A Secretaria do Turismo da Bahia (Setur) divulga atrativos turísticos do estado nesta sexta-feira (2) e sábado (3), na Feira AVIRRP, realizada no Centro de Eventos Taiwan Ribeirão Preto, em São Paulo. Criado pela Associação das Agências de Viagem de Ribeirão Preto e Região, o evento reúne agentes e operadores no interior de São Paulo – um dos principais mercados emissores de visitantes nacionais para a Bahia.

Com estande próprio, de 18 metros quadrados, a Bahia divulga belezas naturais, história e cultura do estado, dividido em 13 zonas turísticas de potencial diversificado, como sol e praia, turismo religioso e de aventura, enoturismo e outros segmentos. Empresários baianos também têm a possibilidade de ofertar e negociar seus serviços. Dentre as empresas participantes estão o Itacaré Eco Resort; grupo AR (hotéis e receptivo), de Porto Seguro; Amado Turismo Receptivo, de Ilhéus; e o Intercity Hotel Salvador.

A programação contempla feira de negócios, apresentação de novidades de grandes operadoras e promoção de destinos turísticos. O público estimado para os dois dias da feira é de 5 mil participantes. Fonte: Ascom/Setur


Até novembro deste ano, as águas temperadas e claras de Itacaré e todo litoral baiano têm um extraordinário espetáculo a mais. A temporada de observação das baleias jubartes já começou e deve registrar maior concentração de cetáceos até o mês de outubro. Especialistas indicam que cerca de 20 mil baleias passarão pela costa brasileira nesse período.

A temperatura das águas é o principal atrativo e transformou o litoral baiano em área de reprodução das baleias jubartes. Ao longo do litoral da Bahia, é possível observá-las em Salvador, Praia do Forte, Morro de São Paulo, Itacaré e Caravelas (Abrolhos). O arquipélago de Abrolhos é considerado o maior berçário desses animais que encantam milhares de turistas todos os anos.

Embarcações de turistas partem de Caravelas em direção a Abrolhos, em um deslocamento de aproximadamente quatro horas, até que os visitantes possam assistir ao espetáculo das baleias, seus jatos de água e movimento da cauda. Protegidas pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e pela Marinha, os animais sentem-se seguros para dar saltos, exibindo até dois terços do corpo, o que faz a alegria dos visitantes.

Segundo Sérgio Cipolotti, biólogo do Projeto Baleia Jubarte, a temporada de avistamento é uma oportunidade para potencializar o turismo no litoral. “É possível desenvolver um turismo de experiência com animais em seu habitat natural, o que gera grande atrativo para as localidades costeiras, além de renda e empregos para as comunidades locais”, destaca.

Cuidados
Para garantir uma atividade turística responsável e que valorize o bem-estar dos animais são necessários alguns cuidados. Antes do embarque, o turista assiste a uma palestra para nivelamento de conhecimentos sobre as baleias, seu comportamento e detalhes sobre a atividade. Depois é distribuído um folder sobre o turismo de observação de baleias.

“Assim, os turistas já embarcam nos cruzeiros de observação com informações prévias e sabendo da legislação que regulamenta esta atividade (Portaria IBAMA N°117)”, pontua Sérgio.

Ainda de acordo com o biólogo, o Projeto Baleia Jubarte capacita, anualmente, marinheiros, mestres de embarcações e agentes de turismo para orientar turistas quanto às normas de avistagem. Esses profissionais acompanham os passeios promovidos por operadoras parceiras do projeto para garantir um contato responsável com os animais.
Fonte: Ascom/Secretaria de Turismo do Estado (Setur)

Representantes do Assentamento Pancada Grande, no município de Itacaré, estiveram reunidos na manhã desta quarta-feira (17) no SETAF/BAHIATER/CAR/SDR- Litoral Sul Bahia, em Itabuna, com o objetivo de participar com uma Manifestação de Interesse no Edital 14/2019 do Programa Bahia Produtiva, com foco na linha temática Turismo de Base Comunitária. Acompanhados do presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável de Itacaré(CMDRS), José Alves Bubu, os associados buscaram maiores informações e dialogaram sobre o edital.

