Os vereadores aprovaram o Projeto de Lei 032/2018, de autoria do Executivo, que tramitou em regime de urgência, tendo apenas uma votação. A lei institui o Novo Programa de recuperação Fiscal – REFIS, no município.

O projeto foi analisado pela Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final e Comissão de Finanças e Orçamento, tendo o parecer favorável de ambas e aprovado por unanimidade em plenário.


Este ano, pela primeira vez, o horário de verão começará em novembro, logo após as eleições 2018, e terá 21 dias a menos em relação ao ano anterior. A mudança foi determinada pelo presidente Michel Temer a pedido do Tribunal Superior Eleitoral, com o objetivo de facilitar na apuração dos votos, já que não haverá diferença tão extensa de fusos horários no país. Com a nova data, o horário de verão começará no dia 4 de novembro e se encerrará no terceiro domingo de fevereiro, dia 16, e com isso, terá 21 dias a menos em relação ao período em 2017. Os relógios serão adiantados em uma hora em Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, e no Distrito Federal. Durante o horário de verão mais longos são os dias e, com isso, as pessoas e empresas podem aproveitar mais a luz do dia sem ter que recorrer à energia elétrica. É por conta disso que a alteração não vigora nos Estados do Norte e Nordeste.


Itacaré será um dos destaques livro “As melhores histórias dos projetos de leitura – Volume 10”, uma iniciativa do professor Laé de Souza que traz crônicas e histórias infantis escritas por alunos da Rede Pública de Ensino, de várias regiões do Brasil, que participaram de um projeto de leitura em 2018 e tiveram os seus textos selecionados para compor a obra. Além de contar com nove alunos da rede municipal de ensino de Itacaré que terão seus textos publicados na obra, a cidade ainda foi escolhida para ser a capa do livro.

O lançamento do livro “As melhores histórias dos projetos de leitura -vol. 10” será no próximo dia 25 de setembro, às 14 horas, no auditório Waly Salomão da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, em Jequié. E Itacaré vai participar com uma delegação composta dos alunos que farão parte da obra, professores, diretores das unidades escolares e a equipe da Secretaria Municipal de Educação que desenvolveu a iniciativa no município. O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, parabenizou os estudantes selecionados para compor a obra e todos os participantes do projeto que elaboraram seus textos, destacando a importância da iniciativa como forma de incentivar cada vez mais a leitura e a aprendizagem.

O Projeto de Leitura de autoria do professor Laé de Souza acontece nas escolas da rede municipal de Itacaré desde o ano passado, com textos dos estudantes publicados em livros. Em 2018 foram 1.565 títulos para alunos do 3º ao 5º ano e 1.454 títulos do 6º ao 9º ano e EJA, totalizando 13 escolas participantes e 3.019 livros entregues gratuitamente. As escolas que participaram do projeto foram o Centro Educacional de Itacaré, Escola Municipal Nova, Escola Maria Benjamina da Cruz, Escola José Carlos Arrute Reis, Projeto Pancada grande, Escola Sebastião Aprígio, Escola Dr. José Cruz, Instituto Municipal Paulo Souto, Grupo Bom Jesus, Escola Oscar Moreira, Escola Dr. Manoel Castro e Escola Antônio Raimundo dos Santos.

Dessas escolas participantes, os finalistas e os textos selecionados para fazerem parte da coletânea “As melhores histórias dos projetos de leitura Vol 10” foram: Rane Santos Silva, Mayra Serra de Oliveira, Camilly Marley Lopes Torres, Raylane Santos e Santos e Mariana Sampaio, do Instituto Municipal Governador Paulo Ganem Souto; Ana Regina de Jesus Santos, da Escola Municipal Maria Benjamina da Cruz; Lilaliz dos Santos Silva, da Escola Padre Edigard dos Santos Torres; Iris Vitória Caldas, do Centro Educacional de Itacaré; e Ariely da Cruz de Jesus, da Escola Sebastião Aprígio José Santos

A obra, é uma das etapas do projeto “Ler é Bom, Experimente!”, patrocinado pelo Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre, em que os alunos realizaram várias atividades a partir da leitura. O projeto é desenvolvido em todo o país, há 18 anos, pelo Grupo Projetos de Leitura, com o apoio do Ministério da Cultura. Baiano radicado em São Paulo há mais de 40 anos, Laé de Souza é cronista, dramaturgo, produtor cultural, bacharel em Direito e Administração de Empresas, autor de vários projetos de incentivo à leitura e de livros infantis, juvenis e adultos.


