Isaquias Queiroz leva a Bandeira do Brasil no encerramento da Olimpíada.

Isaquias Queiroz quando pisou o pé no Maracanã levando a bandeira do Brasil no encerramento das Olimpíadas do Rio 2016, talvez nem pensasse, naquele momento, que também levava Ubaitaba estampada naquelas cores verde e amarela. Ubaitaba que durante uma semana foi a cidade mais olímpica de todas. Uma cidadezinha do interior da Bahia que deixou de ser quase desconhecida para entrar de uma vez por todas no mapa do Brasil e na história das Olimpíadas Mundial. Ubaitaba que chorou, vibrou, se emocionou com o campeão ubaitabense.

Com 03 medalhas no peito, ele colocou o seu nome na história e ganhou naturalmente o direito a essa honraria, pois ninguém mais que ele cumpriu todas as promessas que fez e conquistou tanto o Brasil. E ninguém mais que ele faz jus ao lema, sou brasileiro e não desisto nunca, um exemplo de força, superação e humildade.

Quando Isaquias Queiroz cruzou a linha de chegada no c2 1000m com Erlon Souza de Ubatã nem imaginava que estava ganhando ali a prata mais dourada da história das Olimpíadas. Aquela prata que valia ouro e servia para escrever de uma vez por todas o seu nome na história das Olimpíadas.

Isaquias, que veio do Rio das Contas nem fez as contas de quantas vezes escreveu seu nome na história Olímpica.

Primeiro brasileiro a conquistar uma medalha para a canoagem velocidade numa olimpíada, depois, a conseguir 2, e a conquistar 3. Como se não bastasse, também foi o primeiro canoísta no mundo a conquistar 03 medalhas olímpicas  na modalidade Canoa Olímpica ou Canoa Canadense, um feito que nem o Brendel conseguiu. E aqui na Rio2106, também foi o único brasileiro a subir no podium mais de 1 vez, e ele não se conformou a fazer isso 2 vezes como fizeram outros 04 brasileiros na história e ele foi o único a subir 03 vezes ao podium numa mesma olimpíada.

Pela primeira vez, o Brasil ganhou 07 medalhas olímpicas e fez a melhor campanha da sua história, mas nenhuma medalha de ouro brilhou mais que as duas medalhas de prata e a de bronze de Isaquias Queiroz. (Ubaitaba.com)

Please follow and like us:

Comentários

Os comentários estão fechados.