Itacaré terá Feira de Saúde e carreta da mamografia, confira as datas:

O município de Itacaré receberá entre os dias 14 a 21 de agosto a carreta de mamografia para rastreamento do câncer de mama. A realização desse serviço é uma parceria do Governo do Estado e a Prefeitura de Itacaré, através das Secretaria Estadual e Municipal de Saúde, e tem o objetivo de ampliar o acesso e incentivar as mulheres a realizarem exames de mamografia para estimular o diagnóstico da doença, visando a detecção precoce de tumores malignos, inclusive em fases em que a mulher não apresenta nenhum sintoma. A carreta vai estar estacionada na Praça São Miguel, sempre das 7 às 18 horas, excertos nos sábados e domingos.


O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, infirmou que a iniciativa é uma forma de ampliar ainda mais o atendimento de saúde no município e combater o câncer. A proposta é fazer o rastreamento nas mulheres com faixa etária entre 50 a 69 anos. Caso seja detectada alguma alteração no exame, as pacientes serão acompanhadas pela Secretaria de Saúde para a realização de biópsia, outros exames complementares e todos os outros procedimentos concernentes ao tratamento da doença, se confirmada. O secretário de Saúde, Ricardo Lins, alerta que quanto mais cedo o diagnóstico, maior a chance de sucesso no tratamento.
Paralelo ao serviço da carreta da mamografia vai estar acontecendo também nesse mesmo período de 14 a 21 de agosto a Feira da Saúde de Itacaré, onde serão oferecidos diversos outros atendimentos, como: ECG, preventivo, exames laboratoriais, ultrassom, atendimento nutricional e também com assistente social, teste rápido e palestras educativas. O secretário Ricardo Lins ressalta que todos os procedimentos serão oferecidos gratuitamente para a população de Itacaré, distritos e povoados do município. A orientação é que os pacientes e interessados nos serviços procurem a unidade de saúde mais próxima de sua residência para maiores informações.
O prefeito Antônio de Anízio alerta às mulheres para a importância de se realizar os exames, já que o câncer de mama, quando detectado e tratado precocemente, tem mais de 90% de chance de cura. E os números são assustadores. Dados computados pela Sesab apontam que em 2016 morreram 814 mulheres vítimas do câncer de mama na Bahia. Em 2015, este número chegou a 865. Em 2017, dados preliminares, até 28 de junho, apontam que 338 mulheres morreram vitimadas pela doença.


Comentários

Os comentários estão fechados.