Com o público de agricultores familiares, quilombolas, povos indígenas, extrativistas, pescadores, comunidades fundo e fecho de pasto, o projeto tem valor total a ser aplicado de R$ 22,5 milhões, contemplando valor máximo por projeto em R$ 300 mil, distribuídos em aproximadamente 75 projetos para os 16 territórios. Para o coordenador da Bahiater/SDR, Marcos Vinícios, a Associação Pancada Grande se credencia na Manifestação de Interesse com bons indicativos. “Uma bela cachoeira, produção de alimentação saudável, organização associativa, talentos para culinária e a união de todos os associados, faz com que possamos torcer muito, para o sucesso da proposta ser aprovada”, pontuou o coordenador.

O chefe regional da CAR, Abiel Santos, informou sobre a importância das associações buscarem o SETAF, “Existe um barema de pontuação e quando as associações procuram nosso escritório, sempre saem com mais informações acerca dos editais, que podem melhorar a pontuação nas Manifestações de Interesses”, colocou. O presidente do CMDRSS de Itacaré, José Alves Bubu, agricultor assentado no Pancada Grande, agradeceu ao coordenador Marcos Vinícios e ao Chefe do Escritório Regional da CAR, Abiel Santos, pela atenção e orientações e disse ter cada vez mais a certeza de que a Manifestação de Interesse será de fato aprovada.


Escolher Minas gerais para passar a lua de mel é uma boa idéia, pois é um destino ideal para os casais que procuram sossego. É claro que no Brasil, um país com dimensões continentais, há muitos destinos tranqüilos para curtir a lua de mel, mas vale a pena pesquisar por passagens aéreas promocionais rumo a Minas Gerais.

Este é um destino que possui belas paisagens e um clima realmente agradável, que permite viver momentos de puro romantismo. Há diversas cidades para poder fazer a melhor escolha e comprar logo as passagens aéreas promocionais, para embarcar numa lua de mel inesquecível.

Depois de um belo casamento –ou a decisão de começar a viver junto- segue a tão sonhada lua de mel. O estado de Minas Gerais tem diversas cidades que possuem tudo aquilo que os casais apaixonados desejam para uma viagem desse tipo.

Paisagem, cachoeiras, muito verde, clima ameno o ano todo, não há como não escolher este destino para comemorar o amor, a união de duas pessoas que se amam. É recomendável pesquisar os diversos lugares que este estado tem, para escolher aquele que o casal mais gosta.

Escolher o destino para comprar as passagens aéreas promocionais

Há varias cidades que podem ser escolhidas para uma bela lua de mel, entre elas:

  • Araxá – possui paisagens encantadoras, onde os casarões antigos ocupam um lugar importante. Há lugares místicos, além de jardins e parques que convidam a fazer lindos e românticos passeios. Aqui há diversos hotéis que oferecem serviços especiais, como aroma terapia, cromoterapia, massagens e saunas, interessante para os casais que chegam depois do estresse do casamento.

Aqueles que gostam de aventura poderão fazer asa delta, trekking ou até cavalgar, depende do gosto de cada casal. E aqueles que amam um bom quitute, devem experimentar as compotas e os queijos da região.

Passando a lua de mel em Araxá, uma dica é visitar o Sítio Real, onde é produzido um dos melhores e mais premiados queijos brasileiros. É possível degustar o queijo curado, o queijo condimentado com café e o queijo fresco.

É praticamente obrigatório também conhecer a fábrica de doces da dona Joaninha. É possível observar as doceiras em ação, preparando diversas delícias, como doces em compotas e doces em pedaços.

  • Capitólio – um lugar ideal e romântico para a lua de mel. Capitólio é famosa devido às cachoeiras que possui, como também cânions com mais de 20 metros de altura e mirantes. Neste destino se localiza o Lago de Furnas, com águas esverdeadas, um dos maiores lagos artificiais que há no mundo.

A melhor época para visitar Capitólio é no verão, porque é nessa estação que há mais água nas cachoeiras. O passeio de lancha pelo lago é fantástico, bem como a vista desde o Mirante dos Cânions, onde é obrigatório tirar uma foto com o lago e os cânions imponentes como fundo.


Chegaram às férias de julho, ou mesmo as férias de verão. Ou há um tempinho no trabalho para fugir da rotina e descansar um pouco longe de casa. Há sempre um destino especial para isso, e Belo Horizonte é o ideal, pois com passagens aéreas baratas, dá para voar rumo a um lugar que, com certeza, proporcionará momentos únicos.

