A Assembleia Legislativa da Bahia aprovou por unanimidade, no dia 29 de dezembro, o reajuste dos salários do governador da Bahia Rui Costa (PT), do vice João Leão (PP), dos deputados estaduais e secretários. Com a decisão, os salários dos parlamentares baianos passarão dos atuais R$ 20.042,44 para R$ 25.322,53. O valor, que passou a valer desde o dia 1º de janeiro, representa um impacto de mais de R$ 20,5 milhões aos cofres baianos. O governador Rui Costa receberá, mensalmente, cerca de R$ 22 mil, enquanto o vice-governador e os secretários, na mesma época, passarão a receber quase R$ 19 mil. Também foi aprovado por unanimidade pelos deputados um projeto que garante segurança e motorista para os ex-governadores do Estado.


As inscrições para a primeira edição de 2016 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) começarão no dia 11 de janeiro e seguem até 14 de janeiro. O programa oferece vagas de ensino superior e instituição públicas para os estudantes que fizeram a edição deste ano do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Para participar, os candidatos precisam ter obtido nota acima de 0 na prova de redação. De acordo com o Ministério da Educação, nesta primeira edição, o Sisu oferecerá 228 mil vagas, em 131 instituições públicas de ensino superior. As inscrições devem ser feitas, exclusivamente, pelo site do Sisu. O resultado da primeira chamada será divulgado em 18 de janeiro. (Bahia Notícias)


Moradores de rua da cidade de Porto Seguro foram recolhidos e, em um ônibus mandados para outros municípios baianos. De acordo com informações, na tarde de terça-feira (29), dois ônibus lotados de moradores de Porto Seguro chegaram ao centro de Camacan.
Alguns moradores acreditam terem sido retirados pela administração pública como uma forma de “limpeza”,  quando diversos turistas visitam a cidade. (Verdinho)


A coordenadora de eventos Stela Adamo de Almeida, 34 anos, acusada de atropelar e matar uma turista em Porto Seguro, no Extremo Sul da Bahia, disse não lembrar do que aconteceu no momento do acidente. Ela foi ouvida nesta quarta-feira (30) pela Polícia Civil.
Segundo o titular da Delegacia de Proteção ao Turista de Porto Seguro (Deltur), Rafael Zanini, a mulher disse que perdeu o controle do veículo, mas não soube informar o que poderia ter provocado o acidente. “Ela estava muito nervosa durante o depoimento, muito emocionada, e disse ter tido um lapso de memória. Não lembrava do que aconteceu”, contou o delegado.
Ainda segundo ele, foi solicitado um exame de alcoolemia “mas testemunhas disseram que ela não parecia estar alcoolizada, apenas nervosa logo após o acidente”, afirmou Zanini.
Stela foi encaminhada para a 1ª Delegacia de Porto Seguro e terá que pagar uma fiança de R$ 8 mil para deixar a carceragem da delegacia. Ela trabalha na produção de eventos da empresa Congrega Bahia, que fica em Porto Seguro, e estava voltando de uma almoço, em Trancoso, quando perdeu o controle do carro.
 
Turistas aguardavam por amigo no momento do acidente
Gabriele Linhares Lima, 23 anos, é natural de Brasília, mas estava em Porto Seguro desde o último domingo (27), quando ela e um grupo de amigos alugaram duas casas em Arraial da Ajuda.
Na terça-feira (29), parte do grupo de amigos fizeram uma festa em uma das casas.Gabriele e o namorado dela, Joelmo Dantas, participaram do vento e, por volta das 16h, resolveram voltar para a onde estavam hospedados.
De acordo com o delegado Zanini, o casal saiu do imóvel e ficou aguardando por um outro amigo. Neste momento, Stela surgiu em um veículo Fiat Doblô desgovernados e atropelou Gabriele e Joelmo. O rapaz teve ferimentos leves. A turista ficou gravemente ferida, foi socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, mas morreu antes de chegar ao hospital. (Verdinho de Itabuna)

O governador Rui Costa sancionou a lei que amplia o Prêmio por Desempenho Policial (PDP), em decisão publicada na edição desta quarta-feira (30) do Diário Oficial do Estado. Com a mudança, a gratificação passa a ser paga duas vezes no ano a partir de 2016, em abril e outubro. Os policiais civis e militares que atingirem as metas para reduzir a taxa de violência da área onde atuam irão receber o PDP. Antes, o pagamento era feito só se a meta fosse atingida em todo o estado.

