A licença – maternidade de 180 dias, já praticada por empresas públicas e algumas privadas, está mais perto de ser uma realidade para todas as mulheres. Foi aprovado, nesta quarta-feira (4), na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado, o Projeto de Lei do Senado (PLS) 72/2017, que amplia o prazo da licença-maternidade de 120 para 180 dias. O texto, de autoria da senadora Rose de Freitas (MDB-ES), também permite ao pai acompanhar a mãe do bebê em consultas e exames durante a gravidez. Como foi aprovado em caráter terminativo, caso não haja recurso para que a proposta seja analisada pelo plenário do Senado, o texto seguirá direto para a Câmara dos Deputados.


A universitária de Itacaré, Criza de Jesus Matos, estudante de Administração do 8° Semestre da Madre Thais, em Ilhéus, foi barrada de entrar no transporte universitário nesta quarta-feira, dia 04, por não ter uma autorização provisória.

Segundo a universitária, a Secretaria de Transporte e Trânsito precisa se organizar melhor. Desde o início do ano letivo que a secretaria recolheu documentos para disponibilizar as carteiras de identificação e até agora não foi entregue a todos. “Precisamos pegar autorizações provisórias todos os dias e nesta quarta-feira(04), os alunos se depararam com a sala da secretaria fechada, e segundo informações teria sido mudada de local para a Rua do Campo, mas sem informar aos estudantes, e sequer colocar um aviso no local”, declarou Criza, que ganhou apoio de outros estudantes.

Foi barrada por um servidor da Prefeitura Municipal, identificado apenas como “Max”, de entrar no ônibus para ir estudar. A jovem simplesmente foi para o fundo do ônibus e sentou na via pública, impedindo a saída do veículo. Logo em seguida entraram em consenso e a jovem foi autorizada a seguir viagem com os demais, mas provocando um atraso de aproximadamente 30 minutos.

“Estes tipos de constrangimentos, achamos que poderia ser evitado, com mais diálogos entre o secretário da pasta e os universitários. Onde estava o secretário, que não se manifestou? Estas atitudes grosseiras podem acabar prejudicando outras pessoas futuramente”, declarou um jovem. (Itacaré Informa)


O vereador Givaldo da Ambulância denunciou na sessão desta terça-feira, dia 03, herdeiros da Família Baracho, que segundo o vereador querem privatizar a Cachoeira da Usina, colocando cercas de arame farpado, impedindo o acesso de moradores e turistas ao local. Ainda segundo o vereador, um funcionário da prefeitura foi fazer limpeza no local e foi barrado por um dos herdeiros. Givaldo ainda lembrou que o local se tornou de propriedade pública em 1952, na época do prefeito Delmúrio Vieira.

“Quero que o prefeito acorde e tome uma providência imediata. A situação não vai ficar boa se ele quiser privatizar. Outra situação é que a prefeitura, na época do ex-prefeito Jarbas, comprou 6 hectares da família, e que o dinheiro está em juízo, mas a família trata como se tudo ainda fosse dela, inclusive, cercando um terreno em frente ao Hospital Gabriel Mota Barros.


O funkeiro está reagindo bem ao tratamento (Foto: Reprodução )

Na luta contra um câncer no estômago, descoberto no início do ano passado, Mr. Catra precisou adiar a cirurgia que faria logo após o carnaval. O motivo é o que o funkeiro, de 49 anos, está com a saúde debilitada. Ele foi examinado por um médico referência no meio e segue fazendo sessões de quimioterapia.

Catra continua com uma dieta restrita, proibido de comer gordura e doce, ingerir bebidas alcoólicas e também teve que diminuir o cigarro. Por conta do tratamento, ele reduziu o número de shows. Morando atualmente em São Paulo, ele vai ao hospital uma vez por semana para realizar o tratamento.

Recentemente, Catra precisou tratar uma pancreatite, tornando a dieta recomendada pelos médicos ainda mais urgente. Sofrendo também de diabetes, o funkeiro chegou a correr o risco de perder a visão. Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa do Mr. Catra disse que o funkeiro está reagindo bem ao tratamento e que, por conta disso, ainda não precisou passar por uma cirurgia.


Está virando rotina à falta de dinheiro nos feriados, nos terminais eletrônicos da agência da Caixa Econômica Federal em Itacaré.

Caixa eletrônico sem dinheiro. Foto reprodução.

Quem precisou sacar dinheiro na Agência bancária da Caixa Econômica em Itacaré neste final de semana de feriadão, encontrou caixas eletrônicos sem dinheiro, provocando revolta e transtorno para moradores e turistas.

A turista de Brasilia, Cristiane Vieira, 27 anos, precisava fazer um saque na sua conta, mas não conseguiu por falta de dinheiro “Sem dinheiro sou forçada a pagar no cartão, porém nem todos lugares recebem cartão em Itacaré, e infelizmente meu dinheiro está preso”, lamentou Cristiane.

O estudante Luis Claúdio da Silva, 19 anos, “Já virou moda isso em Itacaré, todo feriado é isso, e o pior prejudica a todos, pois o dinheiro deixa de circular na cidade, e isso sem falar nos caixas do Banco 24hs, que quando não estão sem dinheiro, estão sem funcionamento, absurdo. ” disse Luis Claúdio.

 


Atacante do Central foi bem marcado no Lacerdão e teve poucas oportunidades de ajuda a Patativa. Jogo da volta será domingo, às 16h, na Arena de Pernambuco.

Itacaré teve poucas oportunidades (Foto: Elivaldo Araújo/Blog do Ney Lima).

 

O atacante Itacaré não teve vida fácil no empate em 0 a 0 contra o Náutico, no estádio Lacerdão, na primeira partida da final do Campeonato Pernambucano. Bem marcado, o camisa 9 da Patativa teve poucas oportunidades de ajudar o Alvinegro. Ele destacou a dificuldade da partida e disse que o resultado foi justo.

– Foi um jogo muito duro e nas bolas alçadas os zagueiro levam vantagem. Foi duro pra mim, mas também para o Ortigoza. Foi um jogo bom, truncado, e o empate foi justo pelo que fizeram no jogo e no campeonato.

Itacaré também afirmou que não está nada perdido e que a Patativa vai de cabeça erguida pra Arena.

– Cabeça erguida pra domingo. Depois do jogo fomos agradecer a torcida. Ninguém está cabisbaixo. Todo mundo ficou muito cansado e está focado para o segundo jogo. A partida de volta será realizada neste domingo, às 16h, na Arena de Pernambuco. Fonte: Globoesporte.com