A polícia Civil de Maraú está investigando um suposto que teria acontecido no distrito de Barra Grande, um dos principais pontos turístico do litoral da Bahia. A informação foi divulgada pelo blog Políticos do Sul da Bahia.

A vitima seria moradora de Camamu, mas estava trabalhando em Barra Grande. Ela foi no início do mês até a delegacia para registrar um boletim de ocorrência, ela informou que tinha sido estuprada. Segundo informações, a vitima já fez o exame de corpo de delito e com laudo a polícia vai conduzir o inquérito.

Vale lembrar que no início do ano uma turista de Brasília foi estuprada quando caminhava pela praia. E na semana passada uma turista denunciou um homem que tentou beijá-la contra a sua vontade, o rapaz foi preso e transferido para Ilhéus.


A polícia investiga a morte de uma mulher canadense em Ilhéus. O corpo da canadense Ramona Dawe foi encontrado com marca de asfixia na cabana da qual era dona, no São Miguel, zona norte do município, no final da tarde desta quinta-feira (11). As circunstâncias da morte serão investigadas. Quando chegaram ao local, policiais militares encontraram o corpo jogado ao chão e com marcas de esganadura. O criminoso usou um pano para sufocar a vítima. O Samu 192 constatou a morte de Ramona. (Giro em Ipiaú)


Uma Operação da Polícia Militar de Itacaré prendeu nesta terça-feira, dia 26, Cosme Alves dos Santos, acusado de ser o autor do homicídio do Senhor Albino Pinto dos Santos, conhecido como Seu Pimba, de 69 anos a golpes de facão na última quarta-feira, dia 20, na região da Pancadinha na zona rural de Taboquinhas.

Até então não se sabe a motivação do crime. Sabe-se que a PM chegou logo em seguida no dia do acontecido e ainda perseguiu Cosme, que adentrou a mata e sumiu. As buscas até então vinham acontecendo e segundo informações Cosme vinha ameaçando familiares da vítima.

Após informações certas a PM organizou uma operação que contou com participação de 5 policiais, que após muitas rondas conseguiram localizar o indivíduo na mesma região onde cometeu o homicídio, nos fundos da casa de sua mãe.

Cosme agora seguirá para a Delegacia de Itacaré, onde será interrogado e encaminhado para o Presídio Regional Ariston Cardoso, em Ilhéus.Fonte: Itacaré Informa.

 

 

 

 


O que era para ser uma festa terminou em tragédia. Um evento, que teria sido organizado pelo atacante Sassá, acabou com um homem morto e uma jovem baleada em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro.

Os dois foram baleados. Jonas dos Santos Almeida, 22 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu. Adriele de Oliveira, de 19 anos, foi baleada nos dedos de uma mão, no pé e na cervical, passou por cirurgia e seu estado de saúde é considerado estável.

Relatos de pessoas nas redes sociais dão conta de que o casal estava na festa do jogador do Cruzeiro. Porém, o atleta, que está de férias, negou que o crime tenha ocorrido no seu evento.

“No meu evento não foi. A festa aconteceu de meio-dia às cinco da tarde. Não houve nenhuma confusão no local, nem na rua”, disse Sassá ao O Dia. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense. (Reclame Boca)


45381064_303564470246418_3159046551850975232_n-768x576-horz

Policiais da Cipe Cacaueira, com apoio do Serviço de Inteligência da Polícia Militar, vinha realizando diligências com intuito de combater o crime organizado, que estava tendo como alvo, roubos e furtos de veículos.

Neste fim de semana,  durante patrulhamento tático para averiguação, foram localizados vários veículos escondidos em mata de difícil acesso. Foi constatado que os carros foram roubados nas últimas semanas na região de Uruçuca.

Na madrugada de sábado, dia 04, policiais montaram campana para prender os bandidos, que ao perceberem a presença dos policiais, passaram a efetuar disparos de arma de fogo para tentar fugir. Os PMs revidaram e um dos indivíduos identificado como Luciano, vulgo Bê, conseguiu escapar na mata, enquanto o comparsa foi capturado, identificado por Elias Araújo Santos, 23 anos, vulgo “Psi”.

Após interpelar o indivíduo capturado, o mesmo confessou que é integrante de uma quadrilha especializada em roubo de carros para assaltos a bancos, inclusive confessou que participou da ação criminosa contra o gerente do Banco do Brasil de Ibirapitanga e do roubo a uma joalheria da região, mantendo em sua posse diversas jóias e bijuterias para revenda.

As guarnições se deslocaram para a cidade de Ituberá, ponto de esconderijo da quadrilha, e no local informado, foram recuperadas diversas jóias e bijuterias, além de grande quantidade de drogas. Foram aprendidos 04 pedras grandes de crack, 04 papelotes de cocaína, diversas jóias, bijuterias e relógios, 03 aparelhos celulares, a quantia de R$ 364,00. A policia também apreendeu 1 Fiat Stillo, cor preta, placa EEN-1873, 1 VW Saveiro, cor branca, placa JPS-7184, 1 GM S10, cor branca, placa OKM-8410 e um Fiat Strada, cor branca, placa JRZ-3814.

O registro de boletim de ocorrência foi lavrado, bem como todo o material apreendido, apresentado na sede da 7ª COORPIN, para os procedimentos judiciais.Fonte: Itacaré Informa.


O meia Daniel Corrêa Freitas, que tinha contrato com o São Paulo até dezembro e estava emprestado ao São Bento, foi encontrado morto num matagal em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, na tarde deste sábado (27). Segundo o Instituto Médico Legal de Curitiba, o corpo de Daniel deu entrada na tarde deste sábado e a causa da morte foi ferimento por arma branca. Ainda não há informações sobre investigação do crime e nem sobre o velório do jogador. Daniel Corrêa Freitas nasceu em Juiz de Fora (MG) e tinha 24 anos. Revelado pelo Cruzeiro, o meia passou ainda por Botafogo, Ponte Preta, Coritiba e estava emprestado pelo São Paulo ao São Bento, time que disputa a Série B do Campeonato Brasileiro. (G1)


Em atitude desesperada da oposição, uma caminhonete e vários carros foram apedrejados nas proximidade do mirante da Praia da Concha “Ponta do Xaréu”, durante a carreata em favor do candidato à presidente da República, Jair Bolsonaro, na manhã deste domingo (30), em Itacaré.

Os bandidos até o momento não identificados, atacaram os manifestantes com paus e pedras, atingido o para-brisa e outras partes dos veículos. A polícia militar foi acionada, para evitar uma possível tragédia.Apesar do atentado criminoso, a carreata pró Bolsonaro bateu recorde de participantes, percorrendo as principais ruas da cidade com apoio da polícia militar.

Assista: