Após confirmar a Banda Melim e Sinho Ferrary a prefeitura de Itacaré através das redes sociais confirmou mais uma grande atração para o Carnaval de Itacaré 2019, que promete mais um ano movimentar a região durante os 4 dias de festa. 

A Banda Os Travessos está confirmado entre as atrações do carnaval de Itacaré que acontecerá entre os dias 02 á 05 de março, e promete movimentar a região. Em diálogo anterior com o prefeito, Antônio de Anízio, o mesmo relatou que pretende realizar um grande carnaval, com atrações renomadas e “com a cara de Itacaré”, que também pretende agradar a todos os públicos com bandas de sucesso regional.


A festa em comemoração aos 287 de elevação de Itacaré à categoria de cidade foi iniciada às 5 horas da manhã desta sexta-feira, dia 26, com a tradicional alvorada, contando com a participação de dezenas de Itacareenses e turistas. Como manda a tradição, às 5 horas da manhã houve a queima de fogos. Logo depois os moradores seguiram pelas ruas da cidade, puxados por uma charanga entoando músicas tradicionais.

Por onde passava o cortejo era aplaudido e saudado pelos moradores. O encerramento foi na Rua 26 de Janeiro, no bairro do Marimbondo, onde foi servido o tradicional mingau. A organização foi da Prefeitura de Itacaré. De acordo com o prefeito Antônio de Anízio, esse ano um dos principais pontos dos festejos em comemoração aos 285 anos de Itacaré é o resgate da história, da cultura e das tradições da cidade.

De acordo com a programação, às 9 horas será celebrada a missa festiva na Igreja Matriz de São Miguel, com o padre Ednaldo Cardoso. Às 10 horas será a vez da lavagem da Rua 26 de Janeiro, com o cortejo das baianas. Ainda na parte da manhã, na Praça São Miguel, o prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, também estará realizando a entrega de veículos e equipamentos para a melhoria do atendimento aos cidadãos e também para a agricultura familiar. Também estrará entregando 10 mil mudas, de variedades diferentes, para as associações da agricultura familiar.


Itacaré tem suas origens mais remotas em uma aldeia indígena que vivia da caça, pesca e agricultura de subsistência. Nesta região a colonização portuguesa teve início por volta de 1530, com a implantação das capitanias hereditárias. Os portugueses trouxeram consigo os Jesuítas que tinham como um de seus objetivos a demarcação de terras.
Por volta do ano de 1720, o Jesuíta Luis da Grã ergueu uma capela sob a invocação de São Miguel, batizando a população com o nome de São Miguel da Barra do Rio de Contas.

Ainda assim, o povoado só se tornaria um município em 1732, por obra e graça da Condessa do Resende – Dona Maria Athaíde e Castro. A Condessa era a donatária da capitania de Ilhéus e, em 26 de janeiro, elevou Itacaré à categoria de município.


Nem o mais lindo dos versos, nem a mais iluminada das estrelas, nem o mais azul de todos os mares, se assemelha a beleza e a criatividade do teu povo, de tua gente, de tua natureza Itacaré! Aqui tudo é arte, ou a arte é tudo, talvez um complete o outro como uma propriedade natural e obrigatória que só se assemelha ao todo poderoso. Itacaré é sem dúvida a maior criação natural e não humana do planeta Terra, e a mais carinhosa. Aqui a luz emana por todos os lados, como um arco-íris de cores, que interliga a natureza ao imaginário. Luz está, que só o sorriso de quem mora aqui pode explicar.

Itacaré como o próprio significado do nome já diz; “itacá” (rio ruidoso) e “ré” (diferente), traduzindo ao pé da letra “rio de ruído diferente. Porém, quis o criador, que muitas outras coisas aqui, também fossem diferentes, ou melhor ímpar e incomparável. Como a poética e tão marcante orla, margeada por milhares e infinitas histórias e estórias e de um rio a perder de conta, guardado por um canhão e as mãos do padroeiro São Miguel Arcanjo, e iluminado pelo único farol quadrado de todo mundo.

