Um sonho dos moradores do bairro da Passagem, em Itacaré, que começa a se tornar realidade. A Prefeitura Municipal está realizando, com recursos próprios, as obras de reforma e conclusão da nova creche, que fica próximo ao novo campo, em frente ao Centro de Canoagem. As obras estavam abandonadas há muitas anos, quase em ruínas, mas já estão sendo recuperadas para funcionar a nova creche assim que terminar o período da pandemia do coronavírus.

Nessa primeira etapa das obras estão sendo reformadas seis salas amplas e arejadas. Também estão sendo recuperados os banheiros, salas de professores, secretaria e uma cozinha ampla para a preparação dos alimentos. No local foram colocadas ainda grades de proteção, realizada a pintura e toda a instalação elétrica e hidráulica e será feira a recepção dos estudantes. A creche vai ficar nova, bonita e um espaço muito melhor para as crianças e também para os trabalhadores em educação.

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, reafirmou que essa obra faz parte do seu compromisso com a educação do município, oferecendo novas unidades e espaços muito mais agradável para o ensino. Para essa nova unidade serão transferidos os alunos da Creche Raquel Maria Costa.

E a creche começa a funcionar logo no reinício das aulas. Além dessa creche, novas escolas foram construídas pela Prefeitura de Itacaré e começam também a funcionar assim que a pandemia do coroavírus passar, a exemplo da Escola da Povoação, Escola da Comunidade de Sombra da Tarde e também a Escola do Conjunto São Pedro.


O trabalho de vacinação dos idosos contra a gripe nas residências continua sendo feito pela Prefeitura de Itacaré, através da Secretaria Municipal de Saúde, evitando que os mais velhos saiam de suas casas por conta dos riscos de contraírem o coronavírus. Na semana passada foram vacinados centenas de idosos, dos mais diversos bairros da sede e dos distritos de Itacaré. E esta semana o trabalho continua, com a imunização em outras localidades.

Nesta quarta-feira (1º) o trabalho de imunização dos idosos está sendo feito no PSF 1, na Praça do Marimbondo, Baixa da Gia e no Porto de Trás. Também hoje estão sendo atendidos os idosos do PSF 2, Rua do Miranda, Travessas 1, 2 e 3 do Bairro Novo e Rua do Canal. Tem ainda o atendimento nesta quarta-feira no PSF 3, no bairro da Conchas do Mar, em Taboquinhas, no PSF Maria de Lourdes, e na Barreira Sanitária do quilômetro-06.

Na quinta-feira a vacinação dos idosos será no distrito de Água Fria e ainda no Campo Seco, na Rua da Graviola, Rua da Fonte e Casas Populares, além da Barreira Sanitária do quilômetro-06, onde o serviço permanece. A Secretaria Municipal de Saúde também fará esta semana a vacinação volante no bairro da Ribeirinha, Alto da Boa Vista e Ladeira Grande. Já na zona rural o serviço será iniciado na próxima semana, começando pelas regiões de divisas e adentrando pelas outras comunidades do município.

VOCÊ NÃO SE VACINOU? – A Secretaria de Saúde orienta que aqueles idosos que não estavam em suas residências no momento em que a equipe passou nas casas, para que procure a unidade de saúde mais próxima. A proposta é evitar as aglomerações. E para aqueles que tem dificuldades de locomoção podem solicitar que parentes comuniquem a situação nas unidades de saúde para que os profissionais possam fazer o agendamento.

De acordo com o prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, a iniciativa de vacinar os idosos em suas residências tem como objetivo proteger contra a gripe e ao mesmo tempo evitar que eles se desloquem para as unidades de saúde, correndo riscos de contraírem o coronavírus. “É importante que todos permaneçam em casa e em especial os idosos, por esse motivo é que esse ano vamos fazer diferente, vacinando essas pessoas nas suas próprias residências, sem que precisem sair”, reafirmou o prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio.

A etapa seguinte da campanha terá início no dia 16 de abril com objetivo de vacinar doentes crônicos, professores (rede pública e privada) e profissionais das forças de segurança e salvamento. A última fase, que começa no dia 9 de maio, priorizará crianças de 6 meses a menores de 6 anos, pessoas com 55 a 59 anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas com deficiência, povos indígenas, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.


O pré-candidato a prefeito de Itacaré, Josimar Vasconcelos, esteve em Salvador a convite  reunido com a deputada federal e presidente do PSB na Bahia, Lídice da Mata para se filiar ao partido.

“Concorrerei nas próximas eleições pelo PSB, número 40. Quero fazer um agradecimento à deputada federal Lídice da Mata pelo total apoio. Vamos juntos discutir as melhores propostas para Itacaré”, disse Josimar.

Josimar teve uma votação expressiva nas últimas eleições, e mesmo sem mandato continuou trabalhando e buscando benfeitorias para cidade com emendas através de seus deputados.

