A iniciativa tem o objetivo de ajudar crianças carentes das escolas do município a aprenderem a surfar ou a desenvolver as técnicas do esporte, aliadas a valores de cidadania. A novidade é fruto de uma parceria da ASI, com a produtora Cine Filmes e a Disney, que estão na cidade desde março gravando a série Juacas, que será exibida para toda a América Latina no verão de 2017, nos canais Disney XD. A maioria das cenas está sendo gravada na Praia da Tiririca, onde fica a sede da ASI, que está servindo de base para a produção e também como elemento cenográfico.

“As pranchas custaram R$18 mil e representam uma contrapartida da produção da série, por utilizar a sede da ASI durante as gravações. É o resultado de várias reuniões que vinham acontecendo cerca de cinco meses antes do início das gravações, entre nós e a produtora, que se mostrou disposta a contribuir com o surf itacareense, já que a série Juacas tem o surf como temática”, comentou Hongos Araújo, presidente da ASI.

O Projeto Surfando para o Futuro é uma ação social que a ASI quer desenvolver após o término das gravações da série na cidade. A iniciativa pretende inserir o surf como opção esportiva na vida dos estudantes, agregando valores de cidadania e consciência ambiental. Para tanto, a ASI vai buscar parceria com a Secretaria de Educação do município e estabelecer critérios de aceitação dos participantes, tendo nota e comportamento como bases.

“Queremos atender turmas de 30 alunos por turno, com aulas três vezes por semana. Para isso, esperamos contar com o apoio do empresariado da cidade, pois as pranchas são muito importantes, mas é apenas o começo. Ainda vamos precisar de uma série de outros equipamentos e acessórios e de material humano (como instrutores e salva vidas) para conseguir colocar a ação em prática”, observa Hongos.

Na presidência da ASI há três anos, Hongos Araújo – que tem mais um ano de gestão – destaca que o “Surfando para o Futuro” é uma reedição aprimorada de projetos semelhantes que outras gestões da entidade já desenvolveram em Itacaré. Na análise do presidente, projetos de natureza social envolvendo crianças significam o melhor legado que qualquer diretoria de entidade pode deixar.

“E nós temos essa preocupação em Itacaré. Sabemos que o surf em nossa cidade está muito além de ser apenas uma prática esportiva. Representa um importante vetor de desenvolvimento econômico para o município e de geração de renda para toda a população. Agora queremos agregar tudo isso à questão social e de cidadania, para tentarmos minimizar os índices de violência e, mais do que criar bons surfistas, contribuir para formar cidadãos conscientes e de bem”, concluiu Hongos. Fonte: Surf 73 – O maior portal de surf do Sul da Bahia.


A edição de número 318 da publicação, é dedicada ao Brasil e as imagens foram feitas pelo renomado fotógrafo Sidney Polansk. Intitulada de “Pequeno Paraíso”, a reportagem destaca as ondas da Tiririca e compara o cenário sulbaiano às também paradisíacas praias da Indonésia por conta da quantidade e da beleza dos coqueiros que emolduram os dois picos.

Yagê é membro de uma das famílias com maior tradição no surf na região. É irmão dos ex-surfistas Orígenes e Hongos Araújo, este último atual presidente da Associação de Surf de Itacaré. Aos 13 anos de idade, Yage (hoje com 20) mudou-se para o litoral paulista, onde morou até os 18 anos a convite do seu patrocinador, para aprimorar as técnicas de surf.

De volta à sua terra natal, Yage tem treinado duro, focado no segundo semestre de competições, quando disputará etapas do WQS e do Super Surf, o Circuito Brasileiro de Surf Profissional. Em julho viaja para Arica, no Chile e logo depois embarca para a Europa, onde participará de mais quatro etapas do QS, na chamada perna européia do tour de acesso.

Já Alandreson Martins dispensa comentários. É atual bicampeão do Circuito Carioca e tem em seu currículo uma vasta bagagem de competições disputadas nos principais picos de surf do Brasil e fora dele também. Recentemente foi convidado para disputar a triagem do CT do Rio e lidera o ranking do Brasileiro 2015 entre os sulbaianos, com vaga garantida na Divisão de Elite do Super Surf 2016.