Seguindo o fluxo nacional, Itacaré terá a sua representação no dia 29, sábado, com concentração às 18h na Quadra da Pituba. Vamos usar o poder revolucionário feminino!


Seguindo o fluxo nacional, Itacaré terá a sua representação no dia 29, sábado, com concentração às 18h na Quadra da Pituba. Vamos usar o poder revolucionário feminino!
Este evento é organizado pela união da mulheres de Itacaré, de todos os grupos, segmentos e origens. E convidamos a todos para se juntar a nós nesse grito por respeito, evolução e amor! Vocês que são contra a proposta de governo do então candidato à presidência que prega ódio, armamento, racismo, homofobia e machismo: JUNTEM-SE A NÓS!

29 de setembro | 18h | Concentração Quadra da Pituba
*Haverá reuniões antes do evento para articulação.
#Elenão #Elenunca #Elejamais✊🏿✊🏿✊🏿


A pouco menos de um mês das eleições, 13% dos eleitores se dizem dispostos a anular seu voto ou votar em branco para presidente, segundo pesquisa Datafolha divulgada na última sexta-feira (14). Dos que optam pelo voto nulo ou branco, 61% dizem que não mudarão de opinião. O índice é bem superior ao encontrado em pesquisas Datafolha feitas cerca de um mês antes das eleições de 2014, 2010, 2006 e 2002 — era 6% em 2014 e 4% nas demais.
Se seguir o exemplo dos dois últimos pleitos, a parcela de quem não vai optar por nenhum candidato ainda pode ser mais expressiva nas urnas: em 2014, 9,6% dos eleitores de fato anularam ou votaram em branco. Em 2010, foram 7%. O voto nulo e branco também só não perde em convicção, nas últimas pesquisas, para os votos declarados em Jair Bolsonaro (PSL) e em Fernando Haddad (PT). No levantamento divulgado na sexta, 75% e 72% diziam estar “totalmente decididos” a votar nesses candidatos, respectivamente.

Um homem de 51 anos morreu após se afogar em uma praia de Ilhéus, no último domingo (16). De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, que atuou na ocorrência, o caso aconteceu por volta das 11h30, na Praia do Sul, no fundo da Pousada Ecológica, após a Praia do Cururupe, zona sul de Ilhéus. A vítima, identificada como Ildimar Alves de França, natural de Buerarema, estava com um grupo da Igreja Adventista do 7° Dia, quando entrou no mar e se afogou. Além do Corpo de Bombeiros, uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local, mas não foi possível reanimar a vítima. O corpo de Ildimar foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT), onde será periciado. *As informações são do G1


O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) publicou portaria nesta sexta-feira (14) no qual autoriza a isenção da taxa para serviços de renovação de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e mudança na categoria a profissionais dos órgãos de segurança pública que exercem a função de motorista ou motociclista de viatura. Conforme a publicação, estão incluídos a Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Ferroviária Federal, Polícia Civil, Polícia Militar da Bahia e Corpo de Bombeiros Militar da Bahia.
Eles serão inscritos no Sistema de Registro Nacional de Carteiras de Habilitação (Renach), através de formulários próprios, após o envio de documento físico e lógico pelos órgãos de segurança correspondentes a corporação. Os órgãos de segurança pública serão responsáveis pelo o envio de relação nominal e arquivo lógico dos profissionais que terão direito a isenção da taxa de serviço, com as informações sobre o tipo de serviço, nome, RG, CPF e matrícula funcional, para a Diretoria de Habilitação, até o quinto dia útil de cada mês. *Do Bahia Notícias