Alex Ribeiro – Foto Daniel Smorigo / WSL.

A praia da Tiririca, em Itacaré, vai receber entre os dias 26 e 29 de outubro, alguns dos melhores surfistas do mundo, em busca dos 1500 pontos no ranking de acesso do Qualifying Series. E como a cidade vai sediar a penúltima etapa do mundial de surf 2017, há a possibilidade de que o grande campeão do QS Masculino seja confirmado nas ondas de Itacaré. Entre os cabeças de chave do Itacaré Surf & Sound Festival estão o catarinense Alejo Muniz e o paulista Alex Ribeiro, ambos ex-integrantes da elite no ano passado e que buscam a volta ao Tour.

Entre os baianos, Bino Lopes e Marco Fernandez garantiram presença, assim como o local Yagê Araújo, que vive uma grande fase nas competições e vai competir com a torcida a seu favor. No time baiano ainda teremos Franklin Serpa, Bruno Galini, Artur Cerqueira, Italo Rosa, Erick Moraes e Elson Vieira. Além de Yagê, os locais serão representados ainda por Alandreson Martins, Iago Silva, Félix Martins, Igor Farias, Davi Silva, Junior Santos e o baiano radicado na França, Olivier Cassaigne.

O Mundial de Surf em Itacaré contará ainda com a presença de nomes como Raoni Monteiro, Heitor Alves, Thiago Camarão, Victor Bernardo, Hizunome Bettero, Jihad Khodr, Krystian Kymerson, Weslley Dantas, Jean da Silva, Victor Mendes, Robson Santos, Gabriel Farias, Alan Donato e outros. Entre os estrangeiros, destaque para o japonês Kaito Ohashi, o chileno Guilhermo Satt e o peruano Juninho Urcia.

A estrutura para a realização do mundial de Surf QS 1.500 masculino e do Itacaré Surf Sound Festival, já está praticamente pronta. Uma grande estrutura de palco está sendo montada para transmitir o evento ao vivo para todo o mundo e ainda de espaços para exposições ecológicas, atrações folclóricas, espaços para os atletas, imprensa, premiação, postos de salva-vidas e área para o público. E na praia do Resende está sendo montada uma estrutura para a realização dos shows musicais.
Paralelo ao mundial estará sendo realizado o Itacaré Surf Sound Festival que acontecerá nos dias 27 e 27 na Praia do Rezende. De acordo com a programação, na sexta-feira, dia 27, estarão se apresentando as bandas ConeCrew, do Rio de janeiro, e Maskavo, de Brasília e São Paulo, além de Marlon Moreira e DJ Banzai. No sábado, dia 28, será a vez das bandas Bruta Raça e Rael da Rima, Fábrica de Sons, Banda Kasa 8 e o DJ Banzai. Os ingressos estarão à venda no Pé de Amêndoa e na loja South to South, em Itacaré, e na nas lojas da Back Door, em Ilhéus e Itabuna.

Realizado pela World Surf League (WSL) e pela Prefeitura Municipal, a etapa do mundial de surf de Itacaré vai distribui US$ 20 mil em prêmios e vai colocar mais uma vez a cidade como uma referência internacional do esporte. E como o grande diferencial será o alerta para a preservação ambiental, durante o mundial entidades como o Recicla Itacaré, Instituto Floresta Viva, Instituto Baleia Jubarte e Associação de Surf de Itacaré, em parceria com as secretarias de Meio Ambiente e Educação, estarão desenvolvendo ações educativas com estudantes das redes públicas e particulares e os próprios participantes do evento, mostrando a importância da preservação do meio ambiente, com palestras, atividades de coletas, exposições artísticas e plantio de mudas.
O retorno do mundial de surf para Itacaré foi uma ação do prefeito Antônio de Anízio e do diretor de planejamento Kleber Miranda, que desde o mês de fevereiro vem se reunindo com representantes da WSL South América, empresa responsável pelo evento, manifestando o desejo da cidade voltar a sediar o mundial. De acordo com o prefeito, Itacaré é hoje conhecida a nível internacional pelo surf e não poderia continuar de fora do mundial, não somente pelo incentivo ao esporte, mas pelo retorno que eventos como esse traz para o turismo local, movimentando a economia da cidade. O Mundial QS1.500 masculino e o Itacaré Surf Sound Festival contam ainda com o apoio da South to South, Associação de Surf de Itacaré, Câmara de Vereadores, Instituto Floresta Viva, Pousada Terra Boa, Grou Turismo. (Ascom/Itacaré)


