Chapa única, o atual vice-prefeito, Genilson Souza foi eleito no último final de semana, presidente do diretório municipal do Partido dos Trabalhadores em Itacaré. Os filiados do PT de Itacaré também participaram do processo de eleições do Partido dos Trabalhadores no estado e no país.

As eleições ocorreram em todo o território nacional, elegendo chapas e presidentes municipais, além de delegados para as etapas estadual e nacional, quando serão eleitas as direções estaduais e nacional.


Com apoio da ex-prefeita Ioná Queiroz (PT), Enoc (Patriota) foi eleito, neste domingo (1º), o novo prefeito de Camamu. O vencedor, que atualmente é prefeito interino da cidade do baixo sul da Bahia, teve 47,10% dos votos válidos, com 7,430 votos.

Presidente da Câmara de Vereadores, Enoc assumiu a prefeitura após a Justiça Eleitoral afastar Ioná Queiroz do cargo. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu que a petista não poderia disputar a eleição de 2016, na qual foi eleita, porque estava inelegível e mandou que fosse realizado um novo pleito.

“O que posso falar é que vou trabalhar sem parar. Vou trabalhar o tempo todo para melhorar o meu município”, disse Enoc logo após ser eleito, em entrevista ao Bahia Notícias. Renivaldo Vidal, do MDB, será o vice-prefeito de Camamu.

Aliado do prefeito de Salvador, ACM Neto, Luizinho Luz (DEM) ficou em segundo lugar na corrida eleitoral. O democrata recebeu 43,33% dos sufrágios, totalizando 6.867 votos. A cidade tem 24,8 mil eleitores que votaram em 71 urnas espalhadas pela cidade. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), não houve registro de urnas quebradas.

Já Akson Rosa, do Cidadania, teve 7,2% dos votos e Zé Orlando Branco, do PSOL, recebeu 2,19% dos sufrágios. A abstenção foi de 31,5%. Fonte: Bahia Notícias.



A ex-prefeita de Camamu, Ioná Queiroz (PT), desistiu de recorrer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre a decisão da última terça-feira (27) do Pleno do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) que manteve o indeferimento da candidatura dela à eleição suplementar do município.

Por meio de nota, Ioná disse que a decisão foi tomada após reunião com seu grupo político, ocorrida nesta quarta-feira (27). Nenhum nome foi definido para participar da disputa que acontece neste domingo (1º).

“Estamos muito surpresos com o que aconteceu ontem no TRE. Aquela foi uma decisão pautada na insegurança jurídica que assola o país. O Ministério Público e a relatora do processo votaram ao nosso favor, deixando bem claro que nossa candidatura é legal, porém, a maioria dos membros decidiram o contrário”, Fonte: Bocão News.


O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) manteve o indeferimento da candidatura de Ioná Queiroz (PT) para disputar a Prefeitura de Camamu, no baixo sul, em eleição suplementar que será realizada no próximo domingo (1º). Ioná havia recorrido da decisão de 1º Grau para participar do pleito (saiba mais). De acordo com a advogada da prefeita afastada, Tamara Costa Medina, a candidatura de Ioná não apresentava indícios de má-fé ou de ato ilícito. A defesa afirmou que a jurisprudência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mudou muito depois do registro de candidatura de Ioná em 2016. Queiroz foi afastada no final do mês de junho, por decisão do TSE.


Os vereadores Hamilton Paixão, Luís Fabiano (Seu Luís) e Dinho Oliveira, da Câmara Municipal de Itacaré, se reuniram na última sexta-feira com representantes do Governo do Estado da Bahia, em Salvador, para solicitar diversas obras e serviços para o município. Nos encontros e audiências os parlamentares itacareenses apresentaram ofícios e emendas parlamentares que beneficiam as mais diversas comunidades, tanto dos bairros, como dos distritos, vilas e povoados. Também solicitaram o andamento das obras e dos serviços anunciados pelo governador Rui Costa para o município.

