O dia seguinte da eleição municipal, não foi suficiente para comemorar tamanha alegria. “Foi preciso comemorar a semana toda!” afirma uma eleitora de Suka. Durante toda semana a prefeita eleita e seu vice realizaram visitas aos distritos, passeata e carreta pela cidade e neste domingo (9) fechou seu ciclo de comemorações.

festa-suka-e-jailton

festa-de-suka5

VISITA A FEIRA LIVRE

Na manhã do desse sábado (8), Suka visitou a feira livre de Ubaitaba para agradecer a população pelo voto de confiança dada a ela e a seu vice, Jailton Araújo, nessa eleições. Na oportunidade a prefeita eleita conversou com os feirantes e falou sobre seus projetos para a feira livre.

suka-agradece-na-feira

CULTO DE AGRADECIMENTO

A prefeita eleita Sueli Carneiro (PSB), Suka, realizou na noite do último sábado (8) um Culto de Agradecimento pela vitória nas eleições municipais.  O evento evangélico, que foi  organizado por Gladstone Menezes da Igreja Santuário da Oração, contou com a presença da cantora Joice Santana e da Banda Santo Groove.

 

A Avenida Walter Passos ficou pequena para tanta alegria, afinal essa vitória tem gostinho de mudança e reacende a chama da esperança nos corações dos menos favorecidos já que o grupo Bêda estava no poder há 16 anos.

FESTA NA PRAÇA CULTURAL

O domingo (9), foi marcado por uma passeata/carreata pelas principais ruas da cidade, e a noite Tony Canabrava, a Rapaziada e Binho Alves fizeram a festa na Praça Cultural.

festa-de-suka-tony2

festa-de-suka-tony
Tony Canabrava foi uma das atrações desse domingo

Em seu discurso, Suka afirmou que a festa era de todos e para todos e que fará um governo para o povo. “Que alegria! Hoje Ubaitaba celebra a vitória do progresso, do nosso povo, da nossa gente… Aproveito a oportunidade para agradecer a cada um dos ubaitabenses que confiaram o voto no nosso projeto. A partir de agora, conclamo a nossa comunidade a construir, junto conosco, a Ubaitaba que queremos. Agradeço a Deus e ao nosso povo por esta oportunidade.” (Ubaitaba.com)

 
Veja mais fotos:
suka-agradece-na-feira4
suka-agradece-na-feira3
suka-agradece-na-feira2
suka-agradece-na-feira5
suka-agradece-na-feira6
festa-de-suka
festa-de-suka2
festa-de-suka3
festa-de-suka4
Fonte: Ubaitaba.com

O candidato a vereador Carlos Alberto Santos Palafoz, o “Azul”, de 58 anos, obteve nas urnas a maior votação eleitoral entre todos os 101 vereadores que concorreram uma das 11 vagas na Câmara Municipal de Vereadores em Itacaré. Azul teve 461 votos o equivalente a (4.12% ) dos votos válidos nessas eleições.

O sistema eleitoral para vereadores, deputados federais, estaduais e distritais (DF) é baseado em voto proporcional. Um exemplo é o candidato a vereador José dos Santos Ribeiro, o “Benildo da Passagem” (PC do B), que em Itacaré foi eleito com 234 votos válidos, enquanto Evilásio Oliveira Bispo, o “Vivi” (PSB) recebeu 245 votos, Rogério Luis de Melo Andres, o Ró Macarrão (DEM) recebeu 242 votos e Breno Oliveira Mato Grosso, o Breno de Kadina (PRB) recebeu 241 votos válidos e não foram eleitos.

Basicamente, esse modelo eleitoral leva em conta os votos acumulados dos partidos e coligações para determinar qual deles possui vagas para vereador. Quanto mais votos um partido ou coligação acumula, mais cadeiras para colocar seus membros ele terá. Isso acontece porque a eleição para vereador obedece a um sistema proporcional. Dessa forma, para conhecer os vereadores eleitos é necessário saber qual partido político foi vitorioso em uma eleição e, a partir daí, definir quais são os parlamentares mais votados dentro de cada agremiação.