A Oposição composta hoje por Nego do DEM, Charles do PSC, Josimar do PSB, visa uma grande união para que através da opinião popular com pesquisas, seja definido os dois principais nomes, prefeito e vice, para concorrer contra o atual prefeito, no 1 contra 1. E segundo as primeiras informações até junho já haverá um estudo para definição do chapão.


Os beneficiários do Bolsa Família devem ser os primeiros a receber o pagamento do auxílio emergencial de R$ 600 (ou R$ 1,2 mil no caso de mulheres chefes de família) aprovado pelo Congresso Nacional, de acordo com o Ministério da Cidadania. Por receberem uma transferência de renda do governo federal, esses cidadãos já estão nas bases de dados do governo.

O objetivo da pasta é viabilizar o primeiro pagamento já na próxima folha, que começa a ser paga em 16 de abril aos beneficiários. Caso não haja tempo hábil, está no radar a possibilidade de rodar uma folha suplementar para agilizar a liberação. Os beneficiários receberão apenas a ajuda de maior valor – caso seja o auxílio emergencial, ele substituirá o Bolsa temporariamente. O programa tem hoje mais de 14 milhões de famílias. (Barra Grande 24h)


Com o impacto na economia após a chegada da pandemia do novo coronavírus à Bahia e possibilidade da queda na renda mensal das famílias, a Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba) decidiu aceitar que as contas de luz sejam parceladas em até 12x, para que o consumidor consiga quitar sua dívida sem ter seu fornecimento interrompido.

De acordo com a empresa, os boletos poderão ser pagos com cartão de crédito das bandeiras Master, Visa, Hiper, Elo e Amex, tanto à vista quanto parcelado. Para isso, basta acessar o próprio site da Coelba. A ação é uma parceria da empresa de energia com a Flexpag, empresa especializada em pagamento por meio de cartões de crédito e débito.

De acordo com a Coelba, as novas determinações da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para o período da pandemia do novo coronavírus, como a suspensão dos cortes de energia por falta de pagamentos durante 90 dias, são temporárias e não isentam o consumidor de pagar a conta. Quem ficar inadimplente poderá pagar multa com juros.

Além disso, a Aneel definiu que os boletos impressos não precisam ser entregues. Neste caso, o consumidor deve atualizar seus dados junto à Coelba (principalmente e-mail e telefone celular) e acessar a conta por meio dos canais online www.coelba.com.br ou pelo aplicativo no smartphone ou tablet.


O secretário de saúde de Ilhéus, Geraldo Magela declarou para imprensa que um paciente da cidade que foi testado positivo para coronavírus não está cumprindo o isolamento social. Segundo o secretário, o Ministério Público será acionado para tomar as medidas restritivas contra o paciente. Vale lembrar que recentemente os ministérios da Saúde e da Justiça e Segurança Pública definiram, os critérios para situações de quarentena e isolamento compulsórios (obrigatórios). As regras já poderão ser usadas para enfrentar o novo coronavírus.


O presidente Jair Bolsonaro e o presidente do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES), Gustavo Montezano, confirmaram que o Governo Federal irá transferir R$ 20 bilhões do PIS/Pasep para o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Ao longo da última semana, a equipe econômica do governo apresentou que os recursos disponíveis referem-se a contas de trabalhadores que atuaram com carteira assinada entre os anos de 1971 e 1988. Grande parte desses trabalhadores já faleceram e os herdeiros não entraram com requerimento de saque. Por conta da baixa procura, o governo vai transferir esses recursos de um fundo para outro. Caso seja necessário, os saques serão liberados para os requerentes. Ao longo das últimas semanas, o ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou que serão destinados R$ 22 bilhões do PIS para o FGTS. “Temos R$ 22 bilhões do PIS/Pasep, o fundo que nós já chamamos várias vezes. Houve já duas ondas de resgates, primeiro para os proprietários, depois para herdeiros”, disse Guedes. “Nossa ideia é fazer uma fusão com o FGTS, vamos fazer uma reserva desses recursos para, eventualmente, caso os herdeiros apareçam. Se os herdeiros apareçam, os direitos estão mantidos. Feita essa reserva, os R$ 20 bilhões de recursos que sobrarem será liberado”, acrescentou. Em relação aos valores de saque, Guedes afirmou que estes poderão ser de R$ 6.101,06. O valor das retiradas está limitado ao teto dos benefícios do INSS. “Nós vamos definir o critério. Como esse fundo dá uma base de liquidez para nós fazemos as liberações, nós gostaríamos de liberar até o limite do INSS”, disse o ministro. O pagamento do saque-imediato foi encerrado ontem (31). Os saques-imediatos do FGTS tiveram início em setembro do ano passado. Clientes da Caixa receberam os valores automaticamente, enquanto os demais tiveram o dinheiro disponível para saque.