Itacaré recebeu esta semana uma equipe de Bombeiros Militares com o objetivo de vistoriar e modernizar os vetores de proteção a incêndio e sinistros de natureza humana e mista nos prédios da administração pública, da câmara de vereadores, e em escolas, creches, hospitais e postos de saúde municipais, buscando assim melhores intervenções na área da segurança pública e defesa social.

A ação foi realizada pela Prefeitura Municipal de Itacaré através da Secretaria de Segurança Pública, representada pelo secretário Marcus Vinicius Assumpção. Os bombeiros fazem parte do 5º Grupamento de Bombeiros Militares de Ilhéus. (Assecom)

Bombeiros em Itacare

Bombeiros em Itacare2


As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015 começam na próxima segunda-feira (25), às 10 horas e seguem até as 23h59 do dia 5 de junho. O Ministério da Educação divulgou nesta segunda-feira (18) o edital do exame. O Enem deste ano acontece em 24 e 25 de outubro. O valor da taxa de inscrição subiu para R$ 63 e deve ser pago até o dia 10 de junho. Até o ano passado o custo era de R$ 35. Estão isentos do pagamento estudantes da rede pública no último ano do ensino médio. (Giro em Ipiaú)


Travestis e transexuais poderão solicitar este ano o uso do nome social no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) após a inscrição pela internet. O nome social passou a ser adotado oficialmente na aplicação do exame no ano passado, mas era preciso solicitar o uso por telefone.

No dia do exame, as pessoas trans deverão ser tratadas pelo nome com o qual se identificam e não pelo nome que consta no documento de identidade. Além disso, usarão o banheiro do gênero com o qual se identificam.

“Isso quer dizer que ninguém da equipe do Enem poderá se dirigir à pessoa por um nome que não seja o da sua condição, o que se inscreveu. O nome que essa pessoa usa é com o qual deve ser chamado”, afirmou o ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro. “As pessoas têm o direito de ser tratadas com o respeito que merecem. Portanto, ninguém deve submetê-las a situação vexatória”, acrescentou o ministro.

Ano passado, foram feitos 95 requerimentos por telefone para o uso do nome social.Nesta edição, os participantes que desejarem esse atendimento deverão enviar cópia do documento de identificação, formulário preenchido e foto recente pelo sistema de inscrição de 15 a 26 de junho, após o período de inscrição, que é de 25 de maio a 5 de junho.


O Brasil ficou na 60ª colocação no ranking mundial de educação divulgado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) nesta quarta-feira (13). Foram avaliados 76 países na pesquisa e, segundo o Estadão, o desempenho é analisado através de testes de matemática e ciências feitos por estudantes com mais de 15 anos. A educação brasileira ficou atrás de países como Tailândia (47º), Irã (51º), Malásia (52º), além de vizinhos Chile (48º) e Uruguai (55º). As primeiras posições foram ocupadas por Cingapura, Hong Kong, Coréia do Sul, Japão e Taiwan, todos na Ásia. Andreas Schleicher, diretor da OCDE, afirma que esta é a primeira vez que o ranking consegue estabelecer uma escala verdadeiramente global da educação. “A ideia é dar a mais países, ricos e pobres, a possibilidade de comparar a si mesmos com os líderes mundiais em educação para descobrir seus pontos fracos e fortes e ver o ganhos econômicos a longo prazo gerados pela melhoria da qualidade da educação”, afirmou. (Bahia Notícias)


Os candidatos do o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014 já podem consultar o espelho da correção da redação. Segundo a assessoria de imprensa do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o acesso ao espelho foi liberado na noite de sexta-feira (8). Para acessar a correção, é preciso inserir o CPF e a senha de login no site de resultados do Enem. O Inep diz que foram corrigidas 6.193.565 provas de redação, e que 250 estudantes tiveram a nota máxima. Eles representam um índice de apenas 0,004% do total de pessoas que fizeram o exame de 2014. De acordo com o instituto, nesse ano houve menos discrepância entre as notas dos corretores. Os dados mostram que 43,5% de todas as redações tiveram que passar por um terceiro corretor. No ano passado, 50% das redações passaram por uma terceira correção. Pelas regras do edital, desde o Enem 2013 a prova de redação tem dois corretores, mas precisa passar pela correção de uma terceira pessoa sempre que as duas primeiras notas tenham discrepância acima de 100 pontos na nota final, ou 80 pontos em pelo menos uma das cinco competências avaliadas na prova.

