Cerca de 5.700 alunos de 35 escolas municipais da sede e da zona rural e duas estaduais de Itacaré e Taboquinhas estarão sendo beneficiados pelo Programa Saúde na Escola, desenvolvido pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde. O trabalho foi iniciado na última segunda-feira e prossegue até o dia 14 de novembro, com estandes montados em frente às unidades de ensino. O objetivo é contribuir para o fortalecimento de ações que integram as áreas de Saúde e Educação no enfrentamento de vulnerabilidades; ampliar as ações de saúde para estudantes da rede pública de educação básica e apoiar o processo formativo dos profissionais de saúde e educação de forma permanente e continuada.

Como parte desse trabalho, são realizadas feiras nas unidades de ensino com estandes e palestras sobre Direito sexual e reprodutivo e prevenção de DST/AIDS; prevenção ao uso de álcool, tabaco, crack e outras drogas; promoção da cultura de paz, cidadania e direitos humanos; promoção das práticas corporais, da atividade física e do lazer nas escolas; prevenção das violências e dos acidentes; identificação de educandos com possíveis sinais de agravos de doenças em eliminação; promoção e avaliação de saúde bucal e aplicação tópica de flúor; verificação da situação vacinal; promoção da segurança alimentar e nutricional e da alimentação saudável; promoção da saúde auditiva e identificação de educandos com possíveis sinais de alteração, promoção da saúde ocular e identificação de educandos com possíveis sinais de alteração e ações de combate ao mosquito Aedes Aegypti.

Na segunda-feira, dia 06 de novembro, foi realizada a feira do Programa Saúde na Escola na Praça da Bandeira, envolvendo os alunos da Creche Municipal, Joserinda, Creche Raquel Maria Costa, Escola Nova e Colégio Estadual Aurelino Leal. Nesta terça-feira serão atendidos os estudantes do Centro Educacional de Itacaré e na quarta-feira o programa será voltado para os alunos dos colégios municipais Manuel castro e Maria Benjamina da Cruz, também na Praça da Bandeira.

No dia 09 de novembro as ações serão desenvolvidas na quadra esportiva do distrito de Água Fria, voltadas para os alunos das escolas Antônio Raimundo dos Santos, Maria Rodrigues Ramos, Nova Esperança, Alegria, Oscar Moreira, Maria de Lourdes Tavares, D. Pedro I, Sete de Setembro, Nova Alegria, Dr. José Cruz e Renascer II. No dia 10 a feira será montada na comunidade da Marambaia, voltada para os estudantes das escolas Sebastião Aprígio, São Roque I, Tiradentes, Reino da Alegria, São Roque II, Santa Ana, São Miguel e José Carlos Arrute.

No dia 13 de novembro o trabalho continua, dessa vez com a feira na Escola Municipal Paulo Souto, em Taboquinhas, atendendo os alunos da Creche Casulo, Escola Municipal Padre Edgar dos Santos Torres, Bom Jesus, Castro Alves e Dário Ferreira. No dia seguinte, no mesmo local, as ações serão voltadas para os estudantes do Colégio Municipal Paulo Souto e Escola Estadual de Taboquinhas. (Secom/Itacaré)


A reforma trabalhista sancionada em julho entra em vigor no próximo dia 11. O eixo central da lei que atualiza a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) amplia o peso das negociações entre empresas e sindicatos ou empregados, permitindo que esses acordos se sobreponham ao legislado. Segundo especialistas ouvidos pela revista VEJA, as novas regras já passam a valer imediatamente. Outras mudanças, entretanto, precisarão de negociações entre empresas e empregados antes de começarem a valer, o que pode adiar a sua implementação. Confira no link abaixo os pontos da reforma trabalhista que mais afetam o dia a dia dos trabalhadores.


