O ministro da Educação, Rossieli Soares, afirmou nesta segunda-feira (6), que um novo modelo do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) poderá ser apresentado ainda em 2018. De acordo com o ministro, o formato dependerá da aprovação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do ensino médio, que está em discussão no Conselho Nacional de Educação (CNE). Segundo Soares, as mudanças devem começar a ser aplicadas apenas após 2020. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) estuda atualmente como será a nova avaliação. A mudança será feita a partir da BNCC, que define o conteúdo mínimo que deverá ser ensinado em todas as escolas do país. Uma possibilidade é que haja modelos diferentes de provas para avaliar os itinerários formativos estabelecidos no novo ensino médio. (Estadão)


Os motoristas que estacionaram no centro da cidade de Itabuna, nesta segunda-feira (6), não pagaram pela zona azul. A taxa deixou de ser cobrada após determinação da Justiça do estado. A decisão foi deferida no dia 18 de julho, mas a empresa que administrava o serviço, Dom Parking, só suspendeu a atividade nesta segunda. Por conta da parada, cerca de 20 funcionários foram demitidos e outros receberam férias coletivas. A Justiça determinou a suspensão da cobrança após a Prefeitura de Itabuna decretar o fim do contrato com a Dom Parking e a empresa recorrer da decisão. O decreto da Prefeitura foi publicado no dia 10 de maio. No entanto, no dia 25 do mesmo mês, a 1ª Vara da Fazenda Pública concedeu uma liminar para que a empresa voltasse a operar, mas, em julho, a Justiça determinou a suspensão.
A empresa foi notificada no dia 31 de julho, mas ainda cobrou pelo estacionamento até o último sábado (4). nesta segunda, muitos motoristas foram pegos de surpresa com a falta da cobrança. Em contato com a reportagem, a empresa Dom Parking informou que recorreu da decisão da Justiça, mas não comentou sobre as demissões. A empresa começou a atuar na cidade em 2014 pra explorar o sistema de estacionamento no centro. Ao estacionar em uma vaga, o motorista tinha dez minutos de tolerância para permanecer no local sem precisar pagar. Caso ultrapassasse esse tempo, precisaria comprar créditos com um monitor da empresa. Para os carros, o valor era de R$ 2 por hora. *Informações do G1

Uma baleia jubarte foi encontrada morta na praia de Saquaíra, na península de Maraú. O animal foi empurrado pelas ondas até a areia da praia e foi encontrado por moradores e banhistas. Ainda não há detalhes sobre o animal, se ele estaria ferido, nem o que teria causado a morte. Os moradores não souberam informar se a baleia morreu após encalhar. Este não é o primeiro caso de baleia encontrada morta em praias da península. Os encalhes de jubarte são comuns no litoral brasileiro entre julho e outubro, pois é a época em que os animais costumam migrar das Ilhas Geórgia do Sul para o litoral sul da Bahia, em busca de água quente para reprodução. *Informações do Barra Grande 24 horas


Os trabalhadores com menos de 60 anos que têm direito à cota do PIS/Pasep voltam a receber o dinheiro nesta quarta-feira (8). O dinheiro cairá na conta de quem trabalhou com carteira assinada ou foi servidor público entre 1971 e 4 de outubro de 1988 e é cliente da Caixa ou do Banco do Brasil. O saque do benefício ficou bloqueado por mais de 30 dias para que fosse aplicada a correção aos valores. Quem sacar o dinheiro agora receberá com reajuste de 8,9741%. Segundo o Ministério do Planejamento, somente esses correntistas têm direito aos R$ 5 bilhões.
No dia 14, o dinheiro será liberado para cotistas que não são clientes dos bancos e têm menos de 60 anos. A Caixa é a responsável pelo pagamento do PIS. Para fazer a consulta, o trabalhador pode acessar o site www.caixa.gov.br/cotaspis. Servidores recebem o Pasep no Banco do Brasil. A consulta é feita em www.bb.com.br/pasep ou nos caixas eletrônicos. No caso do PIS, é possível saber os valores. Já no do Pasep, a consulta mostra apenas se há direito ou não. Quem tem até R$ 1.500 de PIS para receber pode ir ao caixa eletrônico com a senha do Cartão do Cidadão. Nas lotéricas, é preciso ter senha, cartão e documento com foto. Saques até R$ 3.000 podem ser feitos com Cartão do Cidadão, senha e documento em todas as unidades. Valores acima de R$ 3.000 só saem em agências. *Folha de São Paulo

