Os supermercados de Ilhéus sentiram bastante a inauguração do Assaí Atacadista, empresa que chegou à cidade no segundo semestre do ano.O Blog do Gusmão conversou com alguns gerentes de supermercados e eles esperavam cerca de 30% de diminuição no faturamento, mas segundo informações, alguns chegaram a 45% de diminuição. A queda foi maior nos supermercados que estão na Zona Sul.

Alguns deles têm feito muitas promoções, com cartazes visíveis como os da imagem acima. No último fim de semana, o Blog do Gusmão esteve num desses supermercados e notou que para um dia de sábado o movimento era incomum. Os caixas estavam com todos os funcionários, mas o número de clientes era baixo. Muitos funcionários estão com medo de perder o emprego.

À medida que o tempo passa, o Assaí tem subido os preços, a diferença entre os valores cobrados pela rede atacadista e pelos supermercados já não é tão acentuada como na inauguração. Contudo, alguns produtos continuam com diferença considerável, como a exemplo da manteiga Davaca, que no GBarbosa e Meira custa R$18 e no Assaí sai por R$ 13.(Fonte: Blog do Gusmão).


Motoristas que fizerem transporte escolar não autorizado e transporte remunerado irregular de pessoas ou bens passam a cometer infração gravíssima. Para transporte escolar sem licença, a infração era considerada grave. Agora, além de ser gravíssima, terá a multa multiplicado por 5 e leva 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), além de prever a remoção do veículo. Com a mudança, o valor cobrado passa de R$ 195,23 para R$ 1.467,37. Para o transporte remunerado irregular, de pessoas ou bens, a infração passou de média para gravíssima, também com remoção do veículo, e 7 pontos na CNH. A multa sobe de sobe R$ 130,16 para R$ 293,47. Atualmente tramita no Congresso um projeto que prevê alterações profundas no Código de Trânsito Brasileiro, proposto pelo presidente Jair Bolsonaro. Entre as mudanças sugeridas está o fim da multa para o transporte da criança sem cadeirinha.


A Caixa Econômica Federal começa a liberar nesta quarta-feira (9) os saques de até R$ 500 do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para correntistas do banco nascidos entre setembro e dezembro. Segundo a Caixa, serão liberados aproximadamente R$ 5 bilhões para cerca de 12 milhões de pessoas.

O dinheiro das contas ativas e inativas será depositado automaticamente para quem tem conta poupança individual da Caixa. Para quem tem conta corrente individual, conjunta ou fácil e conta poupança conjunta, o crédito automático ocorrerá apenas se esses correntistas fizeram a autorização até o dia 4 de outubro. A liberação antecipada vale somente para contas abertas na Caixa até o dia 24 de julho deste ano.


Longe das telinhas, mas presente nas redes sociais, Bianca Bin chamou atenção na última segunda-feira (7) ao convocar suas seguidoras para um momento especial: um ritual com o sangue de sua menstruação. De biquíni, a atriz compartilhou um clique com os fãs segurando um pote que continha a sua menstruação do mês e fez um pedido. “Agora um chamado para você, mulher: plante sua lua”, escreveu. A prática consiste em diluir o sangue com água e aplicar nas plantas. Em entrevista para a revista Glamour em 2017, Bianca falou abertamente sobre a técnica e a celebração do corpo feminino e explicou como funciona. “Plantar a lua é devolver o sangue para a terra. Uso o coletor menstrual e coloco o sangue nas plantas, diluído em água. É uma forma de fechar o ciclo. Isso mudou minha relação com meu corpo e com me entender mulher. O universo é uma grande potência feminina e é com essa força que busco me conectar sempre”, disse. A atriz revelou que quando jovem sentiu vergonha da sua menstruação e com o tempo aprendeu a amar seu corpo e sua natureza. “Sempre agradeço por esse sagrado feminino e planto a minha lua”. (Bahia.Ba)


A Polícia Militar da Bahia (PM-BA) decidiu, em assembleia da categoria realizada nesta terça-feira (8), decretar greve em todo o estado. De acordo com o deputado estadual Soldado Prisco (PSC), que conduz o movimento, a mobilização deflagrada, chamada de “segurança por segurança”, conta com a adesão de 10 mil policiais que votaram por unanimidade pela greve. A Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) nega a existência de um movimento paredista e trata a mobilização como um “pequeno movimento”. “Vocês que estão nos quartéis, fiquem nos quartéis, pois não tem segurança para você na rua”, declarou Prisco em vídeo compartilhado nas redes sociais. O deputado estadual conclamou os policiais a aderirem ao movimento e permanecerem na sede da Associação Desportiva e Cultural da Coelba (Adelba). Os policiais reivindicam, entre outros pontos, melhorias do Planserv, reforma do estatuto, reajuste do auxílio alimentação, um novo plano de carreira e Isenção de ICMS para aquisição de arma de fogo. Na última semana, o comandante-geral da PM, Anselmo Brandão, negou o movimento. Sobre a possibilidade de greve por parte da PM-BA, Brandão amenizou e disse que “não somos irresponsáveis para parar uma cidade por causa de pauta que sequer a gente analisa”, ao se referir os pleitos sobre Planserv e RH Bahia de grupos de profissionais de segurança pública. A SSP-BA deve encaminhar nota sobre o assunto nos próximos minutos. (BN)


A cidade de Canavieiras terá mais uma moeda circulando no comércio local, além do real, a partir de 2020: é a moex, uma moeda criada por pescadores e marisqueiros que vivem na Reserva Extrativista (Resex) de Canavieiras – uma unidade de conservação federal – e que promete gerar mais renda. A moex segue o modelo de moedas sociais que existem no Brasil desde a criação do Banco Palmas (no Ceará, em 1998), pioneiro no sistema de bancos comunitários no país e autorizado pelo Banco Central do Brasil (BC). Em Canavieiras, a instituição financeira responsável pela moex, cujo valor é equiparado ao do real, é o Bamex, que também tem autorização do BC. O banco comunitário foi criado pela Associação Mãe da Reserva Extrativista de Canavieiras (Amex), em parceria com a Universidade Federal da Bahia (Ufba), responsável pelo treinamento de pessoal e impressão de 40 mil cédulas, com os valores de 50 centavos, 5 moex e 10 moex. A moex será a moeda principal de um empório do pescado e de produtos utilizados na atividade pesqueira, a ser gerido pela Rede de Mulheres (pescadoras e marisqueiras), criada em 2009 para levar mais informações sobre saúde e direitos das mulheres àquelas que sobrevivem da atividade na reserva extrativista.


Índios fecham a ponte Ilhéus-Pontal em protesto contra a qualidade do transporte e das estradas 1

Na manhã dessa segunda-feira (07), a ponte Ilhéus-Pontal foi fechada em protesto feito pela população indígena da região de Sapucaeira, do município de Ilhéus, que cobram execução das obras emergenciais de melhorias na estrada.

A estrada encontra-se em estado de precariedade, sem asfalto, sem sinalização e sem estrutura necessária à circulação de veículos, o que proporciona o aparecimento de buracos e lamaçais. Por conta desses problemas, há constantes acidentes, impedindo o tráfego na região e colocando a segurança dos usuários em risco. Fonte: Ilhéus.Net