O professor e ex-secretário de Cultura do Estado da Bahia, Jorge Portugal, morreu nesta segunda-feira (3), vítima de falência cardíaca aguda. Jorge Portugal estava internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Geral Roberto Santos, em Salvador, no setor cardiovascular da instituição. Com 64 anos, natural de Santo Amaro, Jorge Portugal é um compositor e letrista aclamado, com parcerias de sucesso com Roberto Mendes, em ‘Só Se Vê Na Bahia’, e com Raimundo Sodré, em ‘A Massa’. Foi também o idealizador do programa “Aprovado”, na TV Bahia, afiliada da Rede Globo.


Itacaré amanheceu triste com a notícia do falecimento do empresário Avelino Texeira, o Portuga da Pimenta.

Portuga era de natureza acolhedora além de carismático e querido por todos que desfrutavam da sua amizade.

Não temos palavras para expressar os nossos sentimentos. Pedimos a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos neste momento de dor. Que a luz e o amor divino pairem sobre a alma de quem sofre esta imensurável perda, e os console e lhes dê serenidade para atravessar esta tempestade.

A Deus pedimos também que dê ao nosso amigo o merecido repouso eterno em seu reino. Muito respeitosamente, prestamos as nossas condolências e deixamos os nossos mais sinceros pêsames.


É com pesar que comunicamos o falecimento de Paulo Sérgio Batista Dias, o popular Mestre Jamaica, um dos grandes incentivadores e divulgadores da Capoeira de Itacaré.

 

O mestre Jamaica foi pioneiro no esporte no município com a criação do grupo Tribo Unida fundada em 1995 em Itacaré, um dos maiores expoentes da Capoeira da Bahia. Já algum tempo estava passando por problemas de Saúde.


Itacaré amanheceu com a notícia triste do falecimento de Eribaldo Barboza, popularmente conhecido como Barboza Taxista.

Muito querido pelos taxistas da cidade, pai de família responsável, Barboza nunca economizou esforços na defesa dos motoristas de táxis em Itacaré.

O sepultamento acontecerá as 11:00h desta sexta-feira (17), no Cemitério Local.


Dona do sucesso “Adorarei”, a cantora gospel Fabiana Anastácio morreu na madrugada desta quinta-feira (4), em São Paulo, aos 45 anos de idade. De acordo com informações de familiares, ela estava internada na UTI depois de ter sido diagnosticada com covid-19. O vírus se alastrou rapidamente e gerou inúmeras complicações na cantora. Ela ainda pertencia ao grupo de risco por ser hipertensa, obesa e diabética. Fabiana Anastácio cantava em igrejas desde muito cedo, mas só gravou seu primeiro álbum em 2012, um projeto intitulado Adorador 1, que fez sucesso em diversas igrejas evangélicas. No ano de 2015, ela lançou o Adorador 2, onde continuou viajando em todo o país. A cantora deixa três filhos e o marido, Rubens nascimento, com quem era casa há 22 anos e também testou positivo para o novo coronavírus.

Itacaré amanheceu triste com a informação do falecimento de Ricardo do  Bar.

É com pesar, e com muita tristeza que noticiamos o falecimento nesta sexta-feira, dia 06, de Mário Ricardo Araújo da Silva, carinhosamente conhecido como Ricardo do Bar. Um excelente filho, um pai de família exemplar e um ser humano fantástico, amigo para todas horas, flamenguista enjuado. Ricardo deixará muita saudades!

Deus Deus conforte os corações de todos famílias nesse momento tão triste.


Faleceu nesta sexta-feira (24), no Rio de Janeiro, de parada cardíaca, o jornalista Sérgio Noronha. Aos 87 anos, ele sofria de Mal de Alzheimer e estava internado há 10 dias em um hospital da capital carioca.

Noronha foi comentarista esportivo da TV Globo e Rádio Globo por muitos anos. Na emissora, ele fez uma grande amizade com o ex-árbitro e comentarista Arnaldo Cezar Coelho.

Era Arnaldo quem o ajudava financeiramente no Retiro dos Artistas, abrigo para artistas idosos no Rio de Janeiro. Noronha passava por dificuldades financeiras.

“Perdi um amigo (chora). Conheci Seu Nonô quando ele jogava futebol na Urca na década de 60. Ele era o cara que sentava no paredão e ficava me pressionando quando era juiz. Ali conheci ele. Depois ele foi para o Jornal do Brasil, Rádio Globo… A vida toda foi meu companheiro, um parceiro de vida toda de frequentar a minha casa”, lamentou Arnaldo ao Globoesporte.com.