Na tarde da última quarta-feira (20), o plenário da Câmara Municipal de Ilhéus recebeu diversos trabalhadores de transportes por aplicativo que assistiram a aprovação do Projeto de Lei 090/2019, que a partir de agora, vai disciplinar a prestação do Serviço de Transporte Individual Privado de Passageiros Baseado em Tecnologia de Comunicação em Rede no município de Ilhéus, nos termos da lei federal nº 13.640/2018. O PL é de autoria do vereador Ivo Evangelista.

Vários encontros e reuniões com motoristas de diversos aplicativos ocorreram na Câmara com o objetivo de discutir o conteúdo do Projeto de Lei, cujo objetivo é regulamentar a utilização do serviço no município. Os participantes puderam ouvir os artigos da lei, que versam sobre direitos e obrigações dos profissionais, bem como opinaram sobre a continuidade ou não de alguns tópicos da lei. Ilhéus conta hoje com os aplicativos 99, Uber e Urbanos.

De acordo com o vereador Ivo Evangelista, “A grande vitória deste projeto encontra-se no fato de ele ter sido feito através da união entre Poder Legislativo e trabalhadores. Agora esses pais de família vão trabalhar regulamentados por lei e terão direitos e obrigações a cumprir para com o município”. O representante dos motoristas de aplicativo, Ronaldo Prata, utilizou a tribuna para destacar a importância das reuniões que foram realizadas e agradecer o empenho do Legislativo em aprovar essa lei que vai garantir o pleno funcionamento do serviço prestado por eles.

Para a lei, definem-se como empresas de operação de serviços de transporte aquelas que disponibilizam e operam aplicativos on-line de agenciamento de viagens para conectar passageiros a prestadores do serviço de transporte regulamentado na lei. Tais empresas serão fiscalizadas pela Sutran, que também irá determinar os pontos de embarque e desembarque próximo de eventos e shows. A lei destaca que o aplicativo de acesso e solicitação do serviço deve ser adaptado de modo a possibilitar sua plena utilização por pessoa com deficiência, sendo vedada a cobrança de qualquer valor e encargo adicional pela prestação do serviço. O PL segue para análise e posterior sanção do Executivo Municipal. (Reclame Boca)


O concurso público da Polícia Militar prorrogou o prazo de encerramento das inscrições e agora elas podem ser realizadas até 20 de dezembro. Os prazos de solicitação para correção de eventuais erros de digitação no comprovante de inscrição também foram alterados. As informações estão disponíveis no site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC).

Outra mudança é que o limite de idade para os candidatos que desejam disputar as especialidades de Médico e Odontólogo também foi retirado. A idade mínima é de 18 anos. O edital foi alterado pela Secretaria de Administração do Estado da Bahia (Saeb) após recomendação do Ministério Público Estadual.


Mais uma rua do distrito de Taboquinhas, em Itacaré, foi beneficiada com o serviço de pavimentação. A Prefeitura de Itacaré concluiu esta semana o serviço de da pavimentação com pisos intertravados e paralelepípedo da Rua Beira Rio, com a proposta de garantir muito mais dignidade para os moradores e uma melhor qualidade de vida para a comunidade.

Os serviços foram realizados com recursos próprios. A pavimentação à princípio foi realizada em paralelepípedos nas gestões anteriores e não chegou a ser concluída, mas agora a Prefeitura de Itacaré concluiu complementando o calçamento, deixando o local ainda mais bonito.

O prefeito Antônio de Anízio informou que a proposta é continuar o trabalho de realizar cada vez mais obras em todo o município. Somente na atual gestão já foram realizadas em Taboquinhas as obras de pavimentação de diversas ruas do bairro da Portelinha, Rua do Comércio, João Coutinho, recuperação da Rua São Roque, além da urbanização da Beira Rio, transformando num espaço de eventos e de esportes.

Na rua Beira Rio é só alegria. E a comunidade já está comemorando a nova obra, com o orgulho de morar numa rua muito melhor e mais bonita. A administração do distrito afirma que outras ruas também serão pavimentadas inclusive nos bairros e comunidades da zona rural.


A Prefeitura de Itacaré, através da Secretaria Municipal de Saúde, iniciou nesta segunda-feira a segunda etapa da campanha de vacinação contra o sarampo, que vai até o dia 30 de novembro. Nessa etapa estão sendo vacinados jovens e adultos na faixa etária de 20 a 29 anos que ainda não foram imunizados contra o sarampo. A orientação é que procurem a unidade de saúde mais próximo de sua residência.

Já no doa 30 de novembro vai acontecer o dia de mobilização nacional, o chamado de Dia D de vacinação contra o sarampo. Para isso a Prefeitura de Itacaré estará realizando a vacinação em todas as unidades de saúde do município e também postos volantes em diferentes pontos da cidade e também na zona rural. O objetivo é atender aqueles que não se vacinaram nos dias úteis ou que esqueceram de procurar os postos para a imunização. Paralelo a esse trabalho, a Secretaria Municipal de Saúde também continua com a vacinação volante da zona rural imunizando desde crianças de 6 meses até os adultos de 49 anos.