Nota mil, nota zero
O seleto grupo de 250 estudantes cumpriu com eficiência as cinco competências exigidas na prova e soube dissertar com propriedade sobre o tema proposto na prova, “Publicidade infantil no Brasil”.
Mais de 529 mil candidatos tiraram zero na redação do Enem realizado em novembro do ano passado, sendo que 217 mil tiveram a prova anulada porque fugiram no texto ao tema proposto.

Em janeiro, quando divulgou um balanço do exame de 2014, o MEC afirmou que a média das notas em redação teve uma queda de 9,7% em relação ao Enem de 2013 entre os alunos que estão concluindo o ensino médio.
O G1 reuniu as histórias de alguns desses alunos nota 1.000 na redação do Enem. Entre as dicas estão treino e dedicação, conhecimento profundo das regras da prova, técnicas de relaxamento para não deixar o nervosismo atrapalhar o desempenho, hábito de leitura enraizado desde a infância e experiência acumulada de outras edições da prova.(G1)


G1

O prazo para quem não tem o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) fazer a inscrição termina nesta quinta-feira (30). As inscrições devem ser feitas no site do Fies. O Ministério da Educação (MEC) prorrogou para 29 de maio o prazo apenas para quem já tem o auxílio e precisa renovar o contrato.

Muitos estudantes reclamam que não conseguem fazer a inscrição e temem ficar sem o auxílio ao término do prazo.

Para não perder alunos, algumas faculdades têm buscado alternativas. Em Belo Horizonte, uma universidade ofereceu financiamento próprio. Nesse caso, os estudantes pagam 50% das mensalidades durante o curso e a outra metade após a formação.

Entretanto, o ministro da Educação Renato Janine Ribeiro alerta que o aluno deve se atentar aos juros e não se endividar além do que pode comprometer sua renda futura. Os alunos que já fazem parte do Fies não podem recorrer a esta opção e devem fazer a renovação.

O ministro afirmou que os estudantes que buscam a renovação serão atendidos. “Eu garanto que, quem tem refinanciamento, tem um mês de prazo e, nesse mês, vai dar para resolver todas as situações deles. Eles [estudantes] têm que ficar tranquilos”, garantiu Janine.

Até a sexta-feira (23), cerca de 242 mil novos contratos tinham sido feitos pelo site do Fies. Janine Ribeiro garantiu, em entrevista ao Bom Dia Brasil, que todos os empréstimos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) serão renovados e pediu desculpas pelas falhas apresentadas no sistema de inscrições.

Nota mínima no Enem

Desde 30 de março, com a entrada das novas regras do Fies, para fazer a inscrição, o estudante deverá ter nota mínima de 450 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio e não ter tirado nota zero na redação. Além disso, as instituições particulares de ensino superior não podem aumentar as mensalidades acima do teto de 6,4%. Algumas faculdades, como Santa Casa e a PUC Campinas, suspenderam a adesão ao Fies para novos alunos porque preferiram reajustar as mensalidades acima deste limite.

O Fies permite ao estudante cursar uma graduação em uma instituição particular e, depois de formado, pagar as mensalidades a uma taxa de juros de 3,4% ao ano. O aluno só começa pagar após 18 meses de concluído o curso.


A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), por meio da Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD), torna público o Edital Nº 08/2015, referente ao processo seletivo especial para preenchimento de vagas, nos cursos de graduação da instituição, para estudantes indígenas aldeados ou remanescente de comunidades quilombolas. São oferecidas 56 vagas em 27 cursos, para ingresso no semestre 2015.1.

As inscrições são gratuitas e poderão ser realizadas entre os dias 23 de abril e 03 de maio, na página de Processos Seletivos da UFRB. O resultado será divulgado no dia 15 de maio. Podem concorrer os candidatos que tenham concluído o ensino médio ou equivalente em escola da rede pública de ensino, que tenham realizado as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), edição 2014, e que comprovem ser indígenas aldeados ou remanescentes de comunidades quilombolas.

A matrícula dos candidatos convocados será realizada no dia 22 de maio, de acordo com o Edital de matrícula que será divulgado posteriormente. Para efeito de comprovação os candidatos indígenas aldeados deverão apresentar no ato da matrícula, autodeclaração, declaração de sua respectiva comunidade sobre sua condição de pertencimento étnico, assinada por pelo menos 3 lideranças reconhecidas e declaração da Fundação Nacional do Índio (FUNAI).

Já os oriundos de comunidades quilombolas deverão apresentar a autodeclaração, declaração de sua respectiva comunidade sobre sua condição de pertencimento étnico, assinada por pelo menos 3 lideranças reconhecidas, declaração da Fundação Cultural Palmares que o estudante reside em comunidade remanescente quilombola ou comprovante de residência de comunidade quilombo.

FAÇA SUA INSCRIÇÃO AGORA CLICANDO AQUI.