Nem sempre quem ganha na loteria retira o prêmio. É o que mostra o último balanço da Caixa Econômica referente ao 1º semestre deste ano. No total, deixaram de ser resgatados R$ 150,3 milhões de janeiro a junho em prêmios pelas Loterias Caixa. Somados, os valores não retirados só em primeiros semestres nos últimos 5 anos pelos ganhadores da Mega-Sena, Lotofácil, Quina, Lotomania, Timemania, Dupla Sena, Loteca, Lotogol e Federal chegaram a R$ 740,25 milhões. Em todo o ano passado, R$ 326 milhões deixaram de ser resgatados, valor equivale a cerca de 8% dos mais de R$ 4,2 bilhões ofertados em prêmios pelas Loterias Caixa em 2017. Nos últimos 5 anos, os valores não retirados somam R$ 1,51 bilhão. Os ganhadores de qualquer um dos sorteios da Caixa têm até 90 dias após a data do sorteio para retirar o valor do prêmio. *Com informações do G1.


Moradores de diferentes localidades de Itacaré participaram na manhã desta segunda-feira da festa em louvor a Bom Jesus de Taboquinhas, padroeiro do distrito. Os festejos foram iniciados às 5 horas da manhã com a tradicional alvorada que contou com a banda musical passando pelas ruas do distrito anunciando a festa. Às 10 horas foi celebrada a missa festiva pelo bispo Dom Mauro Montagnolli, pelos padres Ednaldo Cardoso e Núncio Sampaio e pelos diáconos Nelson Lira e Marcos, seguindo com procissão e benção do Santíssimo Sacramento.

Os festejos em louvor ao Bom Jesus de Taboquinhas contaram de dez dias de uma intensa programação religiosa e dançante, incluindo novenário, missas, quermesse, procissão, alvorada, louvores e também uma seresta beneficente. Um dos pontos marcantes, segundo destacou o padre Ednaldo Cardoso, foi a participação efetiva da comunidade em todas as noites das novenas e também no dia do glorioso Bom Jesus, o que reforça a cada dia a fé dos cristãos.


Os trabalhadores dos Correios podem entrar em greve em todo o país a partir das 22h de amanhã, segundo federações ligadas à categoria. O motivo é a falta de acordo entre os profissionais e a empresa para fechar a convenção coletiva deste ano. Dentre as principais reivindicações dos funcionários da estatal estão reajuste salarial de 5%, mais R$ 300 de aumento. Eles também querem manter o plano de saúde como está e ainda incluir sete exames obrigatórios. Segundo a federação que representa os trabalhadores do órgão,  a empresa não apresentou nem a reposição da inflação para os salários. Até então, a proposta dos Correios é dar um reajuste que corresponde a 60% do que foi pedido pelos funcionários, que tem como base o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo). No ano passado, os profissionais também fizeram greve. Em nota, os Correios disseram que “ainda estão em negociação com as representações sindicais”.  (Giro em Ipiaú)


Destaque na gastronomia em Itacaré, o Banana’s Café Gourmet foi um exemplo de sucesso no último final de semana no Programa Pequenas Empresas & Grande Negócios da Rede Globo. E segundo a proprietária “o projeto é que até 2020 tenha até 10 lojas em todo Brasil. .Assista matéria aqui!!  

Suzete de Moraes é uma gaúcha que hoje mora em Itacaré, no litoral sul da Bahia. No VC no PEGN, ela conta como teve a ideia de criar a banana recheada, batizada como petit gateau baiano. O produto surgiu no primeiro festival de gastronomia de Itacaré e depois virou sobremesa fixa no cardápio do restaurante que Suzete e o marido tinham na cidade.


