A matéria, que saiu na edição deste mês julho, conta o resultado da viagem de três repórteres que estiveram no Estado, em uma press trip. “O Rio de Janeiro, neste verão, pode reivindicar toda a atenção, mas se você quiser descobrir o Brasil da família real, faça uma viagem ao Estado da Bahia”, destaca a reportagem. Entre os destinos visitados, a equipe da Columbus Travel mostrou, na edição de número 59 da revista, detalhes dos arredores de Itacaré, como a cultura do surfe nas praias de Resende, Tiririca e Jeribucaçu, além do passeio de canoa pelo rio, rafting e passeios a cavalo.
53648gra9026186-rafting
Já em Olivença, as atrações foram os vilarejos indígenas e a praia Backdoor. No distrito de Trancoso, além do belo litoral, foram apresentados o artesanato local e a Igreja de São João Batista, no Quadrado, conhecida por ser disputada por noivos de todo o Brasil que desejam realizar suas cerimônias de casamento.
“Com essa repercussão de peso, os holandeses terão mais um motivo para visitar o Brasil para além dos Jogos Olímpicos, que também foram amplamente divulgados na Holanda”, afirma José Antônio Parente, presidente substituto da Embratur.
Um exemplo, segundo Parente, ocorreu em abril deste ano, quando o instituto divulgou a Rio 2016 para 400 empresários estrangeiros no International Business Day, realizado em Amsterdam.
Outra importante ação da Embratur na Holanda foi a participação, em janeiro, na principal feira do trade europeu, a Vakantiebeurs, realizada na cidade de Utrecht. O evento foi visitado por mais de 100 mil holandeses e belgas e contou com 1.200 expositores. O coordenador-geral de Relações Públicas e Assessoria de Imprensa do Instituto, Guilherme Miranda, destaca que existe um grande potencial a ser trabalhado no mercado holandês, principalmente em parceria com o trade turístico e com a imprensa especializada.
“A Embratur já vem colhendo este tipo de resultado de imprensa no mercado desde 2012, quando abriu um escritório de Relações Públicas na Holanda, um dos 11 que o Instituto mantém no exterior”, destaca.

Informações de mercado

Em 2015, a Holanda enviou mais de 66 mil turistas ao Brasil. O país é o 20º mercado emissor de turistas para o Brasil e o 8º entre os países do continente europeu, conforme o mais recente Boletim de Inteligência Competitiva da Embratur.
Com 42% de preferência, o turismo de lazer é a principal motivação para a visita ao País, seguido pelo turismo de negócios (27%). Os segmentos mais procurados são cultura, ecoturismo e sol e praia. O visitante holandês permanece, em média, 15 dias em solo brasileiro, tendo gasto diária estimado em US$ 103. Atualmente, existem 13 voos com frequências semanais que saem de Amsterdam com destino ao Brasil. Fonte: Portal Brasil, com informações da Embratur

Ele tem talento de sobra e surf com nível técnico para ser campeão em qualquer competição da sua faixa etária. Aos 15 anos de idade, o itacareense Daniel Matos definitivamente não é somente mais um atleta sulbaiano a brigar pelo título da categoria Junior, do Circuito Baiano de Surf 2016, o Tablas Surf Pro.

Daniel é o atual vice-líder do ranking nesta categoria e está cheio de esperança de melhorar o seu desempenho em relação à etapa anterior, realizada em março deste ano, quando o itacareense terminou como vice-campeão. “Foi um resultado bom. Agora, para esta próxima etapa, estou focado para ganhar. Quero fazer o meu melhor lá e conseguir me superar. Mas quero ganhar”, afirmou o atleta.

A segunda etapa do Baiano será disputada entre os dias 5 e 7 de agosto, na Praia do Barravento, em Salvador. Para esta competição, Daniel pretende disputar três categorias. Além da Junior, onde briga pelo ranking, o sulbaiano quer também correr na Mirim e Profissional.

A primeira etapa do Tablas Pro deste ano teve outro sulbaiano como vencedor na categoria Junior: o ilheense Taiwan Chan, atual campeão baiano nesta categoria, saiu na frente e lidera o ranking 2016. Mas esse fato não intimida Daniel. “Pelo contrário, me motiva. Ele é meu amigo. Sei do seu potencial. Mas eu tenho chances, estou na briga e quero ser campeão baiano. Se possível na Junior e na Mirim, se for a vontade de Deus”, observou.

Antes de competir em Salvador, porém, Daniel tem outra batalha árdua: a busca por patrocinadores. Embora tenha uma coleção de bons desempenhos em competições até fora do Estado, o itacareense tem que dividir o seu tempo e o seu foco entre os treinos e a procura por empresários, políticos e comerciantes que possam apoiá-lo na realização dos seus objetivos esportivos. “Pra mim a competição começa aqui, nas ruas, pedindo apoio. Mas isso serve de incentivo e motivação. Eu não vou desistir”, finalizou. Fonte: Surf 73 – O maior portal de Surf do Sul da Bahia.

