Foi eleita a nova diretoria  da Associação de Surf de Itacaré (ASI), para o quadriênio 2017/2021. A eleição aconteceu na noite da última sexta-feira (11), na sede da Colônia de Pescadores Z18. Foram eleitos para Presidente Marcelo Barros e o vice Daniel Lima. Os novos eleitos terão pela frente um enorme desafio em manter uma das principais e mais antigas associações do estado.

O Sócio Fundador Clay Loylie fez parte da mesa diretora e relatou a importância da ASI durante seus 28 anos de trabalhos dedicados ao Surf e ao Meio Ambiente. A gestão do ex-presidente Hongos foi enaltecida também pelo Secretário de Cultura e Esporte Diego Augusto que, representando a gestão destacou a importância da ASI em realizar eleições de forma democrática e por aclamação mostrando a maturidade dos membros associados. Falando já como Presidente, Marcelo Barros agradeceu a confiança dos membros da entidade e também elogiou a forma como o ex-presidente se dedicou a ASI e que apesar de toda dificuldade vários eventos foram realizados inclusive os Mundiais.

A chapa composta por Marcelo Barros e Dani Lima busca colocar a ASI no caminho da profissionalização e já estão contatando com vários organismos para apresentar os projetos para este e o próximo ano. Está previsto a construção do Museu do Surf uma parceria da ASI com a South to South e Prefeitura Municipal, inclusive o sócio Cly trabalha juntamente com Lapo Coutinho para transformar o Museu do Surf do Estado da Bahia aqui em Itacaré. A Diretoria da ASI está composta por membros fundadores que sempre estiveram em defesa da vida marinha do meio ambiente e do Surf.

O Campeonato Mundial está confirmado para Outubro e a ASI terá mais uma vez a missão de realizar o sexto evento Internacional que com certeza colocará Itacaré na mídia mundial. Também está sendo aguardado com muita expectativa a confirmação da segunda temporada dos Juacas em 2018, e a continuidade do projeto Surfando para o Futuro dentre outros que estão sendo elaborados.


Itacaré tem muito o que comemorar, apesar de inúmeras dificuldades e obstáculos, nosso amigo Álvaro Kruschewsky Miguel Neto, terá sua tão sonhada cerimônia de Colação de Grau. O evento acontece neste sábado (19), a partir dás 18hs, no Centro de Convenções Luis Eduardo Magalhães em Ilhéus. Álvaro concluiu o curso de Direito pela Faculdade de Ilhéus. Toda equipe do IU, o parabeniza por essa conquista e deseja muito sucesso, nessa nova caminhada!!!


O ex-jogador foi detido em Salvador, na tarde desta terça-feira. Esta é a terceira vez que o ex-jogador é detido por falta de pagamento de pensão.

O ex-jogador Edilson “Capetinha” foi preso na tarde desta terça-feira, em Salvador, por conta de dívidas com pensão alimentícia. De acordo com a Polícia Civil, o ex-jogador está custodiado na Polinter, que fica no complexo do bairro dos Barris. Se não pagar fiança, cujo valor ainda não foi estipulado, Edilson pode ficar até 30 dias preso.

O mandado de prisão foi expedido pela 2ª Vara da Família, em Brasilia. O G1 tentou falar com a defesa do ex-atleta, mas até a publicação desta reportagem, não obteve sucesso.

Esta é a terceira vez que Edilson é detido por falta de pagamento de pensão alimentícia. Em março de 2014, o jogador havia sido preso em Salvador pelo mesmo motivo. No ano passado, o ex-jogador foi detido em Brasília, quando sua dívida já chegava à casa dos 430 mil reais. (Globo Esporte.com)

 