Mas a edição de junho da Hard Core – que é uma das publicações mais conceituadas do segmento no país –  também tem reportagens com Gabriel Medina, que ilustra a capa da publicação, além de uma matéria muito interessante com o top Alejo Muniz. A revista deste mês tem ainda um destaque para uma barca feita pelos irmãos Kymerson e outros locais a uma laje quadrada escondida a quilômetros da costa capixaba. Fonte: Surf 73 – O maior Portal de Surf do Sul da Bahia.

Veja imagens dos itacareenses, pelas lentes do monstro Polank

Alandreson-Martins-photo-Sidney-Polansk

Davi-Silva-Photo-Sidney-Polansk


Nem mesmo a força de vontade e a garra do Botafogo de Taboquinhas, que seguiu pressionando todo o 1º Tempo, foi suficiente para barrar a pontaria do jogador “Peba”, que aos 22 minutos fez o único gol da partida que confirmaria o título para o Sampa.

Nem precisava ganhar, bastava apenas um empate que o Sampa sairia do campo da Passagem ostentando o Título do I Campeonato de Veteranos de Futebol de Itacaré. Mas Peba não tomou conhecimento e marcou 1×0, garantindo também o título de artilheiro do campeonato.

O Jogo

itacare_urgente_038

Com grande público, a torcida do Botafogo de Taboquinhas compareceu em massa para apoiar o seu time que precisaria ganhar já que havia perdido o primeiro jogo por 2×1, dentro de sua própria casa, no distrito de Taboquinhas,  só a vitória por 2×0 interessaria ao seu time para garantir o título, pois uma vitória por 1×0, ainda levaria o jogo para os pênaltis.

Por isso, o Botafogo entrou pressionando e o domínio do jogo sobre a equipe do Sampa era claro. O Botafogo levantou muita poeira no campo do adversário, mas nada da bola entrar. Apesar de poucas finalizações, o goleiro do Sampa fez boas defesas e salvou o time, que também teve a defesa menos vazada do Campeonato.

No 1º Tempo, o jogador Peba, atacante do Sampa, ainda perdeu um gol que parecia feito, aos 18 minutos do e alguns chegaram a dizer que não era o seu dia. Mas, como todos sabem, craque é sempre craque e 04 minutos depois, ele recebeu a bola que colocou com precisão no canto esquerdo do goleiro do Botafogo e marcou o único gold a partida. Com esse gol, Peba também ganhou o prêmio que foi ofertado para o jogador que marcasse o primeiro gol.

itacare_urgente_099

Durante o Segundo tempo, o Botafogo de Taboquinhas ainda teve boas chances de gol, dominou o jogo, já mais equilibrado, mas não conseguiu marcar nenhum gol e o jogo terminou em 1×0 para o Sampa. O placar final dos dois jogos foi de de Sampa 3×1 Botafogo. O primeiro jogo aconteceu no dia 28 de maio em Taboquinhas.

DADOS DO CAMPEONATO.

Realização: Prefeitura de Itacaré com apoio de empresas e políticos locais

Premiação: Campeão – R$ 1.000,00 reais e 10 caixas de cervejas.

Vice-Campeão – 700 reais e 10 caixas de cervejas.

Artilheiro – Peba com 7 gols

Melhor Goleiro – Dindo do Sampa

Defesa menos vazada – Sampa

Clubes: Veterano da Passagem, Botafogo de Taboquinhas, Cruzeiro, Clube dos 20, Sampa, Vila Marambaia, Humaitá, Itacarezinho.

Início do Campeonato – 09 de abril

(ASCOM/Itacaré)

Veja mais fotos:

itacare_urgente_003

itacare_urgente_008

itacare_urgente_013

itacare_urgente_046

itacare_urgente_018

itacare_urgente_030

itacare_urgente_093

itacare_urgente_074

itacare_urgente_098

itacare_urgente_105


O surfista de Itacaré Yagê Araújo (20 anos) tem intensificado os treinamentos visando um segundo semestre com a agenda cheia de competições. Os treinos do atleta têm acontecido, geralmente, na Praia da Tiririca, onde Yagê aproveita a qualidade e constância das ondas para aperfeiçoar as manobras e aprimorar a resistência física.

