Mais um paciente curado do coronavírus em Itacaré.

Voltar a ter a alegria de viver e poder abraçar a todas as pessoas que amam. Foi com esse sentimento de poder voltar pra casa e com a emoção de retornar às suas atividades profissionais que o pescador Carlos Alberto Almeida Silva, mais conhecido como Cau, de Itacaré, recebeu no início da tarde desta terça-feira a notícia do Comitê de Monitoramento que estava curado do coronavírus e já poderia retornar para casa. O pescador foi o segundo caso de alta médica de cura da Covid 19 em Itacaré.

Na segunda-feira a alegria tomou conta de Dona Maria Amélia Dias, a primeira paciente curada. E nesta terça-feira a emoção foi de Carlos Alberto, que não segurou as lágrimas de felicidade. Na saída Cau foi recebido com festa pelos filhos e pela equipe da Prefeitura de Itacaré que durante todos esses dias estiveram ao lado do pescador orientando sobre a sua saúde e trazendo mensagens de força e perseverança.

Foram mais de 15 dias de isolamento social na antiga Creche Municipal Raquel Maris Costa, espaço criado pela Prefeitura de Itacaré para que Cau pudesse ficar no distanciamento social, evitando transmitir a doença para os familiares. Nesses longos dias o pescador conviveu não somente com a doença, mas também o preconceito e a falta de informação de muitas pessoas. Mas ele conta que prevaleceu a solidariedade que recebeu da família e da equipe e é essa a lição que disse que vai guardar para sempre na memória. Emocionado ele chorou por diversas vezes e agradeceu pelo carinho e apoio que recebeu.

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, comemorou mais essa vitória de um cidadão de Itacaré que lutou contra o coronavírus. De acordo com ele, tudo isso só foi possível porque o paciente permaneceu no isolamento social e seguiu as orientações do Comitê de Monitoramento, aguardando sua recuperação no espaço reservado para ele. O prefeito voltou a alertar a toda a população para a importância de todos se cuidarem, seguirem as orientações, usarem máscaras e principalmente ficarem em casa. De acordo com Antônio de Anízio, somente juntos, com cada um fazendo a sua parte, será possível vencer o coronavírus.


Comentários

Deixar uma Resposta