Um médico de aproximadamente 40 anos é o primeiro caso confirmado do novo coronavírus (covid-19) em Ilhéus, no sul da Bahia. De acordo com o secretário de Saúde de Ilhéus, Geraldo Magela, o médico faz parte da equipe de frente do combate à doença no município.

O profissional infectado está em isolamento desde a segunda-feira e apresentou febre alta, tosse e garganta coçando. Numa entrevista, o secretário disse que foi aberta investigação para saber quem esteve com o médico neste período. Fonte: Pimenta.


A Prefeitura de Itacaré recebeu a denúncia de uma possível invasão de uma área pública situada na Ponta do Xaréu, no caminho da Praia da Concha, local onde será construído pelo poder público municipal um mirante para os itacareenses e turistas. No local já teria sido construído um muro pelos invasores, sem qualquer autorização, que foi demolido pela Prefeitura, considerando que o espaço é público e deve ser usufruído por todos.

Essa semana a invasão continuou. Para garantir a ocupação irregular, a Prefeitura de Itacaré já está adotando todas as medidas legais e já solicitou o apoio da Polícia Militar para evitar que a ocupação continue. Os invasores foram notificados e poderão responder ao crime de ocupação irregular, reparando inclusive os danos cometidos contra o bem público e ao meio ambiente.

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, informou que mesmo estando nesse momento de emergência, na luta contra a pandemia do coronavírus, a Prefeitura vai continuar vigilante para evitar esses abusos, impedindo que pessoas se aproveitem da situação para ocupar os espaços públicos. “Não podemos aceitar que pessoas utilizem esse momento delicado que a cidade atravessa para cometer irregularidades”, reafirmou o prefeito.

Os invasores já estão sendo notificados para que apresentem as documentações comprovando ter a posse do terreno, que é público. Na Prefeitura os responsáveis pelos setores garantiram que os invasores não possuem qualquer documento das secretarias de Desenvolvimento Urbano, Meio Ambiente ou Fazenda para a realização de qualquer obra no local. O projeto, segundo colocou o prefeito, é da utilização do espaço como um mirante para a contemplação do pôr do sol e de funcionar como um espaço de lazer para todos os itacareenses e turistas.


A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (24) um pacote de medidas especiais em resposta à pandemia de coronavírus, incluindo a suspensão por 90 dias de cortes do serviço de eletricidade por inadimplência para consumidores residenciais e serviços essenciais.

As medidas, aprovadas em reunião extraordinária de diretoria do regulador realizada por meio de videoconferência, incluem também a flexibilização pelo mesmo prazo de algumas obrigações das distribuidoras de energia, como de atendimento presencial a clientes e entrega de faturas a domicílio.

O diretor-geral da agência, André Pepitone, disse que ainda haverá uma avaliação à parte, em discussão junto ao governo, de medidas adicionais em benefício de consumidores de baixa renda.

“Nos foi demandado que se avaliasse a possibilidade de haver um suporte maior ao (consumidor de) baixa renda, e isso vai ser tratado nos canais de governo, com o Ministério de Minas e Energia e da Economia, com coordenação da Casa Civil”, afirmou. (Agência Brasil).


Itacaré foi a primeira cidade brasileira a realizar o trabalho de desinfecção das ruas da sede e dos distritos e a iniciativa serviu de exemplo para os mais diversos municípios do Brasil. Iniciado na última sexta-feira, numa ação conjunta da Prefeitura de Itacaré e o Conselho Municipal de Saúde, o trabalho continua na sede da cidade e no distrito de Taboquinhas com a proposta de diminuir as formas de contaminação do coronavírus. O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, informou que a desinfecção será feita constantemente, sem prazo para ser concluído, permanecendo enquanto continuar essa pandemia da doença em todo o Brasil.

O trabalho de desinfecção conta com a participação de oito agentes comunitários de saúde, devidamente equipados, que estão realizando a pulverização utilizando água com hipoclorito em alta concentração e detergente. Nessa etapa, tanto em Itacaré quanto em Taboquinhas, está sendo feira a desinfecção de espaços públicos como proximidades e acessos aos comércios, farmácias, centros de saúde, hospital, praças, polícia, bancos, rodoviária e outros locais.