O prêmio, com as novas regras, será distribuído da seguinte forma: 50% estão garantidos se a Áreas Integradas de Segurança Pública (Aisp) em que o policial atuar atingir a meta ou reduzir homicídios; 25% se a Regiões Integradas de Segurança Pública (Risp) cumprir a meta; e os outros 25% se todo o estado cumprir a meta.

No início do mês, o governador explicou a mudança, citando Feira de Santana como exemplo – na cidade, a taxa de redução de crimes violentos foi de 25%. “Se continuasse a lei atual, eles (policiais) não receberiam premiação em abril de 2016. Por quê? Porque o estado da Bahia não vai alcançar a meta (6%), apesar de todo o esforço que eles fizeram. Estamos mudando a lei para possibilitar que eles recebam o pagamento e, portanto, a partir de agora, com a aprovação deste projeto de lei, já em abril, nós faremos o pagamento relativo a 2015”

“Tenho certeza de que essas mudanças, além de valorizar o trabalho do policial, incentivarão na redução dos crimes contra a vida”, afirma o secretário da Segurança Pública (SSP), Maurício Barbosa.

Como funciona
As Áreas Integradas de Segurança Pública (Aisps), que hoje só recebem o prêmio se o estado inteiro também alcançar a meta, poderão receber até 75% da gratificação mesmo sem o estado atingir o objetivo global.

Caso a Aisp alcance a redução, estabelecida para a sua circunscrição, já garante 50% do prêmio. Se pertencer a uma Região Integrada de Segurança Pública (Risp) que também bateu a própria meta, recebe mais 25%, totalizando 75%. E caso o estado também ultrapasse a meta estabelecida, então a Aisp receberá o prêmio integral (100%).

No caso das Risps, também há mudanças. A Risp que bater a própria meta já garante 50% da gratificação. Se mais da metade das Aisps que compõem a Risp também bater a meta, terá direito a mais 25 %. Para fazer jus a 100%, será necessário que o estado também alcance a meta.

Outro aspecto é que a nova lei dará destaque maior aos servidores que atuam nas sedes das Risps integradas, a exemplo dos comandos regionais da PM e coordenações regionais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O prêmio passará da faixa 3 para a 2 de gratificação.

Também haverá alteração na distribuição da premiação entre as Aisps que alcançarem a faixa maior de gratificação, de acordo com a região. Antes eram contempladas seis no ranking do estado, seis do interior e seis de Salvador e Região Metropolitana. Agora, serão dez Aisps contempladas no ranking do estado, quatro no interior e quatro em Salvador e área metropolitana.

De acordo com o superintendente de Gestão Integrada da Secretaria da Segurança Pública (SSP), André Oliveira, haverá um processo de transição, com todas as alterações já sendo aplicadas ao desempenho obtido em 2015, com gratificação paga em abril de 2016, porém, ainda sem adotar o item da semestralidade. O pagamento seguinte será, no segundo semestre de 2016, relativo à produtividade dos primeiros seis meses do ano. Também para o segundo semestre, o prêmio será pago com reajuste, de acordo com a tabela do IPCA.


A justiça determinou o afastamento da Prefeita de Jequié, Tânia Britto, o mandado de número 141.2015009450-5 foi expedido pelo juiz Glauco Dainese de Campos. O afastamento da Prefeita do cargo de chefe do executivo foi motivado pelo crime de improbidade administrativa. A liminar concedida pela justiça tem validade de 120 dias, período em que serão investigadas as contas da Prefeita, por que a justiça entendeu que a Prefeita Tânia Britto permanecendo no cargo poderia atrapalhar as investigações. Será feita uma investigação nas contas da Prefeitura de Jequié para tentar descobrir os supostos esquemas de corrupção. Os advogados de defesa podem entrar com um pedido de cassação da liminar e a prefeita retornar ao cargo a qualquer momento. Nesta terça feira (29), já assume o cargo pela primeira vez, o vice prefeito Sérgio da Gameleira. *Informações do blog Jr. Mascote.


Policiais Militares da 55ª CIPM/Ipiaú e do 19º BPM/Jequié, integrantes da Operação Verão na praia de Barra Grande, município de Maraú, após rondas abordaram dois homens suspeitos a bordo de um veículo, no início da tarde desta segunda-feira (28). Ao realizar uma busca no automóvel os policiais encontraram duas armas de fogo, sendo uma Pistola calibre .380 e um revólver calibre .38. Os envolvidos, identificados como João Pereira de Melo (40) e Bruno Fernandes Melo (28),  bem como o material apreendido foram apresentados na Delegacia local. A dupla é natural de Brasília-DF. *Informações do Ocorrência Policial.
A dupla está presa na delegacia de Maraú.