A apuração se dá da seguinte forma:
– primeiro é somado os votos válidos tanto daqueles que votaram na legenda (que escolhem apenas o partido, mas não indicam o candidato), quanto os votos nominais (onde há a indicação do candidato escolhido);
– em seguida, é dividido o número de votos válidos pelo número de cadeiras disponíveis na câmara municipal. Em Itacaré, por exemplo, são 11 vereadores eleitos, logo, os 11.414 votos válidos são divididos por 11, o que resultará em 1.037 votos, que é o número mínimo para um partido ou coligação eleger um candidato.

– Se a coligação possui mais de um partido, o cálculo é feito novamente dividindo o número do QE (1.037 votos) pelos votos do partido. Em Itacaré, a coligação “RENOVAR PARA ITACARÉ AVANÇAR”, foi a com maior número de votos. Dividindo pelo QE, elegendo quatro candidatos da coligação: Givaldo da Ambulância (PRB) com 373 votos, Guri (PRB) com 321 votos, Miguel da Matinha (PSB) com 285 votos e Milton Ramos (PSB) com 265 votos. Seguido da coligação “NO CORAÇÃO DO POVO”, que elegeu 03 vereadores Seu Luís (PT) com 325 votos, Canelinha (PEN) com 279 votos e Val do Cacau (PT) com 265 votos. E empatados com dois vereadores a coligação “NÃO VAMOS DESISTIR DE ITACARÉ”, que elegeu o vereador eleito mais votado Pedrão (DEM) com 427 votos e o terceiro mais votado, Dinho (DEM) com 349 votos e fechando a Coligação “UM NOVO RUMO, UMA NOVA HISTORIA”, que elegeu os vereadores Hamilton Paixão (PSDB) com 275 votos e Benildo da Passagem com 234 votos.

Confira a lista completa dos vereadores eleitos em Itacaré.

1º Pedrão (DEM) com 427 votos

2º Givaldo da Ambulância (PRB)  com 373 votos

3º Dinho (DEM) com 349 votos

4º Seu Luís (PT) com 325 votos

5º Guri (PRB) com 321 votos

6º Miguel da Matinha (PSB) com 285 votos

7º Canelinha (PEN) com 279 votos

8º Hamilton Paixão (PSDB) com 275 votos

9º Milton Ramos (PSB) com 265 votos

10º Val do Cacau (PT) com 265 votos 

11º Benildo da Passagem com 234 votos

Confira a lista completa de votação>

vereadores-eleitos-em-itacare

vereadores-mais-votados-em-itacare

vereadores-mais-votados-em-itacare-02vereadores-mais-votados-em-itacare-03vereadores-mais-votados-em-itacare-04

vereadores-mais-votados-em-itacare-002


A candidata a vereadora em Guajará-Mirim, interior de Rondônia, Edilamar Quintão Pimentel (PTN-RO) descobriu, na última hora, que fez toda a sua campanha com o número errado. A postulante digitou seu número de campanha na urna e verificou que não estava registrado. O número correto da candidata era 19.789, porém os santinhos – com erro de impressão – informavam o número 19.159.

Segundo o 1º Cartório Eleitoral, uma audiência pública foi realizada logo após o deferimento das candidaturas de Guajará-Mirim para resolver possíveis erros e alterações, mas a candidata não compareceu para verificar seu número. Edilamar, que fez toda a sua campanha com um número errado, não conseguirá receber nem o próprio voto. (Verdinho)