Nem sempre quem ganha na loteria retira o prêmio. É o que mostra o último balanço da Caixa Econômica referente ao 1º semestre deste ano. No total, deixaram de ser resgatados R$ 150,3 milhões de janeiro a junho em prêmios pelas Loterias Caixa. Somados, os valores não retirados só em primeiros semestres nos últimos 5 anos pelos ganhadores da Mega-Sena, Lotofácil, Quina, Lotomania, Timemania, Dupla Sena, Loteca, Lotogol e Federal chegaram a R$ 740,25 milhões. Em todo o ano passado, R$ 326 milhões deixaram de ser resgatados, valor equivale a cerca de 8% dos mais de R$ 4,2 bilhões ofertados em prêmios pelas Loterias Caixa em 2017. Nos últimos 5 anos, os valores não retirados somam R$ 1,51 bilhão. Os ganhadores de qualquer um dos sorteios da Caixa têm até 90 dias após a data do sorteio para retirar o valor do prêmio. *Com informações do G1.


Os trabalhadores dos Correios podem entrar em greve em todo o país a partir das 22h de amanhã, segundo federações ligadas à categoria. O motivo é a falta de acordo entre os profissionais e a empresa para fechar a convenção coletiva deste ano. Dentre as principais reivindicações dos funcionários da estatal estão reajuste salarial de 5%, mais R$ 300 de aumento. Eles também querem manter o plano de saúde como está e ainda incluir sete exames obrigatórios. Segundo a federação que representa os trabalhadores do órgão,  a empresa não apresentou nem a reposição da inflação para os salários. Até então, a proposta dos Correios é dar um reajuste que corresponde a 60% do que foi pedido pelos funcionários, que tem como base o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo). No ano passado, os profissionais também fizeram greve. Em nota, os Correios disseram que “ainda estão em negociação com as representações sindicais”.  (Giro em Ipiaú)


O cantor Devinho Novaes afirmou que teve uma bolsa com documentos, cartões e dinheiro roubada durante o show que o cantor fez na cidade de Irecê, no norte da Bahia. O desabafo aconteceu pela função ‘Stories’, na conta oficial do cantor pelo Instagram. “É gente, acabamos o show aqui em Irecê e foi o maior sucesso, graças a Deus deu tudo certo, mas infelizmente minha bolsa foi levada do camarim, com documentos, cartões, dinheiro e outras coisas pessoais”, disse o cantor. “As únicas coisas que tinha era perfumes, camisas que eu tinha ganhado também, tinha sapatos, tinha carteira com os documentos e dinheiro também”, completou.
Em seguida, Devinho Novaes continuou o desabafo em mais um stories. “É gente, tou aqui meio atordoado com as coisas que eu perdi hoje. Poxa, é f…, eu cantando no palco e do nada minha bolsa some no camarim, documentos, cartões”. “Cara é porque eu não tou nem preocupado com o dinheiro que tinha na carteira. Estou preocupado com os documentos, minha identidade, meus cartões também. Isso me deixa muito triste, f…”, lamentou. De acordo com a Polícia Civil, o produtor do cantor compareceu na Delegacia de Irecê na manhã deste sábado e prestou queixa. O produtor afirmou que o artista deu falta da bolsa por volta das 5h. Segundo informações da Polícia Civil, estão sendo realizadas diligências em busca dos pertences do cantor e do autor do crime. *Informações do G1