O plano de higienização não tem prazo pra acabar, e para isso está sendo estudada a periocidade que vai ser realizado nas ruas mais movimentadas, ajudando no controle das infecções. Paralelo a esse trabalho, a Prefeitura de Itacaré já adquiriu álcool gel e outros materiais que estarão disponíveis nos órgãos públicos de atendimento para garantir muito mais segurança aos cidadãos e cidadãs.

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, alerta que mesmo com todas essas medidas de combate e de prevenção ao coronavírus, uma das maneiras mais eficazes de evitar a doença é o isolamento domiciliar De acordo com o prefeito, apesar do município não ter nenhum caso confirmado de coronavírus, é preciso que a população esteja atenta e colabore utilizando as medidas de proteção e principalmente que permaneça em casa.

Ele explica que como forma de precaução e de proteção à saúde pública foram adotadas algumas medidas, como a suspensão das aulas, fechamento de alguns estabelecimentos e suspensão de eventos públicos e particulares. Mas é preciso que a comunidade esteja atenta que essas suspensões e fechamento não significam férias, mas sim estado de alerta, tendo em vista os riscos de contaminação em locais onde existem aglomerações.


Saiu nesta terça-feira (24), três resultados dos pacientes reclusos com suspeita de infecção pelo coronavírus (COVID-19), todos deram negativo e um ainda aguarda o resultado.

Dos exames realizados nos pacientes, o resultado do adolescente de 17 anos, que saiu de Itacaré entubado para o Hospital Costa do Cacau. O resultado da análise deu negativo para o coronavírus no adolescente.

Esse caso específico, ganhou repercussão na região após divulgação de um áudio do prefeito Antônio de Anízio, pedindo a população que ficasse em casa. No áudio ele disse “o coronavírus chegou a Itacaré, vamos manter o isolamento voluntário”.

A Prefeitura de Itacaré, através do comitê de monitoramento, vem realizando uma série de medidas para garantir a saúde da população e evitar a transmissão do coronavírus, como a suspensão das aulas, implantação de barreiras sanitárias a o fechamento do comércio, academias, bares, restaurantes, quiosques, lanchonetes, food trucks, casas de shows e eventos e outros estabelecimentos assemelhados. Mas a recomendação é que a população permaneça em casa, evitando aglomerações. \o isolamento social é apontado como a melhor medida nesse momento para combater a doença.

Desde a assinatura dos decretos suspendendo o comércio, eventos e serviços, a Prefeitura de Itacaré vem mantendo a fiscalização constante e orientando os proprietários dos estabelecimentos quanto os perigos do COVID 19. Mesmo assim, é preciso contar com a conscientização e o apoio de todos. As recomendações são ficar em casa, higienizar as mãos com frequência e sair apenas quando extremamente necessário.

Em Itacaré os médicos e enfermeiros de unidades de saúde aderiram à campanha para diminuir o número de pessoas nas ruas com o objetivo de evitar aglomerações e reduzir o número de infectados pelo novo coronavírus. Em Itacaré não foi registrado casos do coronavírus, mas já existem casos suspeitos e para reduzir esse número, os profissionais da saúde postaram mensagens nas redes sociais com um pedido simples para população: “fique em casa por nós”

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, também fez um apelo à comunidade. “A Prefeitura de Itacaré e a equipe técnica de combate ao coronavírus pedem à população que evite aglomerações. Por favor, para sua segurança, de seus vizinhos, amigos e familiares, permaneçam casa. O momento é de conscientização. Faça sua parte e ajude a prevenir e controlar o coronavírus”, solicitou o prefeito. “A responsabilidade também é sua, por isso orientamos que a população evite aglomerações, eventos, bares, praias e locais de grande concentração. Faça a sua parte: adote as medidas de proteção e por favor, fique em casa”, alertaram também os médicos.

Além do fechamento do comércio, serviços, eventos e até a recomendação de interditar as praias, a Prefeitura de Itacaré está realizando barreiras sanitárias nas entradas da cidade e também no distrito de Taboquinhas. O serviço está funcionando 24 horas, medindo a temperatura dos motoristas e passageiros, fazendo a higienização nos veículos e verificando se são moradores do município e qual a necessidade de estar circulando, já que a orientação é ficar em casa para evitar os riscos de contrair ou transmitir a doença.