Cansado por ter que se dividir durante 45 dias entre a carreira musical e a campanha política, ele está em casa se recuperando, segundo a esposa do cantor, Maria Quitéria.
“Ele teve até febre, por causa do emocional. Ele está em casa desde ontem, comemorou só com a família, ainda não fez festa, nem nada”, disse. Mesmo com a rotina cansativa, ela afirma que a campanha foi tranquila.
Segundo ela, o cantor e agora vereador eleito, não pretende abandonar a carreira artística, mesmo durante o mandato, que vai até 2020. “Meu marido não tem como parar de cantar, não tem como ele abandonar a música, o que ele quer são outras coisas”, completou. (Bocão)

“Meus amigos, venho agradecer a cada um de vocês que acreditou em mim, como melhor opção para o município de Itacaré. Agradeço por cada voto recebido, pelo carinho, por cada abraço, por cada palavra de apoio e incentivo, por sonharem junto comigo de que é possível uma Itacaré melhor. Agradeço a Deus por essa oportunidade e por me manter firme nesse sonho. Grato também a minha família, que me apoiou a todo tempo. Saio dessa campanha me sentindo vitorioso e de cabeça erguida. Desde o início dessa trajetória, venho colhendo bons frutos. Fui o vereador mais jovem da cidade de Itacaré e o mais bem votado nas eleições de 2012 com 513 votos, fui eleito 4 vezes consecutivas como vereador mais atuante do município de Itacaré, sendo condecorado com a medalha Tiradentes por todos esse anos. Em 2014, os deputados Ângela Souza e João Gualberto que apoiei foram os mais bem votados na cidade de Itacaré, graças a confiança que vocês depositaram em mim. Agora, pela primeira vez, me candidatei a prefeito, concorrendo com candidatos de grandes grupos políticos, recebendo 2264 votos. Deixo meu mandato de vereador com muito orgulho, pois dei o meu melhor e continuarei seguindo firme por acreditar que a nossa cidade merece crescer em todos os aspectos. Gostaria de prestar, em especial, meus agradecimentos a todos que trabalharam nessa campanha e por terem se mantido firmes até o final. Tenho orgulho do nosso trabalho, por termos feito uma campanha limpa. Obrigado a todos e que Deus nos abençoe e nos permita permanecer fortes nessa luta por nossa cidade, e desejo sucesso ao candidato eleito”.


Mais de 25 milhões de eleitores (17,58%) não compareceram às urnas para votar no primeiro turno das eleições municipais em todo o país. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o número de faltosos totalizou 25.330.431. No total, 118.755.019 eleitores foram às urnas no dia 2 de outubro. Em Itacaré, apenas 11.414 pessoas compareceram às urnas. O número de abstenções foi de 3.780 eleitores, totalizando 19,58%, o maior registrado nas últimas eleições.


As abstenções somadas aos votos brancos e nulos para prefeito em Itacaré representam 26,16% dos eleitores, segundo os números da apuração divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Ao todo, 3.780 pessoas deixaram de votar neste ano, número que equivale a 19,58% de abstenção, ou seja dos 15.194, apenas 11.414 que equivale a 93,41%. Além disso, 185 pessoas que compareceram às urnas votaram em branco (1,51%) e outros 620 (5,07%) anularam os votos para prefeito. Já para para vereador o números dos eleitores que votaram em Branco 162 (1,33%) e  Nulo 867 (7,10%).

Se comparada com a votação em 2012, os números dos votos brancos caíram passando de 192 para 185. Os votos nulos também caíram, passando de 861 para 620. As abstenções avançaram passando de 2.930 para 3.780. Ou seja, 850 eleitores deixaram de votar, comparando os números deste ano com os de 2012.

Outro dado bastante interessante foi que em 2012 o atual prefeito Jarbas Barbosa (PSB) venceu as eleições com 4.897 votos (48,86%), contra Antônio de Anízio (PC do B) que teve 3.863 votos (38,55%). Ou seja Jarbas, venceu com 1.034 votos de diferença. Já nessa eleições a disputa foi acirrada com a vitória de Antônio de Anízio (PT) pela uma diferença de apenas 387 votos sobre Nego de Saronga (DEM).