Nascido em 18 de maio de 1997, Matheus Becker é associado a Associação de Canoagem de Itacaré (ACI), e iniciou sua carreira em 2010. Matheus participou pela primeira vez de uma competição oficial com resultados em 2011, quando competiu o Baiano de Velocidade em Itacaré, o C1 500 menor com a Prata e ouro no K1 500m menor. O atleta competiu o Baiano de Velocidade em Ubatã, ficando com um bronze no C1 500m menor. E logo em seguida conquistou a medalha de Prata no Campeonato Brasileiro de Velocidade em Curitiba, em 2011, no C1 500m menor. Foi campeão Brasileiro de Maratona em 2012, em Ribeirão Claro – Paraná, no C2 10KM cadete. Campeão no Brasileiro de Velocidade em 2012, realizado em Primavera do Leste – Mato Grosso do Sul, no C2 500m cadete e bronze no C1 1.000m cadete.

Campeão do Campeonato Baiano de Velocidade em Ubaitaba em 2013, no C1 200m cadete e vice-campeão no C1 200m Júnior. Campeão Baiano de Velocidade em 2014, em Maragogipe, no C1 200m Júnior e no C1 200m sênior. Vice-campeão Brasileiro de Velocidade em São Paulo, em 2013, no C1 1.000m cadete. Prata no Brasileiro de Maratona em Redenção da Serra – SP, em 2014, no C1 15KM Júnior e no C2 15KM Júnior.

Vice-campeão do Brasileiro de Velocidade em Curitiba, em 2014, no C2 1.000m Júnior e Campeão no C2 200m Júnior.

12° colocado no Campeonato Mundial de Velocidade Júnior, realizado em Portugal, em 2015. Campeão do Sul-Americado de Velocidade no Equador, no C1 200m Júnior e C2 200m Júnior.

Campeãp do Brasileiro de Velocidade em Curitiba, em 2015, no C1 200m Júnior, no C2 200m Júnior, C2 1.000m Júnior e bronze no C1 1.000m Júnior.

Campeão no Municipal de Velocidade 2016, em Itacaré, no C1 500m sênior e no C1 3KM sênior.

Bronze no C2 1.000m sênior e campeão no C2 200m sênior, no Campeonato Brasileiro de Velocidade em 2016 – Curitiba. Copa Brasil de Velocidade 2017, realizado em Curitiba, sendo bronze no C1 1.000m sênior e campeão no C2 200m sênior.

Em 2016 Matheus Becker conquistou o ouro no Baiano de Velocidade, realizado em Ubaitaba, na categoria C1 200m sênior, voltando a conquistar o ouro na mesma categoria no dia 30 de julho de 2017, também em Ubaitaba. Tornando-se Bi-campeão Baiano de Canoagem na respectiva categoria.

Matheus segue treinando para o Brasileiro em Curitiba, que será realizado no final do mês. Com treino forte na água e fora da água na parte de musculação com o treinador Tetê Quadros. (Fonte: Itacaré Informa)


Na manhã da última segunda-feira (14), o caçambeiros que prestam serviço a prefeitura de Ilhéus e que não recebem há quatro meses, fecharam a rodovia ilhéus-Itabuna, nas proximidades da estação rodoviária. A prefeitura disse que já repassou os recursos para a empresa RBS, responsável pela locação dos veículos. Segundo informações, o proprietário da empresa, de prenome Bruno, se recusa a receber os caçambeiros. A empresa foi contratada pelo valor de R$ 2.066.535,72 para a execução de serviços de locação de veículos de carga, máquinas e equipamentos pesados, com condutor e fornecimento dos insumos necessários. (RBN)


Nesta segunda-feira (14), o Ministro do Tribunal Superior eleitoral (TSE), Napoleão Nunes Filho, decidiu sobre a ação que pedia a cassação do prefeito de Uruçuca, Moacyr Leite (DEM). O ministro seguiu o parecer da Procuradoria Geral, que se manifestou pelo desprovimento do recurso movido pela ex-prefeita Fernanda (PT), ou seja, na opinião da procuradoria, o acordão do TRE está respaldado na legislação. Com essa decisão chega o fim a disputa eleitoral de Uruçuca que começou em junho de 2016. (PSB)