Nem o mais lindo dos versos, nem a mais iluminada das estrelas, nem o mais azul de todos os mares, se assemelha a beleza e a criatividade do teu povo, de tua gente, de tua natureza Itacaré! Aqui tudo é arte, ou a arte é tudo, talvez um complete o outro como uma propriedade natural e obrigatória que só se assemelha ao todo poderoso. Itacaré é sem dúvida a maior criação natural e não humana do planeta Terra, e a mais carinhosa. Aqui a luz emana por todos os lados, como um arco-íris de cores, que interliga a natureza ao imaginário. Luz está, que só o sorriso de quem mora aqui pode explicar.

Itacaré como o próprio significado do nome já diz; “itacá” (rio ruidoso) e “ré” (diferente), traduzindo ao pé da letra “rio de ruído diferente. Porém, quis o criador, que muitas outras coisas aqui, também fossem diferentes, ou melhor ímpar e incomparável. Como a poética e tão marcante orla, margeada por milhares e infinitas histórias e estórias e de um rio a perder de conta, guardado por um canhão e as mãos do padroeiro São Miguel Arcanjo, e iluminado pelo único farol quadrado de todo mundo.

Isso sem falar da Praia da Concha, Praia do Resende, Praia do Costa, Praia da Ribeira e a encantadora Prainha com seus belos coqueirais e uma trilha difícil que à abrilhanta ainda mais, assim também como a paradisíaca Jeribucaçú, praia de nome diferente que vem do Tupi-guarani que no significado (Jacaré da Boca Grande), que em seu braço de rio, doou energia nos tempos mais complicados de sua rica história. Contam os mais antigos, que esse mesmo Jacaré, passou uns tempos na praia da Engenhoca, caminhou pelo Havaizinho, depois de se perder nas belezas naturais da encantadora e musical praia de Itacarezinho. Berço de brigas territoriais, e dos amantes da criação celeste, que por muitos anos buscaram sem sucesso, algo parecido com o encontrado ali.
Ei Itacaré, o que tu tens de tão apaixonante? De tão encantadora que não consigo tirar da cabeça, do meu coração, que parte de minha alma. Será o teu povo hospitaleiro, humilde e acolhedor, será o teu mar, que parece que pintou todo o oceano com o mais belo azul, será tua rica cultura, ou será tua rica natureza esculpidas a mão pelo maior de todos os seres? Por isso digo com toda certeza, não canso de admirar Itacaré, lugar onde vivo, meu lindo Paraíso! (Texto: Durval Filho)


O município de Itacaré comemora nesta terça-feira, dia 26 de janeiro, 289 anos de história e de emancipação política. De acordo com a programação, os festejos começam às 5 horas da manhã com a alvorada e queima de fogos. Às 8 horas terá o hasteamento das bandeiras na sede da Prefeitura e às 9 horas acontecerá a Missa Festiva na Igreja Matriz de São Miguel Arcanjo, seguindo todos os protocolos de quantidade de pessoas, distanciamento e uso de máscaras.

Logo após a missa o prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, fará a entrega de novos veículos que estarão à disposição da comunidade, prestando serviços e melhorando ainda mais o atendimento à população.

Às 19 horas acontecerá a live Tributo a Itacaré, com os músicos Marlon Moreira e Rafael Zalela. A live-show será transmitido pela Facebook Itacaré Bahia.


A equipe da Associação de Canoagem de Itacaré (ACI) foi a campeão por equipes do Torneio de Inauguração do Centro de Canoagem de Ubaitaba, realizado neste domingo. A delegação de Itacaré conquistou 30 medalhas, sendo cinco de prata, cinco de bronze e 20 medalhas de ouro, totalizando 391 pontos. A equipe foi formada por uma delegação de 39 atletas, cinco dirigentes e ainda o secretário de Esportes, Mulher e Juventude, Marcelo Barros e o assessor de Esporte Amador, Jorge Muller, representando o prefeito Antônio de Anízio.

Em primeiro lugar, por equipe, ficou a Associação de Canoagem de Itacaré, seguido pela Associação Cacaueira de Canoagem, de Ubaitaba, e em terceiro a Associação Ubatense Evangélica de Canoagem, de Ubatã. O evento contou ainda com a presença do diretor geral da SUDESB, Vicente Neto, representando o governador Rui Costa, que confirmou a sua participação no Encontro Desportivo dos Municípios do Litoral do Baixo Sul, que acontecerá em Itacaré no dia 12 de fevereiro.

O prefeito Antônio de Anízio parabenizou a equipe itacareense e reafirmou o compromisso em apoiar os esportes coletivos, a exemplo da canoagem, que se tornou uma referência no Brasil. O objetivo, segundo o prefeito, é continuar valorizando os desportistas locais, das mais diversas modalidades, incentivando as crianças e jovens, despertando cada vez mais novos talentos no esporte.


