Itacaré: Entrega da restauração dos altares da igreja de São Miguel.

Com muita festa foram entregues neste domingo (11),  com muita alegria em Itacaré a restauração e sagração dos altares da igreja de São Miguel. O evento atraiu centenas de pessoas, que tiveram de volta com suas características originais um dos mais belos bens religiosos e histórico do município.

Como ficou os altares após restauração. Foto: Aline Aquino Santos

A concretização da obra de restauração – que teve fiscalização e orientação técnica do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac), unidade da Secretaria de Cultura do Estado (Secult). Os trabalhos foram financiados por doações da comunidade e turistas através do projeto “A Fé Restaurada”.

“Só da comunidade local conseguimos reunir R$ 200 mil para restauro interno”, afirma o padre Ednaldo Cardoso, pároco da igreja. Segundo ele, as obras duraram 11 meses, começando em janeiro e terminando no último domingo (11) quando o templo foi entregue à população, com realização de caminhada pelas ruas da cidade.

Imagens de como estava os altares antes da restauração.

Confira abaixo um vídeo especial sobre o evento muito bem produzido pela IN9 PRO.

Segundo o diretor-geral do Ipac, João Carlos de Oliveira, “em monumentos tombados é fundamental a fiscalização técnica para dispor de orientação especializada evitando possíveis danos aos bens artísticos, móveis e integrados, e ao estilo arquitetônico original”.

Saiba mais sobre a História da Igreja Católica de Sao Miguel Arcanjo de Itacaré.

Por volta do ano de 1720, o Jesuíta Luis da Grã ergueu uma capela sob a invocação de São Miguel, batizando a localidade com o nome de São Miguel da Barra do Rio de Contas. Ainda assim, o povoado só se tornaria um município em 1732, por obra e graça da Condessa do Resende – Dona Maria Athaíde e Castro. A Condessa era a donatária da capitania de Ilhéus e, em 26 de janeiro, elevou Itacaré à categoria de município.

Os principais monumentos históricos de Itacaré são a Casa dos Jesuítas e a Igreja Matriz (1723), primeiro bem oficialmente tombado pelo Instituto do Patrimônio Ambiental e Cultural da Bahia (IPAC). Com quase 300 anos a igreja de Itacaré, cujo padroeiro é São Miguel Arcanjo, dispõe de oratório rococó, com imagens de São Miguel, São Sebastião, Santo Antônio e Senhor dos Passos. Em alvenaria mista, a edificação tem capela-mor com sacristia, andar superior com coro, galeria e sala do consistório.

 


Comentários

Os comentários estão fechados.