A temporada de verão em Itacaré será ainda mais quente, movimentada e com um fluxo ainda maior de turistas com a retomada, após cinco anos, da operação da CVC com voos fretados e exclusivos durante a alta temporada de verão para Ilhéus, a partir de 16 de dezembro até 20 de janeiro de 20018.

Por solicitação do prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, o secretário de Turismo, Júlio Oliveira, participou na noite desta quinta-feira, em São Paulo, do lançamento dos voos fretados, onde teve a oportunidade de apresentar as belezas naturais da cidade e mostrar o município como um destino turístico completo.

Com saídas todos os sábados de São Paulo, do Aeroporto de Congonhas, o voo em parceria com a Gol facilitará o acesso e desembarque de turistas da CVC na Bahia, que é hoje um dos principais destaques da operadora. O estado lidera as vendas com mais de 2 mil clientes abarcados diariamente. O prefeito Antônio de Anízio comemorou a retomada dos voos fretados, aumentando o fluxo de turistas e movimentando a economia do município e reafirmou que a cidade vem se preparando a cada dia, ficando muito mais bonita e com infraestrutura para receber ainda mais visitantes.

O voo direto tem duração de 2 horas a partir de São Paulo, com saídas aos sábados em uma aeronave A380 com capacidade para 144 passageiros. Durante o período serão seis frequëncias com uma oferta de quase 900 assentos. Os roteiros da CVC já estão disponíveis em toda a rede de agentes parceiros e lojas exclusivas com preços partir de R$ 1.598 por pessoa, com aéreo, sete noites de hospedagem em Ilhéus, Itacaré ou Una com café da manhã e traslados.

Além dos fretados saindo de São Paulo, a CVC também oferece block charter a partir de cidades como Belo Horizonte, Brasília, e em breve será anunciado Rio de Janeiro. Ao todo, no período de dezembro a janeiro a operadora terá uma oferta de 60 mil lugares, em 26 destinos e mais de um milhão de quartos. Segundo Cristiano Placeres, diretor de Produtos para o Nordeste da CVC, a ideia é aumentar o fluxo de turistas nos destinos.

Para suprir a demanda deste verão, a CVC fechou acordos com propriedades de Ilhéus, Itacaré, Una e Canavieiras. O secretário municipal de Turismo de Itacaré, Júlio Oliveira, afirma que o visitante irá encontrar “um destino ainda mais estruturado, com novos equipamentos do luxo ao alto luxo”. Oliveira fala em “demanda reprimida” para explicar a importância dos fretamentos da CVC neste verão. “Isso vai aquecer ainda mais nosso verão, a gente perdia um bom público com a diminuição de voos para Ilhéus”, conta.

“Para a cidade, é de suma importância a ampliação de oferta para o destino, que está preparado para receber esse novo público”, afirma o secretário, citando as 190 unidades de hospedagem da cidade, que juntas oferecem cerca de 5 mil leitos. (Secom/Itacaré)


 

A Bahia deve receber 5,6 milhões de turistas brasileiros e estrangeiros neste verão. O número representa crescimento de 8,46% do fluxo em relação à temporada anterior. De acordo com estimativa da Secretaria Estadual de Turismo, uma parte desses visitantes escolherá os destinos da Costa do Cacau. O secretário estadual José Alves explica que o verão é responsável por quase 37% do fluxo turístico da Bahia. Dentre os destinos mais visitados estão Salvador,  Porto Seguro, Ilhéus, Itacaré, Morro de São Paulo e localidades do Litoral Norte, como Praia do Forte. São Paulo é um dos principais emissores de turistas para a Bahia. “Recentemente, pesquisa do Instituto DataFolha elegeu o estado como o destino turístico preferido dos paulistas”, lembra José Alves, que destaca ainda a participação da Bahia, este ano, em mais de 60 feiras de turismo nacionais e internacionais. Um desses eventos foi a 45ª Abav Expo Internacional de Turismo realizada em São Paulo até sexta-feira (29). Durante a feira, a Bahia usou  um estande como chamariz para o verão baiano, com direito a cenários de praia, trio elétrico, música baiana, acarajé e cocada, dentre outros itens.  A Abav é a maior feira de turismo do país. (Pìmenta)


A Bahia é o estado com maior número de destinos para a observação das baleias jubarte, que proporcionam anualmente, de julho a novembro, um belo espetáculo de acrobacia. Por suas águas tranquilas, o litoral baiano é escolhido como o local de permanência desses mamíferos, que chegam para acasalar e amamentar os filhotes.
Situada no Extremo Sul da Bahia, entre o mar e as terras cobertas pela Mata Atlântica, a Costa das Baleias abriga tesouro de belezas naturais como o Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, considerado o maior berçário reprodutivo das baleias em todo o Atlântico Sul Ocidental. A maneira mais fácil de chegar ao local é por meio da cidade de Caravelas.
O parque figura como um dos principais pontos de permanência das baleias, ao lado de municípios como Itacaré, Porto Seguro, Prado, e localidades como Barra Grande, Morro de São Paulo, Boipeba e Praia do Forte, sendo o turismo de observação dos animais, o whatewatching, uma das alternativas de geração de renda para a população do litoral baiano.


Um dos pilares para consolidação de um turismo de qualidade, os condutores de visitantes e guias de turismo passarão a ter um cadastro e identificação a partir de agora em Itacaré.

Após reunião realizada no dia 09 de junho, no Espaço Conexão a Prefeitura de Itacaré, através da Secretaria Municipal de Turismo e em parceria com a ACVI – Associação de condutores de Visitantes de Itacaré, foi dado o inicio ao processo de Cadastramento dos condutores de visitantes de Itacaré, antiga reivindicação da classe no município.
Na oportunidade também tratando dos seguintes assuntos:
• Capacitação;
• Padronização dos uniformes;
• Nova lei do turismo de Itacaré e COMTUR – Conselho Municipal de Turismo;
• Projeto de lei que regulamenta a atividade de condutor de visitante no município.


O aeródromo de Comandatuba, na cidade baiana de Una, passou por intervenções para receber voos regulares e a partir de agora conta com um veículo contra incêndio. Administrado pelo governo do estado através da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), o equipamento tem capacidade de receber aeronaves comerciais, como o Boeing 737 e Airbus 320, além de aviões executivos. Nesta semana, representantes da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) estiveram presentes no aeródromo e realizaram inspeção no local para a liberação de voos regulares. “A expectativa é de que os voos aqueçam as viagens regionais e ampliem o turismo e a economia no interior baiano”, explica Denisson Oliveira, diretor de Terminais da Seinfra.