Da calmaria à adrenalina: esportes radicais atraem aventureiros a Itacaré.

De um lado, estão os visitantes que vão a Itacaré, no litoral sul da Bahia, para relaxar, apreciar a tranquilidade de uma boa praia, ouvir o barulho das ondas e conviver em harmonia com a natureza. Há ainda aqueles que aproveitam a época do ano para degustar as delícias oferecidas pelos 42 restaurantes participantes do Festival Gastronômico Sabores de Itacaré, que acontece na cidade até 17 de dezembro. No terceiro grupo, estão os fãs de adrenalina e esportes radicais, que também encontram na localidade uma forma de extravasar e superar limites.

Além do surfe – que incluiu Itacaré na rota de grandes competições nacionais e internacionais -, duas atividades destinadas a este último público têm conquistado cada vez mais adeptos. Aproveitando que a região está em uma Área de Proteção Ambiental (APA), que permite uma maior preservação da Mata Atlântica, a empresa Conduru Ecoturismo oferece um circuito recheado de adrenalina com arvorismo e tirolesas.

A atividade acontece na praia da Ribeira, umas das mais próximas do centro da cidade, e é destinada a pessoas com mais de 1,40m e até 110 kg, que não tenham medo de altura ou estejam dispostas a superá-lo. Para entrar na aventura, é necessário usar um calçado fechado (de preferência tênis), roupas leves que possibilitem mais movimentos e – muito – repelente.

O circuito completo, com todos os obstáculos para atravessar por cima das árvores e mais seis tirolesas de diferentes tamanhos, sai por R$ 80 por pessoa. Caso o cliente queira apenas desfrutar da descida das duas maiores tirolesas em extensão, que passam por cima da praia, deve desembolsar o valor de R$ 40.

20161203_124514
Júnior, Marcos e Henrique são os monitores do arvorismo e das tirolesas (Foto: Thaís Seixas | Cultura Agora)

Os grupos são compostos de até 4 pessoas por guia, que acompanha todos os movimentos e auxilia na segurança dos aventureiros, presos a cabos de aço a todo momento. Nosso grupo foi acompanhado por três monitores, Júnior, Marcos e Henrique, que explicaram cada detalhe e ensinaram como fazer as melhores descidas. Fonte: Cultura Agora

 

Please follow and like us:

Comentários

Os comentários estão fechados.