O prefeito de Itacaré e presidente do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável (CDS – Litoral Sul), Antônio de Anizio, visitou os municípios de Itapitanga e Almadina para apresentar aos prefeitos Ró de Beto e Milton Cerqueira, respectivamente, as políticas desenvolvidas pelo consórcio nas áreas de infraestrutura, educação, gestão ambiental, assistência técnica, resíduos sólidos, compra compartilhada, dentre outras atividades que tem o CDS como instrumento de gestão e execução.

Durante o encontro os prefeitos apresentaram a preocupação com a eliminação dos lixões e a manutenção e conservação das estradas vicinais, dois desafios que, segundo os gestores, serão prioridades para as administrações em 2021. Antônio de Anízio destacou que o CDS-Litoral Sul irá concluir os planos territoriais de resíduos sólidos e estará buscando parceiros da iniciativa privada com expertise no setor para desenvolver, executar e gerir as unidades de triagem, transbordo e destino dos resíduos dos municípios consorciados.

O prefeito de Itapitanga, Ró de Beto, solicitou apoio do Consórcio para conclusão do Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PMGIRS) e a eliminação do lixão do município. Já o prefeito de Almadina, Milton Cerqueira, solicitou a recuperação e manutenção do trecho da BA 262 – Almadina-Floresta Azul. Como resultado da reunião, ficou acertado o início da manutenção na próxima segunda-feira dia 11/01, já que o referido trecho faz parte do contrato do Consórcio com a Secretaria de Infraestrutura da Bahia.

Durante o encontro o presidente do CDS-Litoral Sul solicitou aos seus colegas prefeitos e prefeitas dos mais diversos municípios regionais para que destinem uma emenda parlamentar ao Consórcio para aquisição de uma máquina, objetivando a ampliação da patrulha mecânica. Ele adiantou que vai ser o primeiro a solicitar e destinar ao Consórcio recursos para aquisição de um equipamento.

Antônio de Anízo também se reuniu com o prefeito de Barro Preto, Juraci da Saúde, onde apresentou políticas desenvolvidas pelo consórcio e a importância da autarquia no atendimento às demandas dos municípios. As visitas continuarão sendo feitas pelo presidente do CDS-Litoral Sul para que os prefeitos possam contribuir e construir juntos as ações a serem desenvolvidas pelo consórcio em 2021.


A Petrobras vai elevar o preço do gás liquefeito de petróleo (GLP), conhecido como gás de cozinha, em 6% a partir desta quinta-feira (6), informou a petroleira nesta quarta-feira (5). Com o reajuste, o valor praticado pela Petrobras irá a R$ 35,98 por 13kg. Em nota, a empresa reiterou que desde novembro de 2019 igualou os preços de GLP para os segmentos residencial e industrial/comercial, e que o produto é vendido pela Petrobras às distribuidoras a granel. “Por sua vez, as distribuidoras são as responsáveis pelo envase em diferentes tipos de botijão e, junto com as revendas, são responsáveis pelos preços ao consumidor final”, frisou a empresa.


O valor do abono salarial PIS-Pasep 2020-2021 foi atualizado devido ao reajuste do salário mínimo, que passou de R$ 1.045 para R$ 1.100 a partir de 1º de janeiro. Esse novo valor será pago para: trabalhadores nascidos entre os meses de julho e dezembro ou com número final da inscrição entre 0 e 4 que ainda não sacaram o benefício; nascidos entre janeiro e junho e com números de inscrição de 5 a 9 que ainda vão receber nas datas previstas no calendário de pagamentos.

O calendário de recebimento leva em consideração o mês de nascimento, para trabalhadores da iniciativa privada, e o número final da inscrição, para servidores públicos. O PIS é destinado aos trabalhadores do setor privado e é pago na Caixa Econômica Federal. O Pasep é pago para servidores públicos por meio do Banco do Brasil. Com o reajuste do salário mínimo, o valor do abono salarial passou a variar de R$ 92 a R$ 1.100, de acordo com a quantidade de meses trabalhados durante o ano-base 2019.


A Secretaria de Saúde do Município de Itacaré, por meio desta nota, vem esclarecer que as informações divulgadas na mídia televisiva relatando o aumento de casos positivos, que saíram de 416 casos para 612, não retratam o número de casos ativos atual. Esses dados foram obtidos com base nos últimos 15 dias antes do período festivo.

Nas duas últimas semanas epidemiológicas houve aumento no número de pessoas sintomáticas no município nos quais foram realizadas 166 exames tipo RT-PCR e encaminhados ao laboratório central –LACEN. Destes, no último final de semana recebemos 96 resultados, sendo 78 positivos. Uma média de 80% dos exames recebidos sendo positivados.

Devido ao aumento de casos e grande quantidade de exames recebidos de toda a Bahia o LACEN vem atrasando a liberação dos resultados, o que implica diretamente em nossos índices, pois, quando o resultado é liberado, alguns pacientes já se encontram de alta e não entram nos dados CONFIRMADOS ATIVOS, apenas nos CONFIRMADOS CURADOS.

De acordo com o último boletim divulgado, temos 824 casos confirmados, 798 curados e 10 casos ativos, sendo 5 internamentos hospitalares, 16 óbitos e 70 exames aguardando resultado.

A Secretaria de Saúde segue trabalhando de forma eficaz, transparente e concisa na captação e investigação dos casos, monitoramento e assistência, além de garantir informação a toda a população com uma equipe técnica capacitada e preparada para uma resposta rápida a qualquer eventualidade.

Salientamos que o governo municipal, em conjunto com as demais secretarias, vem adotando ações multidisciplinares a fim de minimizar a proliferação do vírus, reduzir os índices de casos graves, orientando e fiscalizando os protocolos sanitários além de orientar e informar a população sobre a atual situação do município.