Como todo destino turístico que se preze, Belo Horizonte é uma cidade com uma grande diversidade de opções para quem deseja passar uma temporada especial. Há passagens aéreas baratas para voar desde qualquer destino, há hospedagens de todo tipo e as portas abertas para atividades interessantes e divertidas.

Mas, como tudo na vida, é necessário ter uma boa organização, tanto no que se refere a parte econômica quanto ao planejamento dos passeios. Por isso, começar comprando as passagens e reservando a hospedagem, facilitará o resto de trabalho que, na verdade, será a parte mais divertida da viagem!

Se quiser conhecer bem a cidade e desejar aproveitar muito bem cada instante nela, nada melhor do que começar a pesquisar os lugares que devem ser visitados, para aprender tudo sobre esta região de Minas Gerais tão especial e encantadora.

As passagens aéreas baratas são somente o inicio

Pois é, depois de ter conseguido as passagens, pode relaxar e se aventurar a escolher os lugares que deseja conhecer, visitar. Alguns deles podem ser:

1 – Praça da Liberdade = é um espaço com belos jardins. Esse lugar foi claramente inspirado do Palácio de Versailles francês, com flores, esculturas e uma paz impressionante. Antigamente funcionava ali a sede do governo mineiro. Hoje em dia é possível fazer pique – nique, andar pelos jardins e ainda fazer o circuito cultural, que inclui visitas aos prédios onde funcionam diversos centros culturais.

2 – Memorial Minas Gerais = antigamente foi a Secretaria do Estado da Fazenda. É o lugar ideal para conhecer a historia a partir do século XVIII.

3 – Espaço do Conhecimento UFMG = se quiser curtir exposições, fazer cursos ou oficinas, é o lugar certo para isso, pois possui uma excelente programação. Filmes sobre astronomia? No planetário! No telescópio do terraço é possível a observação do céu.

4 – Centro Cultural Banco do Brasil de Belo Horizonte = é um dos museus mais escolhidos pelos visitantes da cidade para assistir a exposições. Inclusive, há espetáculos teatrais e musicais.

5 – Mercado Central = lugar ideal para fazer compras de todo tipo de guloseimas, além de artesanato e outros artigos. É aconselhável experimentar pão de queijo, doce de leite e, se gostar, os diversos tipos de cachaça.

6 – Feira Hippie = como todo lugar que se preze, não poderia faltar a feita hippie onde é possível comprar tudo o que é possível encontrar num lugar desses. A diversão e o entretenimento estão garantidos!


Foto: Elton Andrade

Os brasileiros devem ficar pelo país nessas férias de meio de ano. Com a alta do dólar, o número de pessoas pesquisando por passagens para destinos nacionais cresceu, em comparação com o ano passado. É o que aponta pesquisa do site de buscas Kayak.

E, em épocas de festa junina, as capitais nordestinas , famosas pelas maiores celebrações de São João, também apareceram com destaque: dos 15 destinos que mais cresceram em busca, oito estão na região.

Confira os destinos que mais cresceram em buscas:

João Pessoa

Juazeiro do Norte

Brasília

São Paulo

Petrolina

Salvador

Rio de Janeiro

Aracajú

Recife

Cuiabá

Maceió

Vitória


A Bahia está entre as primeiras opções de viagem dos paulistanos segundo uma pesquisa Datafolha. Os cerca de 1.100 km de extensão litorânea e praias de todos os tipos, sejam selvagens, urbanas, sombreadas por mata atlântica ou repletas de piscinas naturais, o estado foi considerado “sempre uma boa pedida”. Entre os destinos em destaque, está a Chapada Diamantina. Segundo a Folha de S. Paulo, uma das mais conhecidas formações geográficas desse tipo no país, que fica no coração do estado, atrai os turistas com suas serras, rios e vegetação abundante.

Taipu de Fora, na Península de Maraú.

A publicação da Folha ainda lembrou a indicação de Salvador como a única cidade brasileira indicada em 2019 como “lugar a conhecer” na lista publicada pelo jornal americano The New York Times. Ainda sobre a capital baiana, a publicação da coluna “Viaja São Paulo”, da Folha, destaca a orla da Barra e o centro histórico, e ainda cita as intervenções recentes feitas nesses locais. No decorrer do texto ainda são citados o Litoral Norte, Litoral Sul e a Costa do Cacau. Com destaque de sugestão para Praia do Forte, Porto Seguro, Ponta do Corumbau, Taipu de Fora, Ilhéus, Itacaré e Ibirataia. (Bahia Notícias)