Milhares de pessoas marcaram presença neste sábado (11) em mais uma “Marcha para Jesus”, evento realizado pela prefeitura municipal de Itacaré e com a organização das Igrejas Evangélicas de Itacaré, com o tema ‘Todos contra drogas e pedofilia e em favor da família’.

Acompanhados por um trio elétrico ao som da banda Forró Shalom, uma verdadeira multidão seguiu pelas principais ruas do centro da cidade em direção a Avenida Castro Alves (Orla), para a continuação das festividades, que reservou, ainda, shows do cantor David Quinlan, a banda local Ministério de Louvor Tabernáculo, além do pastor e Senador Magno Malta, e a cantora Lauriete considerada um dos ícones da música gospel nacional. Confira algumas imagens do evento, abaixo:

MARCHA_PARA_JESUS_2015_005

 

MARCHA_PARA_JESUS_2015_019

MARCHA_PARA_JESUS_2015_038

MARCHA_PARA_JESUS_2015_024

MARCHA_PARA_JESUS_2015_089

MARCHA_PARA_JESUS_2015_068

MARCHA_PARA_JESUS_2015_118


A canoísta Itacareense Valdenice Conceição, a “Netica”, fez história na noite de ontem ao representar a canoagem brasileira no desfiles dos atletas na belíssima cerimônia de abertura dos Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015, no Canadá. Os Jogos Pan-Americanos tiveram início oficialmente nesta sexta-feira (10).

A canoagem baiana estará sendo representada nos Jogos, por Erlon Silva, Ariela Cesar Pinto, Isaquias Queiroz e a própria Valdenice Conceição, que iniciarão a briga por uma medalha na competição na categoria de velocidade.

Entre estes, Erlon Silva, nascido em Ubatã, já conquistou uma medalha de ouro nos Jogos de Guadalajara, em 2011. A esperança de aumentar o quadro de baianos com medalha é Isaquias Queiroz. O atleta ganhou dois ouros em Mundiais de canoagem nos últimos dois anos e disputará a competição em três provas: Canoa individual (200m e 1000m) e canoa em duplas (1000m).

CANOAGEM
– Erlon Silva (Ubatã)
– Isaquias Queiroz (Ubaitaba)
– Ariela Cesar Pinto (Guaratinga)
– Valdenice Conceição (Itacaré)

FB_IMG_1436628780940


Foi inaugurada nesta manhã a estrada que liga Itacaré/Taboquinhas, BA-654. O trecho de 19 quilômetros, foi entregue nesta sexta-feira (10) pelo governador Rui Costa totalmente pavimentado e devidamente sinalizado. As obras de recuperação da estrada contaram com investimento de R$ 18,7 milhões e vão beneficiar milhares de pessoas do município.

Segundo o governador, a restauração do trecho vai encurtar a distância dos turistas que vêm da BR-101 para as praias da região do sul da Bahia. “É uma obra muito importante que vai gerar emprego e renda. Vai ser excelente para o turismo. Todos querem conhecer as maravilhas da Bahia, mas uma estrada ruim afastava as pessoas. Agora, a gente vai perceber que mais pessoas vão visitar Itacaré e os municípios próximos. Isso vai refletir na hotelaria, nos restaurantes e bares. Vários segmentos vão ser potencializados”, afirmou Rui.

O governador Rui Costa também visitou o Colégio Estadual de Taboquinhas. A instituição, onde 278 estudantes estão matriculados, é o local em que é ministrado o Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos – Tempo Formativo III. Na oportunidade, Rui visitou as instalações e se reuniu com a comunidade escolar para ouvir os anseios de professores e alunos.

1436551102IMG_20150710_091412

Na oportunidade o distrito de Taboquinhas foi contemplado também com uma ambulância do SAMU 24hrs que atenderá toda localidade do entorno com uma equipe treinada e preparada.

FB_IMG_1436575452287

FB_IMG_1436575444903


O governador Rui Costa estará nesta sexta-feira (10),  no distrito de Taboquinhas para a tão esperada inauguração da estrada BA-654, Itacaré/Taboquinhas.  Ao todo foram 19 km da BA-654, que já está beneficiando mais de 10 mil pessoas, o ato de inauguração, que terá a presença do governador Rui Costa e de outros representantes do Estado, o prefeito Jarbas, o presidente da Câmara Nego, os vereadores Pedro Reis, Givaldo, Maurição e Josimar Vasconcelos, a prefeita Fernanda do município de Uruçuca, os integrantes do movimento Popular Pró Taboquinhas, e políticos da região.

