A partir deste mês, os tributos sobre as bebidas frias – refrigerantes, cervejas, energéticos e isotônicos – subirão 10% em média. O Diário Oficial da União publicou nesta quinta-feira (30) decreto que regulamenta o novo modelo de tributação para o setor. De acordo com a Receita Federal, o repasse para os preços finais, no entanto, dependerá de cada fabricante. A lei com as mudanças na incidência e na cobrança de tributos havia sido publicada em janeiro, mas precisava ser regulamentada para entrar em vigor. Cobrado na produção, o IPI corresponderá a 6% para cervejas e a 4% para as demais bebidas frias. Segundo a Agência Brasil, o decreto estabeleceu ainda o conceito de cerveja especial e de chope especial, que pagarão menos IPI e PIS/Cofins. Comerciantes em início de atividade também serão beneficiados com desconto nas alíquotas. De acordo com a Receita Federal, as alíquotas não eram atualizadas há dois anos. O governo espera arrecadar mais com o novo modelo. A expectativa é que a mudança acarrete receitas extras de R$ 868 milhões em 2015, R$ 2,05 bilhões em 2016, R$ 2,31 bilhões em 2017 e R$ 3,26 bilhões em 2018. *Informações do Bahia Notícias.


Com muita irreverência e bom humor, o apresentador Raul Gil recebe o cantor Neto LX em seu programa deste sábado (2). Neto LX, que ficou famoso em todo Brasil com o hit ‘Gordinho Gostoso’ vai falar sobre as novidades da carreira, vida pessoal, além de embalar o auditório e telespectadores com seu arrocha-ostentação. O Programa Raul Gil (SBT) vai ar às 14h15.


Apesar de perder o título da Copa do Nordeste, o Bahia ainda tem o que comemorar. As receitas angariadas por ter chegado à final da competição regional podem ajudar no pagamento das despesas do clube nesta temporada.

Só em ter disputado a decisão, o Tricolor já tinha assegurado mais de R$ 1 milhão. Com o vice-campeonato, o clube recebeu a premiação de R$ 400 mil e, no geral, embolsou cerca de R$ 1,7 milhão.

Já o Ceará, campeão do Nordeste, foi contemplado com R$ 1,5 milhão pela conquista do troféu. No total, os cearenses receberam mais de R$ 2,8 milhões em premiações.(Bocão News)


As condições do tempo na Bahia, previstas para os próximos dias, continuam sendo influenciadas pelo calor e também pelos elevados índices de umidade. Com isso, o predomínio será de céu encoberto e chuvoso em, praticamente, todas as regiões do Estado. Para as regiões do Recôncavo, Sul e Sudoeste, são os ventos úmidos vindo do Oceano Atlântico os principais responsáveis pela ocorrência das chuvas nessas regiões. Além disso, mesmo afastada da costa, a frente fria que avançou pelo Estado ainda continua influenciando o tempo, ou seja, intensificando estes ventos e, consequentemente, trazendo mais umidade e chuva para as localidades mais próximas ao litoral. Para as demais regiões do Estado, também há previsão de chuvas, embora estas sejam de fraca intensidade.


Os eleitores que não votaram nem justificaram nas três últimas eleições têm até a próxima segunda-feira (4) para comparecer a um dos postos da Justiça Eleitoral para regularizar sua situação e evitar o cancelamento do título de eleitor – para este efeito, cada turno é considerado uma eleição. consulta sobre se seu documento está sujeito ao cancelamento pode ser feita no portal do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), através do link ‘Situação eleitoral’, na seção ‘Serviços ao Eleitor’. A data final para regularização antes do cancelamento automático do documento é na próximo segunda-feira, 04 de maio. O eleitor deve comparecer ao Cartório Eleitoral com documento oficial com foto, título eleitoral e comprovante de residência. Sem o título, o cidadão está impedido de obter passaporte, ser nomeado em concurso público, renovar matrícula em estabelecimento de ensino público ou obter certidão de quitação eleitoral.


Dois pesquisadores do Instituto de Biologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA) descobriram o vírus causador da doença cujos sintomas são semelhantes aos da dengue e que vem assustando a população baiana: o Zika Vírus, que é transmitido pelos mosquitos aedes aegypti, aedes albopictus e outros tipos de aedes.

De acordo com Gúbio Soares, pesquisador que fez a descoberta junto com Silvia Sardi, é a primeira vez que o vírus é identificado na América Latina, sendo mais comum na África e Ásia. A dupla suspeita que o vírus chegou à Bahia por causa da Copa do Mundo de Futebol, realizada em 2014 no Brasil.

“A Copa atraiu pessoas do mundo inteiro. Então acreditamos que algumas pessoas que estavam infectadas foram picadas pelos moquitos trasmissores, e o vírus foi passado para outras pessoas”, diz.

A identificação do vírus foi realizada nesta semana, após a dupla de pesquisadores trabalhar por cerca de 20 dias em amostras de sangue de pacientes de Camaçari, cidade da região metropolitana de Salvador, por meio de uma técnica chamada RT-PCR, que amplifica o material genetico do virus, através de reagentes, aumentando o sinal deste material genético.

Segundo Gúbio, o Zika Vírus causa um quadro muito parecido com o da dengue, em que o paciente pode apresentar sintomas como febre, diarreia, dores e manchas no corpo. Porém, este novo vírus é mais fraco e os sintomas mais brandos.

“Zika Vírus não é tão grave quanto dengue ou chikungunya, não leva o paciente à morte. O quadro parece alérgico, é mais tranquilo e o tratamento é o mesmo”, explica o pesquisador. Além destes sintomas, o paciente pode apresentar sinais de conjuntivite.

“O tratamento é o mesmo para dengue: Paracetameol. Você não combate o vírus. Isto quem faz é o seu organismo. Você combate os sintomas”, afirma Gúbio.

A descoberta de Gúbio e Silvia derruba as duas hipóteses levantadas pela Vigilância Epidemiológica e a Secretaria de Saúde de Camaçari, para explicar a doença. No último mês de março, os dois órgãos suspeitavam que o sintomas seriam causados por roséola ou parvovírus-B19.

Gúbio acrescenta que, em geral, os sintomas duram cerca de 12 dias até desaparecerem. “O importante é procurar um médico, assim que os sintomas começarem”, diz.

Fonte: G1


Itabuna é a segunda cidade que mais informou casos de AIDS no estado neste ano. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, o vírus da doença foi detectado em 95 pessoas submetidas a exames no município. Salvador lidera em notificações, no qual foram detectadas 283 pessoas, dentre elas, 5 crianças.

Segundo informa o Jornal A Região, Teixeira de Freitas, Santo Antônio de Jesus, Porto Seguro, Feira de Santana, Jequié, Juazeiro e Camaçari também seguem no ranking dos municípios com grande número notificações de casos de AIDS. Segundo os dados, 26 pessoas com vírus da AIDS já morreram na Bahia neste ano. (Radar Notícias)