Seguindo as orientações do Ministério da Saúde, a campanha é de forma seletiva, ou seja, haverá avaliação da situação vacinal e vacinação conforme o calendário vacinal vigente. Nessa faixa etária, homens e mulheres devem ter comprovadamente 2 doses da vacina tríplice viral (SCR ou MMR). Aqueles que não possuem carteira de vacinação, receberão a primeira dose da vacina e deverão comparecer 30 dias depois para receber a segunda dose. Importante ressaltar que o indivíduo só fica devidamente imunizado, após a segunda dose da vacina.

O sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. Sua transmissão ocorre quando o doente tosse, fala, espira ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o sarampo é pela vacina. Em torno de 3 a 5 dias, podem aparecer outros sinais e sintomas, como manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas que, em seguida, se espalham pelo corpo. Após o aparecimento das manchas, a persistência da febre é um sinal de alerta e pode indicar gravidade, principalmente em crianças menores de 5 anos de idade.


Após se envolver em algumas polêmicas no passado, o funkeiro MC Guimê resolveu mudar de vida e foi batizado recentemente em uma igreja evangélica localizada em São Paulo.

No Instagram da Assembléia de Deus Alphaville, templo liderado pela cantora gospel Cassiane e seu marido, Jairo Manhães, o músico apareceu durante a cerimônia para a sua conversão na doutrina.

“Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo”, dizia a postagem feita na rede social da igreja na qual o marido da cantora Lexa estava perto de uma piscina e com trajes brancos.

Diversos internautas comemoraram ver o MC Guimê sendo batizado como evangélico e mandaram mensagens positivas para ele. “Que bom que se rendeu para Deus. Parabéns pela atitude”, comentou uma pessoa na web.

Veja a foto!

Funkeiro se converteu

Fonte: CARAS Digital.


As manchas de óleo que já poluíram mais de 500 praias do litoral nordestino e do Espírito Santo não param de surgir. Nesta sexta-feira (15), uma nova quantidade da substância apareceu em Morro de São Paulo, no baixo-sul do estado.

Por meio de nota, a Marinha do Brasil informou que recebeu uma denúncia nesta manhã da chegada da mancha de óleo e que, por intermédio do Comando do 2° Distrito Naval, fez a remoção do material por volta das 11h. A quantidade retirada pelos militares do Navio Varredor “Aratu” não foi divulgada.

De acordo com o último levantamento do Ibama, a Bahia registrou, até esta quinta (14), 12 praias com manchas de óleo, 145 com vestígios e esparsos, e 63 que haviam sido atingidas, mas não foi observado nada na última revista.

A chegada do petróleo cru no litoral de Morro de São Paulo, em Cairu, inclusive fez com que o número de reservas para o verão caísse em 30%, em comparação com o mesmo período do ano passado. A informação é da Associação Comercial e Empresarial de Cairu. Segundo a associação, a crise política e econômica pela qual passam Argentina e Chile também contribui para a queda nas reservas para o verão.

Segundo a Prefeitura de Cairu, o município conta com 9.418 leitos em 217 hospedarias, espalhadas pelas localidades de Morro de São Paulo, Boipeba, Moreré, Gamboa, Centro, Garapuá e São Sebastião. Informações do Correio


Do Correio da Bahia

O acidente  aéreo que ocorreu em Maraú, no sul da Bahia, teve sua segunda morte confirmada neste sábado (16). Maysa Marques Mussi tinha 27 anos e era irmã de Marcela Brandão Elias, também vítima fatal da tragédia que deixou outros oito feridos.

A informação da morte foi confirmada pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), por volta das 22h. Por meio de nota, a pasta informou que a sobrevivente foi transferida do Hospital do Subúrbio, onde estava internada, para o Hospital Geral do Estado (HGE) nesta tarde, “no entanto, a paciente veio a falecer por volta das 21h30. Oito pacientes permanecem internados. A unidade estadual é referência em trauma e um dos poucos equipamentos do Brasil dotados de centro cirúrgico e UTI especializados no atendimento a vítimas de queimaduras”.

Maysa era uma das pacientes em estado mais grave entre os sobreviventes e não resistiu à transferência de unidade hospitalar. Todos os outros oito sobreviventes também estão em estado grave. Estavam no bimotor Cesna Citation 550 de Prefixo PT-LTJ Eduardo Trajano Elias, Marcela Brandão Elias e Eduardo Brandão (de 6 anos e filho do casal), o ex-piloto de Stockcar Tuka Rocha, que teve 80% do corpo queimado, além de Maysa Mussi, esposa de Eduardo Mussi, também ocupante do avião e irmão do deputado federal licenciado Guilherme Mussi (PP-SP), Marcelo Constantino Alves, Marie Cavelan, Fernando Oliveira e Aires Napoleão Guerra, piloto do avião, que caiu nesta quinta-feira (14).

Todos os feridos estão em estado grave e a maior parte deles está sob efeito de sedativos, por causa da forte dor que sentem no corpo, e alguns chegaram a precisar de anestesia geral para que a equipe médica pudesse fazer o processo de limpeza e curativos. Maysa casou em meados de agosto com Eduardo, em um resort de luxo em Itacaré. O casal não tem filhos.

Embora tenha morrido ainda no local do acidente, o corpo de Marcela Elias segue no Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Ilhéus, onde aguarda reconhecimento. Como ela foi carbonizada, o processo de identificação deve ocorrer através de comparação de arcada dentária. Uma dentista legal aguarda alguns documentos solicitados à família, como prontuários de dentistas, fotos que mostrem o sorriso da vítima ou laudos médicos.