A Câmara Municipal de Itacaré retorna às suas atividades nesta terça-feira (12), os trabalhos retomam após o recesso legislativo de fim de ano. Com direito a ampla reforma e melhorias no salão de reuniões para melhor conforto dos cidadãos que acompanham as sessões, para gabinete e sala de reuniões, e equipamentos já instalados para melhor andamento dos trabalhos internos da casa legislativa.

Com a presença de todos os vereadores e ainda do prefeito Antônio de Anizío, que, conforme prevê a Lei Orgânica do Município, o chefe do Executivo deve comparecer na abertura de cada ano legislativo para apresentar os seus projetos para o atual exercício.

A sessão terá transmissão ao vivo pela rádio Itacaré FM, a partir dàs 10h da manhã, fique ligado.


O prefeito de Firmino Alves, Aurelino Moreno da Cunha Neto foi eleito por aclamação nesta quinta-feira, 24, presidente da Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste Baiano – Amurc para o biênio 2019/2020. No seu discurso de posse, o gestor convocou o apoio dos prefeitos para trabalhar em conjunto, na defesa dos interesses municipais.

Lero Cunha, como é conhecido, sucede o prefeito de Itacaré, Antônio Mário Damasceno (Antônio de Anízio), que geriu a entidade no período de 2017 e 2018, com a missão de dar continuidade as capacitações dos servidores municipais, com o apoio do Programa Gerencial e Institucional as Prefeituras do Território Litoral Sul. Aliado a isso, lutas regionais em defesa da duplicação da BR 415 e da criação de uma Região Metropolitana.

Dentre outros assuntos, Lero citou a importância de atuar em conjunto com os consórcios, Litoral Sul, Médio Sudoeste e da Mata Atlântica. “Junto a isso, vamos atuar em união, fortalecendo a parceria com a União dos Municípios da Bahia – UPB e a Confederação Nacional dos Municípios – CNM, visando garantir um Pacto Federativo justo, com ampliação das receitas dos municípios”, destacou.


A posse do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) e seu vice Hamilton Mourão (PRTB) acontece nesta terça-feira (1). O rito de formalidades é extenso e dividido em várias etapas, passando por importantes pontos de Brasília, do Congresso Nacional ao Palácio do Itamaraty.

O dia do mais novo presidente do Brasil começa na Catedral Metropolitana de Brasília, onde ele e a esposa Michelle Bolsonaro se reúnem com seu vice, por volta das 14h30. Eles seguem juntos em direção ao Congresso Nacional, onde acontece a Sessão Solene de posse no Plenário da Câmara dos Deputados, com juramento e assinatura do termo de posse.

Posse de Bolsonaro
A Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal classificou a operação do dia da posse como o maior esquema de segurança já montado para um evento do gênero em Brasília. De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, 11 chefes de Estado e Governo, 3 vice-presidentes, 11 chanceleres, 18 enviados especiais e 3 diretores de organismos internacionais comparecerão à posse.

A cerimônia oficial terá início às 14h45, no horário de Brasília. VÍDEO abaixo mostra o roteiro da posse.

Roteiro da cerimônia
14h45 – Desfile do cortejo presidencial da Catedral de Brasília ao Congresso Nacional;


Deputado eleito Adolfo Viana foi apoiado em Itacaré por Josimar, o ex-prefeito Jarbas e Rodolfo Barros.

O deputado federal eleito, Adolfo Viana (PSDB) deverá assumir no primeiro semestre de 2019 o comando do PSDB da Bahia. O atual presidente do partido, João Gualberto (PSDB), vai priorizar sua vida empresarial.
O deputado federal Antonio Imbassahy(PSDB) não conseguiu a reeleição, e estava de olho no comando do partido. Mas ele não tem a maioria da executiva, e Adolfo tem o apoio de João Gualberto e de Jutahy Magalhães. (Políticos do Sul da Bahia)


Com uma votação tranquila em Itacaré, sem praticamente fila nenhuma em todas sessões tanto na sede como em Taboquinhas, o candidato Petista Fernando Haddad ganhou com ampla diferença de voto como no primeiro turno no município. 

Diferente do primeiro turno, as eleições deste domingo (28) em Itacaré foi muito tranquila e sem muitas filas. Foto: Itacaré Urgente.

Apesar de ter tido mais votos em comparação com o primeiro turno, o presidente eleito Jair Bolsanaro (PSL), perdeu feio em Itacaré, assim como na maioria dos municípios baianos, O petista Fernando Haddad venceu de maneira esmagadora no município, o candidato saltou de 6.710 votos (67,93%), para 7.618 votos (76,26%), exatos 908 votos a mais que no primeiro turno. Enquanto Jair Bolsanaro obteve 2.371 votos (23,74%), 297 votos a mais que no primeiro turno, onde obteve 2.074 votos (21,00%).


Gustavo Bebianno, Paulo Guedes, General Heleno e Onyx Lorenzoni (Andre Valentim/Marcos Ramos/Agência o Globo/Wilton Junior/AE/Flickr)

Eleito presidente, Jair Bolsonaro confirmou até agora apenas três futuros ministros: o deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-DF), articulador político da candidatura, na Casa Civil; o economista Paulo Guedes, na Fazenda; e o general da reserva do Exército Augusto Heleno, no Ministério da Defesa. O presidente eleito se comprometeu a ocupar o alto escalão de sua administração com nomes técnicos e sem compromisso de agradar partidos aliados. Por outro lado, se cercou de aliados e consultores em diversas áreas que passaram, automaticamente, a serem cotados para ministros. Gustavo Bebianno, presidente do PSL, o advogado carioca é cotado para o Ministério da Justiça, porém a relação de confiança com Bolsonaro pode levá-lo à Secretaria-Geral da Presidência. Bebianno articulou as negociações para a ida do presidente eleito para o PSL. O estilo controlador lhe rendeu desafetos entre aliados e até ciúme por parte dos filhos de Bolsonaro.


Pesquisa BTG/FSB de intenção de votos para o segundo turno das eleições presidenciais de 2018 mostra o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, na liderança, com 59%. Fernando Haddad, do PT, tem 41%. Os números correspondem ao cenário estimulado, no qual o nome dos candidatos é citado na hora do questionário. Os votos válidos são calculados com base na soma de intenção de votos recebidas por todos os candidatos juntos, descontando-se os percentuais de “Branco”, “Nulo”, “Ninguém/Nenhum”, “Não Sabe” e “Não Respondeu”. As entrevistas feitas pelo Instituto FSB Pesquisa foram feitas por telefone, nos dias 13 e 14 de outubro de 2018, com 2.000 eleitores a partir de 16 anos, nas 27 Unidades da Federação (UFs). A margem de erro é de 2 pontos percentuais, com intervalo de confiança de 95%. (Exame)