O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, publicou que no jornal oficial desta sexta-feira (29), que ficam prorrogados por mais 30 (trinta) dias, os efeitos do art. 4º do decreto nº 528, de 17 de março de 2020, que refere-se justamente a suspensão das aulas e atividade em classe de todas as unidades escolares integrantes
da rede municipal de Educação, bem como de todos os estabelecimentos da Rede Privada de Ensino (superior, médio, fundamental, básico, assim como creches).

Já as medidas Decreto nº 538 do ficam mantidas e estabelecidas por mais 15 (quinze) dias. Entre as medidas a realização de FEIRAS LIVRES, no Município de Itacaré e Distritos.

Os decretos estão sendo prorrogado enquanto houver os riscos de contaminação do Covid 19 no município, como forma de garantir a saúde e o bem-estar da população e evitar o contágio e a proliferação do coronavírus.E a flexibilização dessas medidas nesse período onde a expectativa no Brasil é um aumento de casos de Covid-19, segundo o Comitê, seria colocar em risco a vida de toda a população.

Circula a informação nos bastidores, que ainda está semana será publicado novos decretos, com a grande possibilidade de flexibilização e reabertura parcial do comercio, seguindo o exemplo de outras cidades, entre elas Ubaitaba, Maraú e mais recentemente Ilhéus, mas também depende muito do resultado dos 30 exames que estão em aguardo. Agora só nos resta aguardar.

 Confira aqui na integra o decreto publicado na última sexta-feira (29).


A Prefeitura de Itacaré criou uma nova barreira sanitária no município, com o objetivo de evitar a proliferação do coronavírus, garantir a saúde da população e monitorar o movimento de entrada e saída das pessoas com suspeitas da doença. O novo local de monitoramento das barreiras sanitárias fica na comunidade da Fazenda São Benedito, na divisa de Itacaré com o município de Uruçuca. Antes esta barreira estava funcionando na comunidade do Cachimbo Seco, mas o prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, solicitou que fosse criado esse ponto para proteger mais comunidades rurais do município contra o Covid-19 e estendeu até o limite territorial.

No município de Itacaré foram implantadas barreiras sanitárias no quilômetro 06 (em frente ao posto da Polícia Rodoviária Estadual), no bairro da Marambaia (na entrada que dá acesso à Praia do Jeribucaçu), na entrada do Distrito de Taboquinhas, no Distrito de Água Fria (próximo ao Restaurante Gaô) e agora no São Benedito. Além disso está funcionando o monitoramento aquático, evitando que embarcações de outros municípios atraquem na cidade. Em cada barreira é feito cadastro de quem entra e sai da cidade, e verificado o destino, residência, motivo da viagem e medida a temperatura do corpo.

Paralelo a esse trabalho, a Prefeitura de Itacaré firmou o contrato com a empresa Cacaueira Segurança Privada, que já está garantindo o apoio à equipe da Secretaria de Saúde, Agentes de Trânsito e Polícia Militar na fiscalização e contenção nas barreiras. A empresa conta com equipamentos como tonfa, spray de pimenta, lanterna tática, taser, algema e ronda veicular com viatura própria, além de rádio com frequência da empresa autorizada da Anatel.

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, informou que todas medidas estão sendo adotadas para garantir a saúde da população, mas é preciso que a comunidade se conscientize sobre a gravidade da doença e a necessidade de que se todos protejam, usem máscaras, álcool gel e, se possível, fiquem em casa. De acordo com o prefeito, é grande o número de casos de coronavírus registrados nos municípios vizinhos, daí a importância de intensificar as barreiras sanitárias para monitorar a entrada das pessoas em Itacaré e orientar a todos para que evitem sair de Itacaré para ter contato com pessoas de outras cidades. “Somente juntos, tomando os devidos cuidados e seguindo as regras de proteção, vamos combater o coronavírus”, complementou o prefeito.


O Primeiro Festival Gastronômico Sabores de Itacaré Delivery já começou e vai até o dia 14 de junho, trazendo muitas novidades nas áreas de lanches, petiscos, pratos principais e sobremesas. E uma das inovações é a Live Cozinha Show, que começa nesta-terça-feira, às 17 horas, e todos os dias vai trazer receitas com grandes chefs, mostrando passo a passo de cada prato. A transmissão será pelo canal do Youtube @seturitacare e pelo facebook @seturitacare. A realização é da Prefeitura de Itacaré, através da Secretaria de Turismo.