Durante os exercícios, Yagê tem repetido à exaustão os fortes e altos aéreos reverses de frontside. Mas as rasgadas de backside e as batidas de front também fazem parte do repertório variado e diferenciado do itacareense.

Yagê-Araújo-5.16-Mário-Veloso-surf73-40

Semestre cheio

Yagê aguarda definição quanto à primeira etapa do Super Surf 2016, que deverá acontecer entre junho e julho. Já no início de agosto, de 9 a 14, o itacareense participa do Maui and Sons Arica World Star Tour, etapa 1500 do WQS, no Chile.

Esta semana o atleta confirmou ainda que participará da “perna europeia” do QS 2016, com quatro etapas, a partir de agosto. A primeira, o Lacanau Pro, etapa 3000, na França, de 16 a 21. A outra será uma etapa 1500, de 23 a 28, em Anglet, também na França. Em seguida vem as etapas de Pantin, na Espanha, de 30 de agosto a 4 de setembro (QS 1500), e das Ilhas Açores, em Portugal, de 6 a 11 de setembro.

“Será um segundo semestre bastante intenso, mas tenho treinado bem para conseguir bons resultados. Este ano já participei de uma etapa do QS em Mar Del Plata (Argentina) e outra na Praia do Forte. O primeiro, terminei em quinto lugar e no QS do Forte passei a primeira bateria e fiquei na segunda”, observou, acrescentando que disputou ainda a primeira etapa do Circuito Paulista de Surf, no Guarujá (SP), que vale ponto para o ranking brasileiro.

Yagê é nascido em Itacaré, mas aos 13 anos de idade mudou-se para o Guarujá (SP), onde morou até os 18 anos junto ao também surfista Emerson Piai, a convite do patrocinador que os dois tinham em comum. Ali estudou e aprimorou seu surf com acompanhamento técnico de Jorge Piai, morto em maio de 2014, vítima de infarto.

Dos 18 aos 19 anos, Yagê ficou por três meses no Hawaii e mais três na Califórnia. Voltou à Itacaré em outubro para a disputa do Mahalo Eco Festival, etapa 6000 do QS, quando terminou na quinta posição.

Em 2016 fixou base novamente em Itacaré, para onde tem retornado ao final das viagens e competições. Recentemente esteve em Florianópolis (SC), onde ficou por dez dias na Praia do Rosa, gravando um programa de TV para a ESPN, que será exibido para toda a América Latina, menos o Brasil.

Yagê tem o patrocínio da South to South, do shaper Ricardo Martins, da Pro-lite equipamentos e da Truuz roupas de borracha. Veja, abaixo, algumas imagens do treino desta terça-feira. Fonte: Surf 73 – O maior Portal de Surf do Sul da Bahia.

Yagê-Araújo-5.16-Mário-Veloso-surf73-18

Yagê-Araújo-5.16-Mário-Veloso-surf73-19

Yagê-Araújo-5.16-Mário-Veloso-surf73-23

Yagê-Araújo-5.16-Mário-Veloso-surf73-26


Nesta sexta-feira, o top mundial foi recepcionado pelo presidente da Associação de Surf de Itacaré (ASI), Hongos Araújo, e pelo ex-presidente, Miguel Reis. Ambos aproveitaram a ocasião para conversar com o campeão mundial sobre a conjuntura do surf, sobre a próxima etapa do WCT, em Fiji, e sobre a participação de Mineirinho nas gravações da série Juacas.

A dupla itacareense deu ainda, ao campeão, uma camiseta da ASI e registrou o encontro. Nas redes sociais, Alisson Reis, que compõe a atual diretoria da associação, lembrou que essa não é a primeira passagem de Mineirinho na surf city. “Seja bem vindo campeão. É uma honra recebê-lo mais uma vez aqui, mesmo sabendo que você surfa águas Itacareenses desde que competia na categoria Júnior. É uma honra recebê-lo mais uma vez”, pontuou Alisson.

