Em reunião com sindicalistas nesta terça-feira (28), o presidente do Senado, Renan Calheiros (PDMB-AL), voltou a criticar a presidente Dilma Rousseff (PT). O senador cobrou um posicionamento claro do governo sobre o Projeto de Lei 4.330/2004 que permite a terceirização na atividade fim. “Eu acho que aqui o debate não é sobre terceirizar a atividade fim. O debate é sobre o modelo econômico que o governo quer para o país. Dilma não pode mais ficar à margem. Tem que dizer o que pensa sobre este assunto”, disse Renan. Diante do novo líder do governo na Casa, Delcídio Amaral (PT-MS), o peemedebista comparou a presidente ao imperador dom Pedro II, que assumiu o governo do Brasil com apenas 15 anos de idade. “O Brasil já viveu um governo adolescente. Agora estamos vivendo isso de novo”. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, Calheiros repetiu aos sindicalistas que a decisão de Dilma de não fazer pronunciamento no Dia do Trabalho é um “erro”. “Assim dá a impressão de que não tem o que dizer”, afirmou. Pela primeira vez desde que assumiu a Presidência da República, em 2011, a presidente Dilma Rousseff decidiu que não fará pronunciamento em cadeia nacional de rádio e televisão em 1º de maio, Dia do Trabalhador. No entanto, o chefe da Comunicação Social, Edinho Silva, negou que o objetivo da decisão seja evitar um novo “panelaço”, como o registrado em oito de março, quando Dilma fez na TV pronunciamento pelo Dia Internacional da Mulher.


O vereador Josimar Evangelista Vasconcelos (PSC), convoca toda comunidade para uma grande manifestação, o ato público será contra a mudança do cartório eleitoral de Itacaré, para a cidade de Uruçuca, a manifestação ocorrerá no próximo dia 07 de maio a partir dás 10hs na Praça do Fórum no centro da cidade.

QUEM SERÁ PREJUDICADO COM A SAÍDA DO CARTÓRIO ELEITORAL DE ITACARÉ.

1 – Todos os cidadãos que residem no município de Itacaré.

2 – A zona eleitoral irá para Uruçuca, cidade distante 150 km de Itacaré, além de uma estrada bastante sinuosa.

3 – Até o presente momento o TRE-BA não se pronunciou se deixará um posto ou não para atendimento ao público; ressalte-se que caso deixe um posto muitas coisas não poderão ser resolvidas aqui, pois dependerá da análise do cartório eleitoral que ficará em Uruçuca. outro ponto é que hoje o título eleitoral é entregue no ato do atendimento, fato que mudará pois o eleitor poderá esperar até 90 dias para receber seu título.

4 – A finalidade do rezoneamento é aproximar o cidadão da justiça, por isso que não se entende porque o TRE-BA tomou tal medida.

5 – Inclusive não extinguiu a zona 203ª (zona criada pelo TSE para a cidade de Itacaré), mudou, transferindo-a para a cidade de Eunápolis.

6 – Temos um eleitorado de 13.800. imaginem no período eleitoral como será!!!!

7 – Outro ponto que merece ser observado é que a zona em breve realizará a biometria e como será?

8 – Analisemos agora quem será beneficiado com tal medida? aqueles que gostam de práticas de corrupção, tais como: compra de votos, fornecimento de alimentos no dia da eleição, transporte irregular, dentre outras.

Vem pra Rua…


Itacaré terá, neste domingo, 26, uma caminhada pelos direitos dos animais, pedindo pelo aumento das penas contra maus tratos e também castração, vacinação e hospitais públicos veterinários.
A caminhada está sendo organizada pelo Grupo de Proteção Animal de Itacaré, Anjo Azul, em apoio a Marcha da Defesa Animal, que ocorre desde 2013 em diversas cidades do Brasil lutando por mais direitos aos animais. Em uma manifestação pacífica e apolítica, a marcha já conta com a adesão de 61 cidades, e pela primeira vez acontecerá no município. Na Bahia, quatro cidades terão essa mobilização, Salvador, Itacaré, Jequié e Juazeiro.
“Contamos com a presença de protetores e amantes de animais de Itacaré para que possamos mostrar ao poder público que é preciso um olhar mais atento aos animais e que a população se preocupa com isso. Nossa cidade convive diariamente com casos de maus tratos, abandono e negligência que pouco tem sido feito para combater. Além disso, muitas famílias não tem condições de tratar seu animal, assim como protetores que acumulam muitas despesas com vacinas e atendimento veterinário que poderiam ser custeadas pelo poder público, já que os animais estão inseridos em nossa sociedade e portanto são nossa responsabilidade.” disse Soeli Castilho, protetora de animais em Itacaré e fundadora do Grupo Anjo Azul.
A Marcha da Defesa Animal foi idealizada pela ativista Nelma Lobo e tem como objetivo demonstrar a força popular diante da legislação e aos legisladores brasileiros. De caráter apartidário, a manifestação não conta com respaldo político nem de grandes empresas e é composta, em sua maioria, por protetores de animais já organizados ou independentes. O movimento também conta com uma grande parcela mista da sociedade que embora ainda não esteja inserida no movimento de proteção, são apoiadores das reivindicações feitas para melhoria dos direitos animais.

