O governo vai prorrogar o Auxílio Emergencial por mais três meses. A informação foi revelada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nesta quinta-feira (25). As informações foram publicadas pela Folha de S. Paulo. No entanto, o benefício não será mantido de maneira igual. O presidente explicou que o valor pago, que inicialmente foram três parcelas de R$ 600, será reduzido gradualmente, e deve ter parcelas de R$ 500, R$ 400 e R$ 300. Depois, o pagamento da assistência a trabalhadores informais seria encerrado.(Giro Ipiaú)


Campanhas nas redes sociais pedem ao governador Rui Costa a imediata liberação da nova ponte em Ilhéus. O governador, na semana passada, chegou a anunciar a vinda a Ilhéus para realizar uma visita final e autorizar seu funcionamento. Mas o cancelamento coincidiu com o anúncio de que o prefeito Mário Alexandre teria dado positivo para a Covid-19 e estaria impedido de acompanhar a autoridade estadual durante a visita. O governo, entretanto, afirmou que o cancelamento deve-se à não conclusão de serviços de urbanização do trecho.

Nas redes sociais acaba de surgir a campanha #inauguranazal. José Nazal é o vice-prefeito de Ilhéus e, na condição de ausência do prefeito, poderia acompanhar o governador na empreitada. Vale ressaltar que, com o início da pandemia, o governador Rui Costa anunciou que não iria realizar nenhuma festa para a entrega da obra e que, simplesmente, liberaria o seu funcionamento logo após a conclusão. À época, a medida foi bastante elogiada em Ilhéus. Agora, com o atraso, começaram os protestos pelas redes sociais. *Com informações do Jornal Bahia Online.


Os beneficiários do auxílio emergencial, do Governo Federal, já podem conferir o calendário de pagamento da 3ª parcela do benefício durante a pandemia da Covid-19 (novo coronavírus). Neste sábado, 27, será depositada a parcela no valor de R$ 600 para pessoas que se inscreveram pelo aplicativo ou site da Caixa Econômica Federal, ou que já estavam no Cadastro Único, mas não são beneficiários do programa Bolsa Família.

Por enquanto, apenas beneficiários do Bolsa Família com direito ao auxílio emergencial tinham recebido a 3ª parcela, seguindo o calendário de pagamentos do programa, conforme o número final do NIS. O pagamento do auxílio para inscritos no Bolsa Família segue até a próxima terça-feira, 30.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) citou, nesta quinta-feira, 25, a possibilidade de pagar mais 3 parcelas para o auxílio emergencial, durante live realizada à noite, mas que ainda não há confirmação. Os valores, segundo Bolsonaro, seriam de R$ 500, R$ 400 e R$ 300, somando, assim, R$ 1.200.


Uma pessoa que fazia exercícios físicos na região da orla de Piatã e Jaguaribe identificou, no início da tarde desta quinta-feira (25), a chegada de mais óleo nas praias. Ao receber fotos da situação no WhatsApp, o professor de jiu-jítsu e voluntário do grupo Guardiões do Litoral — coletivo que colaborou na limpeza de locais na tragédia ambiental do fim do ano passado —, Juvenal Lacerda foi até o local e confirmou a presença do material.

Após a identificação, Limpurb, Instituto do Meio Ambiente (Inema) e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) foram acionados para averiguar o local e tomar as providências. “A pessoa tirou a foto e mandou para a gente. Como eu moro em Piatã, fui correndo na praia para fazer os registros com aplicativo de monitoramento, informando data e geolocalização para dar veracidade às fotos. Assim que entrei em contato com a Limpurb, em 15 min eles chegaram e começaram a fazer a remoção”, relata Lacerda.


Após entrevista da prefeita Suka (PSB), ao radialista Jackson Cristiano informando que iria fechar novamente o comércio de Ubaitaba por mais 15 dias, a partir desta segunda-feira (29), comerciantes da cidade se mobilizaram e foram ao encontra da prefeita na prefeitura municipal para tentar reverter a decisão do executivo e encontrar uma forma de não fechar o comércio da cidade novamente. Segundo os comerciantes, os prejuízos já estão sendo grandes demais, já que com essa pandemia o comércio está fechando mais cedo e o movimento caiu muito, sem falar que logo no início da pandemia o comércio ficou fechado por mais de 15 dias, o que gerou muitas demissões de funcionários. Com o fechamento do comércio na próxima segunda-feira, só irão funcionar os serviços essenciais (farmácias, padarias, mercados e postos de combustíveis). O Decreto ainda não foi publicado pela prefeitura, e uma nova reunião com os comerciantes foi marcada para hoje a tarde na prefeitura municipal. (Redação: Ubaitaba Urgente)

 


Mesmo com revolta da população, a prefeitura de Ilhéus já confirmou que o Abrigo de Campanha funcionará e a previsão é que esteja em funcionamento nesta semana.


Mais uma intervenção dos moradores do Mamoan , em Ilhéus, foi realizada na madrugada desta quinta-feira (25) na localidade. Desta vez, foi aberta uma vala na rua que dá acesso ao hotel Village Enseada Mamoan onde será implantado um centro de acolhimento para pacientes diagnosticados com Covid-19. Segundo os moradores, o hotel não possui estrutura de saneamento para funcionar e reativar aquele estabelecimento gera consequências para quem mora no bairro.
Na última terça-feira (23), aconteceu um manifesto – com interdição da rodovia Ilhéus-Itacaré, realizado por moradores da região. A comunidade ingressou no Ministério Público do Estado da Bahia, questionando a escolha do local, feita pela Prefeitura.

Mesmo com revolta da população, a prefeitura de Ilhéus já confirmou que o Abrigo de Campanha funcionará e a previsão é que esteja em funcionamento nesta semana.(O Tabuleiro)


A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta (24) uma mudança no projeto que altera o Código de Trânsito Brasileiro com o objetivo de permitir que a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de motoristas profissionais, com idade inferior a 50 anos, tenha validade de dez anos. O texto-base, aprovado pelos parlamentares na terça-feira (23), determinava que o documento para os condutores nessa faixa etária fosse renovado a cada cinco anos.

Com isso, os motoristas profissionais ficarão enquadrados na regra geral da seguinte maneira: CNH com validade de dez anos para quem tiver menos de 50 anos; documento com validade de cinco anos para quem tiver idade igual ou superior a 50 anos e inferior a 70 anos; e CNH com validade de três anos para condutores com idade igual ou superior a 70 anos. Os parlamentares ainda analisavam outras sugestões para modificar pontos específicos do texto. Após a conclusão da votação na Câmara, o projeto seguirá para o Senado.

Entre as mudanças, o projeto amplia o prazo para a renovação dos exames de aptidão física e mental para a renovação da CNH e estabelece a obrigatoriedade do uso de cadeirinha para o transporte de crianças de até 10 anos que ainda não atingiram 1,45 metro. *Com informações da Agência Brasil