Ondas perfeitas, disputas emocionantes e show de surf marcou o domingo do Itacaré Surf Music. Apresentando pela South to South. O último dia amanheceu com ondas sólidas em torno de 1,5 metros e formação difícil na praia da Tiririca.

Com surfe consistente a argentina Josefina Ane foi a grande vencedora do QS 1000 em Itacaré, vencendo a brasileira Monick Santos que vinha bem e não se encontrou na última batalha do evento somando as notas 2,75 e 2,80.Na semifinal, Josefina venceu a brasileira Yanka Costa. Já Monick levou a melhor contra Karol Ribeiro numa disputa acirradíssima.

“Estou animada com esse resultado e esse lugar. A Bahia é linda, com belas praias, comida gostosa e um povo muito feliz e carinhoso comigo. Obrigado por tudo e até a próxima Itacaré!”, disse a vitoriosa Josefina.

Itacaré foi a etapa de número 56 num total de 64 etapas em 2018. No final do ranking, os 10 melhores se classificam para a elite do surf mundial. O Itacaré Surf Music é apresentado pela South to South e Terra Boa Hotel Boutique, além de contar com a parceria da TV Cabrália/Rede Record, Instituto Floresta Viva, Grou Turismo, Pousada Shangri-lá, Itacaré.com, Óticas Carisma, Associação de Surf de Itacaré, Sindicato Patronal de Hospedagem e alimentação de Itacaré, Mega Rádio VCA, Federação Baiana de Surf, Bahia Net, ST Bezerras Estruturas, Pida, Doriva Produções e Eventos. A realização é da Prefeitura de Itacaré e Governo da Bahia. A organização também agradece a toda rede de restaurante, bares e similares que não mediram esforços e abraçaram a causa do Itacaré Surf Music 2018.

Itacaré Surf Music

Fonte: WSL / ASCOM COMUNICAÇÃO

 


Após um sábado marcado por um show de surf dos brasileiros no Itacaré Surf Music apresentado pela South to South, o mar reagiu e as ondas alcançaram um metro com ótima formação na praia da Tiririca neste Domingo. Depois de uma disputa alucinante  Franklin Serpa venceu o paraibano Samuel Igo de Souza.

A emoção tomou conta ao testemunhar a celebração o baiano Franklin Serpa foi o grande campeão do QS 1000 Itacaré Surf Music festejando bastante com toda a torcida na Praia da Tiririca a vitória sobre o paraibano Samuel Igo na decisão do último título em disputa na etapa do WSL Qualifying Series valendo pelo ranking sul-americano da WSL South America na Bahia.

Já está confirmada a participação do atleta na próxima etapa do QS no Brasil programada para ocorrer entre os dias 31 de outubro e 04 de novembro na Praia de Maresias, São Paulo.

Entre as Mulheres
A final feminina foi disputada entre a Brasil e Argentina e quem se deu melhor foi Josefina Ane, que bateu a brasileira Monik Santos do começo ao fim da bateria.

“Estou muito feliz com a vitória, especialmente porque estou voltando de uma contusão”, comemorou Ane, surfista argentina.

Festival de surf e música
Nem só de surfe a festa de Itacaré se deu. A música estava presenta no evento baiano, que contou com as apresentações das bandas X-Four, Bruta Raça, Dost e Maneva, Adão Negro e Ponto de Equilíbrio.

Se você ainda não conhece Franklin Serpa, vale a pena dar uma olhada neste vídeo. Ao lado do falecido Jean da Silva, Franklin dá um show nos incríveis tubos de Kandui nas Ilhas Mentawai.


Confira a transmissão ao vivo do segundo dia do Itacaré Surf Music, na Praia da Tiririca. Com as bateria decisiva que definirá os atletas que estarão na fase decisiva amanhã.

Realizado pela World Surf League (WSL) a etapa do mundial de surf de Itacaré traz para a cidade surfistas de vários países, colocando mais uma vez o município como uma referência internacional do esporte.

Após a competição na praia, a noite deste sábado (20), o Itacaré Surf Music, acontecerá mais um grande show de música com as atrações: Dj XFour, Ponto de Equilíbrio e Adão Negro.

Acompanhe tudo no link www.worldsurfleague.com.

 

 


Capixaba Krystian Kymerson avança duas fases e registra os recordes do primeiro dia do QS 1000 na praia da Tiririca, em Itacaré.

Krystian Kymerson descola maior nota e maior somatório do dia. Foto: Fabriciano Junior/@survivephotos

Teve início nesta sexta-feira (19/10), a etapa do QS 1000, na praia da Tiririca, em Itacaré (BA).