Data: 26 de Abril, domingo
Horário da concentração: 14h
Local: Praça Santos Dumont (Praça dos Cachorros)
Contato: Soeli Castilho 73 9825-4455


Apesar de ser numa terça-feira, o feriado de 21 de abril está sendo aguardado com muita expectativa  no Terminal Rodoviário de Salvador e Feira de Santana. Este ano, a estimativa é de que aproximadamente 100 mil pessoas passem pelos Terminais, para passar o feriadão no interior do estado.

A previsão é de um aumento de 40% nos embarques e desembarques de passageiros, chegando a ter pico superior a 80% na sexta-feira, que antecede o feriado de descobrimento.

Entre os destinos goianos mais procurados no período estão Itacaré, Porto Seguro, Morro de São Paulo, Ilhéus estão entre as cidades mais procuradas pelos turistas que devem passar pela Rodoviárias das duas cidades.

Para atender a demanda, haverá reforço de 30% no número de funcionários das áreas de limpeza, segurança e informação aos passageiros e acréscimo de 80 novos horários.

Dicas de viagem:

• Chegar com antecedência de pelo menos 1 hora;

• Portar os documentos pessoais;

• Para crianças com idade inferior a 12 anos que irá viajar sem a companhia do representante legal, deve ser feita solicitação da autorização do Juizado da Infância e Juventude para embarcar;

• Buscar adquirir os bilhetes de ida e volta, antecipadamente. Os bilhetes podem ser comprados pelo portal da rodoviária;

• Preocupar com suas bolsas, carteiras, pacotes e malas. Não pedir e nem aceitar que outras pessoas transportem suas bagagens;

• Adquirir sempre as passagens dentro do Terminal Rodoviário, tomar cuidado com transporte clandestino (desconfie caso alguém queira lhe embarcar ou lhe conduzir para fora do Terminal)

• Idosos que queiram passagem gratuita, fazer reserva antecipadamente.

 

 


Diante da escassez de investimentos públicos para os tratamentos de usuários de drogas no Estado e da alta taxa de ocupação das vagas públicas destinadas a esse tipo de abordagem, Minas poderá adotar uma medida polêmica: reservar 10% das vagas em concursos públicos no Estado para dependentes químicos. A sugestão foi feita pelo presidente da Comissão de Enfrentamento ao Crack, o deputado estadual Vanderlei Miranda (PMDB), durante o ciclo de debates Um Novo Olhar sobre o Dependente Químico, encerrado, ontem, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), na capital. “Fomos muito cobrados de que o poder público não ajuda na reinserção de usuários de drogas. Sugeri isso ao governo, mas ainda não obtive resposta para decidirmos o que fazer”, afirmou. O projeto causa polêmica entre entidades que lidam com o tratamento de dependentes químicos. Para Robert William, da ONG Defesa Social, que trabalha com o tratamento de dependentes químicos, o investimento deveria ser em vagas públicas de tratamento. “Em certo ponto, pode parecer bom (reservar empregos públicos para usuários de drogas), ajudando o dependente a se reinserir. Mas o principal é que o Estado invista em vagas públicas de tratamento”, frisou. Segundo Cleiton Dutra, assessor de política de gabinete da Subsecretaria de Política Anti-Drogas, a reserva de vagas para usuários de drogas em concursos públicos não foi analisada. “Não tenho conhecimento do assunto, isso deve ser analisado. Mas, independentemente disso, vamos expandir as vagas públicas futuramente”, disse.