A cerimônia de inauguração está marcada para começar às 9h30. Ainda no distrito, Rui visitará o Colégio Estadual de Taboquinhas, às 11h, e o Instituto Municipal de Educação Paulo Ganem Souto, na sede do município, às 12h.

Comentasse nos bastidores, que um grupo de manifestantes estão organizando uma manifestação contra o ex-prefeito Antônio de Anízio, caso o mesmo suba no palanque para falar da paternidade da estrada.


Embora já tenha arcado com aumento extra na conta de luz de R$ 3,9 bilhões só de janeiro a abril com as bandeiras tarifárias, o consumidor deve acabar pagando por mais um rombo neste ano. Segundo dados da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), o sistema de bandeiras tarifárias, que eleva mensalmente as contas (veja quadro nesta página), não foi suficiente para cobrir os gastos extras das distribuidoras com o uso das térmicas e com a compra extra de energia. De janeiro a abril, as despesas somaram R$ 5,5 bilhões. A diferença, de R$ 1,6 bilhão, vem sendo absorvida pelo caixa das distribuidoras. Segundo a Folha apurou, as elétricas foram à Aneel demonstrar preocupação com o cenário, uma vez que elas estimam só poder suportar descasamentos de até R$ 1 bilhão sem comprometer as atividades ou os investimentos. Projeções feitas pelo setor, porém, apontam que a conta pendente é ainda maior: um deficit superior a R$ 4 bilhões. Nesse cálculo, além do descasamento das bandeiras, as distribuidoras consideram quase R$ 2,5 bilhões em aberto com despesas em 2014. O valor foi gasto com a compra adicional de energia contratada em leilão e com o pagamento das tarifas de transmissão que sofreram ajuste, ambos ainda não restituídos ao caixa das empresas. *Conteúdo Folha de São Paulo.


Riqueza cultural, criatividade, beleza e acima de tudo superação. Esses são os adjetivos que podem ser usados para o desfile cívico do 2 de julho em Itacaré que aconteceu nesta quinta-feira (02) e que contou a participação em massa da população. O evento que acontece no município desde 1959, foi mantida por mais um ano na cidade.

CONFIRA UM POUCO SOBRE A HISTÓRIA DA INDEPENDÊNCIA DA BAHIA.

A Independência da Bahia foi um movimento que, iniciado em 1821, mas com raízes anteriores e com desfecho em 2 de julho de 1823, motivado pelo sentimento federalista emancipador de seu povo, terminou pela inserção daquela então província na unidade nacional brasileira, durante a Guerra da independência do Brasil.

Aderira Salvador à Revolução liberal do Porto, de 1820 e, com a convocação das Cortes Gerais em Lisboa, em janeiro do ano seguinte, envia deputados como Miguel Calmon du Pin e Almeida na defesa dos interesses locais. Divide-se a cidade em vários partidos, o liberal unindo mesmo portugueses e brasileiros, interessados em manter a condição conquistada com a vinda da Corte para o país de Reino Unido, e os lusitanos interessados na volta ao status quo ante.

Dividem-se os interesses, acirram-se os ânimos: de um lado, portugueses interessados em manter a província como colônia, do outro brasileiros, liberais, conservadores, monarquistas e até republicanos se unem, finalmente, no interesse comum de uma luta que já se fazia ao longo de quase um ano, e que somente se faz unificada com a própria Independência do Brasil a partir de 14 de junho de 1822, quando é feita na Câmara da vila de Santo Amaro da Purificação a proclamação que pregava a unidade nacional, e reconhecia a autoridade de D. Pedro I.

Na Bahia a luta pela Independência veio antes da brasileira, e só concretizou-se quase um ano depois do 7 de setembro de 1822: ao contrário da pacífica proclamação às margens do Ipiranga, só ao custo de milhares de vidas e acirradas batalhas por terra e mar emancipou-se de Portugal, de tal modo que seu Hino afirma ter o Sol que nasceu ao 2 de julho brilhado “mais que o primeiro”.

IMG_9310

IMG_9456

IMG_9188

IMG_9343

IMG_9465

IMG_9626

IMG_9620

IMG_9294

IMG_9534