Em ondas de meio metro e formação regular, foram realizadas as baterias da primeira fase e a maior parte da segunda, restando apenas duas baterias para finalizar a segunda rodada.

Neste primeiro dia de competição, o destaque ficou por conta da atuação do capixaba Krystian Kymerson, que na estreia, cravou 8,50 pontos, maior nota do dia, além de imbatíveis 14,75 pontos de somatório. Na segunda fase, Kymerson mais uma vez mostrou tranquilidade e garantiu a vitória, avançando em primeiro e se garantindo no Round 3.

Quem também avançou na estreia foi o atual campeão da prova, o paulista Deivid Silva. Estreando na segunda fase da prova, Deivid avançou em segundo, atrás do também paulista Giovani Pontes.

Round 2

15 Wesley Santos, Gustavo Bertotto, Alandreson Martins (BA), Gabriel Farias (PE)
16 Amando Lins, Jihad Khodr (PR), Yuri Schoenau, Ivan Silva

Round 3

1 Giovani Pontes (SP), Kian Martin, Douglas Silva (PE), José Neto
2 Deivid Silva (SP), Samuel Igo, Robson Santos (SP), Luan Carvalho
3 Renan Pulga, Yagê Araújo (BA), Hizunome Bettero (SP), Daniel Templar (RJ)
4 Arthur Cerqueira (BA), Tamae Bettero (SP), Heitor Alves (CE), Leonardo Barcelos
Bino Lopes (BA), Marco Fernandez (BA), Ruben Vitoria (ESP), Theo Fresia
Igor Farias (BA), Eduardo Motta (SP), Krystian Kymerson (ES), Franklin Serpa (BA)

7 Marcos Correa, Iago Silva (BA)

Fonte: Surf Bahia.


Teve início nesta sexta-feira (19/10), a etapa do QS 1000, na praia da Tiririca, em Itacaré (BA).

 

Surfista Itacareense Iago Silva. Foto: Fabriciano Junior/@survivephotos

 

Em ondas de meio metro e formação regular, o pelotão de surfista locais mandaram bem e avançaram de fase, assim como alguns baianos, as baterias da primeira fase e a maior parte da segunda, restando apenas duas baterias para finalizar a segunda rodada.

Os itacareenses Igor Farias, Iago Silva e outros baianos Arthur Cerqueira, Marco Fernandez, Franklin Serpa avançaram na primeira fase, enquanto Daniel Matos, Davi Mendes, Fabricio Bulhões, Kayki Araújo, Italo Rosa e Kailan Music deram adeus a competição.

Na segunda fase foi a vez de Bino Lopes e Yagê Araújo fazerem suas estreias e avançarem para o Round 3. Arthur Cerqueira, Igor Farias, Marco Fernandez, Franklin Serpa e Iago Silva entraram na água novamente e se garantiram na terceira fase da competição. Pior para Ives Lopes e Davi Silva, que se despediram do evento.

O local de Itacaré, Alandreson Martins, faz sua estreia nas baterias pendentes do segundo round.

*Fotos feitas com exclusividade pelo fotógrafo Fabriciano Junior, da Survive Photos, para o SurfBahia.

Round 2

15 Wesley Santos, Gustavo Bertotto, Alandreson Martins (BA), Gabriel Farias (PE)
16 Amando Lins, Jihad Khodr (PR), Yuri Schoenau, Ivan Silva

Round 3

1 Giovani Pontes (SP), Kian Martin, Douglas Silva (PE), José Neto
2 Deivid Silva (SP), Samuel Igo, Robson Santos (SP), Luan Carvalho
3 Renan Pulga, Yagê Araújo (BA), Hizunome Bettero (SP), Daniel Templar (RJ)
Arthur Cerqueira (BA), Tamae Bettero (SP), Heitor Alves (CE), Leonardo Barcelos
Bino Lopes (BA), Marco Fernandez (BA), Ruben Vitoria (ESP), Theo Fresia
Igor Farias (BA), Eduardo Motta (SP), Krystian Kymerson (ES), Franklin Serpa (BA)

7 Marcos Correia, Iago Silva (BA)

Fonte: Surf Bahia.


