Uma série de novidades e inovações vão marcar o 5º Festival Gastronômico “Sabores de Itacaré – Uma nova experiência”, realizado pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Turismo, que acontecerá no período de 12 a 15 de julho. Esse ano o tema central será gastronomia de raiz, valorizando os produtos regionais.

E para discutir todos esses detalhes, a Prefeitura de Itacaré realizou nesta quarta-feira um encontro com empresários e parceiros do evento onde foram apresentadas as mudanças e debatidas as sugestões para deixar o festival gastronômico ainda melhor. Durante o encontro foi feita uma avaliação do 4º Festival e traçadas estratégias de organização da 5ª edição. Ainda na reunião foram apresentadas as novas categorias, discutida a média de preços, além da programação e atividade no período.

Este ano o número de vagas subiu de 30 para 40 estabelecimentos divididos em 5 categorias: Prato Principal, Petisco, Lanche, Sobremesa e Drinks. Outra grande novidade de 2018 é a realização da Feira Gastronômica na Orla de Itacaré que contará com estrutura para 20 Barracas e comercialização de mini porções nas categorias: Prato principal, Petisco, Lanche e Sobremesa.


PREFEITURA MUNICIPAL DE ITACARÉ – BA
GABINETE DO PREFEITO

NOTA PÚBLICA

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, vem a público informar que, com relação a paralisação dos trabalhadores em educação da rede municipal, em nenhum momento se furtou a discutir com a categoria sobre qualquer assunto referente a melhoria do ensino público e muito menos no tocante aos salários dos servidores. Desde que assumiu a gestão o governo municipal tem mantido o diálogo constante com os trabalhadores, tanto sim que disponibilizou para a APLB/Sindicato a relação de trabalhadores, cargos e salários para realizar de forma conjunta e transparente um estudo na folha de pagamento. Tudo isso porque o governo municipal tem atuado com compromisso com a educação e responsabilidade com a gestão pública.

E esse compromisso, conforme é de conhecimento da categoria, não é somente da atual gestão do prefeito Antônio de Anízio, mas também da administração passada em que esteve sempre aberto ao diálogo e aprovou no seu período todas as reivindicações da categoria, como também o Plano de Cargos e Salários, um marco na história da educação municipal. Um compromisso tem se estendido também na atual gestão. Mesmo porque, investir em educação não é somente falar de cargos e salários, mas na construção de novas escolas, na melhoria das unidades, numa melhor qualidade do ensino, no transporte e numa alimentação melhor. E tudo isso, não somente os trabalhadores em educação, como também a comunidade de Itacaré tem ciência e reconhece o empenho do governo municipal. Porque é assim que age quem tem compromisso com o povo.

Nesse sentido, o governo municipal considera a paralisação como desnecessária e injustificada, já que o diálogo está e continua sempre aberto. E apesar de todas as dificuldades, a Prefeitura de Itacaré vem honrando os seus compromissos e pagando em dia os salários dos servidores. Paralisar as atividades de forma desnecessária e sem motivos justificáveis nada mais é que uma ação política mesquinha, que por certo atende aos interesses dos opositores da educação, que não querem o avanço da cidade e que traz sérios prejuízos principalmente para o estudante da escola pública, que tem direito aos seus 200 dias letivos. E é por esses direitos e por uma educação melhor que estamos lutando.

Por esse motivo é que o governo municipal conclama todos os pais, alunos e servidores que sabem da luta e que tem compromisso com uma educação melhor, que não se deixem levar por motivações políticas eleitoreiras e que nas paralisações futuras, que se da mesma forma forem injustificáveis e desnecessárias, que exijam da APLB e dos trabalhadores em educação o seu direito de terem as aulas regulares.

O governo municipal se coloca à inteira disposição dos pais e dos trabalhadores em educação para continuar construindo uma cidade cada vez melhor, para que Itacaré continue avançando e as melhorias no ensino público continuem acontecendo pelo bem do povo da nossa terra.

ANTÔNIO MÁRIO DAMASCENO
Prefeito de Itacaré

 


Câmara de Vereadores lotada na manhã desta terça-feira (17).

A APPI/APLB  realizou nesta terça-feira (17), uma  paralisação de advertência até que o prefeito de Itacaré, se reúna com seus representantes para negociar. Segundo o sindicato, os motivos são:

1- não cumprimento da lei do Piso Nacional;
2- reformulação do plano de carreira sem a devida discussão com a categoria e da APLB;
3 – plano de carreira dos não docentes,
4- nao pagamento do terço de férias dos não docentes;
5- não cumprimento do acordo judicial;
6- não efetivação das mudanças de nível para os efetivos;
7- Salários pagos a menor para quem está de licença
8- O não recebimento da APLB SINDICATO que pede audiência há mais de 6 meses

A paralisação foi decidida pelas diretorias da APPI/APLB e do Núcleo Sindical de Itacaré na última quarta-feira (11), em assembleia da categoria. Além da paralisação de advertência e o ato público, o sindicato também fará outras momentos de interrupção das atividades até o prefeito receber seus representantes para negociar.