Um dos encontros foi com o diretor de Saneamento da Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia (Cerb), Marcos Oliveira Bulhões, onde os vereadores de Itacaré solicitaram informações sobre os ofícios apresentados pelo deputado federal Ronaldo Carletto propondo implantação de poços artesianos para atender comunidades como Vila Camboinha 1 e 2, atendendo a um pedido do vereadores Hamilton Paixão, poços para as comunidades Porto das Farinhas e Vila Nova Esperança, solicitado pelo vereador Seu Luis, bem como a vistoria e manutenção do poço de Rua de Palha.

Ainda na reunião com o diretor Marcos Oliveira Bulhões os vereadores de Itacaré discutiram sobre o tratamento da água para o distrito de Taboquinhas. Marcos Bulhões informou que o prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, já havia protocolado a solicitação para a ampliação da rede e tratamento da água para esta comunidade e que já estava sendo viabilizada a viabilidade desse serviço para que Taboquinhas possa contar em muito breve com água tratada.

Ainda em Salvador os três vereadores itacareenses se reuniram com o coordenador da Assessoria Especial do Governador Rui Costa, Fábio Viveiros, para tratar da implantação do sinal da telefonia móvel no distrito de Taboquinhas. Fábio Viveiros informou que a empresa Claro ganhou a licitação para implantação do sinal em 35 cidades e povoados a qual Taboquinhas estará contemplada com o serviço. Em muito breve o distrito já vai contar com o novo sinal de telefonia móvel.

Também no encontro com o assessor Fábio Viveiros os vereadores discutiram sobre a questão da manutenção da rodovia Itacaré-Taboquinhas, no tocante a limpeza das laterais onde foi detectado que a empresa que está fazendo o serviço está causando alguns transtornos, como quebra do asfalto e retirada de olhos de gato das faixas laterais. De imediato o assessor do Governo do Estado da Bahia encaminhou ofício pedindo que a empresa possa ser responsabilizada. Ele garantiu que os serviços serão retomados, adotando as devidas providencias e os eventuais danos na estrada.


A União dos Municípios da Bahia (UPB) está em clima de festa. Nesta terça-feira, dia 13, a associação comemorou 55 anos representando e defendendo os Municípios da Bahia, mantendo firme o papel de fortalecer o Movimento Municipalista e contribuindo para a excelência da gestão municipal.

O prefeito de Itacaré e presidente do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável do Território Litoral Sul (CDS-LS), Antônio de Anízo, participou da festividade e enalteceu a importância da união e a referência como associação de municípios no país, consolidando-se, juntamente com a Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste da Bahia (AMURC), na atuação na luta dos interesses municipalistas regionais e estaduais.

“A UPB, no cenário nacional é considerada uma das maiores e mais abrangente Associação Regional de defesa dos interesses Municipais. Merece todas as felicitações dos prefeitos e sociedade civil pelo relevante serviço prestado para o crescimento municipalista”, parabenizou Antônio de Anízio.

Há 55 anos, a União dos Municípios da Bahia (UPB) atua com altivez na defesa dos interesses dos municípios baianos. A UPB é uma associação civil sem fins lucrativos, com caráter federativo, sem vínculo partidário. Fundada em 13 de agosto de 1964, a instituição é referência nacional na representação e defesa dos interesses dos municípios.

Com corpo técnico especializado em diversos setores da administração pública, a UPB é tida como a “Casa dos Municípios” e fonte de informações estratégicas para gestores baianos. Oferece aos municípios associados orientação jurídica especializada, assessoria na captação de recursos federais e estaduais, projetos de engenharia e arquitetura urbanística e diversos benefícios para as gestões municipais.


O vestibular seria válido para 19 cursos de graduação em várias áreas, como Administração Pública, História, Enfermagem e Pedagogia.

O edital anunciado pela universidade, uma das 68 federais do País, seria válido para 19 cursos de graduação em várias áreas, como Administração Pública, História, Enfermagem e Pedagogia. Os estudantes iriam concorrer a 120 vagas nos campus do Ceará e da Bahia e começariam as aulas no dia 30 de setembro.

Os candidatos interessados em concorrer ao vestibular teriam que redigir um texto com um relato sobre sua história de vida, trajetória escolar e expectativas sobre o ingresso em uma universidade pública. Também deverão entregar uma autodeclaração, com a indicação de sua identidade de gênero (travesti, transexual, não-binário ou intersexual), que seria confirmada por uma instituição que realize trabalho com o público LGBT.