade”, destaca.

Ele acredita que a medida pode fazer com que dependentes tenham acesso facilitado à saúde. “Hoje, um médico que trata uma pessoa que usa crack, lida com um criminoso, tem a polícia no meio, o que torna a abordagem mais e mais difícil”, destacou Abramovay, que já foi secretário nacional de Justiça.

Traficante x usuário

Com a decisão do STF, também pode sair das mãos da polícia e do próprio Judiciário a diferenciação entre quem é traficante e quem é usuário, que tem levantado críticas de discriminação e violação de direitos humanos nas prisões.

A lei atual, de 2006, não define, por exemplo, quantidades específicas de porte em cada caso, como em outros países, e deixa para o juiz decidir, com base no flagrante e em “circunstâncias sociais e pessoais”. “Em outras palavras: quem é pobre é traficante, quem é rico é usuário”, critica Abramovay.

Segundo ele, o STF deve recomendar, na sentença, que sejam estabelecidos critérios para a caracterização de usuários, por órgãos técnicos como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).


Um barraco tomou conta do show de Simone e Simaria, que aconteceu cidade de Petrolina, em Pernambuco. Em um vídeo divulgado pelo colunista Léo Dias, do jornal ‘O Dia’, as irmãs aparecem interrompendo a apresentação para reclamar com um rapaz que jogou bebida em outra pessoa da plateia.

Nas imagens, Simone é ofendida pelo rapaz, que mostrou o dedo do meio para ela, e, em resposta, a artista chamou o homem de “vagabundo” e usou palavras de baixo calão. A cantora ainda o convidou para ir até ao palco para que dois seguranças “quebrassem a cara dele”. Segundo a agenda da dupla, elas estiveram em Petrolina na festa ‘Vá Tomar no Fusca’.

Assista ao vídeo:


Na semana passada cerca de 100 funcionários foram demitidos da prefeitura municipal de Uruçuca. Por causa dessa situação, o clima é de insatisfação com o governo municipal.

A prefeita Fernanda Silva (PT) teria alegado que as demissões ocorreram devido à queda nas arrecadações do município. Resta saber que com a demissão em massa não causará prejuízos a nenhum setor da administração municipal. (Políticos do Sul da Bahia)


O vereador Vado Malassombrado (DEM) foi expulso a força do palanque do governador Rui Costa (PT) durante evento de entrega de novas casas para as famílias desabrigadas após incêndio que destruiu parte da Baixa do Petróleo, em Alagados, na última semana. No palanque, estavam Rui e o secretário de Desenvolvimento Urbano, Carlos Martins, dentre outros políticos. Segundo os presentes, o vereador foi obrigado a deixar o espaço por seguranças do governo após tentar tomar, também a força, o microfone. De acordo com o vereador, ele queria pedir aumento do valor do aluguel social. A assessoria do governo informou que, dentre os nove vereadores presente no local, apenas Edvaldo Brito (PTB) foi escalado para falar pelo grupo. (Bahia do Povo)


Uma jovem de 23 anos foi encaminhada para o Hospital de Base de Itabuna, no sul da Bahia, com uma faca cravada na cabeça. De acordo com a direção da unidade médica, a vítima foi internada na noite de segunda-feira (10), após ter sido transferida do Hospital Regional Luís Viana Filho, em Ilhéus, cidade onde ela sofreu uma tentativa de homicídio. A transferência foi realizada logo após o crime. Para o diretor do hospital, a vítima escapou por pouco. “Ela teve sorte. Se [a faca] tivesse atingido alguma área nobre, poderia ter ficado com alguma sequela na parte motora ou em algum sentido do corpo, como a visão, por exemplo”, relatou Bicalho. De acordo com o delegado André Aragão, da 7ª Coordenaria de Polícia do Interior (Coorpin/Itabuna), a suspeita do crime foi presa na tarde desta terça-feira. Ela vai responder por tentativa de homicídio e, segundo o delegado, deve ser encaminhada para o Conjunto Penal de Itabuna. (Bahia do Povo)