Estão abertas as inscrições para a Seleção de Bolsistas dos Projetos de Iniciação à Docência e de Ensino da UESC. São mais de quarenta bolsas para graduandos interessados em colaborar com o Programa de Apoio ao Ensino da universidade. A inscrição deve ser realizada até o dia 18 de julho, no Protocolo Geral da UESC. O atendimento funciona em três horários: entre as 8 e 12 horas, das 13 às 16h e das 18 às 21 horas. O programa oferece bolsa mensal de R$ 250. O edital (acesse aqui) tem a lista de documentos necessários para a inscrição e a relação dos professores responsáveis pelos projetos. A seleção será realizada nos dias 21 e 22 de julho.


O resultado da primeira chamada do Prouni (Programa Universidade para Todos) foi divulgado nesta segunda-feira (13) na página oficial do programa (http://siteprouni.mec.gov.br/). A perda do prazo ou a não comprovação das informações implicará, automaticamente, a reprovação. A lista dos documentos necessários está disponível na internet. O Prouni seleciona estudantes para receber bolsas de estudo em instituições particulares de ensino superior com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Serão ofertadas, no segundo semestre deste ano, 125.442 bolsas – 57.092 integrais e 68.350 parciais, de 50% – em 22.967 cursos de 901 instituições de ensino superior. O resultado da segunda chamada será divulgado no dia 27. Aqueles que não forem selecionados podem ainda participar da lista de espera, de 8 a 11 de julho. (Giro em Ipiaú)


Hoje (10) é o último dia para se inscrever no Programa Universidade para Todos (ProUni). O programa seleciona estudantes para receber bolsas de estudo em instituições particulares de ensino superior com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As inscrições podem ser feitas pela internet, no site do ProUni, até as 23h59, no horário de Brasília.

Serão ofertadas, no segundo semestre deste ano, 125.442 bolsas – 57.092 integrais e 68.350 parciais – em 22.967 cursos de 901 instituições de ensino superior.

O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 13 deste mês. Os cursos de administração, com 12.500 vagas, direito, 8.561, e pedagogia, 7.139, são os que oferecem mais vagas. Além disso, os cursos de engenharia somados têm 14.410 vagas.

O programa é dirigido tanto aos estudantes egressos do ensino médio na rede pública, quanto àqueles que tenham vindo da rede particular na condição de bolsistas integrais. Podem concorrer a bolsas integrais os estudantes que comprovem renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Às bolsas parciais, podem concorrer aqueles com renda familiar per capita máxima de três salários mínimos.

Para se inscrever na segunda edição de 2016, o candidato deve ter participado do Enem de 2015 e obtido no mínimo 450 pontos na média das notas. Além disso, não pode ter tirado nota 0 na redação. No momento da inscrição, será necessário informar o número de inscrição e a senha usados no Enem. (Agência Brasil)


O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) vai oferecer 56.422 vagas em 65 instituições públicas de ensino superior. As inscrições poderão ser feitas de segunda-feira (30) até o dia 2 de junho na internet, no site do Sisu. As vagas já estão disponíveis para consulta. PUB O número de vagas aumentou 1,5% em relação às cerca de 55,6 mil ofertadas no segundo semestre do ano passado. Podem participar do Sisu os estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015 e não tiraram zero na redação.

Vagas remanescentes :  Segundo a secretária executiva do Ministério da Educação (MEC), Maria Helena Guimarães de Castro, atualmente há mais de 1 milhão de vagas remanescentes de processos anteriores do Sisu. O ex-ministro da Educação Aloizio Mercadante havia anunciado a criação do Sisu das vagas remanescentes para ocupar pelo menos 150 mil vagas ociosas nas redes federal e estadual de ensino superior. Perguntada se a pasta manterá a proposta, Maria Helena disse que a questão está sob análise. De acordo com a ministra, cerca de 110 mil dessas vagas foram ocupadas no remanejamento. “O que faremos é analisar quais são as áreas em que é possível abrir o remanejamento de vagas. O Brasil é um dos mais atrasados do mundo em relação a remanejamento de vagas no ensino superior”, afirmou Maria Helena. “O ministro anterior abriu esse sistema apenas para a área de formação de professores. Pode ser que não seja suficiente para absorver as vagas existentes. O que vamos analisar é como podemos otimizar”, acrescentou. Com informações da Agência Brasil.


Até as 16h desta terça-feira (17), o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016 havia recebido 5.000.330 inscrições, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Os interessados em participar do exame, marcado para novembro, podem se inscrever até sexta-feira (20). As inscrições podem ser feitas pelo site do Enem ( http://enem.inep.gov.br ) até as 23h59 do dia 20 de maio. Para se inscrever, os candidatos precisam ter em mãos o RG e o CPF – menores de idade que ainda não tiverem os documentos precisarão providenciá-los. Também será obrigatório informar um endereço de e-mail e um celular, o município onde farão a prova e a língua estrangeira do teste de Linguagens (inglês ou espanhol). Neste ano, as provas serão realizadas nos dias 5 e 6 de novembro.


Até as 9h45 desta sexta-feira (13), o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016 havia recebido 3.092.122 inscrições, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).  As inscrições podem ser feitas pelo site do Enem ( enem.inep.gov.br ) até as 23h59 do dia 20 de maio. Para se inscrever, os candidatos precisam ter em mãos o RG e o CPF – menores de idade que ainda não tiverem os documentos precisarão providenciá-los. Também será obrigatório informar um endereço de e-mail e um celular, o município onde farão a prova e a língua estrangeira do teste de Linguagens (inglês ou espanhol). No início das inscrições os estudantes reclamaram, nas redes sociais, de problemas no site do Inep. Além de lentidão no sistema, outra reclamação foi um aviso equivocado sobre faltas na edição do ano passado.


Menos de 24 horas depois da abertura das inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Ministério da Educação já registrava 1.018.148 de candidatos inscritos até as 9h30 desta terça-feira (10). As inscrições começaram às 10h desta segunda (9) e ficam abertas até o dia 20 de maio, às 23h59. Os interessados devem acessar o site do Enem munidos de CPF, número do RG e informar endereço de e-mail – cada estudante deve ter e-mail próprio para fazer a inscrição, que custa R$ 68. Este ano, as provas serão realizadas nos dias 5 e 6 de novembro.