Itacaré se transforma na capital brasileira do surf neste fim de semana, quando serão realizadas as provas do Mundial QS1.000 de Surf Masculino e Feminino. A programação começa nesta quinta-feira (18) e prossegue até domingo (21), na Praia da Tiririca, atraindo milhares de visitantes e a atenção do mundo esportivo.  A movimentação na Costa do Cacau é intensa, com estimativa de ocupação da rede hoteleira em 100%. Além do Mundial, que tem apoio do Governo do Estado, a cidade sedia, na sexta (19) e no sábado (20), o festival Itacaré Surf Music, com atrações como Maneva, Ponto de Equilíbrio, Adão Negro, Bruta Raça, Dost e o DJ XFour. Os dois eventos contribuem para um fluxo turístico total de mais de 10 mil pessoas, segundo previsão do secretário de Turismo de Itacaré, Júlio Oliveira.

No hotel Aldeia do Mar, a ocupação dos 29 aposentos, entre chalés e suítes, deve chegar aos 100% nesta quinta (18), de acordo com o recepcionista Felipe Caian.  Já  Daniela Santos, analista comercial do Terra Boa Hotel Boutique, que tem 43 quartos, comemora um mês inteiro de ocupação média acima dos 70%, chegando aos 100% nos fins de semana. Neste não será diferente. “O período tem sido muito bom para a gente. A realização dos eventos de surf e de música ajuda para mantermos a casa cheia”, afirma.

Se depender da agenda esportiva, a boa fase deve se estender até pelo menos o fim do mês, já que outras importantes provas de surf estão marcadas para o período. “Teremos o Campeonato Brasileiro de Surf Profissional, de 22 a 25 de outubro, e o Brasileiro Master, dias 27 e 28, com grandes nomes, como Jojó de Olivença, Fábio Gouveia e Jaime Matos”, anuncia o presidente da Associação de Surf de Itacaré, Alisson Reis.

O Mundial de Surf reúne 144 participantes, entre brasileiros e estrangeiros. Surfistas da Argentina, Peru e Costa Rica predominam entre estes últimos.  Nos dias de prova, Itacaré recebe muitos turistas de estados como Minas Gerais, Espírito Santo e Distrito Federal, além de Salvador e cidades do interior baiano, como Vitória da Conquista, Feira de Santana, Jequié e Valença.

Uma ação ambiental, organizada por instituições e autoridades locais e envolvendo estudantes, acontecerá em Itacaré durante os dias do Mundial. (Neuza Brizola / Secom)


Itacaré passa a ser considerada, a partir desta quinta-feira, como a capital mundial do surf, com a realização do Mundial QS1.000 de Surf Masculino e Feminino, que acontece até o dia 21 de outubro, na Praia da Tiririca, e vai reunir atletas de diversos países. Paralelo ao Mundial de Surf vai acontecer o Itacaré Surf Music, nos dias 19 e 20, com grandes atrações nacionais, a exemplo de Maneva, Ponto de Equilíbrios, Adão Negro., Bruta Raça, Dost e o DJ XFour.

Um dos pontos altos do evento será o trabalho de conscientização ambiental envolvendo os alunos das escolas públicas e particulares de Itacaré. Em parceria com a Associação de Surf de Itacaré (ASI Ambiental), instituições ambientais locais e a rede de ensino de Itacaré, serão realizadas oficinas monitoradas, apresentações de ações ambientais e culturais, mostra de vídeos e exposições voltadas para a sustentabilidade. O objetivo é passar informação de uma maneira lúdica e dinâmica no intuito de estimular a assimilação da preservação do meio ambiente, além de oferecer conhecimento ambiental de uma forma positiva e saudável para que os alunos levem a informação para o seu convívio social.

Uma das ações oferecidas será a plantação de árvores. As mudas foram produzidas e doadas pelo Instituto Floresta Viva e Biofábrica com sementes de árvores da região da Costa do Cacau. Esta ação será gerenciada pela Secretaria de Meio Ambiente e Instituto Floresta Viva. Utilizando recreação pedagógica, as instituições ambientais parceiras do evento também apresentarão seus trabalhos. Durantes as oficinas os estudantes terão palestras sobre gestão de resíduos, animais marinhos, fauna e flora local, turismo lúdico, inclusão social, entre outros temas que serão abordados nesta edição pelas instituições participantes.

Cento e cinquenta alunos, na faixa etária de 08 a 12 anos, além de participarem das ações ambientais, poderão assistir o campeonato de surf, ganharão camisas e bonés do evento e um delicioso lanche produzido pela agricultura familiar local. Os alunos e o professor serão conduzidos da escola até o evento por ônibus disponibilizado pela Secretaria de Transporte

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, destacou a importância do município sediar mais uma vez esse evento internacional e trazer de volta a etapa também a categoria Feminino. Outro ponto importante, segundo ele, é o legado que fica para a preservação do meio ambiente, envolvendo os estudantes, professores e os turistas, numa grande ação para garantir um ambiente natural muito mais saudável.