Destaque na 9ª Marcha para Jesus no último mês de Julho, que aconteceu em Itacaré, Rogério D Lucca está com novo vídeo Clipe, confira;

Fiel á música reggae com influências do hip-hop e outros ritmos, ROGÉRIO D’LUCCA, cantor, compositor e instrumentista gospel, acumula mais de 10 anos de vivência musical.O caminho para a profissionalização passou pelas apresentações de “voz e violão” em bares de cidades do interior da Bahia para, então, a partir de 2005, integrar conceituadas bandas do circuito do reggae regional, e dividir palco com importantes artistas e gravar o seu primeiro trabalho solo autoral. Em sua caminhada, ROGÉRIO D’LUCCA já formou o time de cantores da banda Red Lion Roots Reggae e foi backing vocal da banda Etiophia Federation, ambas de Itacaré.

Fruto de um sonho, o vídeo clipe “Sistema Fracassado”, canção que faz uma reflexão sobre o atual sistema econômico, onde as questões sociais e as desigualdades se afloram. A música abriu novos horizontes para ROGÉRIO D’LUCCA e banda que vem se destacando no cenário musical da Bahia, com a participação em vários eventos regionais, dividindo palco com nome de peso do reggae.

FICHA TÉCNICA VIDEOCLIPE: SISTEMA FRACASSADO Direção e Edição: Ângelo Silva Direção de fotografia: Aline Paulo Operador de câmera: Iran Paulo Primitivo’s Produções.


Válida pelo ranking profissional da ABRASP,  a Rio Surf Pro Brasil, teve em sua segunda etapa o itacareense Alandreson Martins que conquistou a quarta colocação do evento, que foi muito disputado.

Neste domingo, Alandreson chegou à finalíssima na praia da Macumba (RJ) e somou notas 5.90 e 4.90, terminando atrás de Raoni Monteiro (1o), João Vitor Chianca (2o) e Daniel Templar (3o).

A competição distribuiu um total de R$ 30 mil em prêmios e contou ainda com as categorias Feminino Pro, Longboard Masculino e Longboard Feminino, vencidas por Camila Cássia, Rodrigo Sphaier e Evelyn Neves, respectivamente.

Resultados da etapa

Masculino Pro


A nova geração do surfe encerrou as disputas do Maricá Surf Pro/Am 2018 no último fim de semana, na praia de Ponta Negra, Maricá (RJ).


O itacareense, Rayan Fadul, filho do atleta profissional Dane Fadul e neto do lendário Ronaldo Fadul, surfou com muita intensidade e venceu as categorias Infantil e Iniciante.O surfista, que vem conquistando excelentes resultados em competições no Rio de Janeiro, mostrou novamente seu estilo limpo com pressão nas manobras. “Muito feliz com essa vitória num um pico de altas ondas, num campeonato ‘da hora’ feito junto com os profissionais. Essa onda de Ponta Negra é muito boa, pegar um mar maior aqui com certeza é bem legal. Agora é seguir em frente com foco nos campeonatos”, disse Rayan no sábado, depois de superar Pedro Henrique (2º), Antonio Carvalho (3º) e Kawa da Silva (4º) na final da Iniciante.

O domingo amanheceu com ondas de até meio metro e boa formação, cenário excelente para os surfistas com até 12 anos de idade. Embalado, Rayan venceu as três baterias da Infantil e foi novamente campeão.

Caique Nunes deu um gás nos minutos finais e ameaçou, porém terminou como vice-campeão. Em terceiro ficou Rickson Falcão, e em quarto Rafael Lutfy, que marcou a maior nota (7.83) e a maior média do dia (13.33) e que vinha de excelentes apresentações, porém na final não voltou a entrar em sintonia com o outside de Ponta Negra.

Na Petit, para atletas com até 10 anos, Nathan Hereda – filho do também ex-profissional Angelo Hereda – dominou. O surfista fez as maiores marcas da categoria (nota 6.67 e média 12.67) e foi o campeão, deixando pra trás Pablo Gabriel (2º), que vinha forte da semifinal, além de Igor Oberlander (3º) e Ramon Kurpan (4º).

Resultados