ÔNIBUS E TÁXIS – Também foi publicado o decreto suspendendo, pelo prazo de 15 dias, a contar das zero horas de 20 de março, a entrada de ônibus de transporte intermunicipal e interestadual no município, bem como a entrada de veículos de transporte individual de passageiro, tipo taxi e mototáxi, transportando turistas de outros países, regiões e localidades para Itacaré. Ainda visando resguardar a saúde pública, foi publicado o decreto que proíbe que os estabelecimentos de hospedagens, hotéis, casas de veraneio, pousadas, resorts e assemelhados, recebam novos turistas pelo prazo de 30 dias, a contar das 17 horas de 20 de março de 2020.


15 presos que estavam na delegacia da cidade de Aurelino Leal, foram liberados na tarde desta terça-feira (24), para cumprir parte da pena em casa. Essa medida é uma prevenção por conta do coronavírus (COVID-19). De acordo com uma autoridade policial, esses presos não foram soltos, eles foram postos em ‘prisão domiciliar’. Caso algum deles seja pego na rua será levado imediatamente para o presídio da cidade de Valença. (Fonte: Ubaitaba Urgente)


Informação foi divulgada por Fábio Vilas-Boas, secretário de saúde da Bahia, nas redes sociais.

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) confirmou o 17º caso de contaminação por coronavírus, na manhã desta quarta-feira (18). Segundo Fábio Vilas-Boas, secretário de saúde da Bahia, a vítima é um médico que se contaminou cuidando de um dos primeiros pacientes também infectado pela doença.

Segundo a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), o médico foi contaminado quando trabalhava em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Salvador. Apesar da situação, o secretario Fábio pontuou,em uma publicação nas redes sociais, que o paciente está em casa e com boa evolução.

Também na publicação nas redes sociais, o secretario chamou atenção dos profissionais, pediu cuidado e que se atentem ao uso dos equipamentos de proteção. “Precisamos reforçar o chamamento à atenção ao uso de equipamentos de proteção individual das equipes de saúde nas emergências”, disse na postagem.

Dos casos registrados na Bahia, até esta terça, sete foram em Salvador, outros cinco foram na cidade de Feira de Santana, três foram registrados em Porto Seguro e um em Prado. A primeira paciente infectada no estado foi liberada de isolamento domiciliar, na sexta-feira (13). Ela passou por um novo exame do coronavírus, e o resultado deu negativo para o vírus.

Casos confirmados

1) Mulher de 34 anos, de Feira de Santana, contaminada após retornar da Itália, com passagens por Milão e Roma, em 25 de fevereiro;

2) Mulher de 42 anos, de Feira de Santana, trabalhadora doméstica que teve contato com a mulher de 34 anos;

3) Idosa de 68 anos, de Feira de Santana, mãe da mulher de 42, que teve contato domiciliar com a 2ª paciente;

4) Idoso de 73 anos, também de Feira de Santana, marido da mãe da trabalhadora doméstica, que teve contato domiciliar com as 2ª e 3ª pacientes;

5) Mulher de 52 anos, de Salvador, que fez viagem recente à Espanha;

6) Criança de 11 anos, de Salvador, filha da mulher de 52 anos, que também fez viagem recente à Espanha;

7) Idoso de 72 anos, de Salvador, que fez viagem recente para a Itália;

8) Homem de 49 anos, de Salvador, que fez viagem recente à Alemanha e Espanha;

9) Mulher de 50 anos, de Feira de Santana, que fez viagem recente aos Estados Unidos;

10) Homem de 43 anos, de Porto Seguro, que foi contaminado durante festa casamento da irmã de Gabriela Pugliesi, em Itacaré;

11) Mulher de 35 anos, de Porto Seguro, que teve passagem pelos Estados Unidos Da América;

12) Mulher, de 42 anos, de Porto Seguro, que teve contato com um paciente contaminado, que estava na festa de casamento da irmã de Gabriela Pugliesi, em Itacaré;

13) Homem de 42 anos, de Prado, que teve passagem por Milão e Londres;

14) Idoso de 72 anos, de Salvador, com histórico recente de viagem para São Paulo.

15) Homem de 50 anos, de Salvador, internado em hospital particular;

16) Idoso de 60 anos, de Salvador, internado em hospital particular.

17) Homem, que é médico, e foi infectado quando atendia um dos primeiros pacientes contaminados com a Covid-19.

Fonte: G1/Ba