Um levantamento feito pelo Instituto Paraná Pesquisas mostra que o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), aparece com vantagem sobre o governador Rui Costa (PT) no cenário de disputa pelo Palácio de Ondina em 2018. Segundo o estudo, o demista lidera a disputa com 54,5%. Em seguida, aparece o governador Rui Costa (PT), com 24,1%, o senador Otto Alencar (PSD) soma 4,7%, e Fábio Nogueira (Psol) tem 2,9%. Indecisos somam 4,3%, e 9,5% não escolheram nenhum dos candidatos.


O Ministério Público Federal (MPF) pediu nesta sexta-feira (3), nas alegações finais do processo que investiga o ex-presidente Lula por supostamente ter recebido propina no caso do tríplex do Guarujá, que ele e outros seis réus sejam condenados pelos crimes de corrupção passiva, ativa e lavagem de dinheiro. O MPF ainda requereu que o petista seja condenado a pagar R$ 87 milhões em multa. Para o órgão, as penas devem ser cumpridas em regime fechado. O órgão sustenta que o apartamento seria entregue a Lula, como contrapartida por contratos que a OAS fechou com a Petrobras, nos anos em que o político foi presidente da República. Na denúncia, está também o pagamento que a OAS fez à transportadora Granero, para que a empresa fizesse a guarda de parte do acervo que o ex-presidente recebeu ao deixar o cargo. Um dos réus no processo é o ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, e outros executivos da construtora.

O MPF pediu também que as penas Léo Pinheiro, Agenor Franklin Medeiros e Paulo Gordilho, apesar de serem cumpridas inicialmente em regime fechado, devem ser reduzidas pela metade porque eles confessaram os crimes em depoimentos e prestaram esclarecimentos sobre a participação dos criminosos. No pedido, o MPF também quer que Moro determine a apreensão de R$ 87.624.971,26. O valor é correspondente ao montante de propinas que foram pagas nos contratos que a OAS firmou junto à Petrobras a agentes públicos. Desse montante, Lula teria recebido um total de pouco mais de R$ 3 milhões. As defesas têm até 20 de junho para contestar os argumentos do MPF, dentro do processo. Esta é a última fase da ação penal. Após todas as partes apresentarem as alegações finais, o processo volta ao juiz Sérgio Moro, que vai definir se condena ou absolve os réus. (BN)


Na tarde da última terça-feira (23), uma guarnição do Pelotão de Emprego Tático fazia o patrulhamento pelas ruas do Bairro Santo Antônio (Bairro Novo), quando nas imediações da Rua da Graviola, um indivíduo ao avistar os policias empreendeu fuga, adentrando a residência de populares.

Os policias utilizando de muita técnica, localizaram o elemento homiziado embaixo de uma cama, e ao realizar a busca pessoal, foram encontrados no bolso de WILLIAN PAIXÃO SANTANA (18 ANOS),


 

O projeto de lei 004/17 de autoria do executivo municipal foi colocado em votação pelo presidente da câmara de vereadores, Lenoildo Ribeiro, popular canelinha, na última terça-feira (23), sendo em seguida aprovado por unanimidade. O projeto passou por duas comissões, a de Finanças e Orçamento e a comissão de Legislação, Justiça e Redação Final, sendo que ambas tiveram o  parecer favorável a aprovação.

O Presidente da câmara, Canelinha, fez questão de comentar o projeto.


A Associação de Surf de Itacaré (ASI), lançou na última terça-feira(09), o Projeto ASI Ambiental durante reunião Ordinária que aconteceu no Conselho Gestor da APA Itacaré/Serra Grande.

A ASI que completa 28 anos de fundação em dezembro, dá continuidade à sua luta em defesa do Meio Ambiente com o departamento para cuidar especificamente das questões ambientais no município na busca da sustentabilidade. Outros projetos estão sendo avaliados pela Diretoria e assim que estiverem formatados serão apresentados à comunidade.

Durante a reunião do Conselho Gestor da APA os coordenadores da ASI Ambiental além de outras intervenções, colocaram na pauta de discussões a questão da Bacia Hidrográfica do Rio de Contas para ser matéria de pesquisa pelo departamento recém criado. Participaram do encontro representantes da Secretaria de Agricultura, Secretaria de Pesca, Secretaria de Educação, Secretaria de Meio Ambiente além de representantes da Embasa, Conselho Quilombola, Inema, Instituto Taboa e gestores da APA. Fonte: Facebook/ASI.