O governo devolverá ao consumidor um valor que recebeu a mais para compensar a queda de arrecadação que Estados da Região Norte teriam com novos investimentos em energia. O dinheiro foi mantido ilegalmente pela União por três anos e só será devolvido após cinco ofícios enviados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel e depois de publicação de reportagem do Estadão/Broadcast sobre o assunto. Ao todo, R$ 1,13 bilhão, em valores atualizados, será devolvido a partir do ano que vem. Se fosse ressarcido de uma só vez, o consumidor teria uma redução de 0,8% na conta de luz. Mas a devolução será feita em quatro parcelas iguais, em 2018, 2019, 2020 e 2021 – serão R$ 282,5 milhões por ano. (G1)


O Governo do Estado lançou o projeto de implantação da Estrada do Chocolate em Ilhéus, no sul da Bahia, durante o Festival Internacional do Chocolate e Cacau – Chocolat Bahia 2017. No roteiro, os turistas conhecerão a cultura do cacau e a produção do chocolate, por meio de visitas a fazendas existentes ao longo da BA-262, com sítios históricos, rios, cachoeiras e áreas de preservação ambiental. Este será o primeiro roteiro turístico temático da Bahia e, inicialmente, vai abranger os municípios de Ilhéus e Uruçuca. O projeto foi lançado pelo secretário do Planejamento e vice-governador, João Leão, neste sábado (22), com as presenças dos secretários de Turismo, José Alves, e Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, além do coordenador do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, Jonas Paulo. Na apresentação do projeto, João Leão destacou que “existem cidades no Brasil e no mundo que não produzem uma única amêndoa de cacau e vivem exclusivamente do chocolate.



O município de Itacaré deverá ser beneficiado nos próximos dias com recursos na ordem de 778 mil reais através Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), destinados à agricultura familiar. As propostas foram protocoladas nesta sexta-feira junto à Companhia Nacional de Abastecimento(Conab), em Salvador, e se aprovadas beneficiarão diretamente 97 agricultores familiares das associações de pequenos agricultores das regiões da Jacutinga, Pancada Grande, São Pedro e várias outras comunidades da zona rural de Itacaré.


Duplo homicídio aconteceu entre ontem e hoje (dias 11 e 12), na zona rural de Itacaré, região da Morada de Israel, mas conhecida com “Matinha”, há cerca de 15 km da sede do município. Os corpos foram encontrados na manhã desta quarta-feira. E segundo as primeiras informações, uma das vítimas identificada apenas como Josivaldo Ribeiro, popular “Cachanga”, as vítimas segundo informações eram pessoas trabalhadoras, e sem envolvimento com o crime. O duplo homicido aconteceu em uma roça de cacau.

Aparentemente as vítimas foram atingidas por golpes de facão e pau. Uma delas foi encontrada em uma cova rasa, cavada provavelmente pela própria vítima ou pelo autor (a) do crime. As causas dessa tragédia, assim como o autor (a) do crime, são de total desconhecimento até o presente momento.

A Polícia Militar está no local. E o Delegado da DT de Itacaré Dr. Emanuel Matos, está se deslocando para o local com o DPT – Departamento de Polícia Técnica. (Fonte: Itacaré Informa)

“Cachanga” era muito querido em Itacaré.

Nesse domingo (09),vários usuários das redes sociais acabaram propagando a notícia de que tubarões foram vistos na Praia do Norte, na cidade de Ilhéus, a notícia afastou os banhistas e preocupou a população e os comerciantes locais.
E tudo não passou de mais uma dessas noticias que vão se espalhando pelas redes sociais como sendo verdadeiras.Vale ressaltar que nem tudo que é compartilhado nas redes sociais são noticias verdadeiras e alguns casos já provocaram reações graves da população contra supostos estupradores, assassinos e sequestradores, é importante checar a fonte da notícia antes de sair compartilhando, pois quem compartilha noticias falsas está sendo cúmplice de quem as cria.


A delação premiada do empresário Joesley Batista, pivô da crise que abala o governo Michel Temer, pode ser questionada pela Procuradoria-Geral da República porque o acionista da JBS teria omitido negócio bilionário do grupo realizado sob as bênçãos do ex-ministro Antônio Palocci (Fazenda e Casa Civil/Governos Lula e Dilma).Segundo revelou o site O Antagonista, Joesley firmou contrato com Palocci, com cláusula de êxito, depois que a JBS adquiriu a empresa americana Pilgrim’s, Pride Corporation com aporte bilionário do BNDES. A informação foi confirmada pelo Estado.A JBS repassou R$ 2,1 milhões à empresa Projeto Consultoria Empresarial e Financeira, de Palocci, entre dezembro de 2008 e junho de 2010.O empresário que gravou a conversa com Temer no Palácio do Jaburu na noite de 7 de março afirmou à Procuradoria-Geral da República – já no curso da colaboração – que Palocci não facilitou nenhuma transação da JBS no BNDES.