O governo devolverá ao consumidor um valor que recebeu a mais para compensar a queda de arrecadação que Estados da Região Norte teriam com novos investimentos em energia. O dinheiro foi mantido ilegalmente pela União por três anos e só será devolvido após cinco ofícios enviados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel e depois de publicação de reportagem do Estadão/Broadcast sobre o assunto. Ao todo, R$ 1,13 bilhão, em valores atualizados, será devolvido a partir do ano que vem. Se fosse ressarcido de uma só vez, o consumidor teria uma redução de 0,8% na conta de luz. Mas a devolução será feita em quatro parcelas iguais, em 2018, 2019, 2020 e 2021 – serão R$ 282,5 milhões por ano. (G1)


O Governo do Estado lançou o projeto de implantação da Estrada do Chocolate em Ilhéus, no sul da Bahia, durante o Festival Internacional do Chocolate e Cacau – Chocolat Bahia 2017. No roteiro, os turistas conhecerão a cultura do cacau e a produção do chocolate, por meio de visitas a fazendas existentes ao longo da BA-262, com sítios históricos, rios, cachoeiras e áreas de preservação ambiental. Este será o primeiro roteiro turístico temático da Bahia e, inicialmente, vai abranger os municípios de Ilhéus e Uruçuca. O projeto foi lançado pelo secretário do Planejamento e vice-governador, João Leão, neste sábado (22), com as presenças dos secretários de Turismo, José Alves, e Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, além do coordenador do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, Jonas Paulo. Na apresentação do projeto, João Leão destacou que “existem cidades no Brasil e no mundo que não produzem uma única amêndoa de cacau e vivem exclusivamente do chocolate.



O município de Itacaré deverá ser beneficiado nos próximos dias com recursos na ordem de 778 mil reais através Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), destinados à agricultura familiar. As propostas foram protocoladas nesta sexta-feira junto à Companhia Nacional de Abastecimento(Conab), em Salvador, e se aprovadas beneficiarão diretamente 97 agricultores familiares das associações de pequenos agricultores das regiões da Jacutinga, Pancada Grande, São Pedro e várias outras comunidades da zona rural de Itacaré.


Duplo homicídio aconteceu entre ontem e hoje (dias 11 e 12), na zona rural de Itacaré, região da Morada de Israel, mas conhecida com “Matinha”, há cerca de 15 km da sede do município. Os corpos foram encontrados na manhã desta quarta-feira. E segundo as primeiras informações, uma das vítimas identificada apenas como Josivaldo Ribeiro, popular “Cachanga”, as vítimas segundo informações eram pessoas trabalhadoras, e sem envolvimento com o crime. O duplo homicido aconteceu em uma roça de cacau.

Aparentemente as vítimas foram atingidas por golpes de facão e pau. Uma delas foi encontrada em uma cova rasa, cavada provavelmente pela própria vítima ou pelo autor (a) do crime. As causas dessa tragédia, assim como o autor (a) do crime, são de total desconhecimento até o presente momento.

A Polícia Militar está no local. E o Delegado da DT de Itacaré Dr. Emanuel Matos, está se deslocando para o local com o DPT – Departamento de Polícia Técnica. (Fonte: Itacaré Informa)

“Cachanga” era muito querido em Itacaré.

Nesse domingo (09),vários usuários das redes sociais acabaram propagando a notícia de que tubarões foram vistos na Praia do Norte, na cidade de Ilhéus, a notícia afastou os banhistas e preocupou a população e os comerciantes locais.
E tudo não passou de mais uma dessas noticias que vão se espalhando pelas redes sociais como sendo verdadeiras.Vale ressaltar que nem tudo que é compartilhado nas redes sociais são noticias verdadeiras e alguns casos já provocaram reações graves da população contra supostos estupradores, assassinos e sequestradores, é importante checar a fonte da notícia antes de sair compartilhando, pois quem compartilha noticias falsas está sendo cúmplice de quem as cria.