Itacaré mantém a cultura popular do Bicho Caçador e o Terno de Reis.

Uma cidade cercada de belezas naturais e encantos, mas também com uma rica cultura, folclore e manifestações populares. Assim é Itacaré, que neste domingo, dia 06, comemorou a tradicional Folia de Reis, que é marcada na cidade por manifestações culturais como o Bicho Caçador e o Terno de Reis. O cortejo percorreu as ruas da cidade, acompanhado por moradores e turistas que ficam encantados com as cores, as danças e o resgate da cultura local.

No trajeto foram realizadas paradas programadas em casas de personalidades tradicionais da cidade, homenageando pessoas que fizeram a história do Terno de Reis, que são responsáveis pela oferenda de bebidas e comida, sempre com muitas canções, batucadas e danças levada pelo samba de duro. Fantasiados e com muita alegria, os grupos atraem multidões fascinadas com a beleza.

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, parabenizou os grupos por manter vida a tradição e reafirmou o compromisso do governo municipal de valorizar cada vez mais a cultura e as manifestações folclóricas da cidade. E essas manifestações do Terno de Reis e Bicho Caçador fazem parte das diversas atividades culturais que acontece no município.

O cortejo do Bicho Caçador é uma manifestação oriunda do bairro do Porto de Trás, reduto negro da cidade e reconhecido como Quilombo Urbano pela Fundação Palmares desde 2010. Berço de uma rica cultura, a comunidade tem no Rancho Bicho Caçador sua mais conhecida manifestação cultural. Passado de gerações pela oralidade, a apresentação se dá na luta de um caçador contra dois grandes bichos que o ataca quando o mesmo está à beira de um rio. Depois de uma batalha árdua o caçador consegue derrotar os dois bichos.

Já o Terno de Reis é um festejo de origem portuguesa ligado às comemorações do culto católico do Natal, trazido para o Brasil ainda nos primórdios da formação da identidade cultural brasileira. Ainda hoje se mantém vivo nas manifestações folclóricas de muitas regiões do país. Ela apresenta um caráter profano-religioso, fazendo parte do ciclo natalino, anualmente realizado entre 24 de dezembro a 6 de janeiro. E em Itacaré acontece tradicionalmente no dia 06 de janeiro, junto com o Bicho Caçador, quando se realizam as comemorações do nascimento de Jesus Cristo com várias festividades, ou festejos populares.


Comentários

Deixar uma Resposta