O município de Itacaré comemora nesta terça-feira, dia 26 de janeiro, 289 anos de história e de emancipação política. Diante da pandemia, a Prefeitura de Itacaré resolveu comemorar a data de forma diferente, mantendo as homenagens e shows, mas sem aglomerações, seguindo a todos os protocolos. De acordo com a programação, os festejos começam às 5 horas da manhã com a alvorada e queima de fogos. Às 8 horas terá o hasteamento das bandeiras na sede da Prefeitura e às 9 horas acontecerá a Missa Festiva na Igreja Matriz de São Miguel Arcanjo, seguindo todos os protocolos de quantidade de pessoas, distanciamento e uso de máscaras.

Logo após a missa o prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, fará a entrega de novos veículos que estarão à disposição da comunidade, prestando serviços e melhorando ainda mais o atendimento à população. Às 19 horas acontecerá a live Tributo a Itacaré, com os músicos Marlon Moreira e Rafael Zalela. A live-show será transmitido pela Facebook Itacaré Bahia.

O prefeito Antônio de Anízio destacou que mesmo com a pandemia, era preciso manter a programação em homenagem ao Dia da Cidade. Ele informou que apesar das dificuldades, o município vem atravessando um importante momento de transformações, com obras de requalificação e de fortalecimento do turismo e da agricultura familiar, daí a importância de se comemorar a data. “Itacaré tem muito a oferecer, tanto nas belezas naturais, manifestações culturais e também na qualidade dos serviços e produtos oferecidos. Tudo isso se dá pela força, pela garra e pela determinação do nosso povo”, complementou o prefeito.

HISTÓRIA – A cidade de Itacaré originou-se de uma aldeia habitada por índios Tupiniquins até a chegada dos europeus em 1530, quando iniciou sua colonização. Por volta do ano de 1718, o Jesuíta Luís da Grã construiu a Igreja de São Miguel às margens do Rio de Contas, quando então o povoado passou a se chamar São Miguel da Barra do Rio de Contas. Foi elevada à categoria de Município em 26 de janeiro de 1732, por ordem da Condessa do Resende – Dona Maria Athaíde e Castro, donatária da capitania de Ilhéus, sendo nomeada Itacaré somente em 1931. O primeiro prefeito municipal (intendente), foi Joaquim Vieira dos Santos (01/01/1890 a 31/12/1893) e o atual é Antônio de Anízio, que está em seu terceiro mandato.

Seu desenvolvimento, marcado entre 1890 e 1940, baseou-se no cultivo do cacau, período que ficou conhecido como a “Época do Ouro Negro”, no qual Itacaré se destacou como o principal porto de escoamento da produção cacaueira da Bahia e teve seus casarões coloniais construídos pelos ricos “coronéis”. O declínio dessa época teve início com o assoreamento da barra do Rio de Contas, quando seu porto foi transferido para a cidade de Ilhéus. Foi agravado pela forte crise econômica consequente da “Quebra de 1929” e consolidou-se, anos mais tarde, quando uma praga conhecida como “Vassoura de Bruxa” dizimou as lavouras de Cacau da região.

Com o declínio da economia cacaueira, Itacaré ficou esquecida guardando seu “tesouro”: belas praias e Mata Atlântica preservada, graças ao cultivo do cacau. Anos mais tarde, foi redescoberta por surfistas aventureiros em busca das boas ondas. Em 1998, a conclusão da Estrada-Parque BA-001 Ilhéus-Itacaré facilitou muito o acesso e possibilitou que Itacaré se tornasse um destino turístico muito procurado. Hoje, Itacaré encanta pessoas de todas as partes do Brasil e do mundo e, é considerado um dos destinos turísticos mais belos e visitados do País.


Apresentado por Pablo Vasconcelos, o programa “Na Carona” da TV Bahia, afiliada da Rede Globo, desta semana destacou as belezas naturais de Itacaré. Um dos destinos Baianos mais visitados, que ficou conhecido pelas práticas de surf nos anos 80, e hoje também vem chamando atenção pelos turismos de aventura, ecológico, rural, de cachoeiras e de trilhas, proporcionando diversão e lazer para qualquer estilo de viajante.

O apresentador Pablo Vasconcelos também mostrou como a cidade se preparou para receber turistas na pandemia e dá dicas do que fazer por lá.Confira tudo que rolou no vídeo abaixo:


 

O novo boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde de Itacaré, neste Sábado (23), o município teve um número grande de novos casos de pessoas curadas. E Itacaré agora tem 23 casos ativos, sendo 17 em Itacaré e 06 em Taboquinhas. E 131 pessoas aguardando o resultado de exames laboratoriais. O número de óbitos segue em 17, e número pessoa em internamento hospitalar, segue em 03.

Com os números divulgados nesta semana, Itacaré ultrapassa a marca dos municípios com mais de mil casos confirmados da doença, resistrando 1002 casos, e 962 curados do novo Coronavírus. (Itacaré Urgente).