Na sessão da última quinta-feira (05), os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia analisaram e aprovaram, com ressalvas, as contas do exercício de 2018 da Câmara de Vereadores de Itacaré, sob a responsabilidade do presidente Lenoildo Ribeiro dos Santos, o popular Canelinha.

Com ressalvas,em face das irregularidades consignadas na cientificação anual, e o relatório anual de controle interno não atende às exigências constantes dos incisos I a IV, do art. 74, da Constituição Federal, dos incisos I a IV, do art. 90, da Constituição do Estado da Bahia e da Resolução TCM nº 1.120/05, com aplicação de multa no valor de R$1.500,00.

O parlamentar desde o inicio de seu mandato tem se esforçado para colocar a Câmara num patamar diferente e as mudanças implantadas já chamaram a atenção dos moradores de Itacaré. Funcionários uniformizados, organização do espaço interno, backup digitalizados e armazenado nas nuvens de todos os documentos da câmara de vereadores, são exemplos de melhorias já implantadas.

Confira a publicação na integra: 04618e19.odt


O vice-prefeito de Itacaré, Genilson Souza, tomou posse na noite deste sábado como novo presidente do Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores. A solenidade de posse aconteceu na Rua do Comércio, em Taboquinhas, contando com a presença do prefeito Antônio de Anízio, secretários municipais, dos vereadores Seu Luiz, Givaldo Anes e Milton Ramos, de Itacaré, e Makrisi Angeli, de Ilhéus, além de representantes dos agricultores familiares e movimentos sociais, Sindicato de Hotelaria e Alimentação, trabalhadores em educação e moradores das mais diversas comunidades, distritos, vilas e povoados do município.

Durante a solenidade de posse o ex-presidente Diego Augusto falou das lutas do PT a nível nacional e dos programas sociais lançados pelos governos do Partido dos Trabalhadores que estão sendo extintos pelo atual presidente. Já o novo presidente do PT de Itacaré, Genilson Souza, citou todas as conquistas seja no campo da educação, da agricultura familiar, da habitação e das ações sociais que foram fruto dos governos petistas, que já foram retirados pelo atual governo federal e também dos direitos dos cidadãos brasileiros que vem sendo usurpados, entregando o país para o capital estrangeiro.


O secretário de administração de Itacaré Júnior Andrade a pedido do prefeito Antônio de Anisio esteve em reunião com o Deputado Republicano JOSÉ DE ARIMATÉIA para requerer recursos, dessa vez para a realização do Tradicional Carnaval e para o Aniversário de Itacaré.

Sempre atento às demandas do município, o Deputado José de Arimatéia destinou emenda parlamentar de R$ 100.000,00 para o Carnaval 2020 e R$ 50.000,00 para o Aniversário de Itacaré.

“Entendemos que eventos como esses e que fazem parte do Calendário de Eventos Turísticos da Itacaré, são de extrema importância para a Economia Local pois atraem muitos visitantes fazendo com que circule ainda mais recursos, gere emprego e renda para todos os moradores da cidade”.


Apesar de muitos rumores o prefeito de Itacaré, Antônio de Anizio  continua no PT.

Apesar da veiculação da informação em vários sites e blogs da região que o prefeito Antônio de Anizio havia trocado de partido e se filiado ao Partido Progressista.O I.U entrou em contato, com prefeito, que informou que apesar do convite e da boa relação com o deputado Ronaldo Carletto (PP), ele ainda não saiu do PT (Partido dos Trabalhador). Mas segue insatisfeito com o partido.


Chapa única, o atual vice-prefeito, Genilson Souza foi eleito no último final de semana, presidente do diretório municipal do Partido dos Trabalhadores em Itacaré. Os filiados do PT de Itacaré também participaram do processo de eleições do Partido dos Trabalhadores no estado e no país.

As eleições ocorreram em todo o território nacional, elegendo chapas e presidentes municipais, além de delegados para as etapas estadual e nacional, quando serão eleitas as direções estaduais e nacional.


Com apoio da ex-prefeita Ioná Queiroz (PT), Enoc (Patriota) foi eleito, neste domingo (1º), o novo prefeito de Camamu. O vencedor, que atualmente é prefeito interino da cidade do baixo sul da Bahia, teve 47,10% dos votos válidos, com 7,430 votos.

Presidente da Câmara de Vereadores, Enoc assumiu a prefeitura após a Justiça Eleitoral afastar Ioná Queiroz do cargo. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu que a petista não poderia disputar a eleição de 2016, na qual foi eleita, porque estava inelegível e mandou que fosse realizado um novo pleito.

“O que posso falar é que vou trabalhar sem parar. Vou trabalhar o tempo todo para melhorar o meu município”, disse Enoc logo após ser eleito, em entrevista ao Bahia Notícias. Renivaldo Vidal, do MDB, será o vice-prefeito de Camamu.

Aliado do prefeito de Salvador, ACM Neto, Luizinho Luz (DEM) ficou em segundo lugar na corrida eleitoral. O democrata recebeu 43,33% dos sufrágios, totalizando 6.867 votos. A cidade tem 24,8 mil eleitores que votaram em 71 urnas espalhadas pela cidade. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), não houve registro de urnas quebradas.

Já Akson Rosa, do Cidadania, teve 7,2% dos votos e Zé Orlando Branco, do PSOL, recebeu 2,19% dos sufrágios. A abstenção foi de 31,5%. Fonte: Bahia Notícias.



A ex-prefeita de Camamu, Ioná Queiroz (PT), desistiu de recorrer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre a decisão da última terça-feira (27) do Pleno do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) que manteve o indeferimento da candidatura dela à eleição suplementar do município.

Por meio de nota, Ioná disse que a decisão foi tomada após reunião com seu grupo político, ocorrida nesta quarta-feira (27). Nenhum nome foi definido para participar da disputa que acontece neste domingo (1º).

“Estamos muito surpresos com o que aconteceu ontem no TRE. Aquela foi uma decisão pautada na insegurança jurídica que assola o país. O Ministério Público e a relatora do processo votaram ao nosso favor, deixando bem claro que nossa candidatura é legal, porém, a maioria dos membros decidiram o contrário”, Fonte: Bocão News.