Quem também recebeu uma camiseta da ASI, das mãos do presidente Hongos Araújo, foi o outro top, Felipe Toledo, que permanece na cidade desde o início da semana, com a família, e que está finalizando as gravações de sua participação na série.

O legend Picuruta Salazar, que faz o dublê do ator Nuno Leal Maia, também recebeu as boas vindas dos diretores da ASI. Além desses, o ex surfista Teco Padaratz, tem sido visto em Itacaré,com muita frequência desde o início das gravações.

Mineiro e Felipe Toledo não devem estender sua permanência na cidade, já que a próxima etapa do WCT, em Fiji, tem início previsto para o domingo da próxima semana, dia 5 de junho. (Fotos: ASI/Facebook)

Fonte: Surf 73 – O maior portal de surf do Sul da Bahia.


Cerca de 50 mil pessoas devem passar pelo terminal rodoviário de Salvador por conta do feriadão de Corpus Christi, segundo estimativa da Agerba (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia). Cidades como: Itacaré, Porto Seguro, Ilhéus (sul), Vitória da Conquista (sudoeste), Juazeiro (norte), Barreiras (oeste) e Lençóis (Chapada Diamantina), assim como as cidades litorâneas, são os destinos mais procurados pela população.
Com o objetivo de tentar atender a demanda do período, serão disponibilizados 200 horários extras, além dos 540 que já funcionam diariamente. A quantidade de horários ainda pode ser ampliada, caso a procura aumente.
De acordo com a Agerba, na maioria dos casos, os usuários contam com a possibilidade de comprar sua passagem antecipadamente pela internet ou por telefone, trazendo mais comodidade e diminuindo as filas nos guichês. Outro fator que merece atenção é a obrigatoriedade de apresentar um documento oficial de identificação no momento do embarque.
Fonte: R7


No final da manhã, o atleta aproveitou a folga entre as gravações para esbanjar o seu surf power diferenciado, exibindo uma série de aéreos com rotação, além dos tubos mágicos.

Toledo está em Itacaré desde a última segunda-feira (23), fazendo uma participação nas gravações da série “Juacas”, uma produção da Disney e que será exibida para toda a América Latina no verão do próximo ano, através do canal Disney XD. A série é direcionada ao público teen, contará com 26 episódios, de 30 minutos cada, e terá como temática central um campeonato de surf.

Nesta terça, Felipe permaneceu na água por cerca de 40 minutos, tempo suficiente para mostrar o seu arsenal variado de aéreos. Às vésperas de viajar para Fiji, onde disputa a próxima etapa do WSL entre os dias 5 e 17 de junho, o atleta preferiu não arriscar nas ondas grandes que quebraram na Tiririca. Toledo optou por surfar as ondas do inside, com tamanho um pouco menor, mas com formação consistente.

Felipe ainda está fazendo fisioterapia, para se recuperar de uma lesão no quadril, sofrida ao executar uma manobra na etapa de Bells, na Austrália, em março e que o deixou afastado das competições por dois meses.

Além de Toledo, o campeão mundial de surf, Adriano de Souza, o Mineirinho, também fará participação na série da Disney. Até a tarde desta terça-feira, Adriano não havia chegado à Itacaré. Mas pessoas ligadas à equipe de filmagem garantiram que ele participará das gravações já nesta quarta-feira (25).

Felipe está em Itacaré acompanhado do seu pai, o ex-surfista profissional Ricardo Toledo, além de sua mãe, Mari Toledo e de sua irmã, Sofia. Todos passaram a terça-feira, na Tiririca. Tanto Felipe, quanto Adriano de Souza, devem permanecer em Itacaré até, no máximo, a próxima sexta-feira. Fonte: Surf 73 – O maior Portal de Surf do Sul da Bahia.

Veja algumas imagens do top em Itacaré.

(Fotos: Mário Veloso/surf73)