O ex-vereador Antonio Carlos Santos Matos, o popular Tonho do Bicho, protocolou nesta segunda-feira (13), ao lado do Dep. Estadual  Jânio Natal,  um pedido no TRE/BA, solicitando a suspensão do processo de transferência do Cartório Eleitoral de Itacaré para o município de Uruçuca. Segundo Tonho do Bicho, caso isso venha a ocorrer será mais uma perda grande e um retrocesso pra Itacaré, levando em conta o tamanho de nossa área rural e os prejuízos que tal mudança provocará as comunidades rurais por conta do deslocamento, tendo em vista à atual situação do município e da ausência do Poder Público, ainda afirma que é uma tremenda irresponsabilidade do prefeito de Itacaré, por não tentar mobilizar a sociedade na intenção de impedir que isso aconteça. Tonho do Bicho, ressalta ainda que não é mais vereador, contudo, apoiou o Deputado Estadual reeleito Jânio Natal (PRP), e que essas solicitações são o mínimo do que pode ser feito por Itacaré. Importante lembrar que independente de partido o que esta em questão é o nome de nosso município, finaliza ex vereador.
Segue no link ao lado ofício 079/2015, do Gabinete do Dep. Estadual Jânio Natal, a pedido do ex vereador de Itacaré Tonho do Bicho. Clique ao lado >>[email protected]>>

O deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) não desistiu da candidatura à Presidência da República. O parlamentar pediu seu desligamento partido que representa e pelo qual foi eleito. A desfiliação foi feita em pedido ao presidente da sigla, senador Ciro Nogueira (PP-PI).

Bolsonaro, agora, já começa a negociar com partidos menores para poder sair candidato à presidente em 2018. Ele acredita que, se tentar fundar um novo partido, pode acabar fora da disputa – assim como aconteceu com Marina Silva em 2014 ao tentar fundar a Rede Sustentabilidade.

Partidos conservadores, como o PRTB, já se movimentam para tentar trazer Bolsonaro. “Tenho simpatia pelos evangélicos, os cristãos, com os que querem arma para defesa pessoal dentro de casa. Não adianta eu ser deputado e ver o Brasil afundando”, afirmou o militar da reserva no discurso que fez, onde ainda ressaltou os problemas do PP.

“Acredito que meu partido está numa situação difícil, levou um golpe duro. Estamos no noticiário negativo quase todos os dias”, disse em referência às investigações da Operação Lava Jato.

Conhecido por declarações polêmicas contra a união homoafetiva e em defesa da ditadura militar, Bolsonaro afirmou não ter espaço no PP para seguir o “sonho” de concorrer à Presidência. (Varela Notícias)


No segundo semestre deste ano os Deputados e Senadores votarão a Reforma Política e um item é destaque: A prorrogação dos mandatos, por mais dois anos, de todos os prefeitos e vereadores eleitos em outubro de 2012.
O projeto é do deputado federal Edmar Arruda e segundo ele, em entrevista a uma emissora de TV nesta semana, afirmou que os parlamentares vão aprovar o projeto. “O clima é pela aprovação”, disse. Edmar explica que haverá eleição única em 2018 para presidente da República, governadores, deputados estaduais, federais, senadores, prefeitos e vereadores.
Com isso o prefeito Jarbas Barbosa (PSB) poderá governar Itacaré até 2018, assim como todos os 11 vereadores da legislatura atual ficariam com um mandato de 6 anos.

A ex-secretária de Estado dos Estados Unidos, Hillary Rodham Clinton, confirmou neste domingo (12) que será candidata à presidência da República pelo Partido Democrata. É a segunda vez que a esposa do ex-presidente norte-americano, Bill Clinton, tenta concorrer ao cargo – em 2008, Hillary perdeu as prévias para o atual presidente Barack Obama. Com o anúncio, feito pelo porta-voz John Podesta, pôs fim a dois anos de especulações e desmentidos, de acordo com o jornal “The New York Times” e a agência Associated Press.


O vereador responsável pelo projeto foi Marcos Lima (PRP), que diz que a novela tem “clara intenção de afrontar os cristãos em suas convicções e princípios” e que esta “outra forma de amar” apresentada contraria “nossos costumes, usos e tradições”. Na quarta-feira (8), o vereador Edvaldo Lima (PP) usou a tribuna para parabenizar Lima pela moção de censura. “Parabenizo o discurso do vereador Marcos Lima. Eu repudio qualquer ato que vá de encontro à família. E não tiro uma palavra do que estou falando aqui, a Rede Globo se quiser que me processe. Sou filho de um homem e uma mulher e nunca vi contar que duas pessoas do mesmo sexo possam gerar filhos. Estas pessoas serão cobradas depois”, afirmou. O vereador usou como exemplo de conversão a modelo Andressa Urach, lendo relatos de que ela era viciada em drogas, brigou com o pai e se envolveu com relacionamento gays, mas agora estaria em busca de um marido. Já o vereador José Carneiro (PSL), líder do Governo da Casa, disse que há liberdade de religião e de orientação sexual no Brasil. “As autoridades, tanto sexuais quanto religiosas, precisam refletir, porque está havendo uma guerra entre religião e homossexualidade”, pontuou. No dia da votação, ele sinalizou que quem não gosta da novela pode não assistir ao canal. “Vejo as pessoas repudiando e assistindo. Se não assistem, como sabem das cenas?”, disse. Mesmo assim, ele votou a favor – a moção foi aprovada com unanimidade.