A Live Cozinha Show tem o objetivo de promover a interação entre profissionais da gastronomia local e população. Para isso uma cozinha se montada no Ecoporan Hotel exclusiva para a realização das lives que receberão a presença de chefs locais que mostrarão suas habilidades e ensinarão alguns de seus truques, usando como ingredientes os produtos locais e da agricultura familiar trabalhando com o tema do Festival “Gastronomia Afetiva”.

E nesta terça-feira a Cozinha Show receberá a Chef Jô, que vai fazer uma Galinhada com o tema “Agricultura na gastronomia afetiva”. A live terá ainda a participação do cantor Zalela. Na quarta-feira que vai fazer a receita são os chefs Lelo e Romário, que trarão o prato Memórias de Infância, com o tema “De volta às origens”. Já na quinta-feira a receita será com os chefs Vivian Silva e Isaías Santos, que trazem o prato Sabores do Capim, com o tema Gastronomia com “A preço”. Na sexta-feira será a vez da apresentação da chef Faby Ferraz com o prato Colorido Danut’s e com o tema “Divertindo as crianças”.

A Cozinha Show retornará com as lives no dia 09, com a receita do chef Júnior França, que vai ensinar a fazer o Laele dog, com o tema “Valorização dos produtos locais”. Na quarta-feira, dia 10, será a vez da apresentação do chef Ícaro Rosa que vai fazer o Croquete de Siri com o tema “Reaproveitamento de produtos”. E na quinta-feira, dia 11 o chef Leleco vai ensinar fazer o Camarão Ouriçado com o tema “Do mar ao campo”. A última live da Cozinha Show será no dia 12 de junho com a chef Marly Katarina, que vai fazer o Bolo com nibs, com o tema “O clima do amor”.

O Festival Gastronômico Sabores de Itacaré Delivery tem como proposta inovar e fortalecer os empreendedores do ramo da gastronomia para diminuir os impactos socioeconômicos, financeiros e comerciais causados pela pandemia da COVID-19. Para o prefeito de Itacaré António de Anízio, o Festival é uma oportunidade não somente de comercialização das empresas, como também aproximar os estabelecimentos a população, fomentando o comércio e gerando receitas até que as atividades comerciais voltem à normalidade.


Tempos de Pandemia cuide da saúde e evite tratar da doença. Profissional qualificado em terapias integrativas, traz consciência de quem você é, trabalha na essência tratando as causas, combatendo os efeitos de patologias clínicas e alterações emocionais. Terapêuticas de Medicina Ayurvédica, Acupuntura, Quiroprática, Reik, Shiatsu, Cura Shamanica, Massoterapia e diversas massagens. Serviço de atendimento em domicílio ou translado.


Lothus temperando a alma para uma vida melhor e ajudando você a renascer de suas deficiências. Depressões, hipertensão, problemas respiratórios, inflamatórios, emocionais, digestivos, hormonais, psicológicos, articulares, dores de coluna, sobrepeso, etc.


Visite-nos, localizada no KM 05 (entrada do antigo Itacaré interatividade), ao lado da ONG Anjo Azul da Soeli Castilho, a apenas 50 metros do asfalto, envolto de mata e paisagismo natural com aconchego e silêncio.

Serviço de atendimento em domicílio e/ou translado do cliente até o ponto de origem. ida e volta. Lothus, temperando a alma para uma vida melhor.

Contato: Leonardo Barcelos
☎ 73 – 99990 1856 / 31 – 99170 1856

Contato: Leonardo Barcelos
☎ 73 – 99990 1856 / 31 – 99170 1856

O município de Itacaré receberá R$ 2.559.466,57 de “Auxilio Emergencial” do Governo Federal para contornar os efeitos do novo coronavírus.

Foto: IN9 PRO.

O repasse de uma parte dos R$ 23 bilhões da União para Municípios contornarem os efeitos do novo coronavírus pode ocorrer nos próximos 15 dias. O Projeto de Lei Complementar (PLP) 39/2020 foi sancionado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, nesta quarta-feira, 27 de maio, e publicado como Lei 173/2020 no Diário Oficial da União (DOU). Segundo a equipe do Ministério da Economia, para o repasse do recurso, será necessária a publicação de Medida Provisória (MP) para liberar crédito extraordinário e viabilizar transferência, além de ajustes e procedimentos entre o Tesouro Nacional e o Banco do Brasil.

