Itacaré terá, neste domingo, 26, uma caminhada pelos direitos dos animais, pedindo pelo aumento das penas contra maus tratos e também castração, vacinação e hospitais públicos veterinários.
A caminhada está sendo organizada pelo Grupo de Proteção Animal de Itacaré, Anjo Azul, em apoio a Marcha da Defesa Animal, que ocorre desde 2013 em diversas cidades do Brasil lutando por mais direitos aos animais. Em uma manifestação pacífica e apolítica, a marcha já conta com a adesão de 61 cidades, e pela primeira vez acontecerá no município. Na Bahia, quatro cidades terão essa mobilização, Salvador, Itacaré, Jequié e Juazeiro.
“Contamos com a presença de protetores e amantes de animais de Itacaré para que possamos mostrar ao poder público que é preciso um olhar mais atento aos animais e que a população se preocupa com isso. Nossa cidade convive diariamente com casos de maus tratos, abandono e negligência que pouco tem sido feito para combater. Além disso, muitas famílias não tem condições de tratar seu animal, assim como protetores que acumulam muitas despesas com vacinas e atendimento veterinário que poderiam ser custeadas pelo poder público, já que os animais estão inseridos em nossa sociedade e portanto são nossa responsabilidade.” disse Soeli Castilho, protetora de animais em Itacaré e fundadora do Grupo Anjo Azul.
A Marcha da Defesa Animal foi idealizada pela ativista Nelma Lobo e tem como objetivo demonstrar a força popular diante da legislação e aos legisladores brasileiros. De caráter apartidário, a manifestação não conta com respaldo político nem de grandes empresas e é composta, em sua maioria, por protetores de animais já organizados ou independentes. O movimento também conta com uma grande parcela mista da sociedade que embora ainda não esteja inserida no movimento de proteção, são apoiadores das reivindicações feitas para melhoria dos direitos animais.

Data: 26 de Abril, domingo
Horário da concentração: 14h
Local: Praça Santos Dumont (Praça dos Cachorros)
Contato: Soeli Castilho 73 9825-4455


Os ônibus do município de Ilhéus, na Bahia, estão sem circular na manhã desta quarta-feira (15), dia de protesto nacional contra a aprovação do projeto de lei de terceirização do emprego, PL 4330. Segundo Josemir Dias, gerente da empresa de coletivos São Miguel, cerca de 130 ônibus das duas empresas que circulam na cidade estão parados. “Nós, da São Miguel, e a outra empresa, a Via Metro, juntamente com outros sindicatos, estamos parados. Tivemos essa decisão de bloquear a frente das duas garagens, impedindo a saída dos carros. A previsão de retorno é 12h. Ainda segundo Dias, 100% da frota está parada. Informações do G1.


Um dos principais destinos turísticos do Brasil receberá mais um investimento imobiliário de alto padrão. O grupo sueco Svea instalará em Itacaré um condomínio de luxo, o Resende Beach, orçado em cerca de US$ 30 milhões. Serão construídas 26 casas com até cinco suítes e piscina privativa na área entre o Morro da Concha e a Praia do Resende. Além das residências, o espaço contará com SPA e restaurante. O projeto foi apresentado oficialmente à Prefeitura de Itacaré e comunidade nessa terça-feira (11).

O encontro para apresentação do projeto do novo empreendimento contou com as participações dos membros do grupo Svea, Patrick Axelson e Luis Crispim, do consultor ambiental Gilberto Guerra, da empresa Gaia, e do representante da construtora RFM, Miguel Rougeronn. Representando o governo municipal, estiveram o prefeito Antônio de Anízio, acompanhado de secretários municipais. Participou também a secretária executiva do Instituto de Turismo de Itacaré (ITI), Cláudia Cruz.

A empresa responsável pelo condomínio já recebeu licença ambiental do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) e a Prefeitura de Itacaré também liberou o alvará de construção. O início das obras será em outubro e as primeiras 10 unidades, que já estão vendidas, deverão ser entregues dentro de 18 meses. O prefeito Antônio de Anízio agradeceu a Svea pela escolha de Itacaré para implantação do seu empreendimento e disponibilizou a equipe técnica do governo municipal para demais auxílios.
Em relação à contratação de funcionários para a construção, o grupo Svea declarou que, no mínimo, 70% da mão de obra será de Itacaré ou região. Outro ponto salientado pelos representantes da empresa sueca foi a garantia de acesso à Praia da Ribeira. O grupo imobiliário esclareceu que abrirá algumas vias para o condomínio, mas a praia estará totalmente liberada ao público.

O prefeito de Itacaré declarou que iniciativas como estas ajudam a incrementar ainda mais o município. “O turismo é a principal atividade econômica de Itacaré. Torcemos para que o projeto dê certo, pois com certeza trará impactos positivos para toda sociedade, beneficiando desde os grandes empresários até os pequenos, como artesãos”, disse Antônio de Anízio.