Veja, abaixo, imagens dos treinos intensivos de Daniel Matos.

Daniel-Matos-Itacaré-surf73-Mário-Veloso-2

Daniel-Matos-Itacaré-surf73-Mário-Veloso-4

Daniel-Matos-Itacaré-surf73-Mário-Veloso-10

Daniel-Matos-Itacaré-surf73-Mário-Veloso-12

Daniel-Matos-Itacaré-surf73-Mário-Veloso-13


Daniel-Matos-Itacaré-surf73-Mário-Veloso-16


Agora é oficial, saiu a tão esperada programação do São Pedro de Itacaré finalmente saiu, entre as atrações o destaque ficou por conta do o forrozeiro Adelmario Coelho, além da banda Chinelado da Bahia. Um dos melhores do seguimento no pais, e de diversos sucessos como: “O Neném”, “Amor não faz mal a ninguém”, “Bahia, Forró e Folia” e a atual música de trabalho “A Gente Sabe que é Amor”. Segue abaixo segue a grade completa:

Sexta-feira – Dia 01 de Julho:
21h- Chinelado da Bahia
Free Som
Adelmário Coelho

Sábado – Dia 02 de Julho
15h – Desfile do 2 de Julho. Saída da Praça do Canhão.

21h- Circuito Fechado
Edu Ribeiro e Rafael
Banda X10

Fonte: Itacaré Urgente com informações ASCOM/ITACARÉ


O surfista profissional itacareense Alandreson Martins, também conhecido como James (29 anos), está literalmente voando em seus treinos diários visando o título de campeão brasileiro de surf de 2016 no circuito da Associação Brasileira de Surf Profissional, o Super Surf.

Considerado um dos maiores competidores sulbaianos da atualidade, James está também na lista dos melhores aerialistas que a região já produziu. Os vôos insanos e variados do itacareense renderam-lhe o apelido de ‘baiano voador’ desde que, em 2006 no Super Surf, Alandreson venceu – com destaque – a disputa pela premiação de R$ 10 mil, em uma Expression Session na Praia do Itacarezinho (o Nescau Air Show). “Foi ali que tudo começou em minha vida profissional”, avalia.

Mas para tentar chegar ao título nacional, o itacareense também tem aperfeiçoado outras manobras em seus treinamentos, com ênfase maior para as rasgadas de backside. “Este ano eu estou treinando muito para ser campeão brasileiro. Em 2015 eu comecei bem nesta competição, mas não consegui manter o que eu deveria. Eu estava abrindo bem as baterias, mas não conseguia ter uma segunda onda boa. Agora estou procurando errar menos e polindo o meu surf de backside”, analisou o atleta, que aguarda a definição do calendário de competições da Abrasp.

Há sete anos Alandreson precisou se radicar no Rio de Janeiro, onde é o atual bicampeão estadual de surf. Hoje, com mais experiência em competições, James fala que tem continuado em busca da evolução no esporte, diversificando o seu repertório. “Tenho buscado variar as manobras e não ficar tão focado nos aéreos. Muitas vezes eu ficava esperando uma onda boa para mandar essas manobras, mas a onda não vinha e eu ficava prejudicado. Não posso resumir meu surf ao aéreo. Tenho que ter um surf de linha também, para complementar”, observou.

Alandreson lamenta a falta de oportunidades e patrocínios que lhes dêem condições de disputar competições de nível internacional, mas diz que segue em busca do seu sonho maior. “Ainda quero correr o circuito mundial, mas sou privilegiado por consegui chegar onde cheguei e por ter me tornado a pessoa e o profissional que sou hoje. Mas o título brasileiro é um passo importante para conseguir aquilo que ainda almejo”, destacou.

James tem o patrocínio das pranchas Index Krown, da Perfect Waves (surf wear), e o apoio das pousadas Tânara e Sage Point (Itacaré), além da Maria Parafina, da Ertour Receptivo (Ilhéus), do Restaurante Sabor Gaúcho (Macaé) e da Prefeitura de Macaé (RJ). Fonte: Surf 73 – O seu Porta de Surf no Sul da Bahia.

Veja, abaixo, algumas imagens dos treinos de James na Tiririca.