Veja o valor total para prefeituras da região, segundo estimativa da Confederação Nacional dos Municípios:

Itacaré R$: R$ 2.559.466,57
Maraú R$: 1.860.624,38
Camamu R$: 3.194.448,74
Ituberá R$: 2.587.145,28
Igrapiúna R$: 1.196.335,34
Uruçuca R$: 1.856.011,26
Canavieiras R$: 2.813.007,17
Una R$: 1.718.793,60
Itabuna R$: 19.286.723,95
Ilhéus R$: 14.683.012,80
Jequié R$: 14.107.639,36

Na semana passada, a CNM se reuniu com o Ministério da Economia e os governadores estiveram com o presidente da República, Jair Bolsonaro. Em acordo, ficou definido que, como contrapartida, não haveria reajuste aos servidores públicos até dezembro de 2021. Veja valores de outros municípios


A Prefeitura de Itacaré, através da Secretaria Municipal de Educação, já iniciou a distribuição dos kits de alimentação para os alunos da rede municipal de ensino. Nessa primeira etapa estão sendo distribuídos 2.200 kits nas escolas da sede e da zona rural, para os alunos apontados como de maior vulnerabilidade social e econômica. Mas a entrega vai continuar até que sejam beneficiados todos os estudantes da rede municipal. Todo o trabalho de cadastro e entrega está sendo acompanhado pelos diretores das escolas e também os integrantes dos conselhos municipais de Educação e Alimentação Escolar.

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, considera a entrega desses alimentos como um importante apoio para os estudantes nesse período de pandemia, principalmente para os que mais precisam e que tinham na merenda escolar uma alimentação diária. Nos kits de alimentação, conforme a orientação nutricional, constam arroz, feijão, café, açúcar, flocão, leite em pó, macarrão, proteína de soja, além de produtos da agricultura familiar, como aipim, banana da terra e farinha de mandioca.

A secretária de Educação, Eliane Camargo, informa que a proposta era beneficiar já todos os alunos, mas é preciso estar atento aos valores repassados mensalmente para cada estudante. Se fosses seguido esses valores, certamente que não seria possível colocar nos kits os produtos alimentares indispensáveis e nas quantidades necessárias.

Somente para se ter ideia dos valores repassados mensalmente para cada alunos, o valor por mês para os estudantes da Educação de Jovens e Adultos é de R$ 6,72. Já para os estudantes os do Ensino Fundamental e Médio, o valor do repasse mensal é de R$ 7,56, enquanto cada aluno da pré-escola o recurso é de R$ 11, 13. Já para as escolas indígenas e quilombolas o valor é de R$ 13,44 por mês e para as creches o repasse mensal é de R$ 22,47.

Eliane Camargo explica que o valor dos kits alimentação que está sendo distribuído, conforme todo o acompanhamento dos conselhos municipais, é de R$ 49,60, bem acima dos valores repassados mensalmente para cada aluno, daí a impossibilidade de atender a todos nesse primeiro momento. Mas ele reafirmou que todos os alunos serão contemplados posteriormente com os kits. E para evitar aglomerações, a distribuição está sendo feita nas unidades escolares, com a direção das unidades entrando em contato com os pais ou responsáveis.


Cerca de 60 milhões de pessoas estão inscritas no programa do governo federal para receber o auxílio emergencial de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mulheres mães e chefes de família). O benefício é pago a trabalhadores informais e pessoas de baixa renda, inscritos no cadastro social do governo e no Bolsa Família.

Confira o calendário conforme divulgado pela Caixa Econômica, que está operacionalizando o pagamento do benefício.

Veja o calendário de depósitos para beneficiários do Bolsa Família:

Último dígito do NIS: Data do crédito:
1 18 de maio
2 19 de maio
3 20 de maio
4 21 de maio
5 22 de maio
6 25 de maio
7 26 de maio
8 27 de maio
9 28 de maio
0 29 de maio

Veja o calendário para depósito em poupança social:

Nascidos em: Dia de recebimento do benefício:
janeiro e fevereiro 20 de maio
março e abril 21 de maio
maio e junho 22 de maio
julho e agosto 23 de maio
setembro e outubro 25 de maio
novembro e dezembro 26 de maio

Veja o calendário para saque e transferência da poupança social:

Nascidos em: Liberado em:
janeiro 30 de maio
fevereiro 1 de junho
março 2 de junho
abril 3 de junho
maio 4 de junho
junho 5 de junho
julho 6 de junho
agosto 8 de junho
setembro 9 de junho
outubro 10 de junho
novembro 12 de junho
dezembro 13 de junho

Edição: Denise Griesinger