O trabalho de orientação e organização das associações e comunidades rurais e quilombolas de Itacaré continua sendo realizado pela Prefeitura Municipal em parceria com a Bahiater/Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural e a meta é atender, somente nesse mês de abril, 13 entidades no município. O objetivo do trabalho é orientar e nortear as entidades e ajustar a necessidade de cada associação para, a partir daí, elaborar projetos voltados para o desenvolvimento e a geração de emprego e renda.

E além da orientação para as associações, as equipes também estão auxiliando na regularização da Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) pessoa física e jurídica e na elaboração de projetos. Somente na primeira semana já foram atendidas cerca de 250 pessoas das associações da Camboinha, Embaúbas, Oitizeiro, Assentamento Pancada Grande e da Associação Conjunto São Pedro.

Na comunidade quilombola do Oitizeiro/Pinheiro, por exemplo, além do trabalho de acompanhamento foi feita já a entrega dos DAPs para todas as pessoas beneficiadas. Já no Assentamento Pancada Grande foram atendidas cerca de 60 pessoas e realizado em paralelo o trabalho de orientação técnica no cultivo da graviola, gerando mais alternativa de renda para a agricultura familiar.

E os atendimentos continuam nesta terça-feira, dia 17 de abril com o trabalho na Associação do Orojó e Assentamento Nova Vida. No dia 18 serão beneficiadas as comunidades da Associação Quilombo do Fojo e Associação São Gonçalo. No dia 23 as comunidades atendidas serão Associação. Novo Paraíso e Associação Serra da Jacutinga e no dia 24 as equipes da Prefeitura e Bahiater estarão na Associação do Cajueiro e Associação do Oitizeiro e também na região dos Quirinos.

Nas comunidades os trabalhos começam às 9 horas da manhã e prosseguem até às 16 horas. Nesses locais, além do trabalho de orientação, também é feito um diagnóstico rural participativo sobre as necessidades de cada comunidade. No diagnóstico, além das informações básicas de cada associação, também será feito o levantamento detalhado da produção da agricultura familiar em Itacaré, identificando o que está sendo cultivado, o volume, a área, o período de produção e também a comercialização.

A proposta, segundo destacou o representante da Bahiater/Setaf, Marcos Japu, é funcionar como um raio x do que verdadeiramente está sendo produzido no município, além de buscar junto com as associações identificar as dificuldades e sanar esses problemas e pendências para que possam ser elaborados cada vez mais projetos de diversificação e aumento da produção agrícola. De acordo com Marcos Japu, trata-se de um projeto piloto que será desenvolvido em diversos municípios regionais e Itacaré foi escolhida por solicitação da Prefeitura e pela organização das associações.

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, considera importante esse trabalho como forma de organizar cada vez mais as associações para que possam ser beneficiadas com os projetos. De acordo com ele, as associações exercem um papel fundamental na agricultura familiar pois geralmente é através das entidades devidamente organizadas e unidas que são viabilizados os projetos de diversificação e de garantia de uma melhor qualidade de vida para o agricultor familiar.


 

Na manha desta sexta-feira, dia 13, foi realizada no auditório do Hotel Ecoporan, a cerimônia de entrega dos certificados da primeira turma do Curso Especial Para Tripulação de Embarcações de Estado no Serviço Público, formada em Itacaré.

O curso foi ministrado por instrutores da Marinha do Brasil, lotados na Delegacia da Capitania dos Portos de Ilhéus, e visa a capacitação de agentes de segurança para conduzir pequenas embarcações a serviço do estado.

Participaram da instrução, policias militares e civis, além de funcionários da prefeitura municipal, que durante uma semana passaram por aulas teóricas, avaliação de desempenho e teste prático.

O curso foi uma iniciativa do comando da 72ª Companhia Independente de Polícia Militar, que protocolou o pedido junto a Capitania dos Portos de Ilhéus, dada a necessidade constante de deslocamentos pelos rios locais para atendimentos de ocorrência.

img-20180413-wa0057


As obras de construção Centro de Treinamento de Canoagem de Itacaré seguem em ritmo acelerado e a previsão é de que seja inaugurada ainda nesse primeiro semestre de 2018. O serviço está sendo executado pelo Governo do Estado, por meio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), numa parceria com a Prefeitura de Itacaré, que cedeu o terreno para a construção da unidade.

O investimento para a construção do Centro de Canoagem é de cerca de 900 mil reais. Pelo projeto, o Centro de Canoagem de Itacaré contará com salas de fisioterapia e troféus, além de cozinha, academia, vestiários, garagem para canoas, passarela e deck de madeira. A previsão é que, nos primeiros meses de funcionamento, sejam oferecidas 150 vagas para crianças e adolescentes, com prioridade para estudantes de escolas públicas e de baixa renda. Serão inseridas nas atividades crianças com idade a partir de oito anos.

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, vem acompanhando de perto cada etapa da concretização da obra, desde a solicitação, a apresentação dos projetos, lançamento do edital, assinatura do contrato pelo governador Rui Costa e agora com as fases dos serviços. De acordo com ele, a construção do Centro de Canoagem é a concretização de um sonho de muitas crianças e jovens do município, já que Itacaré hoje é uma referência na canoagem no mundo.