Isso sem falar da Praia da Concha, Praia do Resende, Praia do Costa, Praia da Ribeira e a encantadora Prainha com seus belos coqueirais e uma trilha difícil que à abrilhanta ainda mais, assim também como a paradisíaca Jeribucaçú, praia de nome diferente que vem do Tupi-guarani que no significado (Jacaré da Boca Grande), que em seu braço de rio, doou energia nos tempos mais complicados de sua rica história. Contam os mais antigos, que esse mesmo Jacaré, passou uns tempos na praia da Engenhoca, caminhou pelo Havaizinho, depois de se perder nas belezas naturais da encantadora e musical praia de Itacarezinho. Berço de brigas territoriais, e dos amantes da criação celeste, que por muitos anos buscaram sem sucesso, algo parecido com o encontrado ali.
Ei Itacaré, o que tu tens de tão apaixonante? De tão encantadora que não consigo tirar da cabeça, do meu coração, que parte de minha alma. Será o teu povo hospitaleiro, humilde e acolhedor, será o teu mar, que parece que pintou todo o oceano com o mais belo azul, será tua rica cultura, ou será tua rica natureza esculpidas a mão pelo maior de todos os seres? Por isso digo com toda certeza, não canso de admirar Itacaré, lugar onde vivo, meu lindo Paraíso! (Texto: Durval Filho)


Uma grande festa com direito a shows em praça pública, alvorada, lavagem com baianas, feira da agricultura familiar e manifestações folclóricas valorizando os artistas, a história e cultura da cidade vão marcar no próximo dia 26 de janeiro o aniversário de 287 anos de emancipação política de Itacaré. Os shows e apresentações culturais serão na Rua 26 de Janeiro, na Praça do Marimbondo, como forma de valorizar os moradores da cidade e homenagear a todos os itacareenses que ajudaram ao longo desses anos a construir a história de luta e de desenvolvimento do município.

De acordo com a programação, os festejos começam às 05 horas da manhã com a alvorada, seguindo com o tradicional mingau. Às 9 horas será celebrada a missa festiva na Igreja Matriz de São Miguel Arcanjo. Às 10 horas será a vez da lavagem da Rua 26 de Janeiro, com o cortejo das baianas e ao meio dia será servido o caruru para a comunidade.

Na parte da tarde as comemorações alusivas ao aniversário de Itacaré continuam na Rua 26 de Janeiro, com a apresentação de grupos de capoeira, maracatu, a Volta da Jiboia e Samba de Roda, além de grupos de dança. Às 19 horas a alegria toma conta das ruas de Itacaré com o Rixó Elétrico, uma novidade que está tomando conta da Bahia, um carro aberto com músicas que marcaram os grandes carnavais. Às 19 horas s festa será comandada pelos paredões e em seguida serão realizados os shows com Fabrício Pancadinha, Emílio Tropa, Samba da Porra e JP no Capricho.


Pessoas entre 17 a 24 anos que têm interesse de ingressar no CURSO DE CAPACITAÇÃO GASTRONÔMICA E COMPORTAMENTAL ministrado pelo Instituto Capim Santo em Itacaré, as inscrições/entrevistas serão realizadas no dia 11/02 das 8:00h no Centro Cultural Porto de Trás.
Os interessados deverão estar no local as 8h, para recebimento do formulário e na sequência as entrevistas por ordem de chegada.
Aqueles que não estiverem lá no horários estabelecido e não receberem os formulário não poderão participar a seleção.

 


Começou ontem e vai até este sábado (26) a 1ª ExpoFeira Itacaré 2019, um evento que tem como principal objetivo mostrar toda a produção agrícola da zona rural do município, promover a capacitação e a integração entre os agricultores, garantir opções de lazer para os itacareenses e turistas, além de gerar oportunidade da realização de grandes negócios. A ExpoFeira Itacaré 2019 é uma realização da Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Agricultura e Pesca, com o apoio do Governo do Estado da Bahia, Secretaria de Desenvolvimento Regional, CAR e Consórcio de Desenvolvimento Sustentável (CDS-Litoral Sul), e faz parte das comemorações dos 287 anos de emancipação política de Itacaré.

Confira a programação completa do evento: 

PROGRAMAÇÃO – De acordo com a programação, nesta sexta-feira o evento começa logo cedo, às 7 horas da manhã, com a feira da agricultura familiar, com produtos frescos e de excelente qualidade. E das 9 às 17 horas acontecerá no Colégio Estadual Aurelino Leal o Seminário sobre o Lançamento de Projetos de Apoio às Associações Rurais. O seminário será encerrado com a entrega das certificações ambientais feitas nas pequenas propriedades rurais de Itacaré. E das 9 às 12 horas vai estar acontecendo a oficina de plantas medicinais. Na parte da tarde serão realizadas oficinas de capacitação, dinâmicas, brincadeiras e também a apresentação do espetáculo teatral Sementes da Vida, com o grupo Mostra da Palhaça.

E às 19 horas acontecerá a o concurso da Garota Rural, com a participação de representantes das associações de pequenos agricultores do município, seguindo com apresentações musicais. No sábado, pela manhã, serão realizadas dinâmicas, brincadeiras, sorteio de brindes e a entrega de maquinários votados para a melhoria dos serviços na zona rural. O encerramento está previsto para as 12 horas.