Solicitamos a todos, munícipes e turistas, que atentem ao uso correto da máscara cobrindo nariz e boca, higienização das mãos com água e sabão ou utilização de álcool gel, evite aglomerações e em caso de sintomas além de fazer isolamento domiciliar conforme preconiza o Ministério da Saúde, entre em contato com o CENTRO DE INFORMAÇÕES MUNICIPAL, através do telefone 99995-7568.

Itacaré, 06 de janeiro de 2021.

MARÍLIA GOMES ALMEIDA

Secretária Municipal de Saúde


O novo boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde de Itacaré, nesta terça-feira (05), demostra que houve uma queda no número de casos ativos no municipio, caindo de 16, para 10. E registrou 82 novos curados. Porém 70 pessoas estão aguardando o resultado de exames laboratoriais, e seguem em isolamento. O número de óbitos cresceu e agora são 16 no total, cinco pessoas em internamento hospitalar.

Com os casos divulgados neste boletim, Itacaré agora soma 824 casos confirmados pela doença. Porém dessa totalidade, 798 estão recuperados.Dos 1.734 casos notificados, 840 foram descartados. (Itacaré Urgente).


Em atendimento a uma solicitação feita pelo prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, o deputado federal Alex Santana (PDT) apresentou uma emenda parlamentar no valor de um milhão de reais junto ao Ministério de Desenvolvimento Regional para garantir a reestruturação da feira livre do distrito de Taboquinhas e também para a implantação do Centro de Formação da Agricultura Familiar, no antigo Casarão da Cantagalo. De acordo com o prefeito Antônio de Anízio, os dois equipamentos são de extrema importância para o desenvolvimento da agricultura familiar no município e para o fortalecimento da economia de Itacaré.

Na emenda parlamentar o deputado federal Alex Santana explica que a implantação do Centro de Formação da Agricultura Familiar vai contribuir com a questão da qualificação da mão de obra, através da oferta de cursos voltados ao desenvolvimento agrícola e beneficiamento de produtos, agregando valor à produção. Já a requalificação da feira de Taboquinhas, transformando em uma área coberta e um confortável espaço de comercialização dos produtos agrícolas, incrementará a agricultura familiar em todo o município, fortalecendo a economia local através da geração de emprego e renda.

Com os novos equipamentos os agricultores familiares terão cursos de capacitação de mão de obra na preparação e venda de produtos beneficiados, a exemplo de geleias, doces, polpas, cocadas e chocolates, e irão vender esses produtos na feira livre, num espaço muito mais bonito, higienizado e atrativo, promovendo a geração de emprego e renda para a comunidade e beneficiando diretamente centenas de famílias. O processo de implantação dos equipamentos já foi empenhado e aguarda a liberação dos recursos para o início dos serviços.


Na Bahia os estudantes poderão utilizar as notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e outras provas semelhantes para requerer o aproveitamento de estudos e concluir o ensino médio.

A Secretaria da Educação (SEC) editou uma portaria que dispõe sobre as regras de aproveitamento de estudos para os concluintes do Ensino Médio de 2020, em todas as ofertas e modalidades integrantes do Sistema Estadual de Ensino da Bahia.

Valerão para a requisição os resultados do Enem e do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (ENCCEJA); nos exames de certificação aplicados pela Comissão Permanente de Avaliação (CPA); e nas atividades com características de terminalidade desenvolvidas pelas unidades escolares da rede estadual de ensino, sob coordenação da SEC. De acordo com a superintendente de Políticas para a Educação Básica de SEC, Manuelita Brito, a iniciativa rem caráter excepcional.

“O desejo e o empenho da Secretaria da Educação do Estado é para que as provas do Enem sejam adiadas para o mês de maio, mas independente da sua data de aplicação, é necessário oportunizar a todos os estudantes, e não apenas os inscritos no ENEM, a conclusão do Ensino Médio, considerando as adversidades impostas pela pandemia do novo Coronavírus, em 2020, e, sobretudo, os conhecimentos e saberes adquiridos por eles ao longo de seus percursos escolares”.

As aulas presenciais na Bahia estão suspensas desde o mês de março e seguem sem data definida para o retorno. A suspenção foi uma das primeiras medidas adotadas no estado para o combate a pandemia da Covi-19.

A SEC informou que para requerer o aproveitamento de estudos, o estudante interessado deve estar regularmente matriculado no ano letivo de 2020; ser concluinte do Ensino Médio naquele ano; fazer a solicitação do aproveitamento de estudos na secretaria escolar; e se submeter a um ou mais processos avaliativos e/ou de certificação.

A portaria define requisitos mínimos a serem alcançados em cada alternativa. No Enem é necessário que o estudante tenha obtido o mínimo de 400 pontos em cada área do conhecimento e não tenha zerado a redação; no ENCCEJA, mínimo de 80 pontos em cada área do conhecimento e não ter zerado a redação.

Em relação aos exames de certificação do CPA, será exigido o mínimo de cinco pontos em cada área do conhecimento. Já em relação ao aproveitamento com base no histórico escolar, serão utilizadas as médias das séries anteriores, por área de conhecimento, e os resultados nos simulados coordenados pela SEC.

O aproveitamento parcial pode ser utilizado pelos estudantes que não alcançarem o aproveitamento integral em uma das alternativas. Neste caso, a portaria autoriza compor os resultados parciais de diferentes exames ou certificações, por exemplo, aproveitar a pontuação em uma área de conhecimento a partir do ENEM, de duas áreas de conhecimento a partir da CPA e de uma área de conhecimento a partir dos simulados aplicados pela escola.(Forte na Notícia)