A partir da zero hora desta quarta-feira (8), o óleo diesel comercializado nas refinarias da Petrobras estará 2,5% mais caro, enquanto a gasolina terá reajuste de 0,6%. Na noite de ontem, a empresa já havia divulgado para hoje (7) um aumento de 2,3% para a gasolina e de 1,9% para o diesel. Em nota, a Petrobras justificou o aumento que passou a vigorar hoje como consequência “do aumento das cotações dos produtos e do barril do petróleo no mercado externo, influenciado pela geopolítica internacional, assim como pela continuidade da política de contenção da oferta pela Organização dos Países Produtores de Petróleo (Opep)”. Também contribuiu para a alta dos derivados, “a depreciação do valor do real frente ao dólar”. O reajuste no preço da gasolina nas refinarias é o quarto consecutivo concedido pela estatal este mês. Depois de iniciar outubro em queda (-0,2%), a gasolina subiu 0,9% no dia 2 e 3,6% no dia 4. Já o diesel, que também havia começado o mês em queda – 0,4% – já acumula três aumentos no mês.


As entradas de cacau da Bahia diminuíram novamente, confirmando a natureza incerta do desempenho da safra principal. Devido ao feriado de quinta-feira passada, os recebimentos dessa semana também deverão ser menores, mas espera-se que ganhem volume durante todo o mês de novembro. No período de 23 a 29 de outubro, os recebimentos semanais de cacau em grão da Bahia somaram 47.691 sacas de 60 quilos. Já as entradas dos outros estados produtores prosseguiram dentro do seu ritmo normal para esta época do ano. No período em análise, elas totalizaram 23.399 sacas. *Informações do Mercado do Cacau.


O Governo do Estado vai promover o alinhamento do soldo da Polícia Militar e do vencimento básico da Polícia Civil ao salário mínimo. Com essa medida, mais de 56 mil servidores da Segurança Pública terão significativos ganhos remuneratórios já em 2017 e em 2018. A informação foi divulgada pelo governador Rui Costa durante o #PapoCorreria, transmitido ao vivo pelas redes sociais, nesta terça-feira (7). Ao todo serão contemplados 47,9 mil servidores da PM e 8,6 mil da PC. A medida do Governo vai gerar em 2018 um custo aos cofres públicos de, aproximadamente, 324 milhões ao ano. Os ganhos serão concedidos de forma escalonada: em novembro de 2017 e em novembro de 2018. Na PM, serão contempladas todas as patentes, de soldados a coroneis. Já na PC, serão abrangidos investigadores, escrivães, peritos e delegados. Os ganhos salariais variam de 6,32 a 10,47%. Com esta reestruturação, nenhum servidor da Segurança Pública terá soldo ou vencimento básico abaixo do salário mínimo, atendendo a um pleito das categorias.


A atleta cursa Educação Física e faz parte da ONG ADAPTSURF, instituição que promove a inclusão social das pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

Monique Oliveira, estudante do 4° período do curso de Educação Física da Universidade UNG, foi convocada pela Confederação Brasileira de Surf (CBS) para disputar o Stance ISA World Adaptive, Mundial de surf adaptado. A atleta irá compor o time brasileiro e competirá na categoria AS4 – Assist (surf com assistência de duas pessoas). O campeonato acontecerá de 29 de novembro a 03 dezembro, na praia de La Jolla Shores, na Califórnia, Estados Unidos.

A atleta faz parte da equipe ONG ADAPTSURF, associação sem fins lucrativos que promove a inclusão social das pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, garantindo igualdade de oportunidades e acesso ao lazer, esporte e cultura, através do contato direto com a natureza. De acordo com Monique, o surf teve e tem um papel fundamental para sua reabilitação física. “As sensações de liberdade, superação e independência são as mais mencionadas pelas pessoas que aproveitam a praia e o surf adaptado. A água salgada do mar relaxa o corpo e as ondas estimulam o equilíbrio”, relata.

A surfista possui deficiência motora, decorrente de uma paralisia cerebral, e conheceu o surfe nas praias do Rio de Janeiro por meio da ONG ADAPTSURF, em 2010. Monique levará na bagagem para a competição, três campeonatos regionais conquistados em 2011 e, com essa convocação, espera trazer o troféu mais importante de sua vitoriosa carreira, representando com muito talento o Brasil e o curso de Educação Física da UNG.