Alandreson-Martins-surf73-13

Alandreson-Martins-surf73-15

Alandreson-Martins-surf73-21

Alandreson-Martins-surf73-22


Pelo terceiro ano seguido o Forró da Praça Praça da Bandeira organizado pelos moradores da localidade, com dois dias de muita festa abrirá os festejos Juninos em Itacaré. O evento que já está virando tradição na cidade, começa hoje a partir das 18hrs com a quadrilha Junina Junina Evolução,  segue a partir das 22hrs com Zezinho do Forró e logo depois com Zalela e Os Três da Bahia. Amanhã a programação seguirá com apresentação da quadrilha junina Vila Madalena a partir das 20hrs e a partir das 22hrs a animação ficará por conta do forrozeiro Marlon Moreira e fechando a noite Bonde do Andrezão. Compareça e prestigie o evento!


O ‘Itacaré por Elas’ está completando um ano de existência neste mês de junho e tem muitas conquistas para comemorar. O projeto/marca, fruto de uma ação espontânea e de iniciativa pessoal, tem o objetivo de fortalecer o surf feminino local aliado à questões ambientais e rapidamente ganhou a adesão de meninas de todo o país e se expandiu para o universo do esporte feminino.

A surfista Camila Belfort é a idealizadora da marca e destaca que o projeto visa incentivar e apoiar o crescimento e solidificação do esporte feminino, principalmente em Itacaré, com destaque especial para o surf. “É uma forma de unir as mulheres à natureza e ao mar, estimulando sempre a preservação do meio ambiente. Itacaré por Elas mostra a cidade vista sob outra ótica: o olhar feminino, mais sensível e voltado à natureza”, observa Camila.

Há um ano o projeto foi criado com ações simultâneas reais e no campo virtual. Desde então as páginas do ‘Itacaré por Elas’ nas redes sociais não param de crescer e agregar pessoas de todo o planeta, com números que impressionam. Já são 1327 seguidores no Instagram e 2268 curtidas no Facebook, além de mais de 500 fotos marcadas com a ‘hastag itacareporelas’.

“O projeto foi super aceito, eu nem acreditei. Hoje muitas pessoas, em Itacaré e fora daqui, o conhecem. Em apenas um dia a página chegou a 700 curtidas. Quero trazer cada vez mais mulheres pro surf, pois, infelizmente, ainda sofremos muito preconceito e temos que mudar isso, mostrando que elas também dropam”, destaca Belfort.

Segundo Camila, o ‘Itacaré por Elas’ vai além das questões esportivas e está, cada vez mais, representando um espaço onde são compartilhados ideais de união, reciprocidade, acolhimento, respeito mútuo e, principalmente aprendizado coletivo.

“Todas as minhas amigas e meninas que conheço aqui (Itacaré) seguem essa linha de pensamento, que valoriza o respeito à outra e a preservação da natureza. É uma forma também de unir as mulheres que vem de fora, conhecer a cidade, com as que já moram aqui. Uma forma de troca de conhecimentos, vivência e criação de novas amizades “, analisa Camila.

Para os próximos anos, o ‘Itacaré por Elas’ vislumbra ainda mais possibilidades de adesão e crescimento, através das ações que pretende desempenhar na cidade. “Queremos movimentar o universo do surf feminino de Itacaré. Neste contexto, queremos trazer movimentos que pouco são vistos por aqui. Feito por mulheres e para mulheres. Tudo envolvendo surf, natureza, cultura e conhecimento”, avaliou Camila.

A surfista disse ainda que não só as mulheres, mas também os homens, podem apoiar o projeto. “Devemos ter mais respeito dentro e fora do mar. Pedimos também, em nome da página e das surfistas mulheres, para olharem mais pro surf feminino, pois está um pouco abandonado e temos muitos talentos precisando de uma chance. O Itacaré por Elas está de portas abertas para receber todas nesse mundo mágico”, concluiu.

Veja imagens deste primeiro ano de ações com meninas de Itacaré e de outros lugares, que conheceram as páginas, enviaram fotos usando a #itacareporelas e coletivamente vêm ajudando a fortalecer o surf feminino:

Fonte: Surf 73 – O maior portal de Surf do Sul da Bahia.

itacaré-por-elas-surf73-1

itacaré por elas - surf73 (9)

 

itacaré-por-elas-surf73-2

 

itacaré-por-elas-surf73-13

 

itacaré-por-elas-surf73-15


Tradicional Festa de Santo Antônio, padroeiro do Bairro de Santo Antônio “Bairro Novo” em Itacaré, acontece nesta segunda-feira (13), e terca-feira (14). O evento é realizado pela prefeitura Municipal de Itacaré com o apoio da Secretaria de Esporte Cultura e Lazer, e a paroquia local.

Segundo informações da prefeitura a animação da festa ficará por conta do arrocha da banda revelação da região Raneychas, Daniel Vieira, Bonde da Burguesinha, Bonde do Andrezão, e a banda Amassa.

Os shows estão previstos para iniciar a parti dàs 22h no final da Rua principal do Bairro, próximo a Creche Municipal.

IMG-20160